Modal rodoviário

101.528 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre o Modal Rodoviário

Publicada em: Educação
107 comentários
119 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
101.528
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
80
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
107
Gostaram
119
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modal rodoviário

  1. 1. Modal Rodoviário
  2. 2. Conceito
  3. 3. Modal Rodoviário Conceito“O transporte rodoviário é aquele feito através ruas, estradas e rodovias, sejamelas pavimentadas ou não, com a intenção de transpor de um ponto aooutro, produtos, animais ou pessoas. “ LIMA, Maurício Pimenta“Transporte Rodoviário é aquele que se realiza em estradas de rodagem, comutilização de veículos como caminhões e carretas. O transporte rodoviário podeser em território nacional ou internacional, inclusive utilizando estradas de váriospaíses na mesma viagem.” ARAÚJO, João Guilherme
  4. 4. Breve Histórico
  5. 5. Modal RodoviárioComo tudo começou?Ü Anos 50, com a implantação da indústria automobilística nacional;Ü Mudança da Capital para o Centro-Oeste;Ü Programa de construção de rodovias;Ü Expansão da produção e no consumo dos bens duráveis;Ü Ápice em 1988;Ü Nova Constituição encerrando os sistemas de receitasvinculadas, extinguiu-se o imposto sobre combustíveis elubrificantes que, através do FRN – Fundo RodoviárioNacional, custeava a expansão e a recuperação de toda a malha.
  6. 6. Características
  7. 7. Modal RodoviárioCaracterísticasÜ Transporte rodoviário é o transporte feito por estradas, rodovias, ruase outras vias pavimentadas ou não com a intenção de movimentarmateriais, pessoas ou animais de um determinado ponto a outro;Ü 96% do movimento de passageiros e 60% do transporte cargas;Ü Veículos automotores, como carros, ônibus e caminhão;Ü Existem cerca de 130 mil empresas de transporte de cargas no Brasilcom mais 1.6 milhões de veículos que oferece trabalho, diretamente, apelo menos 5 milhões de pessoas;
  8. 8. Modal RodoviárioCaracterísticasÜ Recomendado para o transporte de mercadorias de alto valoragregado ou perecível;Ü Perde em muito sua competitividade para produtos agrícolas agranel, visto que seu valor é muito baixo, onde acaba encarecendo oseu custo finalÜ O espaço no veículo pode ser fretado em sua totalidade (cargacompleta) ou apenas frações de sua totalidade (carga fracionada). Ofracionamento do espaço de carga do veículo possibilita a diversificaçãode embarcadores num mesmo embarque, diluindo desta forma, o custoentre os clientes na fração de sua utilização. Ü O Modal Rodoviário trabalha junto com todos os outros modais, pois é necessário o transporte rodoviário para que as mercadorias cheguem no seu local de embarque
  9. 9. Regulamentação eFiscalização
  10. 10. Modal RodoviárioRegulamentação Instituição que controla Modal Rodoviário: ANTT - Agência Nacional de Transporte Terrestre. A responsabilidade da ANTT: Concessão de rodovia, Regulamentação das concessionárias e também pela cobrança de pedágio.
  11. 11. Tipos de TransportesRodoviário
  12. 12. Modal RodoviárioTipos de Transporte Rodoviário Pessoas Cargas
  13. 13. Modal RodoviárioTipos de Transporte Rodoviário Pessoas Ü Serviço público essencial; Ü Também regulamentado pela ANTT; Ü 95% do total dos deslocamentos realizados no País; Ü Faturamento anual superior a R$ 2,5 bilhões;
  14. 14. Modal RodoviárioTipos de Transporte Rodoviário Gerais Cargas Vivas Perigosas Internacional
  15. 15. Modal RodoviárioTipos de Transporte Rodoviário TRANSPORTE DE CARGAS VIVAS - Para transporte de cargas vivas é necessário providenciar a GTA (Guia de Transporte de Animais) e o atestado de saúde do animal. TRANSPORTE DE PRODUTOS PERIGOSOS - Segue a legislação da Gerência de Regulação do transporte Rodoviário de Cargas – GEROC TRANSPORTE DE CARGAS INTERNACIONAIS - Regulamentado pelas normas da ANTT, e respeita acordos entre o Brasil e os países da América do Sul.
  16. 16. Modal RodoviárioTipos de Transporte Rodoviário Cargas Ü Serviço porta a porta, sem necessidade de carregamento ou descarga entre origem e destino; frequência e disponibilidade dos serviços; velocidade e conveniência; Ü O serviço é realizado por empresas especializadas em transportes rodoviário (transportadoras), ou por profissionais autônomos; Ü Nesse transporte é negociado o “Frete”; dado pela distância de um ponto ao outro, pelo peso da carga, seu valor e sua periculosidade; Ü A diferença nas operações se dá pela capacidade do veículo, que é chamado de lotação completa e de carga fracionada;
  17. 17. Rodovias
  18. 18. Modal RodoviárioTipos de RodoviasInternacional Federal Estadual Municipal
  19. 19. Malha Rodoviária
  20. 20. Modal RodoviárioMalha Rodoviária Brasileira
  21. 21. Rodovias (BR)
  22. 22. Modal RodoviárioTipos de Rodovias
  23. 23. Modal RodoviárioTipos de Rodovias
  24. 24. Modal RodoviárioTipos de Rodovias
  25. 25. Modal RodoviárioTipos de Rodovias
  26. 26. Modal RodoviárioTipos de Rodovias
  27. 27. Modal RodoviárioTipos de Rodovias Destaques Ü BR 101 – Cobre o litoral brasileiro Ü BR 116 – Começa em Jaguarão(RS),na fronteira com Uruguai e corre paralela à BR 101,um pouco mais ao interior, passando por Porto Alegre (RS) ,Curitiba (PR) ,São Paulo (SP),Rio de Janeiro (RJ), Minas Gerais(MG),Bahia(BA). Ü BR 153 – a única que atravessa as cinco micro regiões do país
  28. 28. Situação da MalhaRodoviária Brasileira
  29. 29. Modal RodoviárioSituação Malha Rodoviária BrasileiraÜ 30% está muito danificado pela falta deconservação;Ü 10% estão pavimentados.Ü Estradas de terra ou pavimentaçãoquase inexistente
  30. 30. Modal RodoviárioSituação Malha Rodoviária Brasileira Totalmente destruída 1% Afundamentos 5% 6% 29% 11% Desgatado Tricados 10% 19% 19% Sem Acostamento Sem Sinalização Bom EstadoFonte: DNIT – Janeiro/2010 Sinalização Ruim
  31. 31. Modal RodoviárioSituação Malha Rodoviária Brasileira Rodovia que liga o Polo Petroquímico de Camaçari ao Porto de Aratu - BA
  32. 32. Modal RodoviárioSituação Malha Rodoviária Brasileira BR-052 Xique Xique Trevo de Tapiramutá - BA BR-230 – A Rodovia Transamazônica
  33. 33. Alguns DesafiosRodoviários
  34. 34. Modal RodoviárioAlguns Desafios Rodoviários Acidentes Excesso de Peso Fenômenos Naturais Poluição
  35. 35. Pedágios
  36. 36. Modal Rodoviário Estradas x PedágioÜ Iniciativa privada é responsávelpelas 14 melhores estradas do país. Ü A ANTT faz concessão de trechos de rodovias por licitações, normalmente contrato de 25 anos. Ü Numa visão geral, (custo/benefício) ainda é vantajoso o pagamento dos pedágios.
  37. 37. Veículos Rodoviários
  38. 38. Modal Rodoviário Tipos de VeículosVan & VUCSão veículos para transportar produtos de pequenos e médios volumes. A capacidade deuma van é de até 1,5 tonelada enquanto que a do VUC (Veículo Urbano de Carga) é deaté 3 toneladas.
  39. 39. Modal RodoviárioTipos de VeículosCaminhõesSão veículos fixos, monoblocos, constituindo-se de uma única parte que incorpora acabine, com motor, e a unidade de carga (carroceria). Podem apresentar os maisvariados tamanhos ter 2 ou 3 eixos, podendo atingir a capacidade de carga (payload)de até cerca de 23 toneladas.Alguns exemplos de caminhões:
  40. 40. Modal RodoviárioTipos de VeículosCarretasSão veículos articulados e, portanto, possuindo unidades de tração e de carga emmódulos separados. Estas duas unidades são denominadas cavalos mecânicos e semi-reboques.
  41. 41. Modal Rodoviário Tipos de VeículosBoogies/Trailers/ChassisSão as carretas plataforma citadas, apropriadas para o transporte de containers.Podem comportar containers de 20′ e 40′ (vinte e quarenta pés).
  42. 42. Modal Rodoviário Tipos de VeículosOutras imagens de veículos
  43. 43. Modal RodoviárioPor que o Modal Rodoviário é o Mais Utilizado?
  44. 44. Modal RodoviárioVantagens do Modal RodoviárioÜ Custo fixo relativamente pequeno se comparado ao ferroviárioÜ Custo variável alto devido a necessidade de um “cavalo mecânico” e um motorista para cada carreta ou composição de carretas atreladas.Ü São mais sensíveis a aumento salarialÜ Maior disponibilidade de vias de acessoÜ Possibilita o serviço porta-a-portaÜ Embarques e partidas mais rápidosÜ Facilidade de substituição em caso de quebra ou acidentesÜ Grande capacidade de integração com os outros modaisÜ Baixa eficiência energéticaÜ Voltado para transporte de pequenas cargasÜ Curtas distâncias ,até 500 km, indicado para a distribuição urbana
  45. 45. Modal RodoviárioDesvantagens do Modal Rodoviário Ü Maior custo operacional; Ü Nas épocas de safras provoca congestionamentos nas estradas; Ü Desgasta prematuramente a infra-estrutura da malha rodoviária. Ü Média de ano dos veículos (aproximadamente 18 anos), ou seja, é uma frota antiga, menos competitivo para longas distâncias; Ü Fretes mais altos em alguns casos e dentre todos os modais este é o que apresenta a menor capacidade de carga; Ü Maior grau de poluição ao meio ambiente.
  46. 46. Modal RodoviárioCustos do Transporte Rodoviário• Depreciação; • Custos Administrativos;• Remuneração do capital; • Combustível;• Pessoal (motorista); • Pneus;• Seguro do veículo; • Lubrificantes;• IPVA/ seguro • Manutenção; obrigatório; • Pedágio.
  47. 47. Comparação comoutros Modais
  48. 48. Modal RodoviárioComparação com outros modais MODO FERRO AQUA RODO DUTO AÉREO Velocidade Média Muito Rápido Lento Muito Lento Rápido Capacidade Média Média Alta Alta Alta Cumprimento de Horário Frequencia Baixa Muito Alta Alta Média Baixa Disponibilidade Baixa Limitada Muito Muito Média Geográfica Alto Limitada Capacidade Alta Alta Média Alta Baixa Transporte Custo Média Muito Alta Baixo Muito Baixo Alto
  49. 49. Expectativas Futuras
  50. 50. Modal RodoviárioExpectativas Futuras Participação dos Modais no Transporte das Empresas (% ton*km) Fonte: Panorama de Práticas e Tendências do Transporte Rodoviário de Cargas ILOS – Instituto de Logística e Supplu Chain – 01/12/09
  51. 51. Modal RodoviárioExpectativas Futuras Fabricantes no Brasil • Volkswagen • Citroën • Ford • Chrysler • General Motors • Mercedes-Benz • Fiat • Hyundai • Renault • Toyota • Peugeot
  52. 52. Modal RodoviárioExpectativas Futuras A CURTO PRAZO
  53. 53. Modal RodoviárioExpectativas Futuras
  54. 54. Modal RodoviárioExpectativas Futuras
  55. 55. Modal RodoviárioExpectativas Futuras A LONGO PRAZO
  56. 56. Modal RodoviárioExpectativas Futuras
  57. 57. Obrigado.Disciplina: Fundamentos da LogísticaCurso: Gestão Logística1° Período – NoiteSeminário Logística de Transportes – Modal RodoviárioAlunos: José Leonardo Cavalcanti Saulo Lins

×