A natureza na colonização do brasil

606 visualizações

Publicada em

Apresentação baseada no Artigo de Ronald Raminelli

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
606
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A natureza na colonização do brasil

  1. 1. A natureza nacolonização do BrasilBaseado no Artigo A Natureza na Colonização doBrasil pelo professor Ronald Raminelli
  2. 2. Crenças pré-coloniais Geocentrismo; Planeta não seria redondo (Teoriada Terra Plana); Calor excessivo dos trópicos nãoera proporcional à vida.
  3. 3. Terra de lendas e de naturezainexplorada Cristianismo ecapitalismoproporcionando abusca por lucros atodo custo; Terras exóticas; Nativos minimizados,escravizados,explorados e atémortos.
  4. 4. As três catástrofes ecológicas
  5. 5. 1. Cana-de-açúcar Primeira atividadeeconômica deprodução em largaescala no Brasil; Destruição da matanativa; Empobrecimento dosolo rapidamente.Empobrecimento do solo edesertificação
  6. 6. 2.Mineração Gigantesco fluxomigracional; Alterações drásticas noambiente, em favor damineração em largaescala; Grandes vaziosvegetais no lugar daexuberante MataAtlântica.Processo de assoreamento nos rios
  7. 7. 3. Pecuária Às margens do SãoFrancisco, sul de Minase pampas gaúchos.Sendo os dois últimos oque tiveram aatividade mais intensa. Destruição das florasda Mata Atlânticamineira e das pradariassulistas (que sofrem atéhoje com essaatividade). Processo de desertificação dospampas
  8. 8. “O bom era o trigo! Era?” Fauna e flora inúteis aos olhos dos colonizadores,com raras exceções; Primazia do trigo sobre todas as outras culturasalimentícias na visão eurocêntrica; Desprezo pela mandioca, base da alimentaçãonativa e ao contrário do trigo, compatível com ossolos e climas brasileiros. Pragmatismo fez com que os colonos demorassem aaceitar a nova realidade e junto à ela os hábitosalimentares.
  9. 9. Considerações finais Nossa natureza até hoje é concebida como infinitapor grande parte da população o que éclaramente a herança que nos foi deixada. Ainda dá tempo de mostrar às pessoas que épossível alterar essa postura, e reverter o processo dedegradação em massa, não só do país, mas comodo planeta.
  10. 10. Referências Bibliográficas RAMINELLI, R. J. . A natureza na colonização doBrasil. In: Marcos Reigota. (Org.). Verde cotidiano - omeio ambiente em discussão. 3ed.Petrópolis:DP, 2008, v. 1, p. 41-59.

×