OPERACIONALE ROTINAS DIÁRIAS        FERNANDO NEMI COSTA          ENGº AGRONÔMO
QUALIDADE NO TRABALHO    DEVEMOS SER DIFERENTES !        Diferenciar o que ?
DIFERENCIAR O QUE ?- Pessoas -Trabalho- Empresa- Atendimento
DEVERES E OBRIGAÇÕESTenha conhecimento do que fala: - Seja bem informado de suas atividades profissionais - Tenha credibil...
- Chegue sempre no horário marcado- Não deixe seu cliente esperar.- Assuma seus erros- Nunca coloque a culpa nos outros
- Tente não errar 2x.  Caso aconteça, procure ajuda-   Peça desculpas-   Seja gentil e educado-   Escute seus superiores- ...
“SEJA UM PROFISSIONAL DE SUCESSO”               “CONHECIMENTO TÉCNICO”    Não se iluda estamos no século do conhecimento- ...
“COMPROMETIMENTO”-   Pessoas comprometidas terão grande sucesso-   Envolva-se com os problemas e crie soluções-   Deixe a ...
“CAPACIDADE DE TRABALHO E             RELACIONAMENTO”-   Trabalhe em equipe-   Respeite idéias alheias-   Negocie posições...
“CAPACIDADE DE TRABALHO E          RELACIONAMENTO”- Relacione com: Clientes, Funcionários,  Empresa e colegas de trabalho....
“CAPACIDADE DE TRABALHO      E RELACIONAMENTO”- Cuidado com á arrogância- De atenção aos que trabalham com você- Seja um b...
FAÇA UMA AUTO AVALIAÇÃO- O que faço de excelente e devo continuar  fazendo?- O que faço de ruim e devo deixar de fazer?- O...
FERNANDO NEMI COSTA    ENGº AGRONÔMO
RECEPÇÃO DOS ANIMAIS• Verificação das notas e GTAs• Contagem do lote• Identificar animais com problemas•   Fazer:-   Apart...
RECEPÇÃO DE INSUMOS• Verificar nota• Pesagem• Identificar: Aspecto, cheiro e umidade do  produto• Limpeza do barracão• Des...
Rotinas díarias (Alimentar)• Leitura de cocho (6:00 hs)• Inicio de trato (7:00 hs) e termino as (17:30 hs)• Verificação do...
ESCORE DE COCHOESCORE                              DESCRIÇÃO  0      VAZIO, SEM NENHUMA RAÇÃO  1      COCHO COM POUCO ALIM...
ESCORE DE COCHOESCORE 0    ESCORE 1     ESCORE 2ESCORE 3     ESCORE 4    ESCORE 5
“BEBEDOURO SUJO”
Rotinas díarias (Confinamento)- 7:00 hs a 9:00 hs : Entrada em todos currais- Retirar animais: doentes, chibumgos e refugo...
MANEJO PRÉ-EMBARQUE                 *dia anterior ao embarque• Tratar normalmente até a penúltima passada• Fazer leitura d...
EMBARQUE• Fechar os animais no curral 7:00 hs as 8:00 hs• Restrição hídrica e alimentar após 7:00 hs.• Pesagem e leitura d...
PERDAS DIRETAS E INDIRETAS       QUAL O IMPACTO ?
PERDAS INDIRETAS-   GANHO DE PESO-   RENDIMENTO DE CARCAÇA-   FORMULAÇÃO DE DIETA-   INFERMIDADES-   MORTALIDADES
PERDAS DIRETAS-COCHO QUEBRADO-BEBEDOURO SUJO-LOTAÇÃO DOS CURRAIS-METRAGEM DE COCHO-MISTURAS INADEQUADAS-MATERIA PRIMA FOR ...
QUAIS SÃO AS PERDAS ?ELAS SÃO SIGNIFICATIVAS ?EX:400 MTS DE COCHO – 28 MTS QUEBRADOS3,3 BOIS POR P/M x 12,6 Kg P/dia = 41,...
“COCHO QUEBRADO”
“BEBEDOURO SUJO”
“BEBEDOURO SUJO”
“MISTURAS INADEQUADAS”
“MATÉRIA PRIMA FORA DO PADRÃO”
“DISTRIBUIÇÃO”
“DISTRIBUIÇÃO”
“DISTRIBUIÇÃO”
“LAMA”
“LAMA”
“LAMA”
“ADAPTAÇÃO”
“ADAPTAÇÃO”
“ADAPTAÇÃO”
“DIFICULDADE DE ACESSO”
“DIFICULDADE DE ACESSO”
FATORES QUE INFLUENCIAM O PROCESSO DE               ENGORDA -ADMINISTRAÇÃO -MÃO DE OBRA -INFRA ESTRUTURA -QUALIDADE ANIMAI...
“QUALIDADE”
“QUALIDADE”
“QUALIDADE”
“QUALIDADE”
“INFRA ESTRUTURA”
“INFRA ESTRUTURA”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
“QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
TIPOS DE DIETA                DIETA             FORMULADA          DIETA                              MISTURADA  DIETAANAL...
“QUALIDADE DA MISTURA ”
“QUALIDADE DA MISTURA ”
“MANUSEIO E DISTRIBUIÇÃO”
Obrigado pela atenção    FERNANDO NEMI COSTA      ENGº AGRONÔMO
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Palestra minerva
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra minerva

611 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
611
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra minerva

  1. 1. OPERACIONALE ROTINAS DIÁRIAS FERNANDO NEMI COSTA ENGº AGRONÔMO
  2. 2. QUALIDADE NO TRABALHO DEVEMOS SER DIFERENTES ! Diferenciar o que ?
  3. 3. DIFERENCIAR O QUE ?- Pessoas -Trabalho- Empresa- Atendimento
  4. 4. DEVERES E OBRIGAÇÕESTenha conhecimento do que fala: - Seja bem informado de suas atividades profissionais - Tenha credibilidade nas informações -Transmita segurança
  5. 5. - Chegue sempre no horário marcado- Não deixe seu cliente esperar.- Assuma seus erros- Nunca coloque a culpa nos outros
  6. 6. - Tente não errar 2x. Caso aconteça, procure ajuda- Peça desculpas- Seja gentil e educado- Escute seus superiores- De atenção aos funcionários.
  7. 7. “SEJA UM PROFISSIONAL DE SUCESSO” “CONHECIMENTO TÉCNICO” Não se iluda estamos no século do conhecimento- Devemos ser competentes- Não devermos ser “mais ou menos”- É preciso ter conhecimento- Seja organizado
  8. 8. “COMPROMETIMENTO”- Pessoas comprometidas terão grande sucesso- Envolva-se com os problemas e crie soluções- Deixe a preguiça de lado- Seja comprometido com seu trabalho e seus colegas.
  9. 9. “CAPACIDADE DE TRABALHO E RELACIONAMENTO”- Trabalhe em equipe- Respeite idéias alheias- Negocie posições- Delegue poderes
  10. 10. “CAPACIDADE DE TRABALHO E RELACIONAMENTO”- Relacione com: Clientes, Funcionários, Empresa e colegas de trabalho.- Inovar, criar, participar e aperfeiçoar- Torne-se um profissional imperdível para sua empresa- De retorno as solicitações
  11. 11. “CAPACIDADE DE TRABALHO E RELACIONAMENTO”- Cuidado com á arrogância- De atenção aos que trabalham com você- Seja um bom observador em seu trabalho- Procure facilitar os objetivos- Mostre que você é seguro em suas argumentações- Sorria sempre
  12. 12. FAÇA UMA AUTO AVALIAÇÃO- O que faço de excelente e devo continuar fazendo?- O que faço de ruim e devo deixar de fazer?- O que não faço e deveria fazer?
  13. 13. FERNANDO NEMI COSTA ENGº AGRONÔMO
  14. 14. RECEPÇÃO DOS ANIMAIS• Verificação das notas e GTAs• Contagem do lote• Identificar animais com problemas• Fazer:- Aparte- Vermifugação- Vacinas- Identificar marcas e n do curral- Identificar (Rastreabilidade)- Enviar para o confinamento- Limpeza do curral
  15. 15. RECEPÇÃO DE INSUMOS• Verificar nota• Pesagem• Identificar: Aspecto, cheiro e umidade do produto• Limpeza do barracão• Descarregar• Armazenar
  16. 16. Rotinas díarias (Alimentar)• Leitura de cocho (6:00 hs)• Inicio de trato (7:00 hs) e termino as (17:30 hs)• Verificação dos bebedouros (Limpeza – Quarta Feiras)• Cercas• Porteiras• Cochos• Conferencia no estoque de insumos (17:30 hs)• Leitura de cocho as (17:30 hs)
  17. 17. ESCORE DE COCHOESCORE DESCRIÇÃO 0 VAZIO, SEM NENHUMA RAÇÃO 1 COCHO COM POUCO ALIMENTO, VISIVEL E DESEJAVEL 2 SOBRA DE 25 % DO TRATO DO DIA ANTERIOR 3 SOBRA DE 50 % DO TRATO DO DIA ANTERIOR 4 SOBRA DE 75 % DO TRATO DO DIA ANTERIOR 5 100 % PRATICAMENTE INTOCAVEL
  18. 18. ESCORE DE COCHOESCORE 0 ESCORE 1 ESCORE 2ESCORE 3 ESCORE 4 ESCORE 5
  19. 19. “BEBEDOURO SUJO”
  20. 20. Rotinas díarias (Confinamento)- 7:00 hs a 9:00 hs : Entrada em todos currais- Retirar animais: doentes, chibumgos e refugo de cocho- 15:30 hs as 17:30 : Entrada em todos os currais- Retirar animais: doentes, chibumgos e refugo de cocho
  21. 21. MANEJO PRÉ-EMBARQUE *dia anterior ao embarque• Tratar normalmente até a penúltima passada• Fazer leitura de cocho no ultimo trato• Cocho vazio colocar dieta até (Score 1)• Cocho com dieta não tratar• Água a vontade
  22. 22. EMBARQUE• Fechar os animais no curral 7:00 hs as 8:00 hs• Restrição hídrica e alimentar após 7:00 hs.• Pesagem e leitura dos brincos 9:00 hs as 11:30 hs.• Embarque das 11:30 hs as 13:00 hs.• Limpeza do curral
  23. 23. PERDAS DIRETAS E INDIRETAS QUAL O IMPACTO ?
  24. 24. PERDAS INDIRETAS- GANHO DE PESO- RENDIMENTO DE CARCAÇA- FORMULAÇÃO DE DIETA- INFERMIDADES- MORTALIDADES
  25. 25. PERDAS DIRETAS-COCHO QUEBRADO-BEBEDOURO SUJO-LOTAÇÃO DOS CURRAIS-METRAGEM DE COCHO-MISTURAS INADEQUADAS-MATERIA PRIMA FOR A DO PADRÃO-CUSTO ELEVADO DO BOI-CUSTO ALTO DOS INSUMOS-QUALIDADE DOS ANIMAIS-LAMA-DIFICULDADE DE ACESSO Á COCHO E BEBEDOUROS-ADAPTAÇÃO
  26. 26. QUAIS SÃO AS PERDAS ?ELAS SÃO SIGNIFICATIVAS ?EX:400 MTS DE COCHO – 28 MTS QUEBRADOS3,3 BOIS POR P/M x 12,6 Kg P/dia = 41,58 Kg P/dia41,58 Kg P/dia x 60 % PERDAS = 24,95 Kg24,95 Kg x 28 MTS = 698 kg x 105 DIAS = 73.347 Kg73.347 Kg x R$ 0,29 P/Kg = R$ 21.270,00
  27. 27. “COCHO QUEBRADO”
  28. 28. “BEBEDOURO SUJO”
  29. 29. “BEBEDOURO SUJO”
  30. 30. “MISTURAS INADEQUADAS”
  31. 31. “MATÉRIA PRIMA FORA DO PADRÃO”
  32. 32. “DISTRIBUIÇÃO”
  33. 33. “DISTRIBUIÇÃO”
  34. 34. “DISTRIBUIÇÃO”
  35. 35. “LAMA”
  36. 36. “LAMA”
  37. 37. “LAMA”
  38. 38. “ADAPTAÇÃO”
  39. 39. “ADAPTAÇÃO”
  40. 40. “ADAPTAÇÃO”
  41. 41. “DIFICULDADE DE ACESSO”
  42. 42. “DIFICULDADE DE ACESSO”
  43. 43. FATORES QUE INFLUENCIAM O PROCESSO DE ENGORDA -ADMINISTRAÇÃO -MÃO DE OBRA -INFRA ESTRUTURA -QUALIDADE ANIMAIS -QUALIDADE DOS INGREDIENTES -FORMULAÇÃO DIETA -MANUZEIO E DISTRIBUIÇÃO -MISTURA DE DIETA -SANIDADE
  44. 44. “QUALIDADE”
  45. 45. “QUALIDADE”
  46. 46. “QUALIDADE”
  47. 47. “QUALIDADE”
  48. 48. “INFRA ESTRUTURA”
  49. 49. “INFRA ESTRUTURA”
  50. 50. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  51. 51. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  52. 52. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  53. 53. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  54. 54. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  55. 55. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  56. 56. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  57. 57. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  58. 58. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  59. 59. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  60. 60. “QUALIDADE DOS INGREDIENTES”
  61. 61. TIPOS DE DIETA DIETA FORMULADA DIETA MISTURADA DIETAANALISADA DIETA OFERECIDA DIETA CONSUMIDA
  62. 62. “QUALIDADE DA MISTURA ”
  63. 63. “QUALIDADE DA MISTURA ”
  64. 64. “MANUSEIO E DISTRIBUIÇÃO”
  65. 65. Obrigado pela atenção FERNANDO NEMI COSTA ENGº AGRONÔMO

×