como alguém podefazer tipografiasuíça?escola de design - uemgdesign gráfico - ffsc 3Prof. Mário SantiagoFábio LopesPaulo D...
WOLFGANGWEINGART(designer gráfico, tipógrafoe formador de opinião)1941 - 1954 | Nascimento e infância na Alemanha.1958 - 1...
SCHULE FÜRGESTALTUNG BASEL(Escola de Design da Basiléia)TIPO SEM SERIFAArmin Hofmann
SCHULE FÜRGESTALTUNG BASEL(Escola de Design da Basiléia)ENSINO DOGMÁTICO QUE SEAPROPRIA DE PROPORÇÕESMATEMÁTICAS(SISTEMAS ...
SCHULE FÜRGESTALTUNG BASEL(Escola de Design da Basiléia)UNIFORMIDADE EM DIVISÕESGEOMÉTRICAS BASEADAS EMÂNGULO RETOExercíci...
SCHULE FÜRGESTALTUNG BASEL(Escola de Design da Basiléia)“(...) O objetivo ESSENCIAL é tratar oESPAÇO BRANCO não impresso c...
WOLFGANGWEINGARTIdéias tipográficasEXPLORAÇÃO DE REARRANJOSDOS SIGNOS GRÁFICOSArranjo experimental, 1969
WOLFGANGWEINGARTIdéias tipográficasARRANJO INTUITIVO EMCOLAGENS QUE FORMAM UMCALEIDOSCÓPIO DE IMAGENSCartaz, 1981
WOLFGANGWEINGARTIdéias tipográficasHIERARQUIA DE INFORMAÇÃOCEDELUGARÁEXPRESSIVIDADECartaz, 1977
WOLFGANGWEINGARTIdéias tipográficas“(...)a‘TipografiaSuíça’sópodeserUMAentreasINÚMERASorientaçõespossíveise não, de MANEIR...
açõeemânticepragmátictipografiRELAÇÕES SINTÁTICAS,SEMÂNTICASE PRAGMÁTICASNA TIPOGRAFIA
CONCEITOSSIGNO: Segundo Peirce, signo ou representamen, é AQUILO QUE, sob certo aspecto, REPRESENTAALGO PARA ALGUÉM.Função...
EXEMPLO DE MENSAGEM TRANSMITIDAFUNÇÃO SEMÂNTICASIGNIFICADOPRETENDIDO
EXEMPLO DE MENSAGEM TRANSMITIDAFUNÇÃO SINTÁTICAPEITODESIGN(no caso Tipográfico)FUNÇÃO SEMÂNTICASIGNIFICADOPRETENDIDO
EXEMPLO DE MENSAGEM TRANSMITIDAFUNÇÃO PRAGMÁTICA= EFEITO INTERPRETATIVOATINGIDO
CONCLUSÃO...“(...) Nossos designs produzem EFEITOS DIVERSOS. Nossos signos podemadquirirumSENTIDO DIFERENTEdoPRETENDIDO.(....
TIPOGRAFIA BÁSICA“(...) é um equívoco suporque, para os designers gráficos,o conhecimento datipografia não é muitosignific...
TIPOGRAFIA BÁSICA(...) quanto mais básica aexposição de um problema,mais difícil se torna suasolução. Os problemascomplexo...
a tipografiacomopinturapedpapelmpressoeformadinâmomunicação
“(...) o fascínio da tipografia reside em suacapacidade de transformar, com a ajuda desímbolos precisos, um pedaço de pape...
A influência dewolfgangweingartraanos1odos197totalmentednantenaprodudesigndadéca
april greiman
neville Brody
fontesSmashing Magazine. Disponível em: <http://www.smashingmagazine.com/2009/07/17/lessons-from-swiss-style-graphic-desig...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Análise de "Como alguém pode fazer tipografia suíça?" Wolfgang Weingart

999 visualizações

Publicada em

Apresentação ffsc 3 fábio lopes paulo diniz

Publicada em: Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
999
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise de "Como alguém pode fazer tipografia suíça?" Wolfgang Weingart

  1. 1. como alguém podefazer tipografiasuíça?escola de design - uemgdesign gráfico - ffsc 3Prof. Mário SantiagoFábio LopesPaulo Dinizwolfgang weingart
  2. 2. WOLFGANGWEINGART(designer gráfico, tipógrafoe formador de opinião)1941 - 1954 | Nascimento e infância na Alemanha.1958 - 1960 | estuda e se forma em Artes Gráficas naMerz Academy de Stuttgart.1963 - 1966 | Estuda na Schule fürGestaltung Basel (Escola deDesign da Basiléia) na Suíça, com Armin Hofmann eEmil Ruder.1968 - 2005 | Leciona nesta escola e divulga suasidéias por todo o mundo.É CONSIDERADO UM RENOVADOR DACHAMADA “TIPOGRAFIA SUÍÇA” E “PAI”DA NEW WAVETIPOGRÁFICA OU“TIPOGRAFIA PUNK SUÍÇA”.
  3. 3. SCHULE FÜRGESTALTUNG BASEL(Escola de Design da Basiléia)TIPO SEM SERIFAArmin Hofmann
  4. 4. SCHULE FÜRGESTALTUNG BASEL(Escola de Design da Basiléia)ENSINO DOGMÁTICO QUE SEAPROPRIA DE PROPORÇÕESMATEMÁTICAS(SISTEMAS DE GRIDS)Emil Ruder
  5. 5. SCHULE FÜRGESTALTUNG BASEL(Escola de Design da Basiléia)UNIFORMIDADE EM DIVISÕESGEOMÉTRICAS BASEADAS EMÂNGULO RETOExercícios de Amin Hofmann
  6. 6. SCHULE FÜRGESTALTUNG BASEL(Escola de Design da Basiléia)“(...) O objetivo ESSENCIAL é tratar oESPAÇO BRANCO não impresso comoELEMENTODODESIGN.Os critérios para isso são os dois conceitos meiopuritanos de ‘INFORMAÇÃO’ e sua‘LEGIBILIDADE.”Wolfgang WeingartArmin Hofmann
  7. 7. WOLFGANGWEINGARTIdéias tipográficasEXPLORAÇÃO DE REARRANJOSDOS SIGNOS GRÁFICOSArranjo experimental, 1969
  8. 8. WOLFGANGWEINGARTIdéias tipográficasARRANJO INTUITIVO EMCOLAGENS QUE FORMAM UMCALEIDOSCÓPIO DE IMAGENSCartaz, 1981
  9. 9. WOLFGANGWEINGARTIdéias tipográficasHIERARQUIA DE INFORMAÇÃOCEDELUGARÁEXPRESSIVIDADECartaz, 1977
  10. 10. WOLFGANGWEINGARTIdéias tipográficas“(...)a‘TipografiaSuíça’sópodeserUMAentreasINÚMERASorientaçõespossíveise não, de MANEIRA ALGUMA,como alguns de seus defensores supõem, aTIPOGRAFIA ABSOLUTA.”
  11. 11. açõeemânticepragmátictipografiRELAÇÕES SINTÁTICAS,SEMÂNTICASE PRAGMÁTICASNA TIPOGRAFIA
  12. 12. CONCEITOSSIGNO: Segundo Peirce, signo ou representamen, é AQUILO QUE, sob certo aspecto, REPRESENTAALGO PARA ALGUÉM.Função sintática do tipo:“(...) a RELAÇÃO DAS LETRASENTRE SI E COM O PAPELé denominada ‘função sintática do signo.”Função semântica do tipo:“(...) O fato de que um SIGNO sóFUNCIONA como signo QUANDOSE REFERE A ALGO ou quandoSIGNIFICA ALGO (...)”Função pragmática do tipo:“(...) o signo tem de ser construído detal maneira que possa ser visto, lido ecompreendido. Tal ‘efeito’ do signopertence à área da ‘função pragmática do signo’.”
  13. 13. EXEMPLO DE MENSAGEM TRANSMITIDAFUNÇÃO SEMÂNTICASIGNIFICADOPRETENDIDO
  14. 14. EXEMPLO DE MENSAGEM TRANSMITIDAFUNÇÃO SINTÁTICAPEITODESIGN(no caso Tipográfico)FUNÇÃO SEMÂNTICASIGNIFICADOPRETENDIDO
  15. 15. EXEMPLO DE MENSAGEM TRANSMITIDAFUNÇÃO PRAGMÁTICA= EFEITO INTERPRETATIVOATINGIDO
  16. 16. CONCLUSÃO...“(...) Nossos designs produzem EFEITOS DIVERSOS. Nossos signos podemadquirirumSENTIDO DIFERENTEdoPRETENDIDO.(...)sópodemosfazertipografia hojeseCOMPREENDERMOSsuaDIMENSÃO SINTÁTICA.(...) Vejo nela um vocabulário visual oculto e surpreendente, com TÉCNICASDE DESIGN mais EFICAZES para o fornecimento de informação.”
  17. 17. TIPOGRAFIA BÁSICA“(...) é um equívoco suporque, para os designers gráficos,o conhecimento datipografia não é muitosignificativo ou dizer que o ensinodos problemas básicos da tipografia nãotem importância (...)Material de aula de Weingart em Basel
  18. 18. TIPOGRAFIA BÁSICA(...) quanto mais básica aexposição de um problema,mais difícil se torna suasolução. Os problemascomplexos permitem que errose superficialidades sejamencobertos mais facilmente.”Material de aula de Weingart em Basel
  19. 19. a tipografiacomopinturapedpapelmpressoeformadinâmomunicação
  20. 20. “(...) o fascínio da tipografia reside em suacapacidade de transformar, com a ajuda desímbolos precisos, um pedaço de papel mudo e nãoimpresso em uma forma dinâmica de comunicação.”
  21. 21. A influência dewolfgangweingartraanos1odos197totalmentednantenaprodudesigndadéca
  22. 22. april greiman
  23. 23. neville Brody
  24. 24. fontesSmashing Magazine. Disponível em: <http://www.smashingmagazine.com/2009/07/17/lessons-from-swiss-style-graphic-design/> Acesso em: 08 junho 2013.Tipógrafos.net. Disponível em: <http://tipografos.net/magazines/typografische-monatsblaetter.html> Aces-so em: 08 junho 2013Tipógrafos.net. Disponível em: <http://tipografos.net/designers/weingart.html>. Acesso em: 08 junho2013.Type Token. Acesso em: <http://www.typetoken.net/visual-language/the-swiss-posters-collection/>. Acesso em:08 junho 2013.Flickr. Disponível em: <http://www.flickr.com/photos/20745656@N00/413886032/in/set-72157594296535170/>. Acesso em: 08 junho 2013.Slide Share. Disponível em: <http://www.slideshare.net/camila.casarotto/new-wave-typography>. Acesso em:08 junho 2013.Inkling. Disponível em: <https://www.inkling.com/read/history-of-graphic-design-philip-meggs-5th/chapter-22/new-wave-typography>. Acesso em: 08 junho 2013.

×