Felisbela Pereira
<ul><li>A introdução de genéricos, no mercado dos medicamentos dentro do Espaço Europeu, teve diferentes graus de aceitabi...
<ul><li>Os agentes intervenientes, no processo de introdução de genéricos, no mercado de medicamentos são:  </li></ul><ul>...
<ul><li>A quota de mercado, dos genéricos no espaço europeu entre 1996 e 1997 foi aproximadamente de 15%.  </li></ul>Felis...
<ul><li>No Espaço Europeu existe algum consenso relativamente à necessidade de promoção dos medicamentos genéricos: </li><...
<ul><li>Das influências promovidas, no Espaço Europeu destacam-se:  </li></ul><ul><li>Introdução de recompensas e penalida...
<ul><li>O grau de maturidade num mercado pode definir frequentemente o nível de preços.  </li></ul><ul><li>Um mercado de m...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Consumo De Genericos No EspaçO Europeu 2003

477 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Consumo De Genericos No EspaçO Europeu 2003

  1. 1. Felisbela Pereira
  2. 2. <ul><li>A introdução de genéricos, no mercado dos medicamentos dentro do Espaço Europeu, teve diferentes graus de aceitabilidade. Existem países, com graus de aceitação positiva e outros, com grau de aceitação reduzida. </li></ul>Felisbela Pereira
  3. 3. <ul><li>Os agentes intervenientes, no processo de introdução de genéricos, no mercado de medicamentos são: </li></ul><ul><li>Médico/ Prescritor; </li></ul><ul><li>Doente/Consumidor; </li></ul><ul><li>A industria farmacêutica/Entidade produtora; </li></ul><ul><li>Farmacêutico/Intermediário. </li></ul>Felisbela Pereira
  4. 4. <ul><li>A quota de mercado, dos genéricos no espaço europeu entre 1996 e 1997 foi aproximadamente de 15%. </li></ul>Felisbela Pereira
  5. 5. <ul><li>No Espaço Europeu existe algum consenso relativamente à necessidade de promoção dos medicamentos genéricos: </li></ul><ul><li>as influencias de natureza não financeira exercidas sobre os médicos enquanto prescritores; </li></ul><ul><li>aprovação do direito de substituição dos genéricos e a possibilidade ou não de os doentes/consumidores recusarem os genéricos; </li></ul><ul><li>São instrumentos utilizados pelas autoridades governamentais que podem influenciar a oferta e a procura dos genéricos. </li></ul>Felisbela Pereira
  6. 6. <ul><li>Das influências promovidas, no Espaço Europeu destacam-se: </li></ul><ul><li>Introdução de recompensas e penalidades de natureza financeira, direccionadas para o medico/prescritor, com a finalidade, de reduzir os gastos no receituário medico. </li></ul><ul><li>Bases de dados cuja informação assenta sobre os preços de diferentes fármacos, permitindo uma análise comparativa. </li></ul><ul><li>Influências sobre os farmacêuticos e armazenistas enquanto agentes distribuidores, com o objectivo de promover, um impacto significativo na procura de genéricos. </li></ul>Felisbela Pereira
  7. 7. <ul><li>O grau de maturidade num mercado pode definir frequentemente o nível de preços. </li></ul><ul><li>Um mercado de medicamentos genéricos bem implantado tem condições de praticar preços mais baixos do que um mercado em crescimento. </li></ul><ul><li>As regras concorrenciais de mercado, da oferta e da procura. Uma oferta alargada, de um produto, ainda que seja um genérico, pode repercutir-se numa diminuição da margem de lucro e por consequência do preço do medicamento. </li></ul>Felisbela Pereira

×