3 soc prov. esp. 2 cham bc 3bi

292 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
155
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3 soc prov. esp. 2 cham bc 3bi

  1. 1. Valor: Centro Educacional BRASIL CENTRAL Educando(a):________________________________________________ 5.0 Ano/Turma: Turno: Matutino Data:____/____/_____ Valor Obtido ________ Avaliação Específica 3º BIMESTRE Educador(a) (3º Sociologia) Felipe SerraInstruções Gerais: Leia atentamente o enunciado de cada questão. Não rasure e nem amasse. Não utilize corretivo nas questões objetivas. Utilize somente caneta azul para responder. Ao utilizar rascunho, entregue-o junto a prova. É proibido o uso de aparelho celular durante a prova, sob pena de anulação da mesma. As questões a seguir deverão ser julgadas em certo(C) ou errado(E). Leia os TEXTOS TEXTO 1 TEXTO 2 Segundo “[...]na produção social da própria vida, os Durkheim a homens contraem relações determinadas, instituição social é necessárias e independentes de sua vontade, um mecanismo de relações de produção estas que correspondem proteção da a uma etapa determinada de desenvolvimento sociedade, é o de suas forças produtivas materiais. A conjunto de regras totalidade destas relações de produção forma e procedimentos a estrutura econômica da sociedade, a base padronizados socialmente, reconhecidos, real sobre a qual se levanta uma aceitos e sancionados pela sociedade, cuja superestrutura jurídica e política, e à qual importância estratégica é manter a correspondem formas sociais determinadas de organização do grupo e satisfazer as consciência. O modo de produção da vida necessidades dos indivíduos que dele material condiciona o processo em geral da participam. Portanto as instituições são vida social, político e espiritual. Não é a conservadoras por essência, elas agem consciência dos homens que determina o seu fazendo força contra as mudanças, pela ser, mas ao contrário, é o seu ser social que manutenção da ordem. determina sua consciência.” MARX, KARL. Para Crítica da Economia Política. Questão 1)( ) Para Durkheim as instituições Questão 2)( ) Podemos afirmar que para são, portanto, em sua essência Marx as instituições surgem a partir do transformadoras, quer seja: família, escola, conjunto das relações sociais do modo de governo, religião, polícia ou qualquer outra, produzir a sobrevivência, pelo qual as classes elas agem fazendo força pela transformação que compõem determinada sociedade da ordem. Pois desejam as mudanças querem conflitam para impor seus interesses. um mundo melhor que esse.
  2. 2. TEXTO 3 que busquemos a nossa satisfação espiritual e do ego no consumo. A medida do status, da aceitação social, do prestígio, estas agora devem ser encontradas em nossos padrões de consumo. O próprio significado e importância de nossas vidas a partir de hoje deve ser expresso em termos de consumo. Quanto maiores as pressões sobre o indivíduo para estar em conformidade e seguro a aceitar asO mundo está passando por grandes regras sociais ,transformações assim as instituições também mais ele tenderá atem mudado, e a família não se encontra expressar suasdeslocada disso. Hoje existem alguns tipo de aspirações e suafamília diferentes da tradicional burguesa (Pai, individualidademãe e dois filhos). Existem famílias com dois por meio do quepaís e sem mãe, assim como, com duas mães veste, dirige, come – sua casa,e sem país (caso de casais homossexuais); seu carro, seuoutras são de pai ou mãe solteiro; há também cardápio, os seusa de avôs e netos; etc. hobbies. Estes produtos eQuestão 3)( ) Segundo nossos estudos uma serviços devemdas funções da família é sexual. As outras são ser oferecidos aoeducacionais e econômicas. consumidor com rapidez. Exigimos não só um “projeto forçado” de consumo, mas umQuestões 4)( ) Coagir significa constranger, consumo “caro” também. Nós precisamos quepela força ou pela violência. E coação é o as coisas sejam consumidas, queimadas,direito de repressão. Conhecendo o desgastadas, substituídas e descartadas em umsignificado dessas palavras podemos afirmar ritmo cada vez mais intenso. Precisamos terque na execução de sua função educativa as pessoas comendo, bebendo, vestido, andando,famílias jamais fazem uso desses recursos pelo e vivendo, com cada vez mais complexidade e,amor que sentem uns pelos outros. portanto, o consumo, sempre será mais caro. As ferramentas domésticas e todo movimento - faça você mesmo- são excelentes exemplos deTEXTO 4 consumo „caro’”.Victor Lebow é considerado por alguns oeconomista do século xx e formulador do Questão 5)( ) Podemos concluir do textocapitalismo de consumo. Seu trabalho foi que o consumismo é uma necessidadeintensamente citado, discutido e aplicado. humana, assim a sociedade consumista seInfluenciou o mundo e com certeza a minha e a formou naturalmente pelo desenvolvimentosua vida também. Sob o título "O significado tecnológico que ampliou a oferta de produtos,real da demanda do consumidor", Lebow ou seja, sem a necessidade de estimuloescreveu: exterior, e sem alterar as instituições sociais.“Nossa economiaenormemente Questão 6)( ) Milton Santos aponta, noprodutiva exige vídeo “O mundo global visto do lado de cá”,que façamos do que os explorados devem se organizar usandoconsumo o nosso as novas tecnologias de informação parasistema de vida,que construir uma outra globalização pautada notransformemos a humanismo e no processo civilizatório, e nãocompra e uso de no processo econômico.bens em rituais,
  3. 3. TEXTO 5 certo eIdeologia é um termo que possui diferentes repudiando osignificados e duas concepções: a neutra e errado,a crítica. No senso comum o termo ideologia é defendendo osinônimo ao termo ideário, contendo o sentido bem eneutro de conjunto de combatendo oidéias, de pensamentos, mau.de doutrinas ou de visões Judiciário Julgar de forma Cria uma falsa idéiade mundo de um indivíduo isenta e garantir de justiça seguindoou de um grupo, orientado que a lei do uma lei que não foipara suas ações sociais e, povo seja elaborada peloprincipalmente, políticas.Para autores que utilizam o cumprida. povo. Fazendo quetermo sob uma concepção a parte dacrítica, ideologia pode ser legislação que aosconsiderada como um instrumento de poderosos interessadominação que age por meio de seja cumprida e oconvencimento (persuasão ou dissuasão, mas que não lhesnão por meio da força física) de forma interessa (osprescritiva, alienando a consciência humana... direitos sociais) fique no papel.Instituições Ideologia Realidade Forças Proteger aLegislativo Representar os Representar os repressivas população. E interesses do interesses de quem (polícia, garantir a ordem povo. pagou a campanha exercito, etc) democrática e Garantindo a (burgueses). pacífica. soberania dele Garantindo que o nas decisões do povo não decida, futuro da nação. ele mesmo, o futuro Questão 7)( ) “Proteger a propriedade do país. E gerar privada e a ordem capitalista, garantindo os uma falsa sensação poderosos no poder e se preciso batendo nos de participação. que ousarem lutar contra as injustiças. É oMeios de Informar o povo, Passar a versão conjunto de instituições mais importante docomunicação tendo como dos fatos que sistema, pois quando os outros (mídia, igrejas, escola, legislativo, judiciário, executivo, etc.) compromisso a interessa aos falham em conservar o sistema, estas -baixam verdade dos patrocinadores a porrada- para garanti-lo.” Essa descrição fatos. (burgueses e não poderia completar a coluna em branco na estado), alienar a linha das forças repressivas. população e mantê- la discutindo ou Questão 8)( ) A descrição abaixo poderia fazendo coisas que completar a coluna em branco na linha da não afetem os Igreja. “Preservar a moral do sistema e os poderosos. velhos costumes. Assim como difundir a idéia de Criminalizar os que alguns, os considerados bons, devem ser movimentos sociais. agraciados e outros rejeitados. Dividir a população gerando conflitos que não questionem a ordem. Culpar o individuo pelosIgreja Preservar a problemas para que ele não veja a culpa do moral e os bons sistema, ou seja, individualizar as costumes, responsabilidades. Pregar a paz conformista e garantindo os negar a luta transformadora.” valores do que é
  4. 4. Questão 9)( ) O marxismo critica a A vitória pertence ao mais perseverante.definição de ideologia como uma forma de ( Napoleão Bonaparte )mascarar ou ocultar as contradições sociais e adominação, invertendo o modo de processar opensamento sobre algumas realidades.TEXTO 6Para Weber o Estado é: "Uma relação dehomens dominando homens, medianteviolência considerada legítima”. Já para ÉmileDurkheim, a concepção de Estado estariapreocupada com a coesão social. E ele deveriaestar acima das organizaçõescomunitárias. Enquanto que Marx defendia queo estado era o conjunto da estruturaadministrativa organizada pela classedominante para ela e em função dela. Assim,de acordo com a situação da luta de classes, osdominantes iriam institucionalizar suasvontades, criando estruturas capaz de legitimá-la, executá-la e resguardá-la.Questão 10)( ) “Aparato administrativo,dividido em varias instituições, para melhororganizar o território segundo os interesses deseu povo.” Essa descrição corresponde a visãode Marx“Dize-me com quem andase te direi para onde vais!” Dito popular “O fraco fica em duvida antes de tomar uma decisão; o forte, depois” Karl Kraus

×