Análise de Pontos de Função Carlos Eduardo Vazquez Fundamentos, aplicação como base para medição em contratos de software ...
(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
O que é Análise de Pontos de Função <ul><li>APF </li></ul><ul><li>Análise de Pontos de Função </li></ul><ul><li>Método  pa...
<ul><li>APF </li></ul><ul><li>Análise de Pontos de Função </li></ul><ul><li>Método  padrão  para medição do desenvolviment...
Norma ISO/IEC14.143-1 (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
O Usuário / Cliente e a sua Visão: Como definido pelo IFPUG (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
Medição x Estimativa <ul><li>Novas funções (telas, relatórios, consultas, dados) contadas na medida em que  requisitos são...
APF não mede todo tipo de demanda <ul><li>Apenas aquelas demandas que  incluem ,  alteram  ou  excluem  funcionalidades </...
Em quais termos a função do software é definida pelo IFPUG (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
Qual o papel do analista de métricas: Uma (já não tão) nova profissão (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
Papel: Identificar as funções do software de acordo com as regras (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
Papel: Classificar as funções conforme o tipo (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
Papel: Classificar as funções conforme a complexidade e obter a contribuição (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS...
Caso: Visão do Usuário <ul><li>Estimemos que tudo será de  complexidade média   </li></ul><ul><li>É necessário validar o C...
A importância do tipo de requisito <ul><li>Incluir contato envolve o preenchimento de dados em cinco abas... Quantos proce...
Explorando alguns cenário (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
Os diferentes tipos de contagem e a sua relação entre eles <ul><li>Projeto de Desenvolvimento :   Mede funções fornecidas ...
A natureza da Relação entre o tamanho funcional e o esforço 8 Hh/PF 40Hh/PF 0,5Hh/PF (c) FATTO Consultoria e Sistema – www...
Diferenças entre os propósitos: remuneração de contratos x estimativa (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
Definição de políticas e procedimentos complementares <ul><li>Ao aderir às regras e procedimentos de contagem do IFPUG def...
Check-list: definição de premissas importantes antes de contratar em “PF” <ul><li>Versão do CPM  e política de  atualizaçã...
Check-list: definição de premissas importantes antes de contratar em “PF” <ul><li>Fases do processo  e  percentuais para r...
Aumentar a relação entre a medição das demandas e o respectivo esforço (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
Definição da Unidade Métrica de Software do contrato (UMS) <ul><li>Fator de impacto para funções incluídas, alteradas, exc...
Uma tendência no horizonte: O método da NESMA para melhorias <ul><li>Expediente similar ao denominado “deflator” muito com...
Funções de Armazenamento Alteradas <ul><li>Fator de Impacto  determinado em função da quantidade de TD incluídos, alterado...
Funções de Transação Alteradas <ul><li>Fator de Impacto  é determinado em função da quantidade de TD e AR incluídos, alter...
Test Function Point <ul><li>As funções de armazenamento e de transação objeto de teste podem  não estar  incluídas no esco...
Esforço ou Preço Onde,  EFP  é o Tamanho do Projeto de Melhoria em Pontos de Função de Melhoria TFP  é o Tamanho do Projet...
Enfim... <ul><li>Muitas vezes a APF pode ser adequada para contratos,  mas não para estimativas </li></ul><ul><li>Quando u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

APF - Fundamentos, aplicação como base para medição em contratos de software e as diferenças nas suas aplicações em estimativas - apresentado na 9ª Jornada Goiana de Engenharia de Software, Setembro/2009

3.406 visualizações

Publicada em

APF - Fundamentos, aplicação como base para medição em contratos de software e as diferenças nas suas aplicações em estimativas - apresentado na 9ª Jornada Goiana de Engenharia de Software, Setembro/2009

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.406
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
491
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Técnica que visa medir a funcionalidade fornecida pelo software aos seus usuários. Ele é avaliado em termos das funções de armazenamento e dos produtos entregues aos seus usuários. Medir é atribuir um número que pondera a quantidade e a complexidade dessas funções fornecidas. A referência para sua identificação é a visão do usuário independentemente de como a função seja implementada. É resultado da pesquisa de Allan J. Albrecht, profissional comissionado pela IBM, entre os anos de 1974 e 1979 que culmina com a publicação do artigo Measuring Application Development Productivity . Seu objetivo é estudar a produtividade no desenvolvimento de software. Para avaliar a produtividade, é necessário haver duas medidas: uma que quantifique produtos ou serviços; e outra que quantifique esforço ou custo. Uma das propostas da pesquisa é de que a funcionalidade cumpra esse primeiro papel. Com o interesse despertado pela técnica, em 1984 ( IBM CIS &amp; A Guideline 313, AD/M Productivity Measurement and Estimate Validation ) a técnica é revista e adquire a sua forma atual. Em 1986 é fundado o International Function Point Users Group (IFPUG), organização que passa a cuidar da evolução e disseminação da técnica e que em 1998 publica a primeira versão do Manual de Práticas de Contagem (CPM). Atualmente em sua versão 4.2.1 Em 2003, parte das regras, práticas e procedimentos desse manual é publicada como um padrão internacional pela ISO. A técnica não mede diretamente o esforço para o desenvolvimento e manutenção de software. Contudo ao relacionar os pontos de função com indicadores de produtividade, o esforço pode ser estimado. Portanto em um sentido estreito, a APF mede o software como produto quantificando as suas funcionalidades e em um sentido mais amplo, mede o software como processo quando os pontos de função são relacionados a indicadores de produtividade como a taxa de entrega (H/PF).
  • Em um trabalho conjunto entre a ISO e o IEC, foi produzido o padrão que define o que seja uma técnica de medição funcional de software, o padrão ISO/IEC 1443. Ele distingue três tipos de requisitos do usuário. Apesar da APF se propor a medir apenas os requisitos funcionais, os outros tipos de requisitos também são importantes e devem sempre ser considerados complementarmente ao resultado da medição em pontos de função. No documento intitulado pelo IFPUG de &amp;quot; Framework para Medição Funcional &amp;quot;, encontra-se um modelo em que o tamanho funcional pode ser medido em pontos de função e o tamanho técnico pode ser medido utilizando diferentes técnicas ou mesmo não ser medida e o esforço ser estimado diretamente com base nas atividades necessárias. Portanto, nem toda intervenção em uma aplicação será objeto de medição em pontos de função como, por exemplo, as intervenções que envolvam apenas requisitos não funcionais - as manutenções perfectivas. Tão pouco a manutenção corretiva é objeto de medição em pontos de função. O esforço despendido nesse tipo de atividade deve estar incluído na medição original.
  • APF - Fundamentos, aplicação como base para medição em contratos de software e as diferenças nas suas aplicações em estimativas - apresentado na 9ª Jornada Goiana de Engenharia de Software, Setembro/2009

    1. 1. Análise de Pontos de Função Carlos Eduardo Vazquez Fundamentos, aplicação como base para medição em contratos de software e as diferenças nas suas aplicações em estimativas (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    2. 2. (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    3. 3. O que é Análise de Pontos de Função <ul><li>APF </li></ul><ul><li>Análise de Pontos de Função </li></ul><ul><li>Método padrão para medição do desenvolvimento de software na visão do usuário </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    4. 4. <ul><li>APF </li></ul><ul><li>Análise de Pontos de Função </li></ul><ul><li>Método padrão para medição do desenvolvimento de software na visão do usuário </li></ul>Entendendo os conceitos... (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    5. 5. Norma ISO/IEC14.143-1 (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    6. 6. O Usuário / Cliente e a sua Visão: Como definido pelo IFPUG (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    7. 7. Medição x Estimativa <ul><li>Novas funções (telas, relatórios, consultas, dados) contadas na medida em que requisitos são revelados e escopo é definido </li></ul><ul><li>Pode ser usada para estimar o tamanho mesmo quando não é possível medir ... Assumindo premissas </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    8. 8. APF não mede todo tipo de demanda <ul><li>Apenas aquelas demandas que incluem , alteram ou excluem funcionalidades </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    9. 9. Em quais termos a função do software é definida pelo IFPUG (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    10. 10. Qual o papel do analista de métricas: Uma (já não tão) nova profissão (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    11. 11. Papel: Identificar as funções do software de acordo com as regras (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    12. 12. Papel: Classificar as funções conforme o tipo (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    13. 13. Papel: Classificar as funções conforme a complexidade e obter a contribuição (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    14. 14. Caso: Visão do Usuário <ul><li>Estimemos que tudo será de complexidade média </li></ul><ul><li>É necessário validar o CPF na SRF/MF </li></ul><ul><li>... E também trazer os contatos a partir do Outlook; função usada apenas uma vez </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br SE EE CE EE EE ALI
    15. 15. A importância do tipo de requisito <ul><li>Incluir contato envolve o preenchimento de dados em cinco abas... Quantos processos há? Busque o motivo das abas... </li></ul><ul><li>Validar CPF é uma função? Avalie se apenas validar o CPF é uma atividade completa para esse negócio... </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    16. 16. Explorando alguns cenário (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    17. 17. Os diferentes tipos de contagem e a sua relação entre eles <ul><li>Projeto de Desenvolvimento : Mede funções fornecidas na primeira instalação do software entregue quando o projeto está completo </li></ul><ul><li>Projeto de Melhoria: Mede modificações em aplicações existentes, entregues quando o projeto está completo </li></ul><ul><li>Aplicação (Baseline ou PF Instalados): Associada com aplicação instalada, mede funções atualmente fornecidas ao usuário </li></ul>Estimativa .: Projeto de :. Desenvolvimento Pontos de Função .: Aplicação :. Medição .: Projeto de :. Desenvolvimento Estimativa .: Projeto de :. Melhoria Medição .: Projeto de :. Melhoria final do projeto final do projeto final do projeto de desenvolvimento inicializa final do projeto de melhoria atualiza (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    18. 18. A natureza da Relação entre o tamanho funcional e o esforço 8 Hh/PF 40Hh/PF 0,5Hh/PF (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    19. 19. Diferenças entre os propósitos: remuneração de contratos x estimativa (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    20. 20. Definição de políticas e procedimentos complementares <ul><li>Ao aderir às regras e procedimentos de contagem do IFPUG definidos no CPM, economiza-se MUITO ! </li></ul><ul><li>Não basta aderir ao CPM para um relacionamento comercial baseado em resultados </li></ul><ul><li>Algumas políticas e procedimentos complementares são necessários </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    21. 21. Check-list: definição de premissas importantes antes de contratar em “PF” <ul><li>Versão do CPM e política de atualização de versão </li></ul><ul><li>Posicionamento das fronteiras entre aplicações relacionadas e/ou política </li></ul><ul><li>Metas de prazo conforme o tamanho </li></ul><ul><li>Critério de contagem de defeitos e metas de defeitos conforme o tamanho </li></ul><ul><li>Política de resolução de divergências </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    22. 22. Check-list: definição de premissas importantes antes de contratar em “PF” <ul><li>Fases do processo e percentuais para remuneração de entregas intermediárias </li></ul><ul><li>Relação de entregáveis por fase do processo </li></ul><ul><li>Aumentar a relação entre a medição das demandas e o respectivo esforço </li></ul><ul><ul><li>A definição da Unidade Métrica de Software no Contrato (UMS) </li></ul></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    23. 23. Aumentar a relação entre a medição das demandas e o respectivo esforço (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    24. 24. Definição da Unidade Métrica de Software do contrato (UMS) <ul><li>Fator de impacto para funções incluídas, alteradas, excluídas e reutilização, por exemplo </li></ul><ul><li>Fator de impacto para ponderar aspectos não diretamente medidos pela APF , por exemplo, plataforma </li></ul><ul><li>Tabela de pontuação para demandas EXCLUSIVAMENTE não passíveis de medição em pontos de função </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    25. 25. Uma tendência no horizonte: O método da NESMA para melhorias <ul><li>Expediente similar ao denominado “deflator” muito comum em licitações públicas </li></ul><ul><li>Insumo : Construído sobre o método do IFPUG + Fator de Impacto (FI) </li></ul><ul><li>Produto : Enhancement Function Point </li></ul><ul><li>Funcionalidade incluídas (ADD) </li></ul><ul><li>Funcionalidades excluídas (DEL) e simples mudança de tipo (ex.: ALI p/ AIE e vice-versa) </li></ul><ul><li>Funcionalidades alteradas (CHG) </li></ul><ul><ul><li>Contribuição aos UEFP ajustada conforme > ou < impacto da mudança... </li></ul></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    26. 26. Funções de Armazenamento Alteradas <ul><li>Fator de Impacto determinado em função da quantidade de TD incluídos, alterados e excluídos em relação à quantidade original </li></ul><ul><li>Percentual de Mudança descreve essa relação </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br (%) Mudança ≤ 33% ≤ 67% ≤ 100% >100% Fator de Impacto 0,25 0,50 0,75 1,00
    27. 27. Funções de Transação Alteradas <ul><li>Fator de Impacto é determinado em função da quantidade de TD e AR incluídos, alterados e excluídos em relação a sua quantidade original </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br (%)TD (%)AR ≤ 67% ≤ 100% >100% ≤ 33% 0,25 0,50 0,75 ≤ 67% 0,50 0,75 1,00 ≤ 100% 0,75 1,00 1,25 >100% 1,00 1,25 1,50
    28. 28. Test Function Point <ul><li>As funções de armazenamento e de transação objeto de teste podem não estar incluídas no escopo da melhoria </li></ul><ul><li>Sua quantidade pode ser significativa em termos do esforço de teste e não contribui para a medição do tamanho (PF ou EPF) </li></ul><ul><li>Melhor relação entre uma unidade de tamanho e o esforço despendido em testes, levou a NESMA a criar o Ponto de Função de Teste (TFP) </li></ul><ul><li>Como o EFP, também é baseado no método do IFPUG </li></ul><ul><ul><li>Considera as medições após o projeto de melhoria </li></ul></ul><ul><ul><li>Inclui em seu escopo de contagem as funções Incluídas(ADD), Alteradas (CHG) e aquelas que devem ser testadas </li></ul></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    29. 29. Esforço ou Preço Onde, EFP é o Tamanho do Projeto de Melhoria em Pontos de Função de Melhoria TFP é o Tamanho do Projeto de Melhoria em Pontos de Função de Testes (c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br
    30. 30. Enfim... <ul><li>Muitas vezes a APF pode ser adequada para contratos, mas não para estimativas </li></ul><ul><li>Quando usada em contratos, deve se tomar alguns cuidados, principalmente quanto às premissas </li></ul><ul><li>Usar o PF como “semente” em modelos que aproximem tamanho e esforço é uma boa prática </li></ul>(c) FATTO Consultoria e Sistema – www.fattoCS.com.br

    ×