1
A Primeira Mulher de Adão
A primeira mulher de Adão é um estudo profundo sobre o
livro de Gênesis que revela que a prime...
2
Prefácio:
Quando entramos em contatos com o livro de Genesis que narra toda
história da criação podemos cometer diversos...
3
O dia da Criação.
No principio ? Qual Principio ? Não podemos medir quando começa a
eternidade e em qual momento Deus de...
4
Chegamos a conclusão que este tipo de vida pode ter existido bem antes da
criação do homem, depois que a terra se tornou...
5
Observe que o sol e a lua que demarcam esta contagem de tempo só foram
criados no quarto dia.
Isto enfatiza que os dias ...
6
Um dia Para Deus podem ser de fato Mil anos como era conhecido desde a
antiguidade, assim não podemos simplificar o rela...
7
A criação do homem.
No sexto dia da criação o livro de Genesis relata detalhes da criação dos
animais e finalmente do ho...
8
Neste ponto o livro relata que Deus fez todas as espécies animais e em
seguida fez o homem e a mulher, ou seja assim com...
9
A criação de Eva.
Neste ponto podemos entender que o homem estava só, mas os relatos não
parecem seguir uma cronologia.
...
10
Percebemos que Adão foi transferido para o jardim do Éden e apesar de já
ter sido criada uma mulher agora ele estava só...
11
Adão diz isto porque sua mulher anterior não lhe foi idônea nem receptiva,
já que não queria lhe ser submissa, já que f...
12
"E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e
enchei a terra ..." Gênesis 1:28
Porém, no capí...
13
Liliti a primeira mulher de Adão.
Um estudo interessante é a de que Lilith tenha sido uma mulher criada por
Deus antes ...
14
Na traduções modernas o nome Lilite ou Lilith é traduzida como um
animal noturno como uma coruja e isto tem uma relação...
15
Lilith é muito conhecida na cultura judaica (o). Segundo eles acreditam, a
mulher criada do barro juntamente com Adão s...
16
Adão queixou-se ao Criador, que enviou três anjos em busca da noiva
rebelde. Os três anjos eram Sanvi, Sansanvi e Saman...
17
Primeiro, a árvore e Lilith estão localizados no "jardim santa" de Inana,
evocando a imagem do Jardim do Éden. Em segun...
18
A serpente não era uma cobra, mas sim o mamífero mais astuto. Isto é
consistente com a serpente sendo Lilith. Ge 3: 1 a...
19
Lilith também melhor explica o Leviathan, que é a mais famosa serpente
nachash da Bíblia. Leviathan é comumente reconhe...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A primeira mulher de adão

352 visualizações

Publicada em

Lilith a primeira mulher de Adão, um estudo completo sobre o que de fato aconteceu no dia da Criação.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
177
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A primeira mulher de adão

  1. 1. 1 A Primeira Mulher de Adão A primeira mulher de Adão é um estudo profundo sobre o livro de Gênesis que revela que a primeira mulher de Adão não foi Eva como até hoje nos foi ensinado, você vai se surpreender com os pontos impactantes deste estudo que muda radicalmente nossa percepção da realidade e da doutrina que nos foi passada por gerações e gerações.
  2. 2. 2 Prefácio: Quando entramos em contatos com o livro de Genesis que narra toda história da criação podemos cometer diversos erros ao interpreta-lo já que sua linguagem simplificada ainda que profunda nos induz a limitar toda grandeza de Deus no seu ato de Criação. O erro começa quando ao analisar do trecho do livro nos limitamos a pensar o que se esconde por trás de cada intervalo de tempo em que nos são apresentados todos os fatos. Por este motivo que o livro da Criação pode para muitos não passar de um livro de lendas, quando diz que Deus criou tudo em sete dias ou que o pecado entrou no mundo por causa de uma fruta, que as serpentes falavam e outros relatos que tentam ridicularizar como não sendo digno de crédito. A ciência quanto mais se a profunda mais lança pistas que todos os textos sagrados jamais mentiram, apenas fomos nós que não conhecíamos a forma espiritual de relatar fatos. Neste estudo daremos pistas importantes sobre verdades que estão relatadas no livro de Genesis e que são ocultas pra muita gente, detalhes da criação, da terra, dos animais e dos homens. Até chegarmos ao ponto mais impactante, o fato de que Eva não foi a primeira mulher de Adão, que antes de Eva ser criada uma outra mulher chamada Lilith já havia sido criada juntamente com ele para ser sua esposa, algo que não deu certo e por isto Deus criou Eva. Espeto que este estudo sirva para aprofundar ainda mais seu conhecimento sobre os textos sagrados, boa leitura.
  3. 3. 3 O dia da Criação. No principio ? Qual Principio ? Não podemos medir quando começa a eternidade e em qual momento Deus decide Criar os Céus e a terra. Certamente o universo já havia sido criado porque a terra já existia, no entanto o texto fala que a terra era sem forma e vazia, isto revela que não havia um sol nesta galáxia para iluminar o planeta terra. Outro fato é que a terra pode ser muito mais velha do que imaginamos, já que não há como negar que existiram dinossauros no planeta terra. As ossadas até hoje são encontradas e não podemos negar isto, e isto não quer dizer que o relato de Genesis é falso, ele apenas omite detalhes.
  4. 4. 4 Chegamos a conclusão que este tipo de vida pode ter existido bem antes da criação do homem, depois que a terra se tornou sem forma e vazia devido a queda de um asteroide que destruiu o planeta. Ou mesmo que estes animais existiram nos primeiro sete dias da criação, mas para entender isto é preciso saber que sete dias podem não ser sete dias literais, e sim sete mil anos ou sete bilhões de anos. Observe que cada sequência dos atos de Deus são chamados de dias, mas estes dias não tem relação com o nosso dia de 24 horas, Deus está acima desta contagem. Para nós o que caracteriza um dia de 24 horas é o giro de terra ao redor do sol, mas o dia de Deus podem ser milhões de anos. Vale ressaltar a teoria da relatividade, para quem está na terra o dia é uma contagem de 24 horas, mas para Deus que está acima disto um dia é uma contagem que supera nossa imaginação, já que o relógio de Deus não é o nosso.
  5. 5. 5 Observe que o sol e a lua que demarcam esta contagem de tempo só foram criados no quarto dia. Isto enfatiza que os dias da criação são sequências dos atos de Deus não restritos ao tempo de 24 horas como conhecemos.
  6. 6. 6 Um dia Para Deus podem ser de fato Mil anos como era conhecido desde a antiguidade, assim não podemos simplificar o relato de Genesis como costumamos fazer e nem descartamos que quando Deus Disse Haja Luz ele tenha provocado a grande explosão ao qual o cientistas dizem ter sido a causa da criação. No próximo capitulo falaremos sobre a criação do homem e dos animais, que ocorre somente no sexto dia e assim entraremos no ponto central do nosso estudo.
  7. 7. 7 A criação do homem. No sexto dia da criação o livro de Genesis relata detalhes da criação dos animais e finalmente do homem, e quando se fala homem está incluída a mulher.
  8. 8. 8 Neste ponto o livro relata que Deus fez todas as espécies animais e em seguida fez o homem e a mulher, ou seja assim como Deus criou macho e fêmea de todas as espécies animais assim ele fez igualmente ao criar o homem. Observe que Deus cria o homem e a mulher no mesmo momento, esta primeira mulher não é a Eva, esta mulher não foi criada da costela de Adão, e isto vai ficar mais claro para você conforme avançarmos neste estudo. Assim terminou Deus toda sua obra ao sexto dia, dando ordem a este homem e a esta mulher para encher a terra assim como aos animais.
  9. 9. 9 A criação de Eva. Neste ponto podemos entender que o homem estava só, mas os relatos não parecem seguir uma cronologia. São apenas informações que dão detalhes sobre os atos de Deus e não sabemos em que momento ocorreram, apenas sabemos que no sexto dia o homem e a mulher já haviam sido criados.
  10. 10. 10 Percebemos que Adão foi transferido para o jardim do Éden e apesar de já ter sido criada uma mulher agora ele estava só, não porque não houvesse mulher, sua primeira mulher não lhe foi adequada, não era idônea como fala o texto. O sentido de Idônea se refere ao fato que ele foi colocado no Jardim do Éden e tinha uma responsabilidade. E haviam leis, a de não comer da árvore do conhecimento do bem e do mal. Até então Adão estava na terra, mas só depois foi posto no jardim do Éden e já existia uma mulher, mas que não era a Eva, mas a chamada Lilith. A Lilith a primeira mulher de Adão não foi uma mulher idônea para ele e ao ser colocado no jardim do Éden, Deus decide criar uma mulher especial que lhe correspondesse e lhe ajudasse nas tarefas do dia dia do jardim. Assim Deus cria esta mulher da própria carne dele, da sua costela, para que fosse carne da sua carne, ossos dos seus ossos e sangue do seu sangue.
  11. 11. 11 Adão diz isto porque sua mulher anterior não lhe foi idônea nem receptiva, já que não queria lhe ser submissa, já que foi criada do mesmo barro que ele. compare: “Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” Gênesis 1:27.
  12. 12. 12 "E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra ..." Gênesis 1:28 Porém, no capítulo seguinte, Deus percebe que Adão está sozinho (novamente?) e seria bom criar para ele uma mulher (outra?), e interessante, que seja idônea (a outra não era?): “Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea.” Gênesis 2:18. A confusão interpretativa si dá a partir do momento em que Deus cria o homem (ser humano) no capítulo 1, fazendo-o macho e fêmea, e logo depois no capítulo 2, Ele cria uma (outra?) mulher, não mais do mesmo barro, mas agora da costela de Adão: "E da costela que tinha tomado do homem, o Senhor Deus fez uma mulher, e levou-a para junto do homem.". Gênesis 2:22 "Disse então o homem: Esta sim (ou ‘agora sim’, em algumas versões), é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada." Gênesis 2:23 Assim, acredita-se que essa afirmação de Adão é uma das provas da existência de outra fêmea criada antes de Eva, que provavelmente não era carne da sua carne. Tendo, a mulher anterior, sido criada do mesmo barro que ele, seria assim igual, e não inferior a Adão.
  13. 13. 13 Liliti a primeira mulher de Adão. Um estudo interessante é a de que Lilith tenha sido uma mulher criada por Deus antes de Eva, simultaneamente à criação de Adão e inclusive da mesma forma que ele foi criado (do barro). Ou seja, Lilith pode ser sido a primeira esposa de Adão, antecessora a Eva. Os fatos que apresentam a existência da primeira mulher de Adão são escritos muito antigos já que na bíblia temos pouca referência a ela. Muitos estudiosos atribuem a origem do nome fonético Lilith por volta de 700 A.C., e com este nome é referida em diversos textos antigos sendo o mais notável o Antigo Testamento (livro de Isaías).
  14. 14. 14 Na traduções modernas o nome Lilite ou Lilith é traduzida como um animal noturno como uma coruja e isto tem uma relação com sua simbologia mística. Lilite, Liliti Ou Lilith, se tornou conhecida e é relatada em escritos de outras culturas como veremos, é principalmente conhecida como um demônio feminino da mitologia Babilônica que habitava lugares desertos. Os primeiros registros que se tem dela é sob o nome Lilitu, representando uma categoria de demônios na Suméria de 3000 A.C. Na Suméria e na Babilônia ela ao mesmo tempo que era cultuada, era também identificada como espírito maligno. Mas uma questão incomum é a presença de uma figura feminina chamada Lilith no momento da criação do ser humano, fato tão presente na cultura judaica (e também no folclore hebreu, na mitologia Suméria entre outros lugares)
  15. 15. 15 Lilith é muito conhecida na cultura judaica (o). Segundo eles acreditam, a mulher criada do barro juntamente com Adão se mostrou indomável, maléfica e teria deixado a presença de Adão, e então expulsa do Paraíso. Algumas vezes ela é tida como a serpente que teria tentado (seduzido?) Eva, a mulher que teria casado com Caim (Gênesis 4:17), uma vampira, uma sedutora que castrava os homens que seduzia. E por fim, um bicho maléfico ou animal noturno, termo encontrado nas traduções recentes da Bíblia (Isaías 34:14). Por sinal é neste versículo em Isaías onde o nome Lilith é citado unicamente na Bíblia atual. Mesmo assim, mais recentemente, teria sido trocado por coruja (em inglês) ou (como aqui no Brasil) animal noturno. Lilith não se submeteu à dominação masculina. A sua forma de reivindicar igualdade foi a de recusar a forma de relação sexual com o homem por cima. Por isso, fugiu para o Mar Vermelho.
  16. 16. 16 Adão queixou-se ao Criador, que enviou três anjos em busca da noiva rebelde. Os três anjos eram Sanvi, Sansanvi e Samangelaf. Os emissários do Senhor tentaram em vão convencer à fujona. Ameaçaram afogá-la no mar. Lilith foi transformada em um demônio feminino, a rainha da noite, que se tornou a noiva de Samael, o Senhor das forças do mal. Lilith seria uma figura sedutora, de longos cabelos, que voa à noite, como uma coruja, para atacar os homens que dormem sozinhos. lenda Lilith é antiga. Ele antecede a Torá. A primeira referência literária a Lilith é encontrado na sumeriana conto intitulado Gilgamesh e a Árvore Huluppu (cerca de 2000 aC), que faz parte da Epopéia de Gilgamesh. No conto Lilith é um dos três criaturas que assombram uma grande árvore Huluppu situado em um jardim sagrado dos deuses. No pé da árvore é uma cobra. Na parte superior é um pássaro. No meio é Lilith, a quem é descrita como uma "dama de desolação". Lilith e seus companheiros inspirar medo na deusa Inanna, que é incapaz de se aproximar da árvore. isto leva Gilgamesh, o grande herói sumério do sexo masculino, para matar a cobra e assustar as outras criaturas de fora da a árvore e jardim. O poema é notável na medida em que tem muitas semelhanças com o conto bíblico do Éden.
  17. 17. 17 Primeiro, a árvore e Lilith estão localizados no "jardim santa" de Inana, evocando a imagem do Jardim do Éden. Em segundo lugar, a própria árvore invoca uma imagem da Árvore do Conhecimento, em que Lilith é dito habitar em alguns mitos posteriores. Lilith também está associada a uma cobra que lembra a serpente que tentou Eva. O poema também associa-la com um pássaro que foge através do vôo, este é também um ato e capacidade que Lilith é dito ter feito. Em Ge 5: 2 Deus deu um único nome "Adam" para designar tanto o sexo feminino e masculino. Este único nome suporta uma criação simultânea dupla do pó para Adão e sua primeira companheira. Implica também que o nome da primeira mulher de Adão seria Adamah, como a forma feminina de Adão vem é adamah, que significa "terra" e é a raiz da qual o nome de Adam é derivado. Ge 2: 6, que afirma que a face da Adamah (ou seja, Lilith) foi revestida pela névoa. Isto é consistente com a lenda da criação de Lilith de sujeira e lama.
  18. 18. 18 A serpente não era uma cobra, mas sim o mamífero mais astuto. Isto é consistente com a serpente sendo Lilith. Ge 3: 1 afirma claramente que a serpente era a "besta do campo" mais astuto. Em Gênesis este termo refere-se a mamíferos superiores que são criaturas anímicos com mentes desenvolvidas e emoções. O termo não se aplica aos répteis ou animais inferiores. Lilith melhor se encaixa na descrição original como o mais astuto destes mamíferos. Ela é considerada um animal e não humana, porque ela faz não suportar o espírito e imagem de Deus, mas sim o de seu pai Lúcifer. E com a mente do homem e animar o espírito de Lúcifer, ela é certamente o mais astuto. O substantivo hebraica traduzida como "serpente", nachash, é fortemente sugestivo de uma língua humana através de um espírito demoníaco que habita. Isto é consistente com Lilith. Nachash vem da raiz verbo nechash, que significa 'divina' ou 'adivinhação'. A raiz originalmente significava "a sibilar 'ou' sussurrar '. isto passou a significar "a divina", porque foi usado para descrever os sussurros dos adivinhos, a quem obter seus poderes através da voz sussurrante de um espírito demoníaco que habita. estes habitada adivinhos eram predominantemente mulheres. A única criatura registrada na Bíblia como experimentar adivinhação nechash é o homem. Na Bíblia, o nachash substantivo ( "serpente") refere- se sempre a um demônio. Se a Serpente é humano, Lilith proporciona a melhor explicação.
  19. 19. 19 Lilith também melhor explica o Leviathan, que é a mais famosa serpente nachash da Bíblia. Leviathan é comumente reconhecido como Lúcifer, na forma da Serpente do jardim. Leviathan é descrito Em Jó 26:13 e Isaías 27: 1 como a veloz serpente alada de diante de Deus e residindo no mares. Isto combina com a lenda da fuga de Lilith na asa do jardim e sua subsequente oceânica morada. Enoque confirma que Leviathan habita nos mares, e acrescenta que Leviatã é do sexo feminino. este novamente corresponde Lilith. Salmo 74:14 fala de Deus esmagar as cabeças do Leviatã. Isto corresponde a maldição de Deus sobre a serpente no Gênesis que a semente de Eva na forma de Messias iria esmagar a cabeça da Serpente. A Inteligência e astúcia da Serpente é melhor explicada por ela ser um humano. O teor geral de Gênesis implica que a inteligência e a capacidade de falar da Serpente não é sobrenatural ou inesperado, e certamente não foi surpresa para Adão ou Eva conversar com ela. É inconcebível que eles iriam expressar nenhuma surpresa vendo um discurso animal.

×