São Paulo, 8 de maio de 2012.Pesquisa com Importadores BrasileirosSubstituição de Importações de Terceiras Origens por Pro...
Resultados das entrevistas15% das empresas entrevistadas possuem unidade produtiva na Argentina7% têm plano de investiment...
9o      Trabalham com fornecedores exclusivos – 3%      10o     Pouca aceitação no mercado brasileiro – 2%      11o     De...
Potencial de Substituição de Importações de Terceiros por Fornecedores ArgentinosA classificação das empresas foi feita le...
Baixo Potencial21069090 - Outras preparações alimentícias22029000 - Outras bebidas não alcoólicas, exc. suco frutas, prods...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pesquisa com Importadores Brasileiros

2.527 visualizações

Publicada em

Substituição de Importações de Terceiras Origens por Produtos da Argentina.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.527
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.327
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa com Importadores Brasileiros

  1. 1. São Paulo, 8 de maio de 2012.Pesquisa com Importadores BrasileirosSubstituição de Importações de Terceiras Origens por Produtos da ArgentinaSumário dos ResultadosObjetivoIdentificar os produtos que apresentam potencial de substituição das importações por produtos argentinos.Para tal, a pesquisa explorou, de forma detalhada, os motivos que levam as empresas a buscar insumos emoutros países que não a Argentina, incluindo aspectos de preço, tecnologia e condições de mercado.A pesquisa foi realizada por telefone/e-mail com empresas brasileiras importadoras dos 38 produtosidentificados pelo governo argentino como prioritários para aumento das vendas ao Brasil. Os produtos sãode setores como alimentos, bebidas, autopeças, farmacêuticos, químicos e máquinas.Panorama atualImportações brasileiras – Provenientes do Mundo (2011): US$ 12.155.918.715Importações brasileiras – Provenientes da Argentina (2011): US$ 2.054.389.786 – 16,90%Participação na PesquisaEmpresas entrevistadas: 221Respostas obtidas por produto: 365 1
  2. 2. Resultados das entrevistas15% das empresas entrevistadas possuem unidade produtiva na Argentina7% têm plano de investimento na ArgentinaSobre as importações:29% importam da ArgentinaDentre estas o porcentual proveniente da Argentina dentro do total importado é: Até 10% 22% Importam 100% 38% Entre 10% e 50% 23% Mais de 50% 17%Principais motivos pelos quais não importam (mais) da Argentina: 1o Desconhecimento de fornecedores – 24% 2o Importações intercompany – 18% 3o Preço – 17% 4o Qualidade – 15% 5o Tecnologia – 6% 6o Baixa capacidade produtiva – 6% 7o Só trabalham com fornecedores homologados – 4% 8o Bom relacionamento com fornecedores atuais – 4% 2
  3. 3. 9o Trabalham com fornecedores exclusivos – 3% 10o Pouca aceitação no mercado brasileiro – 2% 11o Decisão global da empresa – 2%Viabilidade de substituição da importação por fornecedores argentinos no contexto atual: Muito viável Absolutamente 4% inviável 30% Viável 21% Pouco viável 45%Viabilidade de substituição da importação por fornecedores argentinos no médio prazo (3 a 5 anos) Muito viável Absolutamente 10% inviável 23% Viável 35% Pouco viável 32% 3
  4. 4. Potencial de Substituição de Importações de Terceiros por Fornecedores ArgentinosA classificação das empresas foi feita levando em consideração as respostas fornecidas pelas empresas, bemcomo as justificativas apresentadas e a atual situação de exportações argentinas para o Brasil,separadamente para cada referência de NCM.Alto Potencial03042990 - Outros filés congelados de peixes07032090 - Outros alhos frescos ou refrigerados10063021 - Arroz semibranqueado, etc. n/parboilizado, polido, brunido11071010 - Malte nao torrado, inteiro ou partido15091000 - Azeite de oliva, virgem39012029 - Outros polietilenos s/carga, d>=0.94,em formas primarias39081024 - Poliamida-6 ou poliamida-6,6, sem carga, em pedacos, etc.73269090 - Outras obras de ferro ou açoMédio Potencial04022110 - Leite integral, em pó, matéria gorda>1.5%,concentr.n/adoc20041000 - Batatas preparadas ou conservadas, congeladas22042100 - Outros vinhos, mostos de uvas, ferm.imped.alcool, recips<=2l39076000 - Tereftalato de polietileno em forma primaria40111000 - Pneus novos para automóveis de passageiros47032100 - Pasta química madeira de conífera, a soda/sulfat.semi/branq84137090 - Outras bombas centrifugas84148031 - Outros compressores de gases, de pistão87084090 - Caixas de marchas para veículos automóveis 4
  5. 5. Baixo Potencial21069090 - Outras preparações alimentícias22029000 - Outras bebidas não alcoólicas, exc. suco frutas, prods.horts23099090 - Outras preparações para alimentação de animais30049059 - Outros medicamentos c/prods.pos.2930 a 2932,etc.em doses30049069 - Outros medicamentos c/comp.heterocicl.heteroat.nitrog.em doses30049079 - Outros medicamentos c/compostos heterocicl.etc.em doses30049099 - Outros medicamentos cont. produtos para fins terapêuticos, etc. doses38089199 - Outros inseticidas, apresentados de outro modo38089299 - Outros fungicidas apresentados de outro modo38089329 - Outros herbicidas apresentados d/outro modo39201099 - Outras chapas de polímeros de etileno, não reforçadas, etc.84811000 - Válvulas redutoras de pressão85371090 - Outros quadros, etc. c/apars. interrup. circuito eletr.t<=1kv85444900 - Outros condutores elétricos para tensão <=80v87085099 - Outros eixos e partes, para veículos automóveis87088000 - Amortecedores de suspensão para tratores e veículos automóveis87089990 - Outras partes e acessórios para tratores e veículos automóveis 5

×