SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
Baixar para ler offline
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O termo anglo-saxônica se deve ao predomínio da
colonização inglesa.

Anglo-saxão é a denominação dada à fusão
dos povos germânicos (anglos, saxões e jutos)
que se fixaram no sul e leste da Grã-Bretanha
no século V

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Durante o século XVII, nobres falidos e ricos comerciantes ingleses
vieram para a América em grande número para recuperar sua fortuna e
em busca de novas terras para ampliar seus negócios.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Durante o século XVII, nobres falidos e ricos comerciantes ingleses
vieram para a América em grande número para recuperar sua fortuna e
em busca de novas terras para ampliar seus negócios.

Eles ambicionavam encontrar novas fontes de matérias-primas e novos
mercados consumidores.

Colonização EUA tem início em 1620
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Para acelerar ainda mais a ocupação da América do Norte, a coroa
inglesa concedeu grande parte das terras que hoje fazem parte dos EUA
a 2 grandes empresas:

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Para acelerar ainda mais a ocupação da América do Norte, a coroa
inglesa concedeu grande parte das terras que hoje fazem parte dos EUA
a 2 grandes empresas:

e

Cia de Londres

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Para acelerar ainda mais a ocupação da América do Norte, a coroa
inglesa concedeu grande parte das terras que hoje fazem parte dos EUA
a 2 grandes empresas:

e

Ficaram com as terras
Situadas ao sul

Cia de Londres

Ficaram com as terras
Situadas ao norte

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
“A própria Cia de Londres declarara, em 1624, que seu objetivo era: ´a
remoção da sobrecarga de pessoas necessitadas, material ou
combustível para perigosas insurreições e assim deixar ficar maior a
fartura para sustentar os que ficam no país’. (...)

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
“A própria Cia de Londres declarara, em 1624, que seu objetivo era: ´a
remoção da sobrecarga de pessoas necessitadas, material ou
combustível para perigosas insurreições e assim deixar ficar maior a
fartura para sustentar os que ficam no país’. (...)
...mulheres eram transportadas para serem leiloadas no Novo Mundo. É
natural concluir que essas mulheres, dispostas a atravessar o oceano e
serem vendidas na América como esposas, não eram integrantes da
aristocracia intelectual ou financeira da Inglaterra.”
BRAICK, Patrícia Ramos; e MOTA, Myriam Brecho. História: das cavernas ao terceiro milênio. 2 ed. – São Paulo: Moderna,
2010. Volume 2. p53.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
No sul, a colonização baseou-se em plantations, grandes latifúndios
monocultores voltados à exportação.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
No sul, a colonização baseou-se em plantations, grandes latifúndios
monocultores voltados à exportação.

Nestas terras foram utilizadas
mão-de-obra escrava.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
No norte, ocorreu uma colonização diferente.
Aproveitando a rivalidade religiosa dentro da Inglaterra, a Cia de
Londres, ofereceu terras para grupos puritanos discriminados e
perseguidos.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Essa ocupação originou pequenas propriedades rurais familiares
(policultoras)

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Em pouco tempo as colônias do Norte tinham uma economia mais
dinâmica que as do Sul. Impulsionada pela chegada de um número cada
vez maior de indústrias e abastecida pelos alimentos vindos de
pequenas propriedades rurais essa região prosperava.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS.
O rápido desenvolvimento das TREZE COLÔNIAS acabou estimulando a
rejeição à dominação pela Inglaterra.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS.
O rápido desenvolvimento das TREZE COLÔNIAS acabou estimulando a
rejeição à dominação pela Inglaterra.
Em 1775 inicia-se a guerra contra os
ingleses. Após 8 anos (em 1783) a
Inglaterra finalmente reconheceu os
EUA como um país livre.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Nascia o primeiro país independente da América.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A imagem é considerada um dos símbolos mais
famosos do mundo, sendo a personificação
dos Estados Unidos da América (EUA).

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O nome "Tio Sam", segundo folclore, foi usado
primeiramente durante a Guerra anglo-americana de 1812,
quando soldados estadunidenses, que estavam no norte de
Nova Iorque, se alimentavam de uma carne cujo recipiente
era barris com a seguinte inscrição: U.S (United States).

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O nome "Tio Sam", segundo folclore, foi usado
primeiramente durante a Guerra anglo-americana de 1812,
quando soldados estadunidenses, que estavam no norte de
Nova Iorque, se alimentavam de uma carne cujo recipiente
era barris com a seguinte inscrição: U.S (United States).

A partir de uma brincadeira com as letras, então, chamaram Samuel Wilson, dono da empresa
fornecedora dos alimentos, de “Uncle Sam”, em português, “Tio Sam”. Em 1961, o Congresso
americano reconheceu Samuel Wilson como inspirador da figura do Tio Sam.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Com o passar do tempo o apelido tornou-se
cada vez mais popular, até que a revista
americana Punch o batizou como

símbolo

estadunidense.

Contudo, foi apenas em 1870 que Tio Sam ganhou um rosto; quando o cartunista Tomas Nast
realizou o desenho como uma homenagem a Abraham Lincoln (ex-presidente dos Estados
Unidos e considerado um herói nacional), que teve os traços de seu rosto como inspiração para
o trabalho.

Talita Lopes Cavalcante -Administração Imagens Históricas - Fonte: - "The Most Famous Poster". American Treasures of the Library of Congress.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Finalmente, em 1917, James Flagg, a pedido das Forças Armadas dos EUA, alterou o desenho

jogada de marketing para o recrutamento de soldados
para a Primeira Guerra Mundial, O Tio Sam passou a ter o dedo em riste
e foi acrescentada a seguinte frase: "I Want You for U.S. Army" ("Eu
Quero Você para o Exército dos EUA".)
original. Como uma

A imagem é representada
vestindo as cores e elementos
da bandeira norte-americana por exemplo, uma cartola com
listras vermelhas e brancas e
estrelas brancas num fundo
azul.
Talita Lopes Cavalcante -Administração Imagens Históricas - Fonte: - "The Most Famous Poster". American Treasures of the Library of Congress.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Os Estados Unidos têm:
-roubado, pedaço a pedaço, grandes territórios de povos impotentes ou quase
impotentes;
-têm posto sua vontade sobre inúmeras nações, contra o desejo e interesses delas,
-têm violado centenas de tratados e acordos;
-têm cometido crimes de
guerras tão chocantes quanto numerosos.
-têm manejado um chicote militar e
o dólar como isca para construir um
império jamais visto pela
humanidade..(...)

(A FABRICAÇÃO DO IMPÉRIO AMERICANO,
p.22)
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
EFEITO BUMERANG, apoio à déspotas em lugares distantes acaba inevitavelmente
afetando sua própria casa.
-2002 os EUA invadem o Iraque (armas químicas no país)
-EUA haviam ajudado a sustentar Saddam Hussein numa época em que ele usava
armas químicas ativamente (final década 70, início década 80.)
(CORRUPÇÃO À AMERICANA, p.36)

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O revolucionário JOSÉ MARTÍ certa vez afirmou que:

“Ver um crime com

calma é cometê-lo.”
Diante dos constantes crimes cometidos contra a humanidade pelo imperialismo americano,
assassinando e matando milhões de inocentes em todos os continentes do planeta,

soa

como covardia nosso silêncio um tanto alienado.

Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Coordenadas geográficas 7ano
Coordenadas geográficas 7anoCoordenadas geográficas 7ano
Coordenadas geográficas 7ano
Suely Takahashi
 
História da ÁFrica
História da ÁFricaHistória da ÁFrica
História da ÁFrica
Joice Belini
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
Dirair
 
Geometria espacial - Cones (Daniel Oliveira)
Geometria espacial - Cones (Daniel Oliveira)Geometria espacial - Cones (Daniel Oliveira)
Geometria espacial - Cones (Daniel Oliveira)
danfanney
 

Mais procurados (20)

Coordenadas geográficas 7ano
Coordenadas geográficas 7anoCoordenadas geográficas 7ano
Coordenadas geográficas 7ano
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
 
História da ÁFrica
História da ÁFricaHistória da ÁFrica
História da ÁFrica
 
SISTEMAS DE GOVERNO 2ª AULA
SISTEMAS DE GOVERNO 2ª AULASISTEMAS DE GOVERNO 2ª AULA
SISTEMAS DE GOVERNO 2ª AULA
 
Senso Crítico
Senso CríticoSenso Crítico
Senso Crítico
 
6 Renascimento e Reforma
6  Renascimento e  Reforma6  Renascimento e  Reforma
6 Renascimento e Reforma
 
Estado brasileiro
Estado brasileiroEstado brasileiro
Estado brasileiro
 
História do ceará
História do cearáHistória do ceará
História do ceará
 
Áreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras PlanasÁreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras Planas
 
A importância do jovem na politica (revisado)
A importância do jovem na politica (revisado)A importância do jovem na politica (revisado)
A importância do jovem na politica (revisado)
 
A revolta de beckman(1685)
A revolta de beckman(1685)A revolta de beckman(1685)
A revolta de beckman(1685)
 
Aula 15 - Estado e Governo
Aula 15 - Estado e GovernoAula 15 - Estado e Governo
Aula 15 - Estado e Governo
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
 
Operações com frações
Operações com fraçõesOperações com frações
Operações com frações
 
Apresentação - Curso Básico de Drones
Apresentação - Curso Básico de DronesApresentação - Curso Básico de Drones
Apresentação - Curso Básico de Drones
 
Os Tipos de Dominação para Weber- 1o.ano - CSB
Os Tipos de Dominação para Weber- 1o.ano - CSBOs Tipos de Dominação para Weber- 1o.ano - CSB
Os Tipos de Dominação para Weber- 1o.ano - CSB
 
Geometria espacial - Cones (Daniel Oliveira)
Geometria espacial - Cones (Daniel Oliveira)Geometria espacial - Cones (Daniel Oliveira)
Geometria espacial - Cones (Daniel Oliveira)
 
Ferreira Gullar
Ferreira GullarFerreira Gullar
Ferreira Gullar
 
Estado liberal
Estado liberalEstado liberal
Estado liberal
 

Destaque

Impérios americanos 2010
Impérios americanos 2010Impérios americanos 2010
Impérios americanos 2010
BriefCase
 
America anglo saxonica física final
America anglo saxonica física finalAmerica anglo saxonica física final
America anglo saxonica física final
Fernanda Lopes
 
América anglo saxônica
América anglo saxônicaAmérica anglo saxônica
América anglo saxônica
Jadiael Berto
 
Terra entendendo o planeta
Terra entendendo o planetaTerra entendendo o planeta
Terra entendendo o planeta
Fernanda Lopes
 

Destaque (20)

Impérios americanos 2010
Impérios americanos 2010Impérios americanos 2010
Impérios americanos 2010
 
A evocação da 1ª guerra mundial
A evocação da 1ª guerra mundialA evocação da 1ª guerra mundial
A evocação da 1ª guerra mundial
 
A historia dos EUA
A historia dos EUAA historia dos EUA
A historia dos EUA
 
America anglo saxonica física final
America anglo saxonica física finalAmerica anglo saxonica física final
America anglo saxonica física final
 
Koneski 1ª guerra mundial (1914 1918)
Koneski 1ª guerra mundial (1914 1918)Koneski 1ª guerra mundial (1914 1918)
Koneski 1ª guerra mundial (1914 1918)
 
Eua reorganizacao industrial
Eua reorganizacao industrialEua reorganizacao industrial
Eua reorganizacao industrial
 
América anglo saxônica
América anglo saxônicaAmérica anglo saxônica
América anglo saxônica
 
Terra entendendo o planeta
Terra entendendo o planetaTerra entendendo o planeta
Terra entendendo o planeta
 
Europa físico terceirao
Europa físico terceiraoEuropa físico terceirao
Europa físico terceirao
 
Movimentos da-terra
Movimentos da-terraMovimentos da-terra
Movimentos da-terra
 
18 03 ideologia nos mapas
18 03 ideologia nos mapas18 03 ideologia nos mapas
18 03 ideologia nos mapas
 
Geografia9 america anglo_saxonica
Geografia9 america anglo_saxonicaGeografia9 america anglo_saxonica
Geografia9 america anglo_saxonica
 
Aulão geografia
Aulão geografiaAulão geografia
Aulão geografia
 
PIRATAS DEL CARIBE
PIRATAS DEL CARIBEPIRATAS DEL CARIBE
PIRATAS DEL CARIBE
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
 
Dominios vegetaiss
Dominios vegetaissDominios vegetaiss
Dominios vegetaiss
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
Navegação aula 2
Navegação   aula 2Navegação   aula 2
Navegação aula 2
 
A população e a economia da américa aula 1
A população e a economia da américa   aula 1A população e a economia da américa   aula 1
A população e a economia da américa aula 1
 
Trabalho de geografia america anglo saxonica
Trabalho de geografia america anglo saxonicaTrabalho de geografia america anglo saxonica
Trabalho de geografia america anglo saxonica
 

Semelhante a Anglo saxônica 9

Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
Fernanda Lopes
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
Fernanda Lopes
 
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.pptA Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
JOSE597407
 
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.pptA Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
MarceloAraujo720109
 
C A P 02 O P O D E R D O S E U A S O B R E A A MÉ R I C A L A T I N A
C A P 02  O  P O D E R  D O S  E U A  S O B R E  A  A MÉ R I C A  L A T I N AC A P 02  O  P O D E R  D O S  E U A  S O B R E  A  A MÉ R I C A  L A T I N A
C A P 02 O P O D E R D O S E U A S O B R E A A MÉ R I C A L A T I N A
ProfMario De Mori
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
Paulo Alexandre
 
Formação da população e expansão eua
Formação da população e expansão euaFormação da população e expansão eua
Formação da população e expansão eua
Fernanda Lopes
 
Geografia e Economia dos Estados Unidos
Geografia e Economia dos Estados UnidosGeografia e Economia dos Estados Unidos
Geografia e Economia dos Estados Unidos
Eder Liborio
 
Aula de história – 2º ano
Aula de história – 2º anoAula de história – 2º ano
Aula de história – 2º ano
stelawstel
 
Eua história
Eua   históriaEua   história
Eua história
4grupo4
 
Estados unidos hegemonia politica e economica
Estados unidos hegemonia politica e economicaEstados unidos hegemonia politica e economica
Estados unidos hegemonia politica e economica
Fernanda Lopes
 

Semelhante a Anglo saxônica 9 (20)

Anglo saxônica 9
Anglo saxônica 9Anglo saxônica 9
Anglo saxônica 9
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
 
História dos E.U.A
História dos E.U.AHistória dos E.U.A
História dos E.U.A
 
Independência dos Estados Unidos
Independência dos Estados UnidosIndependência dos Estados Unidos
Independência dos Estados Unidos
 
Eua aula 1
Eua   aula 1Eua   aula 1
Eua aula 1
 
3ºexpansão norte americana.
3ºexpansão norte americana.3ºexpansão norte americana.
3ºexpansão norte americana.
 
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.pptA Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
 
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.pptA Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
 
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.pptA Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
 
C A P 02 O P O D E R D O S E U A S O B R E A A MÉ R I C A L A T I N A
C A P 02  O  P O D E R  D O S  E U A  S O B R E  A  A MÉ R I C A  L A T I N AC A P 02  O  P O D E R  D O S  E U A  S O B R E  A  A MÉ R I C A  L A T I N A
C A P 02 O P O D E R D O S E U A S O B R E A A MÉ R I C A L A T I N A
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
 
Revolução Americana e sua Independência. (American Revolution and its Indepen...
Revolução Americana e sua Independência. (American Revolution and its Indepen...Revolução Americana e sua Independência. (American Revolution and its Indepen...
Revolução Americana e sua Independência. (American Revolution and its Indepen...
 
Formação da população e expansão eua
Formação da população e expansão euaFormação da população e expansão eua
Formação da população e expansão eua
 
América espanhola e inglesa
América espanhola e inglesaAmérica espanhola e inglesa
América espanhola e inglesa
 
COLONIZAÇÃO INGLESA.pptx
COLONIZAÇÃO INGLESA.pptxCOLONIZAÇÃO INGLESA.pptx
COLONIZAÇÃO INGLESA.pptx
 
Geografia e Economia dos Estados Unidos
Geografia e Economia dos Estados UnidosGeografia e Economia dos Estados Unidos
Geografia e Economia dos Estados Unidos
 
Aula de história – 2º ano
Aula de história – 2º anoAula de história – 2º ano
Aula de história – 2º ano
 
Eua história
Eua   históriaEua   história
Eua história
 
Estados unidos hegemonia politica e economica
Estados unidos hegemonia politica e economicaEstados unidos hegemonia politica e economica
Estados unidos hegemonia politica e economica
 

Mais de Fernanda Lopes

Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sulCap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Fernanda Lopes
 

Mais de Fernanda Lopes (20)

Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
 
Cap 1 da europa para o mundo
Cap 1 da europa para o mundoCap 1 da europa para o mundo
Cap 1 da europa para o mundo
 
Mariana tragédia
Mariana tragédiaMariana tragédia
Mariana tragédia
 
Piores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da históriaPiores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da história
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
 
China conteúdo
China conteúdoChina conteúdo
China conteúdo
 
Blocos econômicos primeiro ano
Blocos econômicos  primeiro anoBlocos econômicos  primeiro ano
Blocos econômicos primeiro ano
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Questão palestina
Questão palestinaQuestão palestina
Questão palestina
 
Conflitos mundiais 2
Conflitos mundiais 2Conflitos mundiais 2
Conflitos mundiais 2
 
Cap 14 conflitos mundiais 1
Cap 14 conflitos mundiais 1Cap 14 conflitos mundiais 1
Cap 14 conflitos mundiais 1
 
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sulCap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
 
Cap 14 b regiões geoeconômicas_ne
Cap 14 b regiões geoeconômicas_neCap 14 b regiões geoeconômicas_ne
Cap 14 b regiões geoeconômicas_ne
 
Cap 14 regiões geoeconômicas amazônia
Cap 14 regiões geoeconômicas amazôniaCap 14 regiões geoeconômicas amazônia
Cap 14 regiões geoeconômicas amazônia
 
Cap 13 mundo ex socialista
Cap 13 mundo ex socialistaCap 13 mundo ex socialista
Cap 13 mundo ex socialista
 
Rússia país
Rússia paísRússia país
Rússia país
 
Cap 13 b a região concentrada
Cap 13 b a região concentradaCap 13 b a região concentrada
Cap 13 b a região concentrada
 
Cap 12 desenvolvimento mundiallll
Cap 12 desenvolvimento mundiallllCap 12 desenvolvimento mundiallll
Cap 12 desenvolvimento mundiallll
 
Cap 12 organização politico administrativa do brasilll
Cap 12 organização politico administrativa do brasilllCap 12 organização politico administrativa do brasilll
Cap 12 organização politico administrativa do brasilll
 
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águasQuestões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
 

Último

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 

Último (20)

Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 

Anglo saxônica 9

  • 1. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 2. O termo anglo-saxônica se deve ao predomínio da colonização inglesa. Anglo-saxão é a denominação dada à fusão dos povos germânicos (anglos, saxões e jutos) que se fixaram no sul e leste da Grã-Bretanha no século V Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 3. Durante o século XVII, nobres falidos e ricos comerciantes ingleses vieram para a América em grande número para recuperar sua fortuna e em busca de novas terras para ampliar seus negócios. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 4. Durante o século XVII, nobres falidos e ricos comerciantes ingleses vieram para a América em grande número para recuperar sua fortuna e em busca de novas terras para ampliar seus negócios. Eles ambicionavam encontrar novas fontes de matérias-primas e novos mercados consumidores. Colonização EUA tem início em 1620 Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 5. Para acelerar ainda mais a ocupação da América do Norte, a coroa inglesa concedeu grande parte das terras que hoje fazem parte dos EUA a 2 grandes empresas: Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 6. Para acelerar ainda mais a ocupação da América do Norte, a coroa inglesa concedeu grande parte das terras que hoje fazem parte dos EUA a 2 grandes empresas: e Cia de Londres Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 7. Para acelerar ainda mais a ocupação da América do Norte, a coroa inglesa concedeu grande parte das terras que hoje fazem parte dos EUA a 2 grandes empresas: e Ficaram com as terras Situadas ao sul Cia de Londres Ficaram com as terras Situadas ao norte Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 8. “A própria Cia de Londres declarara, em 1624, que seu objetivo era: ´a remoção da sobrecarga de pessoas necessitadas, material ou combustível para perigosas insurreições e assim deixar ficar maior a fartura para sustentar os que ficam no país’. (...) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 9. “A própria Cia de Londres declarara, em 1624, que seu objetivo era: ´a remoção da sobrecarga de pessoas necessitadas, material ou combustível para perigosas insurreições e assim deixar ficar maior a fartura para sustentar os que ficam no país’. (...) ...mulheres eram transportadas para serem leiloadas no Novo Mundo. É natural concluir que essas mulheres, dispostas a atravessar o oceano e serem vendidas na América como esposas, não eram integrantes da aristocracia intelectual ou financeira da Inglaterra.” BRAICK, Patrícia Ramos; e MOTA, Myriam Brecho. História: das cavernas ao terceiro milênio. 2 ed. – São Paulo: Moderna, 2010. Volume 2. p53. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 10. No sul, a colonização baseou-se em plantations, grandes latifúndios monocultores voltados à exportação. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 11. No sul, a colonização baseou-se em plantations, grandes latifúndios monocultores voltados à exportação. Nestas terras foram utilizadas mão-de-obra escrava. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 12. No norte, ocorreu uma colonização diferente. Aproveitando a rivalidade religiosa dentro da Inglaterra, a Cia de Londres, ofereceu terras para grupos puritanos discriminados e perseguidos. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 13. Essa ocupação originou pequenas propriedades rurais familiares (policultoras) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 14. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 15. Em pouco tempo as colônias do Norte tinham uma economia mais dinâmica que as do Sul. Impulsionada pela chegada de um número cada vez maior de indústrias e abastecida pelos alimentos vindos de pequenas propriedades rurais essa região prosperava. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 16. As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 17. As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS. O rápido desenvolvimento das TREZE COLÔNIAS acabou estimulando a rejeição à dominação pela Inglaterra. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 18. As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS. O rápido desenvolvimento das TREZE COLÔNIAS acabou estimulando a rejeição à dominação pela Inglaterra. Em 1775 inicia-se a guerra contra os ingleses. Após 8 anos (em 1783) a Inglaterra finalmente reconheceu os EUA como um país livre. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 19. Nascia o primeiro país independente da América. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 20. As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 21. As terras do Norte e do Sul somadas formavam as TREZE COLÔNIAS. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 22. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 23. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 24. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 25. A imagem é considerada um dos símbolos mais famosos do mundo, sendo a personificação dos Estados Unidos da América (EUA). Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 26. O nome "Tio Sam", segundo folclore, foi usado primeiramente durante a Guerra anglo-americana de 1812, quando soldados estadunidenses, que estavam no norte de Nova Iorque, se alimentavam de uma carne cujo recipiente era barris com a seguinte inscrição: U.S (United States). Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 27. O nome "Tio Sam", segundo folclore, foi usado primeiramente durante a Guerra anglo-americana de 1812, quando soldados estadunidenses, que estavam no norte de Nova Iorque, se alimentavam de uma carne cujo recipiente era barris com a seguinte inscrição: U.S (United States). A partir de uma brincadeira com as letras, então, chamaram Samuel Wilson, dono da empresa fornecedora dos alimentos, de “Uncle Sam”, em português, “Tio Sam”. Em 1961, o Congresso americano reconheceu Samuel Wilson como inspirador da figura do Tio Sam. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 28. Com o passar do tempo o apelido tornou-se cada vez mais popular, até que a revista americana Punch o batizou como símbolo estadunidense. Contudo, foi apenas em 1870 que Tio Sam ganhou um rosto; quando o cartunista Tomas Nast realizou o desenho como uma homenagem a Abraham Lincoln (ex-presidente dos Estados Unidos e considerado um herói nacional), que teve os traços de seu rosto como inspiração para o trabalho. Talita Lopes Cavalcante -Administração Imagens Históricas - Fonte: - "The Most Famous Poster". American Treasures of the Library of Congress. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 29. Finalmente, em 1917, James Flagg, a pedido das Forças Armadas dos EUA, alterou o desenho jogada de marketing para o recrutamento de soldados para a Primeira Guerra Mundial, O Tio Sam passou a ter o dedo em riste e foi acrescentada a seguinte frase: "I Want You for U.S. Army" ("Eu Quero Você para o Exército dos EUA".) original. Como uma A imagem é representada vestindo as cores e elementos da bandeira norte-americana por exemplo, uma cartola com listras vermelhas e brancas e estrelas brancas num fundo azul. Talita Lopes Cavalcante -Administração Imagens Históricas - Fonte: - "The Most Famous Poster". American Treasures of the Library of Congress. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 30. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 31. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 32. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 33. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 34. Os Estados Unidos têm: -roubado, pedaço a pedaço, grandes territórios de povos impotentes ou quase impotentes; -têm posto sua vontade sobre inúmeras nações, contra o desejo e interesses delas, -têm violado centenas de tratados e acordos; -têm cometido crimes de guerras tão chocantes quanto numerosos. -têm manejado um chicote militar e o dólar como isca para construir um império jamais visto pela humanidade..(...) (A FABRICAÇÃO DO IMPÉRIO AMERICANO, p.22) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 35. EFEITO BUMERANG, apoio à déspotas em lugares distantes acaba inevitavelmente afetando sua própria casa. -2002 os EUA invadem o Iraque (armas químicas no país) -EUA haviam ajudado a sustentar Saddam Hussein numa época em que ele usava armas químicas ativamente (final década 70, início década 80.) (CORRUPÇÃO À AMERICANA, p.36) Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 36. O revolucionário JOSÉ MARTÍ certa vez afirmou que: “Ver um crime com calma é cometê-lo.” Diante dos constantes crimes cometidos contra a humanidade pelo imperialismo americano, assassinando e matando milhões de inocentes em todos os continentes do planeta, soa como covardia nosso silêncio um tanto alienado. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia