Informática Educativa: por uma formação emancipatória

256 visualizações

Publicada em

Slides para a Disciplina "Tecnologias e Práticas Educativas", Curso de Pedagogia, PUC Minas, 1º Semestre/2013

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
256
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Informática Educativa: por uma formação emancipatória

  1. 1. Informática Educativa: por uma formação emancipatóriaTECNÓFILO Felippe Werneck - Pedagogia
  2. 2. O que é? INFORMÁTICA“[...] conjunto de conhecimentos e técnicasligadas ao tratamento racional e automáticode informação (armazenamento, análise,organização e transmissão), o qual seencontra associado à utilização decomputadores e respectivos programas.”(LUFT, 2006:365).
  3. 3. O que é? COMPUTADOR “[...] uma máquina que possibilita testarideias ou hipóteses, que levam à criaçãode um mundo abstrato e simbólico, aomesmo tempo em que permite introduzirdiferentes formas de atuação e interaçãoentre as pessoas.” (ALMEIDA, 2000, p. 79).
  4. 4. O que é? Informática EducativaNão tem nada a ver com aulas decomputação.É a informática utilizada a serviço daeducação emancipadora.É a concepção do computador como umaferramenta pedagógica que auxilia noprocesso de construção do conhecimento.
  5. 5. Quatro Ingredientes daInformática Educativa Software Educativo Computador Professor Aluno
  6. 6. Benefícios do Uso do ComputadorContribui positivamente para o aceleramento deseu desenvolvimento cognitivo e intelectual.Possibilita a criança aprender, entender e articularo que é pensamento mecânico e o que não é.Desenvolve formas de pensar que favorecem opensamento criativo, exploratório e inventivo.
  7. 7. Auxílio do Computador aoProcesso Pedagógico 1- INSTRUÇÃO PROGRAMADA[...] utilização do microcomputador virtualmente como umamáquina de ensinar, ou como um sofisticado equipamentoaudiovisual que ensina fatos, conceitos ou habilidades aosalunos, dentro do contexto curricular regular da escola. 2- SIMULAÇÕES E JOGOSAs simulações pretendem imitar um sistema, real ou imaginário,com base em uma teoria da operação daquele sistema que ossimuladores têm em mente. Os jogos pedagógicos, através docomponente lúdico, promovem a aprendizagem de conceitos ehabilidades.
  8. 8. Auxílio do Computador ao ProcessoPedagógico 3- APRENDIZAGEM POR DESCOBERTAAtravés do computador, a criança pode aprender a explorar, abuscar e a investigar a sua realidade. 4- PACOTES APLICATIVOSO uso, em contextos educacionais, de pacotes aplicativosgenéricos, como processadores de texto, gerenciadores debancos de dados, planilhas eletrônicas etc., objetiva preparar osalunos para o uso regular do computador em suas vidas.
  9. 9. Dificuldades para Introduçãode Computadores na Escola 1- CUSTO DO EQUIPAMENTOCOMO CONTORNAR: Implementar planos e projetos especiaisdos fabricantes nacionais para a venda de equipamentos paraescolas. 2- INEXISTÊNCIA DE SOFTWARECOMO CONTORNAR: Através de incentivos às "software-houses" interessadas para que, com autonomia, ou em convêniocom universidades, engajem-se em projetos de desenvolvimentode software educacional.
  10. 10. Dificuldades para Introdução deComputadores na Escola 3- RECURSOS HUMANOSCOMO CONTORNAR: Ofertar cursos de especialização,aperfeiçoamento, extensão, com o objetivo de preparar osprofissionais interdisciplinares. 4- BARREIRAS ÀS INOVAÇÕES TECNOLÓGICASCOMO CONTORNAR: É necessário que haja maior envolvimentode educadores e dos demais agentes da educação nessesprojetos. 5- FALTA DE PACIÊNCIACOMO CONTORNAR: Incentivo do governo para odesenvolvimento de pesquisas nas universidades, gestandoprojetos que articulem a Informática e a Educação.

×