Gustavo Siqueira Simões - PMP e CFPS http://www.linkedin.com/in/gustavosimoes [email_address] skype: gustavosimoes +55(11)...
<ul><li>O Núcleo de Métricas e a Governança de TI; </li></ul><ul><li>Implantação da APF – Processo e Pilares; </li></ul><u...
<ul><li>Centro especializado em estimativa e medição, responsável por apoiar: </li></ul><ul><ul><li>os projetos  a alcança...
Núcleo de Métricas: O Processo Planejamento & Mobilização Definição dos Objetivos & Avaliação da Maturidade Adequação dos ...
Núcleo de Métricas: Pilares
Núcleo de Métricas: Pilares – Processo <ul><li>Estudo para inserção da estimativa e medição nos processos de desenvolvimen...
Núcleo de Métricas: Pilares – Pessoas <ul><li>Agentes de mudança </li></ul><ul><li>Conhecer os benefícios, aplicações e cu...
Núcleo de Métricas: Pilares - Organização <ul><li>Metas & Objetivos </li></ul><ul><li>Núcleo de Métricas </li></ul><ul><li...
A Organização <ul><li>Atuação no setor financeiro </li></ul><ul><li>~150 sistemas de suporte ao negócio desenvolvidos e ma...
Cenário antes da APF <ul><li>Contratos de Homem-Hora: serviços executados dentro de casa </li></ul><ul><li>Equipe mista de...
A Mudança <ul><li>Motivação : orientação do depto. jurídico para encerrar contrato HH, visando adequar responsabilidades: ...
A Mudança <ul><li>Cronologia (cont.): </li></ul><ul><ul><li>2008: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Institucionalização de pl...
A Mudança <ul><li>Cronologia (cont.): </li></ul><ul><ul><li>2010: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Inventário de Funções (Ba...
Resultados <ul><li>Gestão no controle , através dos relatórios de desempenho; </li></ul><ul><li>Organização mais madura na...
Resultados <ul><li>Evolução da Maturidade </li></ul>ROI Consultoria APF: 2008 –  6.600% 2009 –  2.200% 2010 –  1.500% PF I...
Resultados <ul><li>Perfil de Tamanho das OS’s </li></ul>Distribuição de Volume por Faixa de Tamanho (PF) Faixa 0 - 10 43% ...
Resultados <ul><li>Distribuição de Volume por Setor de TI </li></ul>Distribuição de Volume por Setor de TI Setor A 8% Seto...
Dificuldades Superadas <ul><li>Mudança de cultura  de contratação de mão de obra para contratação de projetos </li></ul><u...
Boas Práticas <ul><li>Definição prévia das  fronteiras das aplicações : uma premissa incorreta de fronteira produz erros s...
Lições Aprendidas <ul><li>Gestão de Mudança  é diferencial! </li></ul><ul><ul><li>Atenção total no início, pois é o períod...
Lições Aprendidas (cont.) <ul><li>A APF ajuda a evidenciar problemas de projeto/construção </li></ul><ul><ul><li>Baixa par...
Próximos Desafios <ul><li>Automatizar  o controle das medições (ferramenta); </li></ul><ul><li>Capacitação  em Análise de ...
Obrigado pela Atenção!  <ul><li>Gustavo Siqueira Simões - PMP e CFPS http://www.linkedin.com/in/gustavosimoes [email_addre...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ISMA 5 - Núcleo de Métricas - Alcançando a Excelência na Governança de TI

1.219 visualizações

Publicada em

O uso da Análise de Pontos de Função apenas para estimar e medir projetos e melhorias não representa todas as vantagens trazidas pela técnica. A implantação e estruturação de um centro de excelência em métricas permitirá a organização se beneficiar dos valores trazidos pelo uso da APF em todas as disciplinas atreladas ao desenvolvimento de software, seja para gestão interna ou de terceirização. A capacidade de realizar a gestão dos contratos de desenvolvimento e manutenção de sistemas sem a necessidade de intervenção na gestão interna da contratada, a capacidade fixar procedimentos e critérios de mensuração dos serviços prestados de desenvolvimento e manutenção de sistemas, abrangendo métricas, indicadores e valores e a capacidade para dotar a organização de competência para gerenciar o desempenho, interno ou externo, com base em resultados, são alguns benefícios alcançados com a iniciativa. Neste CASE iremos apresentar as dificuldades inerentes ao processo de implantação, as boas práticas adotadas para favorecer o sucesso da iniciativa, as particularidades envolvendo projetos de manutenção e as lições aprendidas com esta implantação.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.219
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ISMA 5 - Núcleo de Métricas - Alcançando a Excelência na Governança de TI

  1. 1. Gustavo Siqueira Simões - PMP e CFPS http://www.linkedin.com/in/gustavosimoes [email_address] skype: gustavosimoes +55(11) 3717-2974 / (27) 8854-4386 (M) Núcleo de Métricas: Alcançando a Excelência na Governança de TI ISMA 5 - International Software Measurement & Analysis Conference Setembro 2010 – São Paulo – Brasil
  2. 2. <ul><li>O Núcleo de Métricas e a Governança de TI; </li></ul><ul><li>Implantação da APF – Processo e Pilares; </li></ul><ul><li>Estudo de Caso: </li></ul><ul><ul><li>A Organização; </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultados, Dificuldades e Boas Práticas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Lições Aprendidas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Próximos Desafios; </li></ul></ul>Agenda
  3. 3. <ul><li>Centro especializado em estimativa e medição, responsável por apoiar: </li></ul><ul><ul><li>os projetos a alcançar seus compromissos; </li></ul></ul><ul><ul><li>os processos a elevar sua maturidade; e </li></ul></ul><ul><ul><li>a organização a alcançar seus objetivos de negócio. </li></ul></ul><ul><li>Benefícios: </li></ul><ul><ul><li>Padronização e uniformização; </li></ul></ul><ul><ul><li>Conhecimento e suporte centralizado; </li></ul></ul>Núcleo de Métricas: O que é?
  4. 4. Núcleo de Métricas: O Processo Planejamento & Mobilização Definição dos Objetivos & Avaliação da Maturidade Adequação dos Processos & Capacitação Institucionalização Evolução
  5. 5. Núcleo de Métricas: Pilares
  6. 6. Núcleo de Métricas: Pilares – Processo <ul><li>Estudo para inserção da estimativa e medição nos processos de desenvolvimento e manutenção de sistemas </li></ul><ul><li>Estabelecimento de guias de contagem e documentação de apoio à utilização da técnica </li></ul><ul><li>Definição da base histórica e painel de controle (“dashboard”) </li></ul><ul><li>Levantamento de dados históricos e indicadores base </li></ul>
  7. 7. Núcleo de Métricas: Pilares – Pessoas <ul><li>Agentes de mudança </li></ul><ul><li>Conhecer os benefícios, aplicações e cuidados na implantação </li></ul><ul><li>Capacitação e especialização em estimativa e medição </li></ul>
  8. 8. Núcleo de Métricas: Pilares - Organização <ul><li>Metas & Objetivos </li></ul><ul><li>Núcleo de Métricas </li></ul><ul><li>Gestão da Mudança </li></ul>
  9. 9. A Organização <ul><li>Atuação no setor financeiro </li></ul><ul><li>~150 sistemas de suporte ao negócio desenvolvidos e mantidos: </li></ul><ul><ul><li>Diversas linguagens: Access, C/C++, Cobol, Delphi, Java, PB, VB </li></ul></ul><ul><ul><li>Diversas plataformas: Mainframe, Solaris, Web, Windows </li></ul></ul><ul><li>Equipe interna de ~50 Analistas de Negócio </li></ul><ul><ul><li>responsável por validar a contagem de PFs feita pelo fornecedor </li></ul></ul><ul><li>7 fornecedores para desenvolvimento e manutenção de sistemas; </li></ul><ul><li>Orçamento para serviços: ~R$600 mil/mês ; </li></ul><ul><li>Demanda predominante de manutenção nos sistemas existentes; </li></ul><ul><li>~90 Ordens de Serviço/Mês; </li></ul><ul><li>~3.000 PF IFPUG/Mês; </li></ul>
  10. 10. Cenário antes da APF <ul><li>Contratos de Homem-Hora: serviços executados dentro de casa </li></ul><ul><li>Equipe mista de trabalho: pessoal da casa + pessoal do fornecedor </li></ul><ul><li>Escopo do serviço além do desenvolvimento de sistemas: </li></ul><ul><ul><li>Levantamento de necessidades do usuário, acompanhamento dos sistemas em produção, atendimento a dúvidas de usuário </li></ul></ul><ul><li>Falta de estímulo ao aumento da produtividade dos fornecedores </li></ul><ul><li>Custo com correção de defeitos e horas não produtivas </li></ul><ul><li>Gestão direta sobre o pessoal do fornecedor (risco trabalhista): </li></ul><ul><ul><li>Atividades, horário de trabalho, nível de remuneração, férias, etc </li></ul></ul>
  11. 11. A Mudança <ul><li>Motivação : orientação do depto. jurídico para encerrar contrato HH, visando adequar responsabilidades: </li></ul><ul><ul><li>Escopo Cliente </li></ul></ul><ul><ul><li>Produtividade e Qualidade Fornecedor </li></ul></ul><ul><li>Cronologia: </li></ul><ul><ul><li>2007: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sensibilização e Capacitação em APF </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Inserção da APF e Adequação dos Processos de Desenvolvimento e Sustentação, segregando atividades entre funcionários e terceiros; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Consultoria externa para apoio em APF (auditoria e medição); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Levantamento da Base Instalada de aplicações e definição das Fronteiras das aplicações; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Publicação Guia Local de Contagem (incremental); </li></ul></ul></ul>
  12. 12. A Mudança <ul><li>Cronologia (cont.): </li></ul><ul><ul><li>2008: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Institucionalização de planilha padrão para medição; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Descentralização da validação das medições; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Suporte frequente da consultoria à aplicação de técnica de APF; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Institucionalização do Núcleo de Métricas ; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Publicação do 1º Relatório de Desempenho; </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>2009: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Apoio Gerencial; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Auditorias periódicas; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Definição de Indicadores; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Relatório de Desempenho (periódico); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Suporte ao Escritório de Projetos (PMO); </li></ul></ul></ul>
  13. 13. A Mudança <ul><li>Cronologia (cont.): </li></ul><ul><ul><li>2010: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Inventário de Funções (Baseline das Aplicações); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Reestruturação Organizacional; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ferramental para Gestão de Demandas (Portfólio); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Publicação do Modelo de Operação do Núcleo; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Automatização do Núcleo; </li></ul></ul></ul>
  14. 14. Resultados <ul><li>Gestão no controle , através dos relatórios de desempenho; </li></ul><ul><li>Organização mais madura na especificação de requisitos; </li></ul><ul><li>Internalização do conhecimento do negócio; </li></ul><ul><li>Aumento da produtividade dos fornecedores; </li></ul><ul><li>Melhoria na qualidade (menos defeitos); </li></ul><ul><li>Enraizamento da cultura de projetos para sistemas; </li></ul><ul><li>Estimativas para decisões make-or-buy; </li></ul><ul><li>Baseline (inventário das funções) das aplicações; </li></ul>
  15. 15. Resultados <ul><li>Evolução da Maturidade </li></ul>ROI Consultoria APF: 2008 – 6.600% 2009 – 2.200% 2010 – 1.500% PF IFPUG - Média Mensal 0 3.200 2.500 1.900 0 500 1.000 1.500 2.000 2.500 3.000 3.500 2007 2008 2009 2010 Evolução no uso da APF 100% 90% 75% 8% 13% 28% 0% 20% 40% 60% 80% 100% 2008 2009 2010 % Validação % Erro
  16. 16. Resultados <ul><li>Perfil de Tamanho das OS’s </li></ul>Distribuição de Volume por Faixa de Tamanho (PF) Faixa 0 - 10 43% Faixa 10 - 25 21% Faixa 25 - 50 13% Faixa 50 - 100 11% Faixa > 100 12%
  17. 17. Resultados <ul><li>Distribuição de Volume por Setor de TI </li></ul>Distribuição de Volume por Setor de TI Setor A 8% Setor B 38% Setor C 15% Setor D 25% Setor E 14%
  18. 18. Dificuldades Superadas <ul><li>Mudança de cultura de contratação de mão de obra para contratação de projetos </li></ul><ul><li>Conhecimento do negócio parcialmente não internalizado </li></ul><ul><li>Documentação escassa dos sistemas </li></ul><ul><li>Falta de planejamento inicial da implantação da APF </li></ul><ul><li>Conceitos da APF assimilados de maneira não uniforme </li></ul><ul><ul><li>Dificuldade para medir desconsiderando a implementação </li></ul></ul><ul><li>“ Aumento” de custo </li></ul><ul><ul><li>Preço (R$/PF) bom para funções novas, mas inadequado para alterações; </li></ul></ul><ul><ul><li>Gestão de demandas ineficiente; </li></ul></ul><ul><ul><li>Alto índice de mudança de requisitos; </li></ul></ul>
  19. 19. Boas Práticas <ul><li>Definição prévia das fronteiras das aplicações : uma premissa incorreta de fronteira produz erros significativos de medição; </li></ul><ul><li>Guia de contagem de APF: conhecimento e interpretação da organização ; </li></ul><ul><li>Metodologia de contagem: ferramental, nomenclatura e granularidade; </li></ul><ul><li>Planejamento e gestão das demandas: antecipar e “represar”; </li></ul><ul><li>Auditoria das contagens: custo < 2% e ROI > 1.500% ; </li></ul><ul><li>Itens não mensuráveis: normatizar; </li></ul><ul><li>Fator de impacto: desenvolvimento x manutenção; </li></ul>
  20. 20. Lições Aprendidas <ul><li>Gestão de Mudança é diferencial! </li></ul><ul><ul><li>Atenção total no início, pois é o período de maior risco; </li></ul></ul><ul><ul><li>Período no qual se forma a nova cultura; </li></ul></ul><ul><ul><li>Em pouco tempo já é possível resultados em números e indicadores; </li></ul></ul><ul><li>Suporte especializado neste período inicial </li></ul><ul><ul><li>Profissional CFPS, com experiência em contagem de PFs e na análise de indicadores (produtividade, custo, etc) </li></ul></ul><ul><ul><li>Treinamento com mentoring; </li></ul></ul><ul><li>Tempo de maturação na “calibração da régua”; </li></ul><ul><li>Auditoria das contagens acelera curva de aprendizado ; </li></ul>
  21. 21. Lições Aprendidas (cont.) <ul><li>A APF ajuda a evidenciar problemas de projeto/construção </li></ul><ul><ul><li>Baixa parametrização </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Muitas manutenções em valores fixos </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Baixo nível de reuso </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Um requisito de manutenção se “espalha” por várias funções </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Fraca Arquitetura Corporativa de sistemas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sistemas distintos com duplicidade de funções </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Controle de acesso, auditoria, cadastros de impostos, etc </li></ul></ul></ul><ul><li>Cultura de projeto , favorece o uso da APF; </li></ul>
  22. 22. Próximos Desafios <ul><li>Automatizar o controle das medições (ferramenta); </li></ul><ul><li>Capacitação em Análise de Negócio e Engenharia de Requisitos; </li></ul><ul><li>Iniciativas para melhoria da gestão das demandas visando: </li></ul><ul><ul><li>Aumento da qualidade dos entregáveis </li></ul></ul><ul><ul><li>Mudança no “perfil” das demandas visando redução de custos </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>> 30% OS com menos de 10 PF </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Alteração recorrente em funções </li></ul></ul></ul><ul><li>Formalizar acordos de nível de serviço ( ANS/SLA ) para: Prazo , Qualidade e Capacidade ; </li></ul><ul><li>Arquitetura Corporativa ; </li></ul>
  23. 23. Obrigado pela Atenção! <ul><li>Gustavo Siqueira Simões - PMP e CFPS http://www.linkedin.com/in/gustavosimoes [email_address] </li></ul><ul><li>skype: gustavosimoes </li></ul><ul><li>FATTO Consultoria e Sistemas http://www.fattoCS.com.br/ </li></ul><ul><li>+55(27) 3084-7304 / (27) 8854-4386 (M) +55(61) 3717-1974 / (11) 3717-2974 </li></ul>

×