O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Globalização no Brasil e Mercosul

217 visualizações

Publicada em

Geografia, Globalização, Brasil

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Globalização no Brasil e Mercosul

  1. 1. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  2. 2. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A Globalização não é um fenômeno novo. É só lembramos das Grande Navegações realizadas por portugueses e espanhóis e veremos que até mesmo a descoberta do Brasil já faz parte de um processo de integração global. Só que naquela época não se utilizava este termo.
  3. 3. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia GLOBALIZAÇÃOCaracterísticas: 1-Possui como PILARES: CAPITAL e TECNOLOGIA 2-CONSUMO: Cada vez mais, consumimos mais. (Consumo=LIXO) Planeta Terra: Lotação Esgotada Se todos vivessem como na Índia, o Planeta Terra suportaria até 15 bilhões de pessoas. Mas, se todos vivessem como os EUA, somente 1,5 bilhão. 3-FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS (REGIONAIS) É uma forma de os países se organizarem regionalmente, para competirem na economia mundial. QUEDA DAS BARREIRAS ALFANDEGÁRIAS
  4. 4. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia GLOBALIZAÇÃOCaracterísticas: 1-Possui como PILARES: CAPITAL e TECNOLOGIA 2-CONSUMO: Cada vez mais, consumimos mais. (Consumo=LIXO) Planeta Terra: Lotação Esgotada Se todos vivessem como na Índia, o Planeta Terra suportaria até 15 bilhões de pessoas. Mas, se todos vivessem como os EUA, somente 1,5 bilhão. 3-FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS (REGIONAIS) É uma forma de os países se organizarem regionalmente, para competirem na economia mundial. QUEDA DAS BARREIRAS ALFANDEGÁRIAS
  5. 5. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia GLOBALIZAÇÃOCaracterísticas: 4-INTERNACIONALIZAÇÃO DOS FLUXOS DE CAPITAIS: Ampliação dos fluxos de capitais. 5-NEOLIBERALISMO :(privatizações, arrocho salarial e Estado mínimo) -PRIVATIZAÇÕES: tirar do Estado o domínio das estatais. -ARROCHO SALARIAL: diminuição dos direitos trabalhistas. -ESTADO MÍNIMO: o Estado deve atuar minimamente na economia
  6. 6. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia GLOBALIZAÇÃOCaracterísticas: 4-INTERNACIONALIZAÇÃO DOS FLUXOS DE CAPITAIS: Ampliação dos fluxos de capitais. 5-NEOLIBERALISMO :(privatizações, arrocho salarial e Estado mínimo) -PRIVATIZAÇÕES: tirar do Estado o domínio das estatais. -ARROCHO SALARIAL: diminuição dos direitos trabalhistas. -ESTADO MÍNIMO: o Estado deve atuar minimamente na economia
  7. 7. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -Para atingir uma postura neoliberal, é preciso q ocorra uma mudança de atitude do Estado na economia. -O Estado passa a ser mínimo ou indireto, o que na prática significa que ele vai ser regulador e a economia passa para as mãos dos empresários ou das empresas (Isso é a conjuntura básico do que se convencionou chamar de neoliberalismo) -o Estado deixa de ser interventor, controlador, atuante da economia e dono de grande parte das empresas (fazer investimentos, pagar os salários e garantir a manutenção da economia)
  8. 8. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Estado regulador é não jogar e sim ser o juiz/técnico Por ex: o Brasil não planta soja, mas é o Brasil enquanto governo que decide as regras para o cenário da produção de soja: têm que ser respeitadas tais normas não pode usar agrotóxicos, existe um acordo econômico que favorece o comércio com determinado lugar) Ou seja, pode isso não pode aquilo, mas na prática quem está plantando são as empresas
  9. 9. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia GLOBALIZAÇÃOCaracterísticas: 4-INTERNACIONALIZAÇÃO DOS FLUXOS DE CAPITAIS: Ampliação dos fluxos de capitais. 5-NEOLIBERALISMO :(privatizações, arrocho salarial e Estado mínimo) -PRIVATIZAÇÕES: tirar do Estado o domínio das estatais. -ARROCHO SALARIAL: diminuição dos direitos trabalhistas. -ESTADO MÍNIMO: o Estado deve atuar minimamente na economia 6-TRANSNACIONAIS Também são chamadas de Multinacionais. Visando a maior obtenção de lucro, os países desenvolvidos, transferem suas fábricas para os países subdesenvolvidos. VANTAGENS: -MÃO-DE-OBRA MAIS BARATA -LEIS AMBIENTAIS MAIS BRANDAS -PROXIMIDADE DA MATÉRIA-PRIMA -INCENTIVOS FISCAIS
  10. 10. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia GLOBALIZAÇÃOCaracterísticas: 7-HOMOGENEIZAÇÃO CULTURAL (música, cinema, vestimentas, alimentação, etc.) 8)BARATEAMENTO E MAIOR VELOCIDADE NO FLUXO DAS INFORMAÇÕES E MERCADORIAS -1930: US$ 80 o minuto da ligação internacional e hoje custa menos de R$ 1,00; -1960: 25 milhões de pessoas viajaram p/ outro país (hoje: 400 milhões).
  11. 11. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida comparativa que engloba três dimensões: riqueza, educação e esperança média de vida. O índice varia de zero (nenhum desenvolvimento humano) até 1 (desenvolvimento humano total), sendo os países classificados deste modo:
  12. 12. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O índice varia de zero (nenhum desenvolvimento humano) até 1 (desenvolvimento humano total), sendo os países classificados deste modo: -Quando o IDH de um país está entre 0 e 0,555, é considerado baixo – país de desenvolvimento baixo(subdesenvolvido) -Quando o IDH de um país está entre 0,556 e 0,699, é considerado médio – país de desenvolvimento médio(em desenvolvimento) -Quando o IDH de um país está entre 0,700 e 0,799, é considerado elevado – país de desenvolvimento alto (em desenvolvimento) -Quando o IDH de um país está entre 0,800 e 1, é considerado muito elevado – país de desenvolvimento muito alto (desenvolvido)
  13. 13. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia No RDH divulgado nesta terça, o Brasil registrou IDH de 0,754, mesmo índice que havia sido registrado em 2014.
  14. 14. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Brasil é um país com uma economia em crescimento e que ocupa posição de destaque no cenário mundial, sendo beneficiado por diversos aspectos da globalização.
  15. 15. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  16. 16. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Brasil é um país com uma economia em crescimento e que ocupa posição de destaque no cenário mundial, sendo beneficiado por diversos aspectos da globalização. -sua economia encontra-se aberta para o mercado externo, tornando-se um dos grandes exportadores de commodities atualmente;
  17. 17. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Brasil é um país com uma economia em crescimento e que ocupa posição de destaque no cenário mundial, sendo beneficiado por diversos aspectos da globalização. -a inflação é menor em relação às décadas anteriores ao Plano Real, atingindo um amplo mercado consumidor interno, além do aumento do poder de compra;
  18. 18. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Brasil é um país com uma economia em crescimento e que ocupa posição de destaque no cenário mundial, sendo beneficiado por diversos aspectos da globalização. -os meios de comunicação desenvolveram-se com a popularização da telefonia móvel, da internet, da TV por assinatura, etc..;
  19. 19. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Brasil é um país com uma economia em crescimento e que ocupa posição de destaque no cenário mundial, sendo beneficiado por diversos aspectos da globalização. -no setor de pesquisa, foi possível criar e exportar tecnologia, principalmente em combustíveis alternativos;
  20. 20. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Brasil é um país com uma economia em crescimento e que ocupa posição de destaque no cenário mundial, sendo beneficiado por diversos aspectos da globalização. -o parque industrial brasileiro tem aumentado muito e encontra-se diversificado e em processo de descentralização;
  21. 21. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Brasil é um país com uma economia em crescimento e que ocupa posição de destaque no cenário mundial, sendo beneficiado por diversos aspectos da globalização. -o parque industrial brasileiro tem aumentado muito e encontra-se diversificado e em processo de descentralização;
  22. 22. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -o intenso êxodo rural devido ao crescente desemprego ocasionado pelo avanço tecnológico, com substituição do trabalho humano por máquinas, provocando uma grande concentração populacional nas periferias dos grandes centros urbanos; -a desigualdade existente entre regiões do país e entre classes sociais; -os serviços de educação e saúde que não atendem à população de maneira igualitária, não proporcionando a todas as pessoas acesso a esses serviços.
  23. 23. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A economia brasileira encontra-se baseada no setor industrial, gerando empregos principalmente no setor do comercio e prestação de serviços (TERCEIRIZAÇÃO: concentração de pessoas no setor terciário, levando à hipertrofia desse setor).
  24. 24. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A economia brasileira encontra-se baseada no setor industrial, gerando empregos principalmente no setor do comercio e prestação de serviços (TERCEIRIZAÇÃO: concentração de pessoas no setor terciário, levando à hipertrofia desse setor). Dificuldade de emprego nos setores primário e secundário é maior que em relação ao setor terciário.
  25. 25. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A Terceira Revolução Industrial tem por característica a tecnologia de ponta por meio da Informática, da Robótica, da Biotecnologia, da Química e de outras ciências, demonstrando que nesse novo mercado é de fato necessário o crescimento tecnológico.
  26. 26. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  27. 27. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia “A nova conjuntura internacional não atinge apenas as economias, mas também as pessoas”.
  28. 28. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As pessoas são afetadas pela elevada concorrência, substituição do trabalho humano por máquinas e pela desigualdade social, fazendo com que cresça o número de pessoas em situação de miséria.
  29. 29. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia De 2008 a 2013 as commodities deram muito dinheiro e o Brasil enriqueceu muito , foi um período muito bom é favorável para a balança comercial brasileira Em 2014 ocorre uma queda que vai durar até mais ou menos 2017 Cenário ruim: -a indústria passou a vender menos -o setor agrícola passou a perder dinheiro porque os produtos ficaram mais baratos. -o desemprego aumentou -o consumo caiu muito -o comércio sentiu (muitas empresas fecharam) Levando ao surgimento de uma ambiente caótico e nada atrativo para investimentos -o Estado como um todo, hora não consegue pagar suas contas, hora explodem vários casos de corrupção e de desvio de verba
  30. 30. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  31. 31. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Embora se chame Mercado Comum do Sul não se trata de um mercado comum, mas sim, uma União Aduaneira... (um estágio acima da zona de livre comércio....além do livre comércio eles tem tarifas comuns para entrada ou saída de produtos) Tipos de Blocos Fonte: Google. Disponível em:<https://sites.google.com/site/blocoseconomicos1455/niveis-de-integração>. Acesso em: 02 mar. 2016. (Adaptado)
  32. 32. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Visa à redução e eliminação de tarifas sobre produtos comercializados entre os países-membros. Exemplo: NAFTA (Tratado de Livre Comércio da América do Norte).
  33. 33. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Visa à redução e eliminação de tarifas sobre produtos comercializados entre os países-membros. Exemplo: NAFTA (Tratado de Livre Comércio da América do Norte). além de reduzir as tarifas sobre os produtos, os países-membros estabelecem uma taxa comum sobre os produtos importados de países que não fazem parte do bloco, para que os seus produtos fiquem mais caros. Exemplo: Mercosul.
  34. 34. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia pratica-se a livre circulação de mercadorias, bens e serviços entre os países-membros, ou seja, as pessoas e os produtos não precisam de autorizações especiais e nem pagar nada para cruzar as fronteiras entre dois ou mais países que fazem parte do mesmo bloco.
  35. 35. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia pratica-se a livre circulação de mercadorias, bens e serviços entre os países-membros, ou seja, as pessoas e os produtos não precisam de autorizações especiais e nem pagar nada para cruzar as fronteiras entre dois ou mais países que fazem parte do mesmo bloco. é quando os países de um mesmo bloco adotam uma moeda em comum, administrada por um Banco Central único e utilizada pela população como um todo. Exemplo: União Europeia, em que a maioria dos países-membros utiliza o euro como moeda. O número de estrelas não tem nada a ver com o número de Estados-Membros. As estrelas são doze porque tradicionalmente este número constitui um símbolo de perfeição, plenitude e unidade. Assim, a bandeira mantém-se inalterada, independentemente dos alargamentos da UE
  36. 36. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Desde o fim da Guerra Fria, vivencia-se uma Nova Ordem Mundial que propõe novas características econômicas. Inspirados nas experiências europeias bem sucedidas, Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai assinam em 26 de março de 1991, o Tratado de Assunção, que cria o Mercosul.
  37. 37. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Desde o fim da Guerra Fria, vivencia-se uma Nova Ordem Mundial que propõe novas características econômicas. Inspirados nas experiências europeias bem sucedidas, Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai assinam em 26 de março de 1991, o Tratado de Assunção, que cria o Mercosul. -Tratado de Assunção (1991) criação do Mercosul -Protocolo de Brasília (1991) contrato adicional que disponibiliza meios jurídicos para assegurar a estabilidade do bloco. -Protocolo de Ouro Preto (1994)complemento das bases do Mercosul (afirma a situação de união aduaneira e viabiliza a evolução para um mercado comum). -Protocolo de Ushuaia (1998)reafirmar o compromisso democrático entre os países -Protocolo de Olivos (2004)busca de minimizar diferenças entre os estados partes. -Protocolo de Adesão da República Bolivariana da Venezuela ao Mercosul (2006) afirma que a Venezuela deveria adotar as mesmas normas vigentes do Mercosul, gradualmente.
  38. 38. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Bloco de grande desigualdade: pois de um lado estão 2 países com alto poder industrial e com certo destaque no meio dos países emergentes. Fonte: Logística Descomplicada. Disponível em:<http://www.logisticadescomplicada.com/mercosul-ou-voo-solo/>. Acesso em: 02 mar. 2016.
  39. 39. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia http://www.mercosur.int/innovaportal/v/7823/11/innova.front/paises-del-mercosur
  40. 40. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -Concorrência pública (empresas nacionais iriam estabelecer concorrência entre elas normalmente) A globalização gera na economia uma maior concorrência entre os mercados, o que motiva os países a estreitarem suas relações.
  41. 41. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -Concorrência pública (empresas nacionais iriam estabelecer concorrência entre elas normalmente) -Legislação comum
  42. 42. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -Concorrência pública (empresas nacionais iriam estabelecer concorrência entre elas normalmente) -Legislação comum -Adoção de uma única moeda Brasil exporta para o Mercosul: automóveis, tratores, calçados, café Brasil compra: trigo argentino, petróleo venezuelano, suco de uva, carne argentina
  43. 43. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -O parque industrial brasileiro encontrou nos países vizinhos novos mercados consumidores; -Maior competitividade e o poder de negociação com as grandes potências, já que o volume de vendas é maior -deficiente infraestrutura nos transportes -acordos bilaterais (indefinição de regras claras para a manutenção da zona aduaneira)
  44. 44. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia São Estados Associados do MERCOSUL a Bolívia (em processo de adesão ao MERCOSUL), o Chile (desde 1996), o Peru (desde 2003), a Colômbia e o Equador (desde 2004). Guiana e Suriname tornaram-se Estados Associados em 2013. Com isso, todos os países da América do Sul fazem parte do MERCOSUL, seja como Estados Parte, seja como Associado. Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai assinaram, em 26 de março de 1991, o Tratado de Assunção, com vistas a criar o Mercado Comum do Sul (MERCOSUL). Fonte. Geografando. Disponível em:<http://geografandolueta.blogspot.com.br/2013/10/mercosul-mercosul-e-um-bloco-economico.html>. Acesso em: 02 mar. 2016.
  45. 45. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -Entrada da Venezuela (oposição a politica estadunidense, o Brasil poderia ser visto como antagônico ao EUA) -Um grande problema desse bloco é que essa imensa desigualdade não foi superada, e esses dois países continuam muito aquém dos outros (não caminham no mesmo ritmo). -Brasil e Argentina disputam fortemente um o mercado do outro.
  46. 46. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Fonte: Direito e arte. Disponível em:<http://direitoearte.blog.lemonde.fr/2009/11/07/a-entrada-da-venezuela-no-mercosul-por-glauco/>. Acesso em: 02 mar. 2016. -já seria o terceiro maior PIB (apenas atrás de Brasil e Argentina) -grande reserva de petróleo (interessante para o grupo) -potencial de crescimento da Venezuela era bem maior que o potencial de crescimento do Paraguai e do Uruguai.
  47. 47. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Em 2006 a Venezuela entra como membro não efetivo, como membro convidado...ainda não com todos os direitos....para que isso acontecesse era necessário que todos os membros aceitassem essa entrada emitindo um documento oficial, mas o Paraguai não aceitou essa entrada. O Paraguai não aceitou a presença da Venezuela no Mercosul, afirmando que seria necessária a aprovação pelo Senado para que isso se efetivasse. -2012 impeachment do presidente paraguaio foi considerado inconstitucional e o país é suspenso. Governos de países vizinhos contestam a ausência de prazo para a defesa de Lugo e qualificaram o impeachment como golpe.
  48. 48. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O Mercosul viu nesse processo de impeachment do Paraguai uma postura antidemocrática, pois o presidente não teve o seu direito de defesa, já que Lugo foi afastado de maneira incorreta. Segundo o Mercosul , o Paraguai deveria ser suspenso do bloco, até que fosse resolvido esse problema. Nesse momento que o Paraguai estava suspenso foi feita uma nova votação para ver se os membros efetivos aceitariam a entrada da Venezuela, o que de fato aconteceu. Fonte: Quinho. Disponível em:<https://domtotal.com/charges/detalhes.php?chaId=176>. Acesso em: 02 mar. 2016.
  49. 49. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia MORTE DE CHAVES (março/2013): Maduro assume. -Inflação: 2013 22,2%, 2014 56,3% -crise de desabastecimento: atingem os Mercais (mercados públicos criados por Chaves para vender mais barato e atender a população) -assassinatos: 45/1000 habitantes, em Caracas chega a 75/1000 (2015) 2014: o país mergulha em uma das mais graves crises de sua história

×