Caderno 5 – Parte 2
Guilherme Alves de Sousa
Marinaldo Felipe da Silva
Coordenador Adjunto do PNAIC/UNIR/RO
2014
II SEMINÁRIO DO PNAIC
Caderno 5 – PARTE 2
Autores
Guilherme Alves de Sousa
Marinaldo Felipe da Silva
(Coordenador Adjunto ...
A natureza é uma fonte de recursos a serem utilizados
no ensino da Geometria. Por meio dela, é possível
reconhecer regular...
A natureza é uma fonte de recursos a serem utilizados
no ensino da Geometria. Por meio dela, é possível
reconhecer regular...
A natureza é uma fonte de recursos a serem utilizados
no ensino da Geometria. Por meio dela, é possível
reconhecer regular...
A proporção, o padrão e a regularidade, a
beleza, o equilíbrio encontrados nas formas é um
fenômeno que atrai e envolve o ...
Para o trabalho com a simetria axial é usual, na
escola, solicitar às crianças que completem figuras
desenhadas sobre pape...
Uma atividade interessante para explorar a simetria
é o “projetor mágico” que consiste em entregar uma
folha de papel sulf...
Além da simetria, pode ser interessante um
estudo sobre o que não é simétrico, tanto na
natureza como em construções human...
Podemos dizer que um dos objetivos do ensino da
geometria no ciclo de alfabetização é levar os alunos a
classificar as fig...
Devemos evitar apresentar às crianças, figuras
geométricas com um único atributo irrelevante a
fim de não expô-las a um ob...
Uma atividade interessante para se trabalhar com
classificação, utilizando-se atributos definidores,
exemplos e contraexem...
Um recurso didático interessante nesse
sentido é o tangram, um jogo chinês formado
por sete peças. Por meio dessas peças é...
A composição e a decomposição de figuras pode
ser motivada utilizando jogos online. Por exemplo, no
site
<http://www.jogos...
Exemplos de itens de avaliação que requerem
que a criança relacione figuras geométricas com
objetos do cotidiano em uma si...
Exemplos de itens de avaliação que requerem
que a criança relacione figuras geométricas com
objetos do cotidiano em uma si...
PNAIC - 2014 - Matemática - Caderno 5 - Geometria - Parte 2 - Primeiros elementos da geometria
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PNAIC - 2014 - Matemática - Caderno 5 - Geometria - Parte 2 - Primeiros elementos da geometria

10.103 visualizações

Publicada em

PNAIC - 2014 - MATEMÁTICA - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 2 - PRIMEIROS ELEMENTOS DA GEOMETRIA

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.103
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
428
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PNAIC - 2014 - Matemática - Caderno 5 - Geometria - Parte 2 - Primeiros elementos da geometria

  1. 1. Caderno 5 – Parte 2 Guilherme Alves de Sousa Marinaldo Felipe da Silva Coordenador Adjunto do PNAIC/UNIR/RO 2014
  2. 2. II SEMINÁRIO DO PNAIC Caderno 5 – PARTE 2 Autores Guilherme Alves de Sousa Marinaldo Felipe da Silva (Coordenador Adjunto – Rondônia) PRIMEIROS ELEMENTOS DA GEOMETRIA
  3. 3. A natureza é uma fonte de recursos a serem utilizados no ensino da Geometria. Por meio dela, é possível reconhecer regularidades das formas, e como as figuras geométricas se justapõem Como exemplo, temos: Favo de mel
  4. 4. A natureza é uma fonte de recursos a serem utilizados no ensino da Geometria. Por meio dela, é possível reconhecer regularidades das formas, e como as figuras geométricas se justapõem Como exemplo, temos: O casco da tartaruga
  5. 5. A natureza é uma fonte de recursos a serem utilizados no ensino da Geometria. Por meio dela, é possível reconhecer regularidades das formas, e como as figuras geométricas se justapõem Como exemplo, temos: Flores
  6. 6. A proporção, o padrão e a regularidade, a beleza, o equilíbrio encontrados nas formas é um fenômeno que atrai e envolve o homem. A harmonia na natureza também se mostra quando observamos que muitas de suas formas são aproximadamente simétricas, como, por exemplo, as asas de uma borboleta.
  7. 7. Para o trabalho com a simetria axial é usual, na escola, solicitar às crianças que completem figuras desenhadas sobre papel quadriculado supondo-as simétricas:
  8. 8. Uma atividade interessante para explorar a simetria é o “projetor mágico” que consiste em entregar uma folha de papel sulfite com uma figura centralizada em uma das metades da folha. No centro, apoiar uma lâmina de acrílico. Ao colocar a lâmina ao lado da figura, ela projetará a imagem para a outra metade da folha. O trabalho do aluno será contornar a imagem projetada. Abaixo temos um aluno do primeiro ano realizando essa atividade e, a seguir a sua produção:
  9. 9. Além da simetria, pode ser interessante um estudo sobre o que não é simétrico, tanto na natureza como em construções humanas. Abaixo, temos uma porta assimétrica. Uma discussão sobre o que a diferencia de portas simétricas pode levar a trabalhos interessantes sobre o tema.
  10. 10. Podemos dizer que um dos objetivos do ensino da geometria no ciclo de alfabetização é levar os alunos a classificar as figuras geométricas por meio de suas características, as quais denominaremos de atributos definidores. Os atributos definidores são os invariantes que distinguem uma figura da outra e que são utilizadas nas definições.
  11. 11. Devemos evitar apresentar às crianças, figuras geométricas com um único atributo irrelevante a fim de não expô-las a um obstáculo desnecessário. Dentre as práticas a serem evitadas, podemos citar a apresentação de figuras geométricas: • Sempre na mesma posição: triângulos com a base na horizontal, quadrados com lados horizontais, losangos com uma das diagonais na vertical; • Sempre com a mesma cor; • Sempre com o mesmo tamanho.
  12. 12. Uma atividade interessante para se trabalhar com classificação, utilizando-se atributos definidores, exemplos e contraexemplos é solicitar aos alunos que identifiquem uma figura em um conjunto de diferentes figuras. Observe que na atividade abaixo os alunos deverão identificar os triângulos entre as outras figuras
  13. 13. Um recurso didático interessante nesse sentido é o tangram, um jogo chinês formado por sete peças. Por meio dessas peças é possível compor e decompor figuras, além de proporcionar às crianças o brincar com as formas geométricas.
  14. 14. A composição e a decomposição de figuras pode ser motivada utilizando jogos online. Por exemplo, no site <http://www.jogosz.com.br/jogos/puzzle/tangram- 3/> a criança pode utilizar as peças do tangram para montar figuras.
  15. 15. Exemplos de itens de avaliação que requerem que a criança relacione figuras geométricas com objetos do cotidiano em uma situação de composição.
  16. 16. Exemplos de itens de avaliação que requerem que a criança relacione figuras geométricas com objetos do cotidiano em uma situação de composição.

×