O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Cap5 2-estrutura geologica do brasil

616 visualizações

Publicada em

Estrutura geológica do Brasil

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Cap5 2-estrutura geologica do brasil

  1. 1. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  2. 2. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  3. 3. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Estrutura geológica é a base de um território. Corresponde à sua composição rochosa.
  4. 4. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Estrutura geológica é a base de um território. Corresponde à sua composição rochosa. Já o relevo é a forma apresentada pelo território aos nossos olhos: montanhas mais altas, montanhas rebaixadas, planícies, depressões... O pico Dedo de Deus destaca-se em meio ao relevo montanhoso da Serra dos Órgãos, no estado do Rio de Janeiro.
  5. 5. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia No Brasil só ocorrem dois dos três principais tipos de estrutura geológica (escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos) encontradas na crosta terrestre: •Maciços antigos ou escudos cristalinos •Bacias sedimentares
  6. 6. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia No Brasil só ocorrem dois dos três principais tipos de estrutura geológica (escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos) encontradas na crosta terrestre: •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas.
  7. 7. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. Fonte: Globo Educação. Disponível em:<http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/estrutura-geologica-e-mineracao.html>. Acesso em: 13 mar. 2016.
  8. 8. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. Fonte: Globo Educação. Disponível em:<http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/estrutura-geologica-e-mineracao.html>. Acesso em: 13 mar. 2016. Montanhas Baffin – Canadá ESCUDO CANADENSE Fonte: JP. Disponível em:<http://jp-lugaresfantasticos.blogspot.com.br/2013/04/montanhas-baffin -canada.html>. Acesso em: 13 mar. 2016. -Relevo muito mais baixo que os dobramentos;
  9. 9. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. Fonte: Globo Educação. Disponível em:<http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/estrutura-geologica-e-mineracao.html>. Acesso em: 13 mar. 2016. Monte Roraima Fonte: Eco4. Disponível em:<https://eco4u.wordpress.com/tag/planalto-das-guianas/>. Acesso em: 13 mar. 2016. na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. ESCUDO DAS GUIANAS -São áreas antigas (formadas no Pré- cambriano); 600 milhões de anos atrás
  10. 10. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. Fonte: Globo Educação. Disponível em:<http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/estrutura-geologica-e-mineracao.html>. Acesso em: 13 mar. 2016. Serra do Mar – SE do Brasil ESCUDO BRASILEIRO Fonte: Webnode. Disponível em:<http://professoralexeinowatzki.webnode.com.br/geologia/mac roestruturas-geologicas/>. Acesso em: 13 mar. 2016. -Reserva Mineral (metálicos);
  11. 11. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. Fonte: Globo Educação. Disponível em:<http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/estrutura-geologica-e-mineracao.html>. Acesso em: 13 mar. 2016. Moskvint, Noruega ESCUDO ESCANDINAVO Fonte: Foto Historia Geográfica. Disponível em:<http://www.protohistoriageografica.cl/english/ synthesis.htm/>. Acesso em: 13 mar. 2016. -Áreas muito erodidas;
  12. 12. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. Fonte: Globo Educação. Disponível em:<http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/estrutura-geologica-e-mineracao.html>. Acesso em: 13 mar. 2016. Osepo, Rússia ESCUDO DE ANGARA Fonte: Panoramio. Disponível em:<http://www.panoramio.com/user/3423520>. Acesso em: 13 mar. 2016.
  13. 13. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. Fonte: Globo Educação. Disponível em:<http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/estrutura-geologica-e-mineracao.html>. Acesso em: 13 mar. 2016. Líbia, África ESCUDO GUINEANO Fonte: Voyage. Disponível em:<http://www.voyagesphotosmanu.com/geografia-da- libia.html>. Acesso em: 13 mar. 2016.
  14. 14. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia No Brasil só ocorrem dois dos três principais tipos de estrutura geológica (escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos) encontradas na crosta terrestre: •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. •Bacias sedimentares Formadas por rochas originárias da deposição de sedimentos nas concavidades da crosta terrestre. Foram formadas a partir de sedimentos transportados pelos agentes externos que modelam o relevo.
  15. 15. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As Bacias Sedimentares correspondem às depressões preenchidas com detritos ou sedimentos levados das áreas ao lado. No Brasil existem bacias sedimentares de grande e de pequena extensão.
  16. 16. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O ENEM costuma chamar essas estruturas de áreas de deposição. o Áreas que recebem os sedimentos erodidos das estruturas ao lado; o Áreas de formação de combustíveis fósseis (petróleo, carvão). Erosão desgaste, transporte e deposita. •Bacias Sedimentares
  17. 17. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Os Dobramentos modernos são estruturas que NÃO existem no Brasil, são as mais recentes formações geológicas.
  18. 18. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Cordilheira dos Andes Picos da Cordilheira dos Andes Alpes Suíços Cordilheira do Himalaia
  19. 19. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -são áreas de encontro de placas tectônicas (vulcões e terremotos); -são áreas pouco erodidas; -espaço de formação de grandes rios (os rios são frutos de uma dinâmica da água e uma diferença de relevo) -solos de origem vulcânicas (solos basálticos, ricos em basalto) são solos considerados favoráveis à agricultura. (O Brasil possui a maior área de derrame de lavas do planeta) -áreas formadas a 1 milhão de anos atrás; •Dobramentos Modernos
  20. 20. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As bacias sedimentares ocupam a maior parte do território brasileiro. Correspondem às depressões preenchidas por detritos ou sedimentos carreados das áreas circunjacentes pela ação das águas (chuvas, rios), ventos e, nas regiões de clima glacial, pelas geleiras. (Considerando que no passado geológico o sul do território do que é hoje o Brasil foi ocupado por geleiras.)
  21. 21. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  22. 22. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia No Brasil, existem bacias sedimentares de extensões variáveis, as quais podem ser divididas em bacias de grande extensão e de menor extensão.
  23. 23. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Como bacias de grande extensão, é possível citar: -a Amazônica, -a do Parnaíba (ou do Meio-Norte), -a do Paraná (ou Paranaica) -e a Central ou Parecis.
  24. 24. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As mais notáveis bacias de menor extensão são: -a do Pantanal Mato-Grossense, -a do São Francisco (ou Sanfranciscana), -a do Recôncavo Tucano (produtora de petróleo) -e a Litorânea.
  25. 25. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Assim, as áreas de altas montanhas repelem a fixação humana, enquanto as áreas de menores altitudes, como as planícies e certos planaltos, atraem a população. O relevo terrestre condiciona o processo de produção e organização do espaço geográfico, interferindo, por exemplo, na distribuição da população do mundo.
  26. 26. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  27. 27. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O fato de o Brasil estar distante das zonas de contato das placas tectônicas explica a relativa estabilidade de seu território
  28. 28. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  29. 29. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  30. 30. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  31. 31. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O fotógrafo britânico Alexander Mustard e alguns colegas mergulharam na fenda existente entre as placas tectônicas da América do Norte e Eurásia, registrando imagens espetaculares. A aventura para conhecer a “fronteira” entre as duas placas ocorreu no Parque Nacional Thingvellir, na Islândia. A paisagem submersa do parque é cheia de vales, falhas e fontes de lava, formados pelo afastamento gradual entre as duas placas, que se distanciam cerca de 2,5 centímetros uma da outra a cada ano. Os mergulhadores que participaram da expedição desceram cerca de 24 metros na fenda entre as placas, mas chegaram a até 60 metros de profundidade em cânions como o Silfra e oNikulasargia. Mustard, de 36 anos, diz que as imagens mostram “o mundo submarino único da Islândia, que assim como a ilha, é formado por paisagens vulcânicas”.
  32. 32. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  33. 33. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Fotos foram tiradas nas imediações do Parque Nacional Thingvellir (Foto: Alexander Mustard / Solent) A lava e o vapor quente na interseção entre as placas criou também a chaminé hidrotermal Arnarnes Strytur, visitada pelos mergulhadores. A água é expulsa da chaminé 80°C e forma uma coluna turva ao entrar em contato com a água do mar, que está a 4°C.
  34. 34. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  35. 35. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Mergulhadores chegaram a atingir até 60 metros de profundidade A noção de placas tectônicas foi desenvolvida nos anos 1960 para explicar as localizações dos vulcões e outros eventos geológicos de grande escala. De acordo com a teoria, a superfície da Terra é feita de uma “colcha de retalhos” de enormes placas rígidas, com espessura de 80 km, que flutuam devagar por cima do manto, uma região com magma nas profundezas da terra. As placas mudam de tamanho e posição ao longo do tempo, movendo entre um e dez centímetros por ano – velocidade equivalente ao crescimento das unhas humanas.
  36. 36. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  37. 37. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O fundo do oceano está sendo constantemente modificado, com a criação de novas crostas feitas da lava expelida das profundezas da Terra e que se solidifica no contato com a água fria. Assim, as placas tectônicas se movem, gerando intensa atividade geológica em suas extremidades. As atividades nestas zonas de divisa entre placas tectônicas são as mesmas que dão origem aos terremotos de grande magnitude.
  38. 38. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  39. 39. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia TERREMOTOS no BRASIL?
  40. 40. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia TERREMOTOS no BRASIL?
  41. 41. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Recentemente foi realizada uma pesquisa que derruba a idéia de que o Brasil é praticamente imune de terremotos. A afirmativa se baseia na identificação de 48 falhas geológicas em todo território brasileiro, de modo que a maioria delas detém um grande potencial para a ocorrência dessa anomalia terrestre, pelo menos seis delas já apresentaram abalos sísmicos. http://paraeleseelaseducacao.blogspot.com/2009/11/risco-de-terremotos-no-brasil.html
  42. 42. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Por entre essas falhas/fraturas em alguns casos, ocorreu o escoamento de lavas basálticas que percorreram grandes extensões ao sul do território brasileiro e da região de Poços de Caldas e Araxá, em Minas Gerais. Uma vez consolidadas, essas lavas resultantes do vulcanismo deram origem a rochas magmáticas (com destaque para os basaltos).
  43. 43. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Por entre essas falhas/fraturas em alguns casos, ocorreu o escoamento de lavas basálticas que percorreram grandes extensões ao sul do território brasileiro e da região de Poços de Caldas e Araxá, em Minas Gerais. Uma vez consolidadas, essas lavas resultantes do vulcanismo deram origem a rochas magmáticas (com destaque para os basaltos). Essas rochas, quando submetidas ao intemperismo seguido da ação de agentes erosivos, desagregaram- se e se decompuseram, formando a terra roxa, excelente para a atividade agrícola.
  44. 44. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O mito estava tão arraigado na cultura brasileira, que nem mesmo as normas técnicas de cargas e de cálculo estrutural mencionavam cargas decorrentes de atividade sísmica. Em construções bem projetadas e executadas não acarretaria grandes danos, uma vez que, os tremores que ocorrem no Brasil em geral são de baixa intensidade (menor que 4 graus)
  45. 45. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia http://ofca.com.br/artigos/2008/04/25/250408-terremoto-que-riscos-corremos/ Em favelas a situação é outra e corre-se um risco cada vez maior de um desastre de grandes proporções. Primeiro pelo fato de existirem progressivamente mais favelas espalhadas pelo país.
  46. 46. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia prédios de até 6 pavimentos ou mais. (Figura 4) http://ofca.com.br/artigos/2008/04/25/250408-terremoto-que-riscos-corremos/ Depois, as construções são tecnicamente leigas não existindo projeto, nem estrutura adequada, nem controle de execução minimamente aceitável. Em favelas a situação é outra e corre-se um risco cada vez maior de um desastre de grandes proporções. Primeiro pelo fato de existirem progressivamente mais favelas espalhadas pelo país.
  47. 47. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia TERREMOTOS no BRASIL? Um terremoto com magnitude de 6,1 graus atingiu a região da Amazônia no Brasil por volta das 10h30 deste sábado (21). O epicentro do terremoto ocorreu a 100 quilômetros do município de Cruzeiro do Sul, no Acre, segundo informações do Observatório de Sismologia da Universidade de Brasília (UnB). 21/07/07
  48. 48. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Um tremor de terra estimado em 4,9 pontos na escala Richter atingiu na madrugada de hoje o município de Itacarambi, no Norte de Minas Gerais, derrubando casas e matando uma criança. O abalo, registrado pelo Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), está entre os 15 maiores tremores brasileiros, segundo o diretor do observatório, professor Lucas Vieira Barros.
  49. 49. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  50. 50. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  51. 51. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia ESCUDOS São resultados de movimentos orogenéticos muito antigos. •área continental de rochas cristalinas do pré-cambriano; •primeiros núcleos de rochas que afloraram desde o início da formação da crosta terrestre; •são áreas de grande estabilidade, que não sofreram deformações sérias desde o pré-cambriano, a não ser uma tendência ascencional contínua; •exemplos de escudos: siberiano, guiano, canadense, sul-africano, brasileiro, patagônico e escandinavo. CRÁTONS São massas pré-paleozoicas que não sofreram posteriores ações orogenéticas. Apresentam idade de mais de 570 milhões de anos. Um escudo pode apresentar vários crátons. Conceito: •são blocos da crosta terrestre que atingiram estabilidade ao longo do tempo e que, devido à sua relativa rigidez, experimentam somente deslocamentos verticais moderados.
  52. 52. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Os crátons podem se apresentar de duas formas: quando afloram, ou seja, quando ficam expostos e submetidos aos agentes de erosão (água, oscilações de temperatura, vento etc.) ou quando são recobertos por formações sedimentares (rochas sedimentares).
  53. 53. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Portal SAS http://www.iica.org.br/download/Apresentacao_12_momen_intercamb_joao_batista_CERB.pdf http://pt.slideshare.net/tojal7/terra-estrutura-geolgica-i http://vitingeo.wikispaces.com/file/view/vis%c3%a3o_geral.jpg/223122930/1280x1016/vis%c3%a3o_geral.jpg http://www.ecodebate.com.br/foto/140611.jpg http://geoconceicao.blogspot.com.br/2012/07/os-cratons-ou-plataformas.html http://www.cprm.gov.br/geoecoturismo/geoparques/chapada/geologia.html http://profwelgeo.blogspot.com.br http://soumaisenem.com.br/geografia/estrutura-interna-e-litosfera/geologia-movimento-das-placas-tectonicas-epirogenese-e http://www.educacaopublica.rj.gov.br/oficinas/geologia/geologia_geral/index.html http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/estrutura-geologica-e-mineracao.html http://jp-lugaresfantasticos.blogspot.com.br/2013/04/montanhas-baffin-canada.html
  54. 54. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As plataformas ou crátons correspondem aos terrenos mais antigos e arrasados por muitas fases de erosão. Apresentam uma grande complexidade litológica, prevalecendo as rochas metamórficas muito antigas (Pré-Cambriano Médio e Inferior). Também ocorrem rochas intrusivas antigas e resíduos de rochas sedimentares. São três as áreas de plataforma de crátons no Brasil: a das Guianas, a Sul-Amazônica e a do São Francisco. ROSS, J. L. S. Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp, 1998. As regiões cratônicas das Guianas e a Sul-Amazônica têm como arcabouço geológico vastas extensões de escudos cristalinos, ricos em minérios, que atraíram a ação de empresas nacionais e estrangeiras do setor de mineração e destacam-se pela sua história geológica por a)apresentarem áreas de intrusões graníticas, ricas em jazidas minerais (ferro, manganês). b)corresponderem ao principal evento geológico do Cenozoico no território brasileiro. c)apresentarem áreas arrasadas pela erosão, que originaram a maior planície do país. d)possuírem em sua extensão terrenos cristalinos ricos em reservas de petróleo e gás natural. e)serem esculpidas pela ação do intemperismo físico, decorrente da variação de temperatura. ENEM 2012 – questão 37
  55. 55. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As plataformas ou crátons correspondem aos terrenos mais antigos e arrasados por muitas fases de erosão. Apresentam uma grande complexidade litológica, prevalecendo as rochas metamórficas muito antigas (Pré-Cambriano Médio e Inferior). Também ocorrem rochas intrusivas antigas e resíduos de rochas sedimentares. São três as áreas de plataforma de crátons no Brasil: a das Guianas, a Sul-Amazônica e a do São Francisco. ROSS, J. L. S. Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp, 1998. As regiões cratônicas das Guianas e a Sul-Amazônica têm como arcabouço geológico vastas extensões de escudos cristalinos, ricos em minérios, que atraíram a ação de empresas nacionais e estrangeiras do setor de mineração e destacam-se pela sua história geológica por a)apresentarem áreas de intrusões graníticas, ricas em jazidas minerais (ferro, manganês). b)corresponderem ao principal evento geológico do Cenozoico no território brasileiro. c)apresentarem áreas arrasadas pela erosão, que originaram a maior planície do país. d)possuírem em sua extensão terrenos cristalinos ricos em reservas de petróleo e gás natural. e)serem esculpidas pela ação do intemperismo físico, decorrente da variação de temperatura. ENEM 2012 – questão 37
  56. 56. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A partir da análise da imagem, o aparecimento da Dorsal Mesoatlântica está associado ao(à) a) separação da Pangeia a partir do período Permiano. b) deslocamento de fraturas no período Triássico. c) afastamento da Europa no período Jurássico. d) formação do Atlântico Sul no período Cretáceo. e) constituição de orogêneses no período Quaternário. Enem 2014
  57. 57. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A partir da análise da imagem, o aparecimento da Dorsal Mesoatlântica está associado ao(à) a) separação da Pangeia a partir do período Permiano. b) deslocamento de fraturas no período Triássico. c) afastamento da Europa no período Jurássico. d) formação do Atlântico Sul no período Cretáceo. e) constituição de orogêneses no período Quaternário. Enem 2014
  58. 58. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia TEIXEIRA, W. et. al. (Orgs.) Decifrando a Terra. São Paulo. Companhias Editora Nacional, 2009 (adaptado). O esquema mostra depósitos em que aparecem fósseis de animais do Período Jurássico. As rochas em que se encontram esses fósseis são a)magmáticas, pois a ação de vulcões causou as maiores extinções desses animais já conhecidas ao longo da história terrestre. b) sedimentares, pois os restos podem ter sido soterrados e litificados com o restante dos sedimentos. c) magmáticas, pois são as rochas mais facilmente erodidas, possibilitando a formação de tocas que foram posteriormente lacradas. d) sedimentares, já que cada uma das camadas encontradas na figura simboliza um evento de erosão dessa área representada. e) metamórficas, pois os animais representados precisavam estar perto de locais quentes. ENEM 2010
  59. 59. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia TEIXEIRA, W. et. al. (Orgs.) Decifrando a Terra. São Paulo. Companhias Editora Nacional, 2009 (adaptado). O esquema mostra depósitos em que aparecem fósseis de animais do Período Jurássico. As rochas em que se encontram esses fósseis são a)magmáticas, pois a ação de vulcões causou as maiores extinções desses animais já conhecidas ao longo da história terrestre. b) sedimentares, pois os restos podem ter sido soterrados e litificados com o restante dos sedimentos. c) magmáticas, pois são as rochas mais facilmente erodidas, possibilitando a formação de tocas que foram posteriormente lacradas. d) sedimentares, já que cada uma das camadas encontradas na figura simboliza um evento de erosão dessa área representada. e) metamórficas, pois os animais representados precisavam estar perto de locais quentes. ENEM 2010 Litificação é um conjunto complexo de processos que convertem sedimentos em rocha consolidada.

×