Na sua forma mais
popular, um spam consiste numa
mensagem de correio eletrônico
com fins publicitários
O termo spam, no
en...
Existem diversas formas de Spam, então a
definição dada no artigo está incorreta ao
afirmar "spam é material promocial env...
1 Introdução
Simultaneamente ao desenvolvimento e
popularização da Internet, ocorreu o crescimento de um
fenômeno que, des...
Meios de envio
Correio eletrônico
Correio eletrônico é a forma mais comum e
conhecida de spammig. Spammers desse meio
freq...
Tipos
Boatos (hoaxes)
O termo hoax está associado a
histórias falsas, escritas com o intuito de
alarmar ou iludir aqueles ...
Correntes (chain letters)
Mensagens desta categoria prometem sorte, riqueza
ou algum outro tipo de benefício àqueles que a...
Propagandas
Divulgam desde produtos e serviços até
propaganda política. Este tipo de spam é um dos mais
comuns e um dos ma...
Golpes (scam)
Tratam de oportunidades enganosas e
ofertas de produtos que prometem falsos resultados.
Entre as ofertas mai...
Estelionato (phishing)
São mensagens que assumem o disfarce de
spam comercial ou cujos títulos simulam mensagens
comuns, c...
Programas maliciosos
De forma semelhante ao spam de estelionato,
este tipo apresenta-se sob disfarce e induz o
destinatári...
Vírus
Vírus são programas capazes de atingir
arquivos e programas de um computador que tenha
sido "infectado" através de s...
Worms
Worms, também são programas que se
replicam e tentam atingir outros computadores, mas
diferentemente dos vírus, não ...
Cavalos de Tróia
Os trojans, ou "cavalos de Tróia", são programas que
desativam as medidas de segurança comuns de um
compu...
Ofensivos
Divulgam conteúdo agressivo e violento,
como por exemplo acusações infundadas contra
indivíduos específicos, def...
Motivação
A principal motivação para a prática do
spamming é o baixo custo associado ao envio de
mensagens eletrônicas. Di...
Etimologia
Existem diversas versões a respeito da
origem da palavra spam. A versão mais aceita, e
endossada pela RFC 2635,...
Histórico
O primeiro registro oficial de uma mensagem
eletrônica não solicitada enviada em massa não
ocorreu em uma rede, ...
Considerações finais:
Apesar do número considerável de reações
indignadas e de subseqüentes discussões a respeito, a
consi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Span

407 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
407
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Span

  1. 1. Na sua forma mais popular, um spam consiste numa mensagem de correio eletrônico com fins publicitários O termo spam, no entanto, pode ser aplicado a mensagens enviadas por outros meios e em outras situações até modestas. Geralmente os spams têm caráter apelativo e na grande maioria das vezes são incômodos e inconvenientes.
  2. 2. Existem diversas formas de Spam, então a definição dada no artigo está incorreta ao afirmar "spam é material promocial enviado a endereços de correio eletrônico".
  3. 3. 1 Introdução Simultaneamente ao desenvolvimento e popularização da Internet, ocorreu o crescimento de um fenômeno que, desde seu surgimento, se tornou um dos principais problemas da comunicação eletrônica em geral: o envio em massa de mensagens não-solicitadas. Esse fenômeno ficou conhecido como spamming, as mensagens em si como spam e seus autores como spammers.
  4. 4. Meios de envio Correio eletrônico Correio eletrônico é a forma mais comum e conhecida de spammig. Spammers desse meio freqüentemente utilizam programas que facilitam ou automatizam a obtenção de endereços e o envio a um grande número de destinatários.
  5. 5. Tipos Boatos (hoaxes) O termo hoax está associado a histórias falsas, escritas com o intuito de alarmar ou iludir aqueles que a lêem e instigar sua divulgação o mais rapidamente e para o maior número de pessoas possível. Geralmente tratam de pessoas que necessitam urgentemente de algum tipo de ajuda, alertas a algum tipo de ameaça ou perigo, difamação de marcas e empresas ou ofertas falsas de produtos gratuitos. Aquelas que relatam histórias cujos personagens, época ou localização são desconhecidos são histórias conhecidas como "lendas urbanas".
  6. 6. Correntes (chain letters) Mensagens desta categoria prometem sorte, riqueza ou algum outro tipo de benefício àqueles que a repassarem para um número mínimo de pessoas em um tempo pré- determinado; garantindo, por outro lado, que aqueles que interromperem a corrente, deixando de divulgar a mensagem, sofrerão muitos infortúnios. Com esse mecanismo, elas têm a capacidade de atingir um número exponencial de pessoas em um curto período de tempo.
  7. 7. Propagandas Divulgam desde produtos e serviços até propaganda política. Este tipo de spam é um dos mais comuns e um dos mais antigos já registrados. Embora existam mensagens comerciais legítimas, enviadas por empresas licenciadas e conhecidas, nota-se que não é raro que o produto ou serviço oferecido pela mensagem tenha alguma característica ilegal e o spammer e a empresa sejam desconhecidos do público ou completamente anônimos.
  8. 8. Golpes (scam) Tratam de oportunidades enganosas e ofertas de produtos que prometem falsos resultados. Entre as ofertas mais comuns estão as oportunidades miraculosas de negócios ou emprego, propostas para trabalhar em casa e empréstimos facilitados. Um dos golpes mais conhecidos da Internet é a mensagem cujo remetente alega ser um nigeriano que, devido a razões políticas ou pessoais, está disposto a transferir uma grande quantidade de dinheiro ao destinatário desde que este pague uma certa taxa como garantia.
  9. 9. Estelionato (phishing) São mensagens que assumem o disfarce de spam comercial ou cujos títulos simulam mensagens comuns, como comunicados transmitidos dentro de uma organização ou mensagens pessoais oriundas de pessoas conhecidas. Tal disfarce tem como objetivo iludir o destinatário, solicitando-lhe que envie dados confidenciais (preenchendo um formulário, por exemplo) para algum endereço eletrônico ou que se cadastre em uma página da Internet que na verdade é uma cópia de alguma outra página.
  10. 10. Programas maliciosos De forma semelhante ao spam de estelionato, este tipo apresenta-se sob disfarce e induz o destinatário a executar um programa de computador malicioso enviado junto à mensagem (induz ao erro). Dentre os programas usualmente enviados desta forma estão principalmente os vírus, os worms e os trojans.
  11. 11. Vírus Vírus são programas capazes de atingir arquivos e programas de um computador que tenha sido "infectado" através de sua execução. Como em cada um deles é inserido uma nova cópia, esses arquivos ou programas passam a transmitir o vírus também. Embora existam vírus cuja única finalidade é perturbar o usuário do computador, a maioria deles age destrutivamente, corrompendo ou apagando arquivos e desconfigurando o sistema.
  12. 12. Worms Worms, também são programas que se replicam e tentam atingir outros computadores, mas diferentemente dos vírus, não precisam de um arquivo para transportá-los.
  13. 13. Cavalos de Tróia Os trojans, ou "cavalos de Tróia", são programas que desativam as medidas de segurança comuns de um computador em rede, permitindo que um programa sendo executado em outro computador adquira privilégios e possa, por exemplo, copiar, alterar e remover os arquivos e registros do computador em que o trojan está instalado.
  14. 14. Ofensivos Divulgam conteúdo agressivo e violento, como por exemplo acusações infundadas contra indivíduos específicos, defesa de ideologias extremistas, apologia à violência contra minorias, racismo, xenofobia e abuso sexual de menores.
  15. 15. Motivação A principal motivação para a prática do spamming é o baixo custo associado ao envio de mensagens eletrônicas. Diferente de meios como o correio tradicional e o telefone, meios eletrônicos como a Internet permitem o envio de uma grande quantidade de mensagens a um custo próximo de zero.
  16. 16. Etimologia Existem diversas versões a respeito da origem da palavra spam. A versão mais aceita, e endossada pela RFC 2635, afirma que o termo originou-se da marca SPAM, um tipo de carne suína enlatada da Hormel Foods Corporation, e foi associado ao envio de mensagens não-solicitadas devido a um quadro do grupo de humoristas ingleses Monty Python.
  17. 17. Histórico O primeiro registro oficial de uma mensagem eletrônica não solicitada enviada em massa não ocorreu em uma rede, mas no Compatible Time- Sharing System (CTSS) do Massachusetts Institute of Technology (MIT). O sistema, criado em 1961, consistia em um computador que podia ser acessado por múltiplos usuários através de diferentes terminais.
  18. 18. Considerações finais: Apesar do número considerável de reações indignadas e de subseqüentes discussões a respeito, a considerada como sendo de uso exclusivo para assuntos do governo Norte-Americano, a questão não foi considerada por todos como sendo de maior importância na época. Mark Crispin afirmou que "a solução definitva é o comando de apagar mensagens do seu programa para leitura de correio eletrônico" e Richard Stallman, que hoje considera o spamming como um dos maiores problemas da Internet, na época acreditava que as conseqüências de tal comportamento eram pequenas e não justificavam a criação de um sistema de controle.

×