Causas biológicas da depressão - Curso Psicologia Cognitiva da Depressão

1.070 visualizações

Publicada em

Causas biológicas da depressão. Slide do Curso Psicologia Cognitiva da Depressão do site www.psicologiamsn.com - Por Felipe de Souza

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Causas biológicas da depressão - Curso Psicologia Cognitiva da Depressão

  1. 1. Por Felipe de Souza – www.psicologiamsn.com
  2. 2. Questão – Há uma causa biológica para a depressão? 2 Dificuldades: diversidade na fenomenologia e comorbidade. Além da complexidade do sistema nervoso.
  3. 3. Questão – Há uma causa biológica para a depressão? 2 Dificuldades: diversidade na fenomenologia e comorbidade. Além da complexidade do sistema nervoso.
  4. 4. Causas biológicas e descobertas experimentais Área de estudo Validade Constituição Duvidoso Gêmeos Idênticos Incerto Metabolismo na glicose Incerto Eletrólitos Incerto Esteorides Provável Teste com Mecolil Duvidoso Salivação Duvidoso
  5. 5. Causas biológicas e descobertas experimentais Área de estudo Validade Resposta de sedação Duvidoso EEG no sono Provável Resposta fotoconvulsiva Incerto EMG Incerto
  6. 6. Estudos Endocrinológicos -Hormônios adrenais (podem produzir perturbações psiquiátricas). Outros estudos sugerem que pode ser a consequência e não a causa. -“Uma revisão de 2003 de Tiemeir sugere que o achado mais confiável da psiquiatria biológica é a associação entre depressão e perturbação do eixo hipotalâmico-hipofisário- adrenal.
  7. 7. Estudos Endocrinológicos “A despeito do grande número de estudos sobre os correlatos biológicos, pouco se sabe sobre relações causais. Assim, existe a necessidade de estudos prospectivos baseados na população para ajudar a elucidar os mecanismos etiológicos” (BECK, p. 136). - Diferença na depressão aguda e na depressão crônica.
  8. 8. Conclusão Apesar dos milhares de estudos na área, existe pouco conhecimento sólido a respeito do substrato biológico específico na depressão. Nenhum achado laboratorial que diagnostique um episódio depressivo maior, ou um episódio maníaco, foi identificado (BECK, p. 149).
  9. 9. Conclusão - Certo consenso: níveis excessivos de esteroides, retenção de sódio e alterações nos padrões de EEG do sono. - Problema nos estudos anteriores
  10. 10. Conclusão - Estudos promissores: alterações nos neurônios hipocampais e aumento do tamanho da amígdala.

×