Pedro Gabriel  01/04/2009
Um Pouco de História Karl R. Popper (Vienna, 1902 – Londres, 1994) Filósofo da Ciência, um dos de maior estatura do  séc...
David Hume (Inducionismo) Este cisne é branco: Todo cisne é branco:
Modus Tollens (Prova Indireta) Desse modo, a observação de um Cisne branco não poderia servir para que se prove que todos...
Round One... Fight
4 Pressupostos do Artigo A Psicanálise seria uma ciência experimental? Newton, Einstein Vs Freud e Marx: modelo e  antim...
Conclusões da Autora Nenhum saber precisaria ter o estatuto de científico  para que seja considerado valioso ou consisten...
Alguns Impasses “Pensar é estar doente dos olhos” (Fernando Pessoa) A razão como resistência O que é ciência?          ...
Alguns Impasses Pré-História da Ciência (episteme)“A episteme é a compreensão  segura, certa, universal e imutável. E com...
Alguns Impasses A Ciência é uma construção moderna. Embora  mantenha os ideais metafísicos e transcendentais da  antiguid...
Críticas à Ciência A Ciência concebe o mundo como um conjunto de fatos:       Observáveis       Repetíveis       Unive...
Críticas à Ciência A Ciência cofunde o ser das coisas com o seu dar-se                         Objeto                  Ente
Universais   Realismo dos Universais      Naturalismo dos Universais  - Há somente universais       - Não há universais, s...
Incompatibilidade “Na ação analítica, o desejo do analista só se sustenta  em função do analista reconhecer em seu saber ...
Pontos para discussão  Qual valor poderia ser agregado a um saber quando   este recebe o dote de científico?  Qualquer m...
As críticas de Karl Popper
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As críticas de Karl Popper

1.043 visualizações

Publicada em

Apresentação do tutor de Psicologia Pedro Gabriel
Contato: pedro.gabriel@lituraterre.com

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.043
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As críticas de Karl Popper

  1. 1. Pedro Gabriel 01/04/2009
  2. 2. Um Pouco de História Karl R. Popper (Vienna, 1902 – Londres, 1994) Filósofo da Ciência, um dos de maior estatura do século XX Peça chave para a estruturação da ciência moderna; Falseabilidade como alternativa ao problema da indução; Racionalismo Crítico
  3. 3. David Hume (Inducionismo) Este cisne é branco: Todo cisne é branco:
  4. 4. Modus Tollens (Prova Indireta) Desse modo, a observação de um Cisne branco não poderia servir para que se prove que todos os cisnes são brancos, mas para refutar que “todos os cisnes são não brancos” - Se aqui está havendo aula é porque existem alunos. - Aqui não há alunos. - Aqui não está tendo aula.
  5. 5. Round One... Fight
  6. 6. 4 Pressupostos do Artigo A Psicanálise seria uma ciência experimental? Newton, Einstein Vs Freud e Marx: modelo e antimodelo popperiano; A Psicanálise não seria falseável; Há um modo prático de racionalidade (phrenesis)
  7. 7. Conclusões da Autora Nenhum saber precisaria ter o estatuto de científico para que seja considerado valioso ou consistente. Tampouco seria um valor ser considerado empírico e falseável. A autora identifica ainda uma racionalidade clínica e aspectos chamados mais abrangentes (herdados de Habermans, um dos principais herdeiros da escola de Frankfurt)
  8. 8. Alguns Impasses “Pensar é estar doente dos olhos” (Fernando Pessoa) A razão como resistência O que é ciência? Qualquer conhecimento que Conceito moderno que opõe inclua, em qualquer Doxa a Epismete (a “opinião forma ou seria o contrário da “Ciência”) medida, alguma a fim de enquadrar as ciências garantia de sua contemporâneas que não têm validade. pretensão de absoluto.
  9. 9. Alguns Impasses Pré-História da Ciência (episteme)“A episteme é a compreensão segura, certa, universal e imutável. E como tal é fundada na razão.”(Lema estóico conforme Sexto Empírico, Adv. Math., VII, 151)“Scientia é a compreensão segura, certa e imutável do que pode se apoiar na razão”(Tomas de Aquino – Suma Theológica, Livro II, 1. q. 57, a.2)
  10. 10. Alguns Impasses A Ciência é uma construção moderna. Embora mantenha os ideais metafísicos e transcendentais da antiguidade estóica e da medievalidade religiosa, acrescenta a eles um método; A Ciência tenta organizar o mundo a partir do modelo aritmético e da geometria clássica; A Ciência mantém todas as apostas metafísicas e nelas fundamenta seus princípios;
  11. 11. Críticas à Ciência A Ciência concebe o mundo como um conjunto de fatos:  Observáveis  Repetíveis  Universais A Ciência só faz sentido se pensada num sujeito dotado de um Ego transcendental e que investe objetalmente no mundo.
  12. 12. Críticas à Ciência A Ciência cofunde o ser das coisas com o seu dar-se Objeto Ente
  13. 13. Universais Realismo dos Universais Naturalismo dos Universais - Há somente universais - Não há universais, somente os entes particulares “Por sua racionalidade específica, a - “É preciso seguir o que é Psicanálise é chamada a fazer advir o universal, comum a todos. sujeito ali mesmo onde a ciência o E só a razão é Universal.” forclui, rompendo, assim, com toda e (Heráclito) qualquer doutrina que se justifique pelo realismo dos universais.“ (Estatuto do movimento Convergência) - Ciência e seu sujeito - Psicanálise (s)e(m) sujeito
  14. 14. Incompatibilidade “Na ação analítica, o desejo do analista só se sustenta em função do analista reconhecer em seu saber o sintoma de sua ignorância, por essa razão o analista deve ignorar ou esquecer tudo o que sabe e reinventar a psicanálise na particularidade do caso a caso.” (Lacan em Variantes do Tratamento Padrão)
  15. 15. Pontos para discussão  Qual valor poderia ser agregado a um saber quando este recebe o dote de científico?  Qualquer modo estruturado de verificação do real é científico?  A autora ignora a incompatibilidade da Psicanálise com o Realismo dos Universais quando tenta aproximar psicanálise e ciência.  A autora confunde intervenções psicanalíticas com teoria psicanalítica.

×