Março | 2012               Balança comercial: o saldo comercial brasileiro ficou positivo em US$               2,4 bilhões...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO                     Evolução da Balança Comercial Brasileira (US$ Bilhões)         ...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO                    Composição por origens e destinos (Últimos 12 meses*)           ...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO             Evolução da Balança Comercial Brasileira de Manufaturados (US$ Bilhões)...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIROExportações e Importações - Fator Agregado - Últimos 12 meses (abr/11 a mar/12)     ...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO                                Exportações - Principais Produtos (US$ Milhões)     ...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO                                 Importações - Principais Produtos (US$ Milhões)    ...
EQUIPE TÉCNICAFederação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESPDepartamento de Relações Internacionais e Comércio Ex...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro ( Março 2012)

807 visualizações

Publicada em

Levantamento mensal do comércio exterior brasileiro por setor e parceiros comerciais. Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
807
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
210
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro ( Março 2012)

  1. 1. Março | 2012 Balança comercial: o saldo comercial brasileiro ficou positivo em US$ 2,4 bilhões no primeiro trimestre de 2012, representando uma queda de 23% em relação ao mesmo período do ano passado (quando o superávit atingiu US$ 3,2 bilhões). [pág. 01] Déficit de manufaturas: nos três primeiros meses de 2012, o saldo da balança de manufaturas se deteriorou 19%, atingindo um déficit de US$ 22,4 bilhões. [pág. 01] China: a China voltou a ser o principal destino das exportações, após ocupar o segundo lugar no ranking nos dois primeiros meses deste ano. Apesar de voltar à primeira posição, as exportações para a China cresceram apenas 11% em relação ao período de janeiro a março de 2011, enquanto as vendas para os EUA aumentaram 41%. [pág. 02] Argentina: as exportações de manufaturas para a Argentina recuaram 3% no primeiro trimestre de 2012 em relação ao ano anterior. Além disso, as importações brasileiras provenientes do país também diminuíram (5%), resultando em uma redução de 4% da corrente de comércio entre Brasil e Argentina. [pág. 03] Exportações de soja: as vendas de soja continuaram crescendo em um ritmo acelerado na comparação com 2011. Nos três primeiros meses deste ano, o valor das exportações desta commoditie cresceu mais de 100%. Vale ressaltar que o volume de soja exportado também aumentou no período. [pág. 05] Importações de manufaturados: dentre os principais itens da pauta, as importações de óleos combustíveis aumentaram significativamente no primeiro trimestre de 2012 (57%). Em contrapartida, as compras de partes e peças para veículos recuaram 7% no período. Tal movimento, em ambos os casos, ocorreu tanto em valor quanto em volume importado. [pág. 06]
  2. 2. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Evolução da Balança Comercial Brasileira (US$ Bilhões) 26,2 23,7 20,2 23,2 22,3 22,3 23,3 22,1 21,8 21,2 22,1 20,9 19,3 17,7 18,3 19,7 19,3 19,1 Peso 20,2 19,8 18,3 17,4 16,1 18,0 16,3 18,9 3,5 4,4 3,1 3,9 3,1 3,8 1,6 1,9 2,4 1,7 2,0 0,6 -1,3 mar/11 abr mai jun jul ago set out nov dez jan/12 fev mar/12 Exportações Importações Saldo Balança Comercial por Período (US$ Bilhões) Exportações Importações Saldo Período 2012 2011 ∆% 2012 2011 ∆% 2012 2011 ∆% Março 20,9 19,3 8% ▲ 18,9 17,7 7% ▲ 2,0 1,6 30% ▲ Jan a Mar 55,1 51,2 8% ▲ 52,6 48,1 10% ▲ 2,4 3,2 -23% ▼ Últimos 205,8 165,0 25% ▲ 186,2 137,3 36% ▲ 19,6 27,7 -29% ▼ 12 meses* Balança Comercial por Fator Agregado (US$ Bilhões) Exportações Importações Saldo Jan a Jan a Jan a Jan a Jan a Jan a Mar/12 Mar/11 ∆% Mar/12 Mar/11 ∆% Mar/12 Mar/11 ∆% Básicos 24,5 22,8 8% ▲ 6,7 7,3 -8% ▼ 17,8 15,5 15% ▲ Semi- 7,6 7,3 4% ▲ 1,9 1,9 -1% ▼ 5,7 5,4 6% ▲ Manufaturados Manufaturados 21,6 20,0 8% ▲ 44,0 38,8 13% ▲ -22,4 -18,8 -19% ▼ Composição da Pauta de Exportações Composição da Pauta de Importações Jan a Mar/12 Jan a Mar/12 Operações Manufaturados Básicos Especiais 45% 84% 2% Básicos 13% 14% 4% 39% Semi- Manufaturados Semi-Manufaturados ManufaturadosFonte: AliceWeb/MDIC *abr/11 a mar/12 01
  3. 3. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Composição por origens e destinos (Últimos 12 meses*) Exportações Importações Peso União União Européia EUA Européia EUA US$ 52,9 Bi US$ 27,8 Bi US$ 48,2 Bi US$ 34,5 Bi 26% 26% 19% 13% Outros 14% China US$ 28,3 Bi 22% 17% 18% US$ 33,8 Bi China Outros 26% US$ 45,1 Bi 20% US$ 32,4 Bi Am. Latina Am. Latina US$ 51,7 Bi US$ 37,3 Bi Balança Comercial por Destinos e Origens (US$ Milhões) Exportações Importações Jan a Jan a Jan a Jan a País Mar/12 Mar/11 ∆% País Mar/12 Mar/11 ∆% 1º China 7.892 7.137 11% ▲ 1º China 8.184 7.187 14% ▲ 2º E.U.A. 6.936 4.919 41% ▲ 2º E.U.A. 7.681 7.169 7% ▲ 3º Argentina 4.561 4.772 -4% ▼ 3º Argentina 3.593 3.708 -3% ▼ 4º Países Baixos 3.406 2.854 19% ▲ 4º Alemanha 3.447 3.178 8% ▲ 5º Alemanha 1.751 2.129 -18% ▼ 5º Coreia do Sul 2.113 2.211 -4% ▼ 6º Japão 1.605 1.984 -19% ▼ 6º Japão 1.949 1.907 2% ▲ 7º Índia 1.551 730 112% ▲ 7º Nigéria 1.782 1.954 -9% ▼ 8º PNA¹ 1.277 1.003 27% ▲ 8º México 1.645 1.074 53% ▲ 9º Venezuela 1.076 823 31% ▲ 9º Itália 1.496 1.316 14% ▲10º Chile 1.060 1.095 -3% ▼ 10º França 1.470 1.246 18% ▲ Total 55.080 51.233 8% ▲ Total 52.638 48.064 10% ▲ Corrente de Comércio Saldo Comercial Jan a Jan a Jan a Jan a País ∆% País ∆% Mar/12 Mar/11 Mar/12 Mar/11 1º China 16.076 14.324 12% ▲ 1º Países Baixos 2.613 2.495 5% ▲ 2º E.U.A. 14.617 12.088 21% ▲ 2º Argentina 968 1.064 -9% ▼ 3º Argentina 8.153 8.479 -4% ▼ 3º Venezuela 749 547 37% ▲ 4º Alemanha 5.197 5.307 -2% ▼ 4º Bélgica 526 444 19% ▲ 5º Países Baixos 4.200 3.213 31% ▲ 5º E. Árabes 490 268 83% ▲ 6º Japão 3.553 3.891 -9% ▼ 6º Hong Kong 469 227 107% ▲ 7º Coreia do Sul 2.999 3.162 -5% ▼ 7º Egito 436 361 21% ▲ 8º Índia 2.983 1.759 70% ▲ 8º Cingapura 411 285 44% ▲ 9º México 2.642 1.960 35% ▲ 9º Paraguai 396 479 -17% ▼10º Itália 2.538 2.551 -1% ▼ 10º Colômbia 329 241 37% ▲ Total 107.718 99.296 8% ▲ Total 2.441 3.169 -23% ▼Fonte: AliceWeb/MDIC *abr/11 a mar/12 ¹Provisão de Navios e Aeronaves 02
  4. 4. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Evolução da Balança Comercial Brasileira de Manufaturados (US$ Bilhões) 18,5 17,4 15,7 15,7 15,8 16,7 16,3 15,6 14,3 14,5 15,2 14,1 Peso 13,9 7,6 9,0 7,8 8,9 8,1 7,8 7,9 8,5 7,9 7,4 6,8 6,2 7,5 mar/11 abr mai jun jul ago set out nov dez jan/12 fev mar/12 -6,8 -7,7 -8,0 -6,7 -8,1 -6,7 -7,7 -6,6 -7,7 -9,6 -8,7 -8,5 -9,5 Exportações Importações Saldo Composição por origens e destinos (Últimos 12 meses*) - Manufaturados Exportações Importações União EUA Outros Européia União US$ 30,3 Bi US$ 20,9 Bi US$ 17,1 Bi Européia 16% 22% 18% US$ 44,9 Bi 24% China EUA 17% US$ 32,3 Bi 13% US$ 12,1 Bi 2% 12% 45% China 31% Am. Latina Am. Latina US$ 2,2 Bi Outros US$ 23,8 Bi US$ 41,7 Bi US$ 58,0 Bi Balança Comercial de Manufaturados - Destinos e Origens (US$ Milhões) Exportações Importações Jan a Jan a Jan a Jan a País Mar/12 Mar/11 ∆% País Mar/12 Mar/11 ∆% 1º Argentina 4.176 4.283 -3% ▼ 1º China 7.973 6.953 15% ▲ 2º EUA 2.937 2.311 27% ▲ 2º EUA 7.123 6.305 13% ▲ 3º Países Baixos 1.692 1.194 42% ▲ 3º Alemanha 3.226 3.043 6% ▲ 4º México 834 763 9% ▲ 4º Argentina 2.778 2.930 -5% ▼ 5º Venezuela 687 465 48% ▲ 5º Coreia do Sul 2.090 2.206 -5% ▼ Total 21.569 20.049 8% ▲ Total 44.018 38.848 13% ▲ Corrente de Comércio Saldo Comercial Jan a Jan a Jan a Jan a País ∆% País ∆% Mar/12 Mar/11 Mar/12 Mar/11 1º EUA 10.060 8.616 17% ▲ 1º Argentina 1.398 1.353 3% ▲ 2º China 8.507 7.296 17% ▲ 2º Países Baixos 918 852 8% ▲ 3º Argentina 6.953 7.213 -4% ▼ 3º Paraguai 485 512,1 -5% ▼ 4º Alemanha 3.888 3.870 0,5% ▲ 4º Perú 406 378 7% ▲ 5º Países Baixos 2.465 1.536 61% ▲ 5º Colômbia 398 302 32% ▲ Total 65.587 58.898 11% ▲ Total -22.449 -18.799 -19% ▼Fonte: AliceWeb/MDIC *abr/11 a mar/12 03
  5. 5. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIROExportações e Importações - Fator Agregado - Últimos 12 meses (abr/11 a mar/12) Exportações Importações Peso Semi- Básicos Semi- Básicos Manufaturas US$ 0,8 bi Manufaturas US$ 36,3 bi US$ 0,1 bi US$ 4,6 bi 84%China 11% 5% Manufaturas 97% US$ 2,2 bi Manufaturas US$ 32,3 bi Semi- Semi- Básicos BásicosEstados Unidos Manufaturas Manufaturas US$ 2,5 bi US$ 9,7 bi 7% US$ 5,7 bi US$ 0,7 bi 21% 35% 44% 91% Manufaturas US$ 12,1 bi Manufaturas US$ 30,3 bi Manufaturas Semi-América Latina Básicos US$ 41,7 bi Manufaturas US$ 7,1 bi Manufaturas US$ 3,5 bi US$ 23,8 bi 10% 14% 82% 66% 4% 24% Básicos Semi- US$ 8,8 bi Manufaturas US$ 2,2 bi Semi- Semi- Básicos Básicos ManufaturasUnião Européia Manufaturas US$ 0,7 bi US$ 26,7 bi US$ 1,4 bi US$ 7,8 bi 15% 52% 33% Manufaturas 96% US$ 17,1 bi Manufaturas US$ 44,9 biFonte: AliceWeb/MDIC 04
  6. 6. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Exportações - Principais Produtos (US$ Milhões) Jan a Jan a Variação Part.* Mar/12 Mar/11 Valor PesoTotal 100% 55.080 51.233 8% 0% Básicos 44,6% 24.547 22.810 8% 0% Minérios de ferro e seus concentrados 12,3% 6.798 8.158 -17% -3% Petróleo, em bruto 9,7% 5.352 4.010 33% 10% Soja, mesmo triturada 5,9% 3.240 1.602 102% 115% Carne de frango 3,0% 1.637 1.608 2% 4% Café em grão 2,9% 1.602 1.784 -10% -22% Outros 10,7% 5.919 5.648 5% -15% Semimanufaturados 13,8% 7.609 7.317 4% -1% Açúcar, em bruto 2,7% 1.502 1.631 -8% -9% Produtos semimanufaturados de ferro ou aços 2,2% 1.198 915 31% 23% Celulose 2,1% 1.166 1.226 -5% -0,02% Ouro em forma semimanufaturada 1,3% 715 486 47% 20% Ferroligas 1,3% 711 664 7% 24% Outros 4,2% 2.317 2.395 -3% -10% Manufaturados 39,2% 21.569 20.049 8% -1% Óleos combustíveis 2,5% 1.372 988 39% 12% Automóveis de passageiros 1,7% 952 893 7% -1% Aviões 1,5% 825 668 23% 30% Partes e peças para veículos 1,5% 817 859 -5% -4% Açúcar refinado 1,1% 629 671 -6% -13% Máquinas e aparelhos p/ terraplanagem, etc 1,1% 609 485 26% 22% Polímeros plásticos 1,0% 530 495 7% 15% Óxidos e hidróxidos de alumínio 0,9% 507 458 11% 24% Veículos de carga 0,9% 483 412 17% 10% Bombas e compressores 0,9% 480 374 29% 10% Partes de motores para automóveis 0,8% 445 426 4% 5% Pneumáticos 0,8% 422 373 13% -5% Plataformas de exploração/perfuração, dragas, etc 0,7% 405 0 - - Suco de laranja, não congelado 0,7% 402 377 7% 1% Motores, geradores e transformadores elétricos 0,7% 397 314,1 26% 22% Outros 22,3% 12.294 12.257 0,3% -12%*Participação sobre o total exportado no período de Janeiro a Março. A soma das participações é inferior a 100% devido às OperaçõesEspeciais, não incluídas aqui.Fonte: AliceWeb/MDIC 05
  7. 7. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Importações - Principais Produtos (US$ Milhões) Jan a Jan a Variação Part.* Mar/12 Mar/11 Valor PesoTotal 100% 52.638 48.064 10% -5% Básicos 12,8% 6.728 7.324 -8% -17% Petróleo, em bruto 5,6% 2.961 3.100 -4% -19% Gás natural 1,3% 688 537 28% -7% Hulhas, mesmo em pó, não aglomeradas 1,1% 592 930 -36% -37% Trigo, em grãos 0,7% 376 460 -18% 3% Minérios de cobre e seus concentrados 0,4% 233 306 -24% -12% Outros 3,6% 1.878 1.992 -6% 0,5% Semimanufaturados 3,6% 1.897 1.915 -1% -10% Cloreto de potássio 1,1% 563 476 18% -14% Catodos de cobre e seus elementos 0,9% 466 524 -11% 6% Borracha sintética e borracha artificial 0,4% 202 142 42% 20% Celulose 0,1% 76 89 -15% -4% Azeite de oliva, virgem 0,1% 63 60,0 4% 13% Outros 1,0% 527 624 -16% -6% Manufaturados 83,6% 44.018 38.848 13% 8% Automóveis de passageiros 4,8% 2.507 2.364 6% -1% Medicamentos para medicina humana e veterinária 2,9% 1.517 1.305 16% -17% Óleos combustíveis 2,8% 1.453 924 57% 37% Partes e peças para veículos 2,5% 1.332 1.426 -7% -4% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 1,9% 990 1.025 -3% -13% Gasolina 1,8% 964 0,01 ** ** Naftas 1,6% 823 888 -7% -18% Partes de aparelhos transmissores ou receptores 1,5% 797 731 9% 1% Intrumentos e aparelhos de medida, verificação, etc 1,4% 730 631 16% 3% Motores, geradores e transformadores elétricos 1,4% 721 696 4% 4% Máquinas e aparelhos p/ terraplanagem, etc 1,2% 626 497 26% 7% Laminados planos de ferro ou aços 1,2% 619 528 17% 15% Rolamentos e engrenagens, suas partes e peças 1,2% 614 607 1% 0,3% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 1,1% 592 546 8% 9% Bombas e compressores 1,1% 586 585 0,2% -8% Outros 55,4% 29.147 26.096 12% 1%*Participação sobre o total importado no perído de Janeiro a Março.Fonte: AliceWeb/MDIC **Variação superior a 1000% 06
  8. 8. EQUIPE TÉCNICAFederação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESPDepartamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior – DEREXÁrea de Análise Econômica do Comércio ExteriorDiretor Titular: Roberto Giannetti da FonsecaGerente: Frederico Arana MeiraElaboração: Laura Gonçalves.Endereço: Av. Paulista, 1313, 4º andar – São Paulo/SP – 01311-923.Telefone: (11) 3549-4627 Fax: (11) 3549-4730.

×