SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
Nosso livro de estudo:
Quem semeia,
colherá
Capítulo 40
André Luiz manifestou o desejo de visitar
a enfermaria feminina, em função de
sentir uma “grande atração” pelo local...
“Quando o Pai nos convoca
a determinado lugar é que lá
nos aguarda alguma tarefa.”
Após comentar o assunto com Narcisa,
recebeu as seguintes explicações...
“Desde que nossos pensamentos
visem à prática do bem,
não será difícil identificar
as sugestões divinas.”
Na enfermaria feminina,
por uma força quase inexplicável,
André se sente atraído
para um leito em especial...
O passado sempre retorna por misericórdia de Deus...
Nesse leito,
ele reencontra Eliza,
aquela mesma Eliza que
ele havia conhecido
no passado...
Os amores “mal resolvidos” retornam,
no momento oportuno...
Quem era Elisa?
• Tinha sido empregada doméstica na casa
dos pais de André Luiz.
• Após “intimidades excessivas”, terminou
por deixar o serviço...
• Muitas quedas morais
se sucederam, a partir daquele episódio(.)
• Agora, ela era uma mulher vencida pelo
sofrimento e por muitas humilhações...
“Se o Senhor permitiu
que reencontrasse agora
esta irmã,
é porque já o considera
em condições
de resgatar a dívida.”
André procura os conselhos
sábios de Narcisa:
“Todos nós encontramos,
no caminho,
os frutos
do bem ou do mal
que semeamos.”
Somente reencontramos
os desafetos e os credores do passado,
no momento em que o Pai nos considera
aptos para as devidas reparações...
Continuando a história de Elisa
• “Pelas forças que a envolvem,
noto-lhe a triste característica das mães
fracassadas e das mulheres de ninguém.”
• Após os episódios no primeiro emprego,
conhecera o prazer, o luxo, o conforto
material,
e, depois, a sífilis, o hospital, o abandono,
a cegueira e a morte...
O ódio virou perdão...
“Para odiá-lo, tenho de odiar a mim mesma.
No meu caso, a culpa deve ser repartida.
Não devo, pois, recriminar ninguém.”
Disse Eliza, em relação ao seu antigo namorado:
André,
sem se identificar,
promete apoio
e amizade,
e a promove à condição
de “irmã do coração”.
Como é que o destino permitirá a
André Luiz reparar os erros
de sua mocidade?
Resposta:
Provavelmente, receberá
Eliza como esposa ou
filha em uma nova
reencarnação.......
Conclusões:
• Na Espiritualidade, o destino irá nos aproximar
de todas as pessoas que, infelizmente ,
tenhamos prejudicado.
• Os relacionamentos afetivos desequilibrados
criam fortes vínculos espirituais.
• As reparações do mal praticado é algo
do qual não podemos fugir.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

47 nosso lar a volta de laura
47 nosso lar  a volta de laura47 nosso lar  a volta de laura
47 nosso lar a volta de lauraFatoze
 
026 nosso lar 26 novas perspectivas
026 nosso lar 26 novas perspectivas026 nosso lar 26 novas perspectivas
026 nosso lar 26 novas perspectivasFatoze
 
06/11/2013 - Os Mensageiros - cap. 41 e 42
06/11/2013 - Os Mensageiros - cap. 41 e 4206/11/2013 - Os Mensageiros - cap. 41 e 42
06/11/2013 - Os Mensageiros - cap. 41 e 42Lar Irmã Zarabatana
 
38 nosso lar o caso tobias
38 nosso lar  o caso tobias38 nosso lar  o caso tobias
38 nosso lar o caso tobiasFatoze
 
31 nosso lar vampiro
31 nosso lar  vampiro31 nosso lar  vampiro
31 nosso lar vampiroFatoze
 
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 24 a 33
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 24 a 33Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 24 a 33
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 24 a 33Jose Luiz Maio
 
41 nosso lar convocados à luta
41 nosso lar  convocados à luta41 nosso lar  convocados à luta
41 nosso lar convocados à lutaFatoze
 
" Missionários da Luz " - Influenciação cap5
" Missionários da Luz " - Influenciação cap5" Missionários da Luz " - Influenciação cap5
" Missionários da Luz " - Influenciação cap5Lar Irmã Zarabatana
 
Nos domínios da mediunidade aula 16
Nos domínios da mediunidade aula 16Nos domínios da mediunidade aula 16
Nos domínios da mediunidade aula 16Leonardo Pereira
 
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 01 a 23
Estudando André Luiz   Nosso Lar cap. 01 a 23Estudando André Luiz   Nosso Lar cap. 01 a 23
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 01 a 23Jose Luiz Maio
 
Os Mensageiros - Capitulo 04 - O Caso Vicente
Os Mensageiros - Capitulo 04 - O Caso VicenteOs Mensageiros - Capitulo 04 - O Caso Vicente
Os Mensageiros - Capitulo 04 - O Caso VicentePatricia Farias
 
33 nosso lar curiosas observações
33 nosso lar curiosas observações33 nosso lar curiosas observações
33 nosso lar curiosas observaçõesFatoze
 
37 nosso lar a preleção da ministra
37 nosso lar  a preleção da ministra37 nosso lar  a preleção da ministra
37 nosso lar a preleção da ministraFatoze
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Segunda Parte - Capítulo VI - A Cada Um Se...
Seminário Memórias de Um Suicida - Segunda Parte - Capítulo VI - A Cada Um Se...Seminário Memórias de Um Suicida - Segunda Parte - Capítulo VI - A Cada Um Se...
Seminário Memórias de Um Suicida - Segunda Parte - Capítulo VI - A Cada Um Se...Cynthia Castro
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundasEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundasJose Luiz Maio
 
26/02/14 Cap 4 Parte 2 Livro Missionários da Luz
26/02/14 Cap 4 Parte 2 Livro Missionários da Luz26/02/14 Cap 4 Parte 2 Livro Missionários da Luz
26/02/14 Cap 4 Parte 2 Livro Missionários da LuzLar Irmã Zarabatana
 
O que é transe (Leonardo Pereira).
O que é transe (Leonardo Pereira). O que é transe (Leonardo Pereira).
O que é transe (Leonardo Pereira). Leonardo Pereira
 

Mais procurados (20)

47 nosso lar a volta de laura
47 nosso lar  a volta de laura47 nosso lar  a volta de laura
47 nosso lar a volta de laura
 
Nosso Lar - Capitulo36
Nosso Lar - Capitulo36Nosso Lar - Capitulo36
Nosso Lar - Capitulo36
 
026 nosso lar 26 novas perspectivas
026 nosso lar 26 novas perspectivas026 nosso lar 26 novas perspectivas
026 nosso lar 26 novas perspectivas
 
06/11/2013 - Os Mensageiros - cap. 41 e 42
06/11/2013 - Os Mensageiros - cap. 41 e 4206/11/2013 - Os Mensageiros - cap. 41 e 42
06/11/2013 - Os Mensageiros - cap. 41 e 42
 
38 nosso lar o caso tobias
38 nosso lar  o caso tobias38 nosso lar  o caso tobias
38 nosso lar o caso tobias
 
31 nosso lar vampiro
31 nosso lar  vampiro31 nosso lar  vampiro
31 nosso lar vampiro
 
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 24 a 33
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 24 a 33Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 24 a 33
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 24 a 33
 
41 nosso lar convocados à luta
41 nosso lar  convocados à luta41 nosso lar  convocados à luta
41 nosso lar convocados à luta
 
Os Mensageiros Cap.10
Os Mensageiros Cap.10Os Mensageiros Cap.10
Os Mensageiros Cap.10
 
" Missionários da Luz " - Influenciação cap5
" Missionários da Luz " - Influenciação cap5" Missionários da Luz " - Influenciação cap5
" Missionários da Luz " - Influenciação cap5
 
Nos domínios da mediunidade aula 16
Nos domínios da mediunidade aula 16Nos domínios da mediunidade aula 16
Nos domínios da mediunidade aula 16
 
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 01 a 23
Estudando André Luiz   Nosso Lar cap. 01 a 23Estudando André Luiz   Nosso Lar cap. 01 a 23
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 01 a 23
 
Os Mensageiros - Capitulo 04 - O Caso Vicente
Os Mensageiros - Capitulo 04 - O Caso VicenteOs Mensageiros - Capitulo 04 - O Caso Vicente
Os Mensageiros - Capitulo 04 - O Caso Vicente
 
33 nosso lar curiosas observações
33 nosso lar curiosas observações33 nosso lar curiosas observações
33 nosso lar curiosas observações
 
37 nosso lar a preleção da ministra
37 nosso lar  a preleção da ministra37 nosso lar  a preleção da ministra
37 nosso lar a preleção da ministra
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Segunda Parte - Capítulo VI - A Cada Um Se...
Seminário Memórias de Um Suicida - Segunda Parte - Capítulo VI - A Cada Um Se...Seminário Memórias de Um Suicida - Segunda Parte - Capítulo VI - A Cada Um Se...
Seminário Memórias de Um Suicida - Segunda Parte - Capítulo VI - A Cada Um Se...
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundasEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
 
AULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalhoAULA- Lei do trabalho
AULA- Lei do trabalho
 
26/02/14 Cap 4 Parte 2 Livro Missionários da Luz
26/02/14 Cap 4 Parte 2 Livro Missionários da Luz26/02/14 Cap 4 Parte 2 Livro Missionários da Luz
26/02/14 Cap 4 Parte 2 Livro Missionários da Luz
 
O que é transe (Leonardo Pereira).
O que é transe (Leonardo Pereira). O que é transe (Leonardo Pereira).
O que é transe (Leonardo Pereira).
 

Semelhante a 40 nosso lar quem semeia colherá

46 nosso lar sacrifício de mulher
46 nosso lar  sacrifício de mulher46 nosso lar  sacrifício de mulher
46 nosso lar sacrifício de mulherFatoze
 
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
Aula 19  - Nos domínios da mediunidadeAula 19  - Nos domínios da mediunidade
Aula 19 - Nos domínios da mediunidadeLeonardo Pereira
 
Evangeliza - Chico Xavier
Evangeliza - Chico XavierEvangeliza - Chico Xavier
Evangeliza - Chico XavierAntonino Silva
 
Livro o imensuravel amor de deus
Livro o imensuravel amor de deusLivro o imensuravel amor de deus
Livro o imensuravel amor de deusPatricia Machado
 
Powerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne PereiraPowerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne PereiraBruno Caldas
 
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumidoGrupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumidoBruno Caldas
 
20 o valor do trabalho
20   o valor do trabalho20   o valor do trabalho
20 o valor do trabalhoFatoze
 
Nos domínios da mediunidade aula14
Nos domínios da mediunidade aula14Nos domínios da mediunidade aula14
Nos domínios da mediunidade aula14Leonardo Pereira
 
Corrie ten boom o refúgio secreto
Corrie ten boom   o refúgio secretoCorrie ten boom   o refúgio secreto
Corrie ten boom o refúgio secretoadelaide fagundes
 
A petição de jesus
A petição de jesusA petição de jesus
A petição de jesusHelio Cruz
 
Oportunidades para refazer
Oportunidades para refazerOportunidades para refazer
Oportunidades para refazerHelio Cruz
 
Boletim informativo mai2014
Boletim informativo mai2014Boletim informativo mai2014
Boletim informativo mai2014fespiritacrista
 
32 a crente interessada
32   a crente interessada32   a crente interessada
32 a crente interessadaFatoze
 
Oportunidades para refazer
Oportunidades para refazerOportunidades para refazer
Oportunidades para refazerHelio Cruz
 
33 obsessão desconhecida
33   obsessão desconhecida33   obsessão desconhecida
33 obsessão desconhecidaFatoze
 
A Mais Linda Definição de Saudade
A Mais Linda Definição de SaudadeA Mais Linda Definição de Saudade
A Mais Linda Definição de SaudadeForumBBB
 

Semelhante a 40 nosso lar quem semeia colherá (20)

46 nosso lar sacrifício de mulher
46 nosso lar  sacrifício de mulher46 nosso lar  sacrifício de mulher
46 nosso lar sacrifício de mulher
 
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
Aula 19  - Nos domínios da mediunidadeAula 19  - Nos domínios da mediunidade
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
 
Evangeliza - Chico Xavier
Evangeliza - Chico XavierEvangeliza - Chico Xavier
Evangeliza - Chico Xavier
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - dominacao telepatica
( Espiritismo)   # - amag ramgis - dominacao telepatica( Espiritismo)   # - amag ramgis - dominacao telepatica
( Espiritismo) # - amag ramgis - dominacao telepatica
 
Livro o imensuravel amor de deus
Livro o imensuravel amor de deusLivro o imensuravel amor de deus
Livro o imensuravel amor de deus
 
Powerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne PereiraPowerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne Pereira
 
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumidoGrupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
 
20 o valor do trabalho
20   o valor do trabalho20   o valor do trabalho
20 o valor do trabalho
 
Nos domínios da mediunidade aula14
Nos domínios da mediunidade aula14Nos domínios da mediunidade aula14
Nos domínios da mediunidade aula14
 
Corrie ten boom o refúgio secreto
Corrie ten boom   o refúgio secretoCorrie ten boom   o refúgio secreto
Corrie ten boom o refúgio secreto
 
A petição de jesus
A petição de jesusA petição de jesus
A petição de jesus
 
4 Assistência no Plano Terreno.
4 Assistência no Plano Terreno.4 Assistência no Plano Terreno.
4 Assistência no Plano Terreno.
 
Oportunidades para refazer
Oportunidades para refazerOportunidades para refazer
Oportunidades para refazer
 
Boletim informativo mai2014
Boletim informativo mai2014Boletim informativo mai2014
Boletim informativo mai2014
 
32 a crente interessada
32   a crente interessada32   a crente interessada
32 a crente interessada
 
Oportunidades para refazer
Oportunidades para refazerOportunidades para refazer
Oportunidades para refazer
 
Amo pessoas
Amo pessoasAmo pessoas
Amo pessoas
 
Amo pessoas11111
Amo pessoas11111Amo pessoas11111
Amo pessoas11111
 
33 obsessão desconhecida
33   obsessão desconhecida33   obsessão desconhecida
33 obsessão desconhecida
 
A Mais Linda Definição de Saudade
A Mais Linda Definição de SaudadeA Mais Linda Definição de Saudade
A Mais Linda Definição de Saudade
 

Mais de Fatoze

Evangelho animais 95
Evangelho animais 95Evangelho animais 95
Evangelho animais 95Fatoze
 
Evangelho animais 94
Evangelho animais 94Evangelho animais 94
Evangelho animais 94Fatoze
 
Evangelho animais 93
Evangelho animais 93Evangelho animais 93
Evangelho animais 93Fatoze
 
Evangelho animais 92
Evangelho animais 92Evangelho animais 92
Evangelho animais 92Fatoze
 
Evangelho animais 91
Evangelho animais 91Evangelho animais 91
Evangelho animais 91Fatoze
 
Evangelho no lar com crianças (69)
Evangelho no lar com crianças (69)Evangelho no lar com crianças (69)
Evangelho no lar com crianças (69)Fatoze
 
Evangelho no lar com crianças (68)
Evangelho no lar com crianças (68)Evangelho no lar com crianças (68)
Evangelho no lar com crianças (68)Fatoze
 
Evangelho no lar com crianças (67)
Evangelho no lar com crianças (67)Evangelho no lar com crianças (67)
Evangelho no lar com crianças (67)Fatoze
 
Evangelho no lar com crianças (66)
Evangelho no lar com crianças (66)Evangelho no lar com crianças (66)
Evangelho no lar com crianças (66)Fatoze
 
68 oitava categoria - caso 14
68   oitava categoria - caso 1468   oitava categoria - caso 14
68 oitava categoria - caso 14Fatoze
 
67 oitava categoria - caso 12 e caso 13
67   oitava categoria - caso 12 e caso 1367   oitava categoria - caso 12 e caso 13
67 oitava categoria - caso 12 e caso 13Fatoze
 
66 oitava categoria - caso 10 e caso 11
66   oitava categoria - caso 10 e caso 1166   oitava categoria - caso 10 e caso 11
66 oitava categoria - caso 10 e caso 11Fatoze
 
65 oitava categoria - caso 08 e caso 09
65   oitava categoria - caso 08 e caso 0965   oitava categoria - caso 08 e caso 09
65 oitava categoria - caso 08 e caso 09Fatoze
 
Evangelho no lar com crianças (65)
Evangelho no lar com crianças (65)Evangelho no lar com crianças (65)
Evangelho no lar com crianças (65)Fatoze
 
Evangelho no lar com crianças (64)
Evangelho no lar com crianças (64)Evangelho no lar com crianças (64)
Evangelho no lar com crianças (64)Fatoze
 
Evangelho no lar com crianças (63)
Evangelho no lar com crianças (63)Evangelho no lar com crianças (63)
Evangelho no lar com crianças (63)Fatoze
 
Evangelho animais 90
Evangelho animais 90Evangelho animais 90
Evangelho animais 90Fatoze
 
Evangelho animais 89
Evangelho animais 89Evangelho animais 89
Evangelho animais 89Fatoze
 
Evangelho animais 88
Evangelho animais 88Evangelho animais 88
Evangelho animais 88Fatoze
 
Aula 15 irmaos
Aula 15   irmaosAula 15   irmaos
Aula 15 irmaosFatoze
 

Mais de Fatoze (20)

Evangelho animais 95
Evangelho animais 95Evangelho animais 95
Evangelho animais 95
 
Evangelho animais 94
Evangelho animais 94Evangelho animais 94
Evangelho animais 94
 
Evangelho animais 93
Evangelho animais 93Evangelho animais 93
Evangelho animais 93
 
Evangelho animais 92
Evangelho animais 92Evangelho animais 92
Evangelho animais 92
 
Evangelho animais 91
Evangelho animais 91Evangelho animais 91
Evangelho animais 91
 
Evangelho no lar com crianças (69)
Evangelho no lar com crianças (69)Evangelho no lar com crianças (69)
Evangelho no lar com crianças (69)
 
Evangelho no lar com crianças (68)
Evangelho no lar com crianças (68)Evangelho no lar com crianças (68)
Evangelho no lar com crianças (68)
 
Evangelho no lar com crianças (67)
Evangelho no lar com crianças (67)Evangelho no lar com crianças (67)
Evangelho no lar com crianças (67)
 
Evangelho no lar com crianças (66)
Evangelho no lar com crianças (66)Evangelho no lar com crianças (66)
Evangelho no lar com crianças (66)
 
68 oitava categoria - caso 14
68   oitava categoria - caso 1468   oitava categoria - caso 14
68 oitava categoria - caso 14
 
67 oitava categoria - caso 12 e caso 13
67   oitava categoria - caso 12 e caso 1367   oitava categoria - caso 12 e caso 13
67 oitava categoria - caso 12 e caso 13
 
66 oitava categoria - caso 10 e caso 11
66   oitava categoria - caso 10 e caso 1166   oitava categoria - caso 10 e caso 11
66 oitava categoria - caso 10 e caso 11
 
65 oitava categoria - caso 08 e caso 09
65   oitava categoria - caso 08 e caso 0965   oitava categoria - caso 08 e caso 09
65 oitava categoria - caso 08 e caso 09
 
Evangelho no lar com crianças (65)
Evangelho no lar com crianças (65)Evangelho no lar com crianças (65)
Evangelho no lar com crianças (65)
 
Evangelho no lar com crianças (64)
Evangelho no lar com crianças (64)Evangelho no lar com crianças (64)
Evangelho no lar com crianças (64)
 
Evangelho no lar com crianças (63)
Evangelho no lar com crianças (63)Evangelho no lar com crianças (63)
Evangelho no lar com crianças (63)
 
Evangelho animais 90
Evangelho animais 90Evangelho animais 90
Evangelho animais 90
 
Evangelho animais 89
Evangelho animais 89Evangelho animais 89
Evangelho animais 89
 
Evangelho animais 88
Evangelho animais 88Evangelho animais 88
Evangelho animais 88
 
Aula 15 irmaos
Aula 15   irmaosAula 15   irmaos
Aula 15 irmaos
 

Último

LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfLehonanSouza
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 

Último (9)

LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 

40 nosso lar quem semeia colherá

  • 1. Nosso livro de estudo:
  • 3. André Luiz manifestou o desejo de visitar a enfermaria feminina, em função de sentir uma “grande atração” pelo local...
  • 4. “Quando o Pai nos convoca a determinado lugar é que lá nos aguarda alguma tarefa.” Após comentar o assunto com Narcisa, recebeu as seguintes explicações...
  • 5. “Desde que nossos pensamentos visem à prática do bem, não será difícil identificar as sugestões divinas.”
  • 6. Na enfermaria feminina, por uma força quase inexplicável, André se sente atraído para um leito em especial...
  • 7. O passado sempre retorna por misericórdia de Deus... Nesse leito, ele reencontra Eliza, aquela mesma Eliza que ele havia conhecido no passado...
  • 8. Os amores “mal resolvidos” retornam, no momento oportuno...
  • 9. Quem era Elisa? • Tinha sido empregada doméstica na casa dos pais de André Luiz. • Após “intimidades excessivas”, terminou por deixar o serviço... • Muitas quedas morais se sucederam, a partir daquele episódio(.) • Agora, ela era uma mulher vencida pelo sofrimento e por muitas humilhações...
  • 10. “Se o Senhor permitiu que reencontrasse agora esta irmã, é porque já o considera em condições de resgatar a dívida.” André procura os conselhos sábios de Narcisa:
  • 11. “Todos nós encontramos, no caminho, os frutos do bem ou do mal que semeamos.”
  • 12. Somente reencontramos os desafetos e os credores do passado, no momento em que o Pai nos considera aptos para as devidas reparações...
  • 13. Continuando a história de Elisa • “Pelas forças que a envolvem, noto-lhe a triste característica das mães fracassadas e das mulheres de ninguém.” • Após os episódios no primeiro emprego, conhecera o prazer, o luxo, o conforto material, e, depois, a sífilis, o hospital, o abandono, a cegueira e a morte...
  • 14. O ódio virou perdão...
  • 15. “Para odiá-lo, tenho de odiar a mim mesma. No meu caso, a culpa deve ser repartida. Não devo, pois, recriminar ninguém.” Disse Eliza, em relação ao seu antigo namorado:
  • 16. André, sem se identificar, promete apoio e amizade, e a promove à condição de “irmã do coração”.
  • 17. Como é que o destino permitirá a André Luiz reparar os erros de sua mocidade? Resposta: Provavelmente, receberá Eliza como esposa ou filha em uma nova reencarnação.......
  • 18. Conclusões: • Na Espiritualidade, o destino irá nos aproximar de todas as pessoas que, infelizmente , tenhamos prejudicado. • Os relacionamentos afetivos desequilibrados criam fortes vínculos espirituais. • As reparações do mal praticado é algo do qual não podemos fugir.