Bahia (NE)Felipe Silveira
Juliana Agda
Scarleth Mizael
Renata Ramos
Dados Gerais Felipe
Capital: Salvador
Região: Nordeste
Sigla: BA
Gentílico: baiano
População: 14.021.432
(Censo 2010)
Área...
• Rios importantes: São
Francisco, Paraguaçu, Jequitinhonha, Grande e Capivari.
Felipe
• Principais cidades: Salvador, Feira de Santana, Vitória
da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Juazeiro, Porto
Seguro, Camaçari ...
• A Bahia é o estado que apresenta o maior número de
fronteiras no Brasil. Seu território limita-se com Piauí,
Pernambuco,...
• Chapada Diamantina
Economia
• A economia do Estado da Bahia é diversificada, com
atuação nas atividades da
agropecuária, indústria, mineração...
• Na atividade extrativista, mais precisamente na extração
mineral, o Estado desenvolve grande potencial na
exploração de ...
Capoeira Scarleth
Mistura de dança com luta, a Capoeira tem sua origem na
África, trazida ao Brasil pelas mãos dos escravo...
• Diferente do que muitos imaginam, os negros não
aceitaram pacificamente o cativeiro. A Capoeira é um dos
símbolos da res...
Folclore Felipe
Terra dos orixás, patuás e babalorixás; Terra de culto a Todos
os Santos; a Bahia é também a Terra de todo...
• Assim como acontece em todo o território brasileiro, a
população nordestina é mal distribuída, cerca de 61%
dela fica co...
Vestuário Felipe
• Roupa de ração : É a roupa usada diariamente em uma
casa de Candomblé. São roupas simples feitas de morim
ou cretone. As...
• Baiana da escola de samba: A roupa clássica da ala das
baianas de uma escola de samba compõe-se de
torso, bata, pano da ...
Culinária Scarleth
• Acarajé
• Aipim cozido com
manteiga
• Caranguejo
• Carne de sol
acebolada
• Cuscuz
doce (milho e leit...
Pobreza e Desigualdade
Juliana• Além da desigualdade social, o
estado e principalmente a capital da
Bahia também sofrem co...
Nordeste Juliana
• Foi no litoral nordestino que se deu início a primeira atividade
econômica do país, a extração do pau-b...
Hino da Bahia
Nasce o sol a 2 de julho
Brilha mais que no primeiro
É sinal que neste dia
Até o sol é brasileiro.
Nunca mai...
FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bahia - Brasil.

636 visualizações

Publicada em

BAHIA.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
636
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bahia - Brasil.

  1. 1. Bahia (NE)Felipe Silveira Juliana Agda Scarleth Mizael Renata Ramos
  2. 2. Dados Gerais Felipe Capital: Salvador Região: Nordeste Sigla: BA Gentílico: baiano População: 14.021.432 (Censo 2010) Área (em km²): 564 830,859 Quantidade de municípios: 417 Clima: tropical (região litorânea) e semiárido (interior) Vegetação: floresta tropical, mangues litorâneos, caatinga e cerrado
  3. 3. • Rios importantes: São Francisco, Paraguaçu, Jequitinhonha, Grande e Capivari. Felipe
  4. 4. • Principais cidades: Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Juazeiro, Porto Seguro, Camaçari e Jequié. JULIANA
  5. 5. • A Bahia é o estado que apresenta o maior número de fronteiras no Brasil. Seu território limita-se com Piauí, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, além de ser banhado a leste pelo Oceano Atlântico – possui o maior litoral do país, com aproximadamente 900 quilômetros. • Grande parte do território baiano possui relevos que estão acima dos 200 metros de altitude. Nesse território há uma grande variedade de relevos, onde destacam-se principalmente as dunas, planícies e manguezais no litoral, ao sudeste ocorre o planalto, no vale do rio São Francisco ocorrem depressões, locais onde desenvolve o clima semiárido. Na Bahia, o ponto mais elevado está situado na serra Barbado que apresenta altitudes que atinge até 2.033 metros. • Com temperaturas elevadas durante grande parte do ano, a temperatura média gira em torno de 29 °C.
  6. 6. • Chapada Diamantina
  7. 7. Economia • A economia do Estado da Bahia é diversificada, com atuação nas atividades da agropecuária, indústria, mineração, turismo e serviços. • Na agropecuária a Bahia se destaca em âmbito nacional como produtor de cacau, sisal, mamona, coco, feijão e mandioca. Nas proximidades de Ilhéus encontram-se condições favoráveis para a produção de cacau, além de apresentar significativa produção de milho e cana-de- açúcar. Na pecuária possui grande destaque nacional, ocupando o sexto lugar no Brasil, os caprinos detêm um dos maiores rebanhos do país. Recentemente o Estado vem se despontando como um importante produtor de soja. No setor industrial atua especialmente no setor químico, petroquímico, agroindústria, informática, auto mobilística e peças.
  8. 8. • Na atividade extrativista, mais precisamente na extração mineral, o Estado desenvolve grande potencial na exploração de petróleo, além do ouro, cobre, Magnesita, sal- gema, barita, manganês, chumbo e talco. Uma atividade econômica desenvolvida no estado da Bahia de grande destaque é o turismo, uma vez que o Estado possui enormes possibilidades como passeios urbanos ou em lugares naturais como praias, ilhas, chapadas entre outras. Somente essa atividade emprega pelo menos 88 mil pessoas de forma direta. A prestação de serviços é um ramo que cresce cada vez mais no Estado e ocupa grande importância na sua economia.
  9. 9. Capoeira Scarleth Mistura de dança com luta, a Capoeira tem sua origem na África, trazida ao Brasil pelas mãos dos escravos, como forma de defesa. Ao som ritmado e bem marcado do berimbau de barriga, caxixi, atabaque, pandeiro e reco- reco, dois participantes ensaiam coreografias sincronizadas, gingadas de perna, braços, mãos, pés, cabeça e ombros. O repertório abrange chutes e piruetas cheios de molejo.
  10. 10. • Diferente do que muitos imaginam, os negros não aceitaram pacificamente o cativeiro. A Capoeira é um dos símbolos da resistência do povo africano. Mas, provavelmente, a luta tem suas raízes na luta que os escravos trouxeram para o Brasil. Eles habitavam a região da Angola. Desenvolvida e aperfeiçoada como forma de defesa nos quilombos comunidades organizadas pelos negros fugitivos, em locais de difícil acesso, a Capoeira foi sendo ensinada aos cativos pelos escravos fugidos, que eram capturados e retornavam aos engenhos. • Como os senhores de engenho proibiam os escravos de praticar qualquer tipo de luta, os movimentos da Capoeira foram adaptados com cânticos e músicas africanas, para ser confundida com uma dança. A Capoeira constituiu-se em uma forma de resistência cultural e física dos escravos brasileiros. A prática da Capoeira ocorria em terreiros próximos às senzalas e tinha como funções principais a manutenção da cultura e da saúde física, além de alívio do estresse do trabalho.
  11. 11. Folclore Felipe Terra dos orixás, patuás e babalorixás; Terra de culto a Todos os Santos; a Bahia é também a Terra de todos os ritos e mitos. As diversas expressões folclóricas ostentam a riqueza do imaginário popular. Rodas de samba, Puxadas de Mastro, Capoeira, Terno de Reis, Bumba-meu-boi, Afoxé e tantas outras colorem, animam e exibem a fé inabalável do baiano por toda a capital e interior. Um mosaico de festejos e celebrações às crenças de origem africana, indígena e portuguesa, ao tempero singular da baianidade.
  12. 12. • Assim como acontece em todo o território brasileiro, a população nordestina é mal distribuída, cerca de 61% dela fica concentrada na faixa litorânea (zona da mata) e nas principais capitais. • No sertão nordestino e no interior, os níveis de densidade populacional são mais baixos, por causa do clima semiárido e da vegetação de caatinga. Ainda assim, a densidade demográfica no semiárido nordestino é uma das mais altas do mundo para esse tipo de área climática.
  13. 13. Vestuário Felipe
  14. 14. • Roupa de ração : É a roupa usada diariamente em uma casa de Candomblé. São roupas simples feitas de morim ou cretone. As roupas de ração podem ser coloridas ou brancas.
  15. 15. • Baiana da escola de samba: A roupa clássica da ala das baianas de uma escola de samba compõe-se de torso, bata, pano da costa e saia rodada.
  16. 16. Culinária Scarleth • Acarajé • Aipim cozido com manteiga • Caranguejo • Carne de sol acebolada • Cuscuz doce (milho e leite de coco) • Camarão de capote (empanado ) • Cocada • Moqueca de peixe • Moqueca de camarão • Arroz doce • Canjica • Pamonha • Pé-de-moleque • Quindim • Tapioca
  17. 17. Pobreza e Desigualdade Juliana• Além da desigualdade social, o estado e principalmente a capital da Bahia também sofrem com o turismo sexual, desemprego e violência, iluminação pública e saúde precárias, crescimento desordenado (favelização) e desrespeito ao meio ambiente. Salvador possui a nona maior concentração de favelas entre os municípios do Brasil com 99 favelas. • Apesar de ser a segunda capital mais rica do Nordeste e entre as primeiras do Brasil, alguns indicadores relativizam essa riqueza. Como no resto do Brasil e principalmente do Nordeste, há uma grande desigualdade em diversos aspectos.
  18. 18. Nordeste Juliana • Foi no litoral nordestino que se deu início a primeira atividade econômica do país, a extração do pau-brasil. Países como a França, que não concordavam com o Tratado de Tordesilhas, realizavam constantes ataques ao litoral com o objetivo de contrabandear madeira para a Europa. Durante o período colonial, no século XVI, a resistência quilombola se iniciou no Brasil, com a fuga de escravos para o Quilombo dos Palmares, na região da serra da Barriga, atual território de Alagoas. A cidade de Salvador foi a primeira sede do governo-geral no Brasil, pois estava, estrategicamente, localizada em um ponto médio do litoral.
  19. 19. Hino da Bahia Nasce o sol a 2 de julho Brilha mais que no primeiro É sinal que neste dia Até o sol é brasileiro. Nunca mais o despotismo Regerá nossas ações Com tiranos não combinam Brasileiros corações. Salve, oh! Rei das Campinas De Cabrito a Pirajá Nossa pátria hoje livre Dos tiranos não será. Nunca mais o despotismo Regerá nossas ações Com tiranos não combinam Brasileiros corações. Cresce, oh! Filho de minha alma Para a pátria defender O Brasil já tem jurado Independência ou morrer.
  20. 20. FIM

×