Raio-X dos Investimentos ( Julho 2011)

757 visualizações

Publicada em

Monitoramento mensal do investimento estrangeiro direto no Brasil (IED) e do investimento brasileiro direto no exterior (IBD).
Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
757
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
50
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raio-X dos Investimentos ( Julho 2011)

  1. 1. julho | 2011 Destaques dos Investimentos Brasileiros no Exterior Investimento Brasileiro Direto Líquido: até julho de 2011 a conta de investimento brasileiro no exterior registra saldo negativo de US$ 10,5 bilhões. Este fato é explicado pelo volume de capital retornando pela conta de Empréstimos Intercompanhias, US$ 17,9 bilhões no acumulado até julho, enquanto que pela conta de Participação no Capital há um volume menor de saída de novos investimentos, US$ 7,4 bilhões. Este valor é cerca de 50,0% menor do que o acumulado no mesmo período do ano passado, quando as empresas brasileiras haviam realizado US$ 14,6 bilhões em investimentos no exterior. Saída Bruta de IBD: na comparação dos acumulados de janeiro a julho de 2010 e 2011, o ano 2011 apresenta menor patamar nos três setores (Primário, Indústria e Serviços). As principais quedas ficaram por conta de Produtos Alimentícios, com 77,7% em relação a 2010, e Serviços financeiros e atividades auxiliares, 78,0%. Na contramão, Produtos minerais não-metálicos e Coque, derivados de petróleo e biocombustíveis apresentam elevação, respectivamente 11,4% e 28,6%. Braskem anuncia aquisição de negócio de polipropileno no exterior: pelo valor de US$ 323,0 milhões, a empresa brasileira adquiriu, nos EUA, a divisão de polipropileno do grupo Dow Chemical. A empresa busca consolidar-se como líder na capacidade de produção nos Estados Unidos. Destaques dos Investimentos Estrangeiros no Brasil Até julho IED acumula US$ 38,4 bilhões: o valor líquido no acumulado de janeiro a julho é 161,0% maior do que o mesmo período de 2010. Cerca de 80,0% deste montante vem da conta de Participação no capital, no entanto, a conta de Empréstimos Intercompanhia continua a ganhar peso na composição do IED, alcançando a cifra de US$ 7,9 bilhões até julho. Setor de Serviços recebeu US$ 20,8 bilhões de IED em 2011 (51% do total): setor apresenta maior volume de investimentos provenientes do exterior, o valor até julho é 3 vezes maior do que no mesmo período do ano passado. Os principais sub setores que puxaram este crescimento foram Telecomunicações (841,9% de crescimento) e Comércio, exceto veículos (215,2% de crescimento). No setor industrial a entrada de investimentos foi 13,4% maior do que no mesmo período do ano passado, os maiores crescimentos ocorreram em Metalurgia (alta de 415,0%) e Bebidas (454,5%). Intercontinental Exchange (ICE) compra 12,4% da CETIP: pelo montante de US$ 491,5 milhões, a plataforma internacional de negociações de ativos dos EUA adquiriu a participação da gestora de fundos Advent e do banco Itaú-Unibanco na CETIP. Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior – julho de 2011
  2. 2. Raio-X dos Investimentos Julho de 2011 Investimento Brasileiro Direto Líquido (US$ Milhões) jan-jul/10 jan-jul/11 Variação Investimentos Brasileiros Diretos - Total 8.355,0 -10.530 -226,0% ▼ Participação no capital 14.600 7.412 -49,2% ▼ Empréstimos Intercompanhias -6.245 -17.942 -187,3% ▼ Evolução do Investimento Brasileiro Direto Líquido (US$ Bilhões) 6,0 4,7 4,0 2,0 2,0 1,2 0,1 0,1 0,0 -0,5 -0,3 -2,0 -1,1 -1,5 -2,1 -1,6 -2,5 -4,0 -6,0 -6,3 -8,0 mar/11 jul/10 ago/10 set/10 out/10 nov/10 dez/10 jan/11 fev/11 abr/11 mai/11 jun/11 jul/11 Saída Bruta de Investimento Brasileiro Direto por Setor (US$ Milhões) Setores jan-jul/10 Part. jan-jul/11 Part. Variação Total Primários 771,0 100% 384,5 100% -50,1% ▼ Extração de minerais metálicos 587,0 76,1% 215,0 55,9% -63,4% ▼ Atividades de apoio à extração mineral 46,0 6,0% 85,5 22,2% 85,9% ▲ Extração de petróleo e gás natural 101,0 13,1% 74,0 19,2% -26,7% ▼ Agricultura, pecuária e serviços relacionados 35,0 4,5% 0,0 0,0% - Outros primários 2,0 0,3% 10,0 2,6% 400,0% ▲ Total Indústria 6.064,0 100% 4.014,0 100% -33,8% ▼ Produtos minerais não-metálicos 1.194,0 19,7% 1.330,5 33,1% 11,4% ▲ Produtos alimentícios 3.407,0 56,2% 759,7 18,9% -77,7% ▼ Coque, derivados de petróleo e biocombustíveis 456,0 7,5% 586,3 14,6% 28,6% ▲ Celulose, papel e produtos do papel 4,0 0,1% 325,0 8,1% *** Metalurgia 503,0 8,3% 313,3 7,8% -37,7% ▼ Outros da indústria 500,0 8,2% 699,2 17,4% 39,8% ▲ Total Serviços 9.595,0 100% 4.741,3 100% -50,6% ▼ Serviços financeiros e atividades auxiliares 6.814,0 71,0% 1.498,0 31,6% -78,0% ▼ Serviços financeiros - holdings não-financeiras 1.761,0 18,4% 1.005,5 21,2% -42,9% ▼ Telecomunicações 39,0 0,4% 906,8 19,1% *** Comércio, exceto veículos 100,0 1,0% 364,5 7,7% 264,5% ▲ Eletricidade, gás e outras utilidades 28,0 0,3% 330,0 7,0% *** Outros serviços 853,0 8,9% 636,3 13,4% -25,4% ▼***Variação maior que 1000%Fonte: Banco Central do Brasil e ISI Emerging MarketingElaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 01
  3. 3. Raio-X dos Investimentos Raio-X do Investimento Julho de 2011 Janeiro a Julho de 2010 Janeiro a Julho de 2011 Estados Unidos Ilhas Cayman US$ 2,3 Bi Áustria Ilhas Cayman US$ 1,9 Bi 14% US$ 1,6 Bi US$ 6,2 Bi Luxemburgo 21% 17% 38% US$ 1,3 Bi 8% Estados França Unidos US$ 1,1 Bi US$ 1,3 Bi 7% 14% Portugal Demais países Reino Unido US$ 1,0 Bi Ilhas Virgens US$ 0,9 Bi Demais países US$ 2,8 Bi Britânicas 6% 10% US$ 4,5 Bi 30% US$ 0,7 Bi 27% 8% Transações de Empresas Brasileiras no Exterior em Julho de 2011 Fusões (F); Aquisições (A); Joint Venture (J) Vendedor Comprador Detalhes da Transação País Empresa Setor Empresa Tipo Part. US$ Mi Status Polypropylene/ Dow EUA Plástico Braskem (A) - 323,0 Anunciada ChemicalArgentina Alpargatas SAIC Químico Alpargatas .SA (A) 91,0% 6,1 Completa Aeroservicios de La International MealColômbia Alimentos (A) - 4,1 Anunciada Costa CompanyFonte: Banco Central do Brasil e ISI Emerging MarketingElaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 02
  4. 4. Raio-X dos Investimentos Julho de 2011 Investimento Estrangeiro Direto Líquido (US$ Milhões) jan-jul/10 jan-jul/11 Variação Investimentos Estrangeiros Diretos - Total 14.731 38.448,0 161,0% ▲ Participação no capital 14.830 30.506,0 105,7% ▲ Empréstimos Intercompanhia -99 7.942,0 *** Evolução do Investimento Estrangeiro Direto Líquido (US$ Bilhões) 18,0 16,0 15,4 14,0 12,0 10,0 7,7 8,0 6,8 6,8 5,4 5,5 5,5 6,0 6,0 3,7 4,0 4,0 2,6 2,4 3,0 2,0 0,0 set/10 out/10 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 jun/11 jul/10 ago/10 nov/10 dez/10 mai/11 jul/11 Entrada Bruta de Investimento Estrangeiro Direto por Setor (US$ Milhões) Setores jan-jul/10 Part. jan-jul/11 Part. Variação Total Primários 3.359,3 100% 7.187,9 100% 114,0% ▲ Extração de petróleo e gás natural 1.246,3 37,1% 4.748,6 66,1% 281,0% ▲ Extração de minerais metálicos 1.647,8 49,1% 1.614,5 22,5% -2,0% ▼ Atividades de apoio à extração de minerais 114,2 3,4% 487,5 6,8% 326,9% ▲ Agricultura, pecuária e serviços relacionados 86,3 2,6% 263,8 3,7% 205,8% ▲ Produção florestal 224,3 6,7% 50,6 0,7% -77,5% ▼ Outros primários 40,3 1,2% 22,9 0,3% -43,3% ▼ Total Indústria 11.778,7 100% 13.361,7 100% 13,4% ▲ Metalurgia 679,2 5,8% 3.497,7 26,2% 415,0% ▲ Bebidas 466,8 4,0% 2.588,7 19,4% 454,5% ▲ Produtos minerais não-metálicos 1.020,3 8,7% 1.374,2 10,3% 34,7% ▲ Produtos alimentícios 904,5 7,7% 1.373,0 10,3% 51,8% ▲ Coque, derivados de petróleo e biocombustíveis 2.124,9 18,0% 946,2 7,1% -55,5% ▼ Outros da indústria 6.582,9 55,9% 3.581,9 26,8% -45,6% ▼ Total Serviços 6.737,1 100% 20.823,0 100% 209,1% ▲ Telecomunicações 634,4 9,4% 5.975,4 28,7% 841,9% ▲ Comércio, exceto veículos 1.102,8 16,4% 3.476,5 16,7% 215,2% ▲ Eletricidade, gás e outras utilidades 181,4 2,7% 2.835,1 13,6% *** Serviços financeiros e atividades auxiliares 1.004,8 14,9% 2.000,6 9,6% 99,1% ▲ Atividades imobiliárias 653,7 9,7% 1.141,7 5,5% 74,6% ▲ Outros serviços 3.159,9 46,9% 5.393,6 25,9% 70,7% ▲***Variação maior que 1000%Fonte: Banco Central do Brasil e ISI Emerging MarketingElaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 03
  5. 5. Raio-X dos Investimentos Raio-X do Investimento Julho de 2011 Janeiro a Julho de 2010 Janeiro a Julho de 2011 Estados Unidos Países Baixos Suíça US$ 2,8 Bi Países Estados Unidos US$ 4,9 Bi US$ 12,7 Bi US$ 5,4 Bi 13% Baixos 23% US$ 2,5 Bi 31% 13% 11% França Espanha US$ 2,4 Bi US$ 5,4 Bi 11% 13% Japão Demais países Luxemburgo Demais países US$ 5,0 Bi US$ 8 Bi US$ 1,1 Bi US$ 11 Bi 12% 5% Reino Unido 37% 26% US$ 2,0 Bi 5% Transações de Empresas Estrangeiras no Brasil em Julho de 2011 Fusões (F); Aquisições (A); Joint Venture (J) Comprador Vendedor Detalhes da Transação País Empresa Setor Empresa Tipo Part. US$ Mi StatusEspanha Indra Sistemas Software Politec (A) - 62,9 Anunciada Índia United Phosporus Químico DVA Agro do Brasil (A) 51,0% 150,0 CompletaAustrália Imdex Petróleo e Gás System Mud (A) 100,0% 9,8 AnunciadaIrlanda Experian Internet Virid Interatividade (A) 100,0% - CompletaFrança Scheneider Eletric Equipamentos Elétricos Steck da Amazônia (A) 100,0% - Completa EUA Midas Medici Group Informática Cimcorp (A) 60,0% - CompletaNoruega Farstad Shipping Transporte BOS Navegação (A) 50,0% 56,5 Anunciada EUA Pall Corp Distribuição Engefiltro (A) 100,0% - Anunciada Intercontinental EUA Financeiro CETIP (A) 12,4% 491,5 Anunciada ExchangeFrança Publicis Groupe Publicidade DPZ Duailibi (A) - - CompletaBélgica Arseus Químico Pharma Nostra (A) - 71,6 AnunciadaNoruega Yara International Químico Fertibrás/ Yara Brasil (A) 100,0% 13,9 Anunciada EquipamentosIrlanda Charter International Condor Equipamentos (A) 60,0% - Completa Indústriais Tecnologia emNoruega Reservoir Exploration Georadar (A) 55,0% - Anunciada exploração mineralFonte: Banco Central do Brasil e ISI Emerging Marketing 04Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior

×