Superávit supera expectativas: Mesmo com queda em relação a
setembro, exportações e importações acumuladas até outubro já
...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO
Período 2011 2010 ∆% 2011 2010 ∆% 2011 2010 ∆%
Outubro 22,1 18,4 20% ▲ 19,8 16,5 20...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO
Composição por origens e destinos (Últimos 12 meses*) - Manufaturados
País
Jan a
Ou...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO
Composição por origens e destinos (Últimos 12 meses*)
País
Jan a
Out/11
Jan a
Out/1...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO
Fonte: AliceWeb/MDIC 04
Exportações e Importações - Fator Agregado - Últimos 12 mes...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO
Jan a Jan a Variação
Part.* Out/11 Out/10 Valor Peso
Total 100% 212.139 163.310 30%...
RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO
Jan a Jan a Variação
Part.* Out/11 Out/10 Valor Peso
Total 100% 186.715 148.668 26%...
EQUIPE TÉCNICA
Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP
Departamento de Relações Internacionais e Comércio ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro ( Outubro 2011)

725 visualizações

Publicada em

Levantamento mensal do comércio exterior brasileiro por setor e parceiros comerciais.
Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
725
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
202
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro ( Outubro 2011)

  1. 1. Superávit supera expectativas: Mesmo com queda em relação a setembro, exportações e importações acumuladas até outubro já superam 2010 fechado e atingem valores recordes. Ainda longe de alcançar 2006, melhor resultado até então, o saldo comercial já acumula superávit de US$ 25,4 bi, e supera desempenho do ano de 2010. [pág. 01] Exportações de manufaturas perdem espaço: No acumulado até outubro, na comparação com 2010, participação de produtos manufaturados na pauta de exportações cai de 40% para 36%, quando medida em valor. Medida em peso, no entanto, composição da pauta permanece praticamente inalterada. [pág. 01] Déficit de manufaturas em 2011: Mantido o ritmo de queda até outubro, o déficit da balança comercial de manufaturados deve fechar acima dos US$ 90 bi, um aprofundamento preocupante de cerca de 30% no já negativo saldo em relação a 2010. [pág. 02] China amplia importância: Na comparação do acumulado do ano a corrente de comércio com o país cresceu 38%, maior alta entre os principais parceiros. Com exceção de Cingapura (cuja exportação de plataformas de petróleo em junho distorce os dados), é também com a China que o Brasil possui o maior superávit, e também o maior crescimento, com 97% de alta. [pág. 03] Produtos com queda nas exportações: Dentre os principais produtos de exportação, a queda de 27% (em peso, e 3% em valor) nas vendas de açúcar refinado se destaca. As vendas de automóveis também mantêm o desempenho negativo e, no acumulado do ano, caem 6% em valor. [pág. 05] Altas e quedas nas importações: Enquanto as vendas de automóveis caem, as importações até outubro tiveram alta de 39%. Dentre os produtos com queda, os laminados planos de ferro ou aço tiveram suas compras reduzidas em 29% em valor (e 45% em peso), considerando que em 2010 as compras destes produtos tiveram forte alta. [pág. 06] outubro | 2011
  2. 2. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Período 2011 2010 ∆% 2011 2010 ∆% 2011 2010 ∆% Outubro 22,1 18,4 20% ▲ 19,8 16,5 20% ▲ 2,4 1,9 27% ▲ Jan a Out 212,1 163,3 30% ▲ 186,7 148,7 26% ▲ 25,4 14,6 74% ▲ Últimos 12 meses* 250,7 190,4 32% ▲ 219,6 173,0 27% ▲ 31,1 17,4 78% ▲ Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% Básicos 101,9 73,1 39% ▲ 26,7 19,8 35% ▲ 75,2 53,2 41% ▲ Semi- Manufaturados 29,9 22,6 33% ▲ 7,9 5,7 39% ▲ 22,0 16,9 30% ▲ Manufaturados 76,0 64,6 18% ▲ 151,9 123,3 23% ▲ -75,9 -58,7 -29% ▼ Fonte: AliceWeb/MDIC *nov/10 a out/11 01 Evolução da Balança Comercial Brasileira (US$ Bilhões) Balança Comercial por Período (US$ Bilhões) Balança Comercial por Fator Agregado (US$ Bilhões) Exportações Importações Saldo Exportações Importações Saldo 18,4 17,7 20,9 15,2 16,7 19,3 20,2 23,2 23,7 22,3 26,2 23,3 22,1 16,5 17,4 15,6 14,8 15,5 17,7 18,3 19,7 19,3 19,1 22,3 20,2 19,8 1,9 0,3 5,4 0,4 1,2 1,6 1,9 3,5 4,4 3,1 3,9 3,1 2,4 out/10 nov dez jan/11 fev mar abr mai jun jul ago set out/11 Exportações Importações Saldo 48% 14%36% 2% Manufaturados Semi- Manufaturados Básicos 14% 4% 81% Manufaturados Semi- Manufaturados Básicos Composição da Pauta de Exportações Jan a Out/11 Composição da Pauta de Importações Jan a Out/11 Operações Especiais
  3. 3. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Composição por origens e destinos (Últimos 12 meses*) - Manufaturados País Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% País Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% 1º Argentina 16.926 13.308 27% ▲ 1º China 26.166 20.270 29% ▲ 2º EUA 9.369 8.329 12% ▲ 2º EUA 24.876 20.281 23% ▲ 3º Países Baixos 3.978 3.282 21% ▲ 3º Alemanha 11.876 9.638 23% ▲ 4º México 2.725 2.659 2% ▲ 4º Argentina 11.194 9.719 15% ▲ 5º Alemanha 2.643 2.600 2% ▲ 5º Coréia do Sul 8.476 6.999 21% ▲ Total 76.037 64.613 18% ▲ Total 151.930 123.271 23% ▲ País Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% País Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% 1º EUA 34.245 28.610 20% ▲ 1º Argentina 5.731 3.589 60% ▲ 2º Argentina 28.120 23.027 22% ▲ 2º Países Baixos 2.387 1.865 28% ▲ 3º China 27.798 21.365 30% ▲ 3º Paraguai 2.073 1.809 15% ▲ 4º Alemanha 14.519 12.239 19% ▲ 4º Cingapura 1.323 -41 ** ▲ 5º Coréia do Sul 8.900 7.388 20% ▲ 5º Peru 1.302 1.158 12% ▲ Total 227.968 187.884 21% ▲ Total -75.893 -58.657 -29% ▼ Fonte: AliceWeb/MDIC *nov/10 a out/11 **Variação superior a 1000% 02 Corrente de Comércio Saldo Comercial Balança Comercial de Manufaturados - Destinos e Origens (US$ Milhões) Evolução da Balança Comercial Brasileira de Manufaturados (US$ Bilhões) Exportações Importações Exportações Importações 19% 12% 2%46% 21% União Européia Am. Latina EUA China Outros US$ 19,5 Bi US$ 41,5 Bi US$ 1,9 Bi US$ 11,1 Bi US$ 17,0 Bi 24% 16% 17% 13% 30% União Européia Am. Latina EUA China Outros US$ 53,8 Bi US$ 23,0 Bi US$ 30,7 Bi US$ 29,1 Bi US$ 42,9 Bi 7,2 7,0 8,1 5,9 6,6 7,4 6,8 7,6 9,0 7,8 8,9 8,1 7,8 13,9 14,5 13,0 12,2 12,4 14,3 14,5 15,7 15,7 15,8 18,5 16,7 16,3 -6,8 -7,5 -4,8 -6,2 -5,8 -6,8 -7,7 -8,0 -6,7 -8,1 -9,6 -8,7 -8,5 out/10 nov dez jan/11 fev mar abr mai jun jul ago set out/11 Exportações Importações Saldo
  4. 4. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Composição por origens e destinos (Últimos 12 meses*) País Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% País Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% 1º China 37.130 25.879 43% ▲ 1º E.U.A. 27.877 22.289 25% ▲ 2º E.U.A. 20.532 15.472 33% ▲ 2º China 27.053 20.776 30% ▲ 3º Argentina 18.883 14.687 29% ▲ 3º Argentina 13.918 11.779 18% ▲ 4º Países Baixos 11.594 8.276 40% ▲ 4º Alemanha 12.437 10.180 22% ▲ 5º Japão 7.701 5.788 33% ▲ 5º Coréia do Sul 8.524 7.035 21% ▲ 6º Alemanha 7.590 6.618 15% ▲ 6º Nigéria 6.790 4.959 37% ▲ 7º Itália 4.565 3.354 36% ▲ 7º Japão 6.489 5.779 12% ▲ 8º Chile 4.434 3.199 39% ▲ 8º Itália 5.020 3.940 27% ▲ 9º Reino Unido 4.250 3.600 18% ▲ 9º Índia 5.020 3.435 46% ▲ 10º PNV¹ 4.042 2.885 40% ▲ 10º França 4.478 3.903 15% ▲ Total 212.139 163.310 30% ▲ Total 186.715 148.668 26% ▲ País Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% País Jan a Out/11 Jan a Out/10 ∆% 1º China 64.183 46.655 38% ▲ 1º China 10.076 5.104 97% ▲ 2º E.U.A. 48.409 37.761 28% ▲ 2º Países Baixos 9.893 6.822 45% ▲ 3º Argentina 32.800 26.466 24% ▲ 3º Argentina 4.965 2.907 71% ▲ 4º Alemanha 20.027 16.798 19% ▲ 4º Venezuela 2.531 2.433 4% ▲ 5º Japão 14.190 11.567 23% ▲ 5º Santa Lúcia 2.230 2.119 5% ▲ 6º Países Baixos 13.295 9.729 37% ▲ 6º Irã 2.038 1.652 23% ▲ 7º Coréia do Sul 12.332 10.123 22% ▲ 7º Paraguai 1.905 1.598 19% ▲ 8º Itália 9.585 7.294 31% ▲ 8º Cingapura 1.837 350 424% ▲ 9º Chile 8.341 6.516 28% ▲ 9º Egito 1.796 1.436 25% ▲ 10º França 8.224 6.724 22% ▲ 10º Bélgica 1.749 1.677 4% ▲ Total 398.854 311.978 28% ▲ Total 25.424 14.642 74% ▲ Fonte: AliceWeb/MDIC *nov/10 a out/11 03 Exportações Importações Corrente de Comércio Saldo Comercial Exportações Importações Balança Comercial por Destinos e Origens (US$ Milhões) 21% 10% 17% 20% 32% União Européia Am. Latina EUA China Outros US$ 80,6 Bi US$ 51,1 Bi US$ 42,0 Bi US$ 24,4 Bi US$ 52,6 Bi 21% 15% 14% 16%34% União Européia Am. Latina EUA China Outros US$ 74,2 Bi US$ 35,9 Bi US$ 31,9 Bi US$ 32,6 Bi US$ 45,1 Bi
  5. 5. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Fonte: AliceWeb/MDIC 04 Exportações e Importações - Fator Agregado - Últimos 12 meses (nov/10 a out/11) EstadosUnidosAméricaLatinaUniãoEuropéia Exportações Importações China 85% 5% 10% Básicos Manufaturas Semi- US$ 4,4 bi US$ 35,7 bi US$ 1,9 bi 34% 46% 20% Básicos Manufaturas Semi- US$ 5,0 bi US$ 8,2 bi US$ 11,1 bi 14% 82% 4% Básicos Manufaturas Semi- US$ 2,1 bi US$ 7,2 bi US$ 41,5 bi 52% 32% 16% Básicos Manufaturas Semi- US$ 8,3 bi US$ 27,2 bi US$ 17,0 bi 97% Básicos Manufaturas Semi- US$ 0,1 bi US$ 0,9 bi US$ 30,7 bi 8% 90% Básicos Manufaturas Semi- US$ 0,6 bi US$ 2,7 bi US$ 29,1 bi 25% 64% 11% Básicos Manufaturas Semi- US$ 3,8 bi US$ 8,9 bi US$ 23,0 bi 95% Básicos Manufaturas Semi- US$ 1,3 bi US$ 0,7 bi US$ 42,9 bi
  6. 6. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Jan a Jan a Variação Part.* Out/11 Out/10 Valor Peso Total 100% 212.139 163.310 30% 4% Básicos 48,0% 101.904 73.081 39% 4% Minérios de ferro e seus concentrados 16,3% 34.474 22.669 52% 4% Petróleo, em bruto 8,3% 17.553 12.145 45% 3% Soja, mesmo triturada 7,0% 14.753 10.758 37% 4% Café em grão 3,0% 6.452 3.962 63% 2% Carne de frango 2,7% 5.757 4.742 21% 1% Outros 10,8% 22.915 18.806 22% 5% Semimanufaturados 14,1% 29.891 22.560 33% 8% Açúcar, em bruto 4,4% 9.403 7.278 29% -1% Celulose 2,0% 4.152 3.879 7% 1% Produtos semimanufaturados de ferro ou aços 1,8% 3.828 1.988 93% 45% Ferroligas 1,0% 2.090 1.642 27% 10% Ouro em forma semimanufaturada 0,9% 1.875 1.437 30% 0,03% Outros 4,0% 8.544 6.335 35% 16% Manufaturados 35,8% 76.037 64.613 18% -1% Automóveis de passageiros 1,6% 3.412 3.612 -6% -2% Partes e peças para veículos 1,6% 3.334 2.812 19% 8% Óleos combustíveis 1,5% 3.207 2.209 45% 4% Açúcar refinado 1,4% 2.881 2.960 -3% -27% Aviões 1,3% 2.785 2.846 -2% -4% Polímeros plásticos 0,9% 1.907 1.314 45% 24% Óxidos e hidróxidos de alumínio 0,9% 1.835 1.387 32% 10% Veículos de carga 0,9% 1.823 1.366 33% 20% Máquinas e aparelhos p/ terraplanagem, etc 0,9% 1.807 1.086,2 66% 37% Laminados planos de ferro ou aços 0,8% 1.743 1.326 31% 10% Partes de motores para automóveis 0,7% 1.562 1.212 29% 15% Pneumáticos 0,6% 1.375 1.122 23% 1% Motores, geradores e transformadores elétricos 0,6% 1.369 1.350 1% 5% Bombas e compressores 0,6% 1.364 1.214 12% -4% Suco de laranja, não congelado 0,6% 1.218 863,3 41% 8% Outros 20,9% 44.416 37.934 17% -1% Fonte: AliceWeb/MDIC 05 *Participação sobre o total exportado no período de Janeiro a . A soma das participações é inferior a 100% devido às Operações Especiais, não incluídas aqui. Exportações - Principais Produtos (US$ Milhões)
  7. 7. RAIO-X DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO Jan a Jan a Variação Part.* Out/11 Out/10 Valor Peso Total 100% 186.715 148.668 26% 7% Básicos 14,3% 26.716 19.832 35% 2% Petróleo, em bruto 6,3% 11.818 8.441 40% -3% Hulhas, mesmo em pó, não aglomeradas 1,9% 3.580 2.593 38% 7% Gás natural 1,2% 2.186 1.731 26% 3% Trigo, em grãos 0,8% 1.532 1.262 21% -14% Borracha natural 0,5% 948 642 48% -8% Outros 3,6% 6.652 5.163 29% 8% Semimanufaturados 4,2% 7.887 5.686 39% 26% Cloreto de potássio 1,5% 2.878 1.831 57% 31% Catodos de cobre e seus elementos 1,0% 1.808 1.469 23% -4% Borracha sintética e borracha artificial 0,3% 637 502 27% -5% Celulose 0,2% 300 273 10% -1% Ferro-ligas 0,1% 257 209,0 23% 38% Outros 1,1% 2.005 1.402 43% 16% Manufaturados 81,4% 151.930 123.271 23% 10% Automóveis de passageiros 5,0% 9.292 6.707 39% 30% Óleos combustíveis 3,5% 6.483 4.404 47% 7% Partes e peças para veículos 2,8% 5.293 4.388 21% 19% Medicamentos para medicina humana e veterinária 2,6% 4.778 4.798 -0,4% -6% Naftas 2,2% 4.158 3.141 32% -2% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 2,0% 3.797 3.366 13% -4% Partes de aparelhos transmissores ou receptores 1,7% 3.121 2.767 13% 3% Motores, geradores e transformadores elétricos 1,4% 2.535 2.231 14% 22% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 1,3% 2.409 2.170 11% 0,2% Intrumentos e aparelhos de medida, verificação, etc 1,3% 2.353 1.891 24% 21% Rolamentos e engrenagens, suas partes e peças 1,2% 2.165 1.765 23% 25% Adubos ou fertiliz. com nitrogênio, fósforo ou potássio 1,1% 2.068 840 146% 84% Máquinas automáticas para proc. de dados 1,1% 2.050 1.772 16% 5% Laminados planos de ferro ou aços 1,1% 2.002 2.820 -29% -45% Bombas e compressores 1,1% 1.967 1.955 1% 6% Outros 52,2% 97.460 78.256 25% 12% Fonte: AliceWeb/MDIC 06 Importações - Principais Produtos (US$ Milhões) *Participação sobre o total importado no periodo de Janeiro a .
  8. 8. EQUIPE TÉCNICA Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior – DEREX Área de Análise Econômica do Comércio Exterior Diretor Titular: Roberto Giannetti da Fonseca Gerente: Frederico Arana Meira Coordenador: Fabrízio Sardelli Panzini Equipe: Paula Bolonha, Wellington Freire, Paulo Vitor Lira e Laura Gonçalves Endereço: Av. Paulista, 1313, 4º andar – São Paulo/SP – 01311-923 Telefone: (11) 3549-4234/4531 Fax: (11) 3549-4730

×