Jornal junho 2015

91 visualizações

Publicada em

Projeto Jornal Impresso

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
91
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal junho 2015

  1. 1. pela picada do mosquito Ae- des aegypti infectado e, me- nos comumente, pelo mosqui- to Aedes albopictus. Então fique ligado sobre a dengue, tome algumas pre- venções como: não acumular agua em vasos ou baldes pois pode virar um criadouro de mosquitos. Alerte parentes, amigos, vizinhos para que juntos possamos erradicar esta doença. O poder público precisa fazer sua parte, mas nós também precisamos fazer a nossa. Equipe “Fala Galera!” O ano de 2015 esta batendo o recorde de casos de dengue em São Paulo, segundo pesquisas a zona norte é a mais afetada. A equipe do Fala Galera deci- diu falar sobre este tema, pois notamos muitos casos no nosso bairro. A dengue é uma doença infec- ciosa causada por um arboví- rus (existem quatro tipos dife- rentes de vírus do dengue: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN- 4), que ocorre principalmente em áreas tropicais e subtropi- cais do mundo, inclusive no Brasil. As epidemias geral- mente ocorrem no verão, du- rante ou imediatamente após períodos chuvosos. A dengue clássica se inicia de maneira súbita e pode ocorrer febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores nas costas. Às vezes aparecem manchas vermelhas no corpo. A febre dura cerca de cinco dias com melhora progressiva dos sintomas em 10 dias. Em alguns poucos pacientes po- dem ocorrer hemorragias dis- cretas na boca, na urina ou no nariz. Raramente há complica- ções. Entrevistamos a agente de promoção ambiental do posto de saúde Vila Ramos, Maria do Carmo, sobre os casos de dengue da nossa região. Ela nos disse que com a falta d’ água as pessoas estão reser- vando a água da chuva em baldes que se esquecem de cobrir, além do lixo espalhado pelas ruas que acumulam água transformando-se em um criadouro do mosquito da dengue. O mosquito pode transmitir também a febre Chikungunya, uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae. Seu modo de transmissão é Epidemia de Dengue Editorial F ala Galera! está de volta! Nesta edição tratare- mos de um tema muito conhe- cido entre os paulistanos: A dengue! Quem não conhece alguém que tenha tido a doença, que atire a primeira pedra! Pois é, infelizmente uma gran- de parte da população se contaminou. Os cuidados já conhecidos por todos, devem ser redobrados, afinal o mos- quito parece estar cada vez mais invencível. A boa notícia é que com a chegada do inverno os casos de contaminação vão dimi- nuindo, porém não podemos descuidar uma vez que os ovos do mosquito podem so- breviver até o próximo verão e basta uma chuva para que se transformem em larvas e de- pois mosquitos adultos. Então fica a dica, lave bem os pratinhos das plantas com água e sabão e não deixe objetos que possam acumular água no quintal. Esperamos que curtam esta edição que foi preparada com muito carinho para vocês. Até a próxima “galerinha”! Equipe “Fala Galera!” Colaboração: Professora Aneli Fala Galera! Trabalhos desenvol- vidos pelo posto de saúde Vila Ramos:  Caminhada—2ª, 4ª e 6ª às 8h  Coral—2ª às 10h45  Terapia Comuni- tária— Quinzenalmente às 4ª às 14h  Ginástica—3ª e 5ª às 9h  Resgate femini- no—5ª às 15h30  Exame Papani- colau—2ªà 6ª 8h 3ª às 9h EMEF Pedro Américo JUNHO 2015 Ano 03, edição 06 Nesta edição: Entrevista 2 Dicas de moda e saúde 2 Esportes 2 Aconteceu no Pedro Américo 3 Acessa 3 Dicas de games 3 Passatempo e humor 4
  2. 2. O s projetos de recupe- ração paralela ofere- cem aulas de reforço em língua portuguesa e mate- mática, no contra turno das aulas regulares. O objetivo do projeto é ofertar aos alunos acompanhamento em suas dificuldades de aprendizagem, revisar os conteúdos da sala de aula e desenvolver as com- petências e habilidades des- tes educandos para que pos- sam acompanhar satisfatoria- mente suas turmas regulares. Nas aulas de recuperação as turmas são organizadas para facilitar o aprendizado, agru- pando os alunos de acordo com seu nível de conhecimen- to. Assim os professores tem a oportunidade de acompanhar os alunos de forma mais próxi- ma, atendendo as necessida- des de cada um. Há aulas diferenciadas para tornar o ambiente um facilitador da aprendizagem. Inicialmente foi feita uma seleção de alunos com maiores dificuldades para participar do projeto, mas hoje, todos que sentem necessidade de aprimorar sua aprendizagem procuram nos- sos professores e participam das aulas. A recuperação paralela é uma oportunidade de crescer e desenvolver seus estudos, melhorar sua aprendizagem e seu desempenho escolar. É importante comparecer às aulas e se empenhar nas tare- fas. Nossos professores se dedicam ao preparo das aulas para oferecer o melhor a to- dos os alunos do Pedro Améri- co. Aos alunos cabe vir e apro- veitar. Entrevistamos os professores Benedito e Joyce que nos dis- seram que os alunos que fre- quentam as aulas, em sua maioria aproveitam a oportuni- dade de ter um professor mais próximo e fazer atividades com materiais diferentes dos utilizados em sala de aula. Informaram ainda que os pais dos alunos que não estão comparecendo serão convoca- dos para justificar a ausência dos mesmos. Equipe “Fala Galera”! Colaboração: Professora Talita cabelo é o Neymar, pois quase todas às vezes esta com um corte diferente e eles gostam muito. Neste semestre a tendência é o corte mais social, militar, moicano e de um a dois meni- nos tem o cote surfista. Também tem aqueles meni- nos que não se inspiram em ninguém, tem o seu próprio corte. Eles costumam fazer E ntrevistamos alguns meninos da escola sobre os cortes de cabelo que eles gostavam, em que eles se inspiravam. Então chegamos à conclusão que os meninos se inspiram no Ney- mar, Justin Bieber, Caio Castro e Lucas Lucco. De todos esses atores, canto- res e jogadores de futebol, o mais inspirador para cortes de um corte mais simples sem chamar muita atenção como fazer luzes, desenhos com a navalha etc. Mas o mais importante é você andar sempre com o cabelo cortado e bem arrumado, nem todo mundo gosta de andar igual aos outros, você tem que se sentir livre e à vontade com suas escolhas. Equipe “Fala Galera!” Projeto de Recuperação Paralela Moda e Saúde: Esportes: Jogos Olímpicos 2016 cos. Os Jogos Olímpicos de 2016 serão realizados no Brasil na cidade do Rio de Janeiro. Por esse motivo nossa equipe de esportes irá publicar uma série de matérias sobre os esportes olímpicos para irmos entrando no clima. Os esportes que serão repre- sentados em 2016 são: Atle- tismo, Badminton, Basquete- bol, Boxe, Canoagem, Ciclis- mo, Esgrima, Futebol, Ginasti- ca, Golfe, Halterofilismo, Han- debol, Hipismo, Hóquei sobre grama, Judô, Lutas, Nado sin- cronizado, Natação, Pentatlo moderno, Polo aquático, Re- mo, Saltos ornamentais, Taekwondo, Tênis, Tênis de mesa, Tiro, Tiro com arco, Triatlo, Vela e Voleibol. À cada edição apresentare- mos um destes esportes. Fi- que de olho! Equipe “Fala Galera!” A cada quatro anos, atletas de centenas de países se reúnem num país sede para disputa- rem um conjunto de modalida- des esportivas. A própria ban- deira olímpica representa essa união de povos e raças, pois é formada por cinco anéis entrelaçados, representando os cinco continentes e suas cores. A paz, a amizade e o bom relacionamento entre os povos e o espírito olímpico são os princípios dos jogos olímpi- Página 2Fala Galera! Participe dos projetos da escola: Treino de Vôlei Futebol Jornal Aluno Monitor Adolêser Artes Capoeira Recuperação Paralela TCA Percussão História em quadri- nhos Cine clube Grupo de estudos ETEC Bandeira das olimpía- das de 2016
  3. 3. N o dia 08/05 a EMEF Pedro Américo prepa- rou com muito cari- nho uma singela homenagem para comemorar o dia das mães (ou melhor) o dia da família, pois foi também dedi- cado as demais pessoas que estavam presentes e que cola- boram com o cuidado e educa- ção dos nossos alunos (pais, tias, avós etc). A partir das 10h as pessoas que estavam presentes pude- ram acompanhar as apresen- tações musicas, declamações e leituras de textos feitos pe- los alunos do ciclo I. Muitas fotos foram tiradas com importante participação da família que compareceu em grande número para pres- tigiar e se emocionar. A decoração ficou por conta da professora de artes Ludmi- la e dos alunos monitores , que estão de parabéns pelo empenho, dedicação e capri- cho. As turmas dos nonos anos percorreram as ruas do bairro para conhecer melhor nossa comunidade e levantar temas para o TCA—Trabalho Colabo- rativo de Autoria, que apresen- tarão como conclusão do ensi- no fundamental. Durante o trabalho de campo os alunos puderam observar com mais atenção os pontos positivos e os problemas de infraestrutura do entorno da escola. Os principais problemas levan- tados pelos alunos são o lixo espalhado na frente da escola, a falta de rampas de acesso para cadeirantes e idosos e a falta de áreas de lazer gratui- tas. Após essa pesquisa as turmas se dividirão em grupos e pes- quisarão mais a fundo essas problemáticas e buscarão soluções simples e possíveis para melhorar o dia a dia da comunidade. Foram abertos os jogos inter- depois faça graveto N esta edição vamos dar algumas dicas de como construir as primeiras ferramentas para você sobreviver a primeira noite e se defender dos zum- bis. Picareta: quebre uma arvore (qualquer uma); Faça uma madeira refinada; Agora faça a tua picareta Tome muito cuidado a noite por que vem muitos monstros podem te matar por isso cons- trua uma casa. Para conseguir lã, carne e couro você precisa matar os Aconteceu no Pedro Américo Game: Minecraft - primeiras ferramentas Acessa locomoção, eliminando as barreiras, consiste também em ter acesso a todo e qual- quer material produzido, em áudio ou vídeo, para tanto adaptando todos os meios que a tecnologia permite. Na prática o acesso a locais públicos para pessoas com dificuldade de locomoção ainda é muito difícil. Dando uma volta pelo bairro com os alunos do nono ano, pudemos observar a falta de rampas de acesso e o excesso de obstáculos nas calçadas que dificultam a locomoção de usuários de cadeira de rodas e idosos. Segundo nosso repórter Arthur Ricardo David Hirche, os maio- res obstáculos que enfrenta são as calçadas sem rampas e para atravessar as ruas. As escadas são outro problema, nem sempre os locais disponi- bilizam elevadores ou rampas. S egundo o Wikipédia, o termo acessibilidade consiste na possibilida- de de acesso a um lugar ou conjunto de lugares. Significa não apenas permitir que pes- soas com deficiências ou mo- bilidade reduzida participem de atividades que incluem o uso de produtos, serviços e informação, mas a inclusão e extensão do uso destes por todas as parcelas presentes em uma determinada popula- ção, visando sua adaptação e Ano 03, edição 06 Página 3 calasses 2015. Nós do “Fala, Galera” Faremos a cobertura dos jogos e na pró- xima edição traremos todas as notícias do nosso campeonato. O arraiá do Pedro Américo está chegando com muita dança, brincadeiras e comidas típicas. Será dia 04 de julho de 2015 . Não percam!!!! animais, eles vão dropar estes materiais. Na próxima edição traremos outras dicas para vocês. Equipe”Fala Galera!” Fonte: http://www.techtudo.com.br/ Outra atenção importante é em relação aos banhei- ros que muitas vezes estão sujos ou mesmo trancados dando trabalho extra para seus acompa- nhantes. Ainda falta muita infra estrutura para que todos possam se locomover com mais facilidade. Fonte: www.wikipedia.org Colaboração: Arthur Ricardo David Hirche,
  4. 4. Previna-se Passatempo

×