Raio- X das Relações Bilaterais Brasil- China (Janeiro 2012)

2.884 visualizações

Publicada em

Levantamento mensal das trocas comerciais entre Brasil- China. Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.884
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
984
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raio- X das Relações Bilaterais Brasil- China (Janeiro 2012)

  1. 1. janeiro 2012 Déficit de janeiro é 98% maior que no mesmo mês do ano passado. Na comparação com o mês de janeiro de 2011, o déficit comercial com a China cresceu 98%, saindo de US$ -0,6 bilhões para US$ -1,1 bilhões. O crescimento de 25% das importações no período foi o responsável pelo aprofundamento do déficit. Déficit em Manufaturas é maior do que em janeiro do ano passado. Em janeiro de 2012, o Brasil apresentou déficit no comércio de manufaturas com a China de US$ 2,7 bilhões. O aprofundamento do déficit, em relação ao ano passado (US$ 2,1 bilhões) foi de 24,3%. Cresce exportações de soja em janeiro de 2012. Em janeiro de 2012, o Brasil exportou US$ 276 milhões em soja para a China. No mesmo período do ano passado, não houve exportação do produto. Usualmente, as vendas de soja só aparecem na pauta no mês de abril. O preço médio do produto (kg/US$) no ínicio deste ano foi de US$ 0,45, o menor valor de venda dos últimos doze meses. China detém 88% das importações brasileiras de aparelhos de telefonia celular. Em janeiro de 2012, 88% das importações de aparelhos celulares foram de origem chinesa. Há um ano, em janeiro de 2011, essa participação era de somente 36%. Um detalhe peculiar em janeiro deste ano, são os preços médios de importação deste setor que se mostraram três vezes maiores na China (US$ 364,0) do que no resto do mundo (US$ 112,2). No mesmo período do ano passado, estes números eram, respectivamente US$ 141,0 e US$ 326,4. Essa inversão de preços médios pode ser explicada pelo aumento das compras de celulares de alta tecnologia. China cai para segunda posição entre principais destinos das exportações brasileiras. Desde março de 2009, a China vem ocupando o primeiro lugar como destino das exportações brasileiras. Entretanto, em janeiro de 2012, o país asiático caiu para a segunda posição (US$ 1,8 bilhões), atrás dos EUA (US$ 2,3 bilhões). Nas importações, o país permanece como principal parceiro comercial.
  2. 2. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Evolução da Balança Comercial Brasil-China (US$ bilhões) 4,7 4,3 4,6 4,5 4,4 3,9 3,7 3,3 3,6 3,5 3,2 2,9 3,2 2,9 3,1 2,9 2,5 2,7 2,6 2,6 2,3 2,22,4 2,2 1,8 1,8 1,7 2,0 1,7 1,4 1,4 1,3 0,7 1,0 0,6 0,4 -0,2 -0,6 -1,1 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 jul/11 ago/11 set/11 out/11 nov/11 dez/11 jan/12 Exportação Importação Saldo Evolução da Balança Comercial de Manufaturados Brasil-China (US$ bilhões) 2,8 3,2 3,1 2,8 3,0 2,4 2,5 2,6 2,5 2,8 2,3 2,3 2,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,2 0,2 0,3 0,3 0,2 0,2 0,2 0,1 -2,1 -2,2 -2,3 -2,0 -2,4 -2,3 -2,5 -2,7 -2,6 -2,8 -2,7 -2,9 -2,8 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 jul/11 ago/11 set/11 out/11 nov/11 dez/11 jan/12 Exportação Importação Saldo Composição da Pauta (Janeiro 2012) Exportações Importações US$ 1,5 bi US$ 0,2 bi 11,9% US$ 2,9 bi 81,9% US$ 0,04 bi 98,0% 1,5% US$ 0,1 bi 5,5% US$ 0,01 bi 0,2% Básicos Semimanufaturados ManufaturadosFonte: AliceWeb/MDIC 01
  3. 3. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Exportações - Principais Produtos (US$ Milhões) Jan Jan Variação Part.* 2012 2011 Valor PesoTotal 100% 1.810 1.773 2% -5% Básicos 81,9% 1.482 1.414 5% -6% Minérios de ferro e seus concentrados 50,8% 920 1.175 -22% -11% Soja, mesmo triturada 15,3% 276 0 - - Óleos brutos de petróleo 11,5% 209 170 23% 4% Carne de frango 1,9% 35 28 26% 29% Algodão (em bruto) 1,1% 19 1 1289% 985% Outros 1,2% 22 40 -44% -51% Semimanufaturados 11,9% 216 238 -9% 31% Celulose 6,8% 123 126 -3% 24% Couros e peles depilados 1,9% 35 31 12% -9% Ferro-ligas 1,0% 18 47 -61% -61% Catodos de cobre 0,7% 12 0 - - Óleo de soja bruto 0,5% 8 25 -67% -66% Outros 1,1% 20 9 114% 454% Manufaturados 5,5% 100 120 -17% 6% Polímeros plásticos 1,7% 31 16 90% 98% Partes e peças para veículos 0,3% 6 1 331% 514% Papel e cartão para impressão 0,3% 5 5 8% 0% Suco de laranja congelado 0,3% 5 13 -59% -68% Medicamentos para medicina humana 0,2% 4 0 1221% 772% Máq. e apar. P trat de pedras e subst. Mineral 0,2% 3 1 585% 968% Partes de motores para automóveis 0,2% 3 3 23% 137% Bombas e compressores 0,2% 3 4 -33% -54% Aparelhos transmissores ou receptores, e componentes 0,1% 2 1 95% 307% Alcoois acíclicos e derivados 0,1% 2 1 243% 270% Óleos essênciais e seus subprodutos 0,1% 2 0 336% 552% Hidrocarbonetos e seus derivados 0,1% 2 5 -66% -26% Rolamentos e engrenagens 0,1% 1 3 -63% -77% Motores e turbinas 0,1% 1 0 - - Iodetos 0,1% 1 0 - - Outros 1,6% 28 67 -58% -15%Participação sobre o total exportado no periodo de Janeiro de 2012Fonte: AliceWeb/MDIC 02
  4. 4. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Importações - Principais Produtos (US$ Milhões) Jan Jan Variação Part.* 2012 2011 Valor PesoTotal 100% 2.936 2.343 25% 2% Básicos 1,5% 44 79 -44% -43% Coques e semicoques de hulha 0,8% 24 45 -47% -44% Produtos horticolas secos 0,1% 4 4 3% 48% Tripas de animais 0,1% 3 2 37% 48% Bacalhaus e outros peixes secos 0,1% 2 1 92% 99% Alhos comuns frescos e regrigerados 0,1% 2 4 -52% 42% Outros 0,3% 10 23 -58% -57% Semimanufaturados 0,2% 7 5 55% 59% Ferro-ligas 0,1% 2 1 105% 51% Borracha sintética e borracha artificial 0,0% 1 0 253% 150% Manganes bruto 0,0% 1 0 18% 23% Pastas de linteres de algodão 0,0% 0 0 37% 46% Sucos e extratos vegetais 0,0% 0 0 -13% -44% Outros 0,1% 4 3 46% 68% Manufaturados 98,0% 2.879 2.258 27% 10% Partes de aparelhos transmissores ou receptores 5,2% 151 98 55% 41% Laminados planos de ferro ou aços 3,8% 113 47 140% 117% Máquinas automáticas para proc. de dados 3,3% 96 91 6% -1% Partes de máquinas para processamento de dados 3,0% 87 81 8% -22% Aparelhos de telefonia celular 2,7% 80 15 445% 5% Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 2,6% 76 61 24% 0% Motores, geradores e transformadores elétricos 2,4% 71 59 19% 6% Circuitos integrados 2,0% 59 60 -1% 14% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 1,9% 57 49 16% 6% Aparelhos transmissores ou receptores 1,7% 50 35 42% -2% Apar. eletromecânicos ou térmicos, uso doméstico 1,5% 45 35 28% 13% Tecidos de fibras têxteis, sintéticas ou artificiais 1,5% 44 30 43% 27% Bombas e compressores 1,5% 43 35 21% 10% Tecidos de malha 1,4% 42 44 -6% -11% Brinquedos, jogos e artigos para diversão 1,2% 36 30 22% 31% Outros 62,3% 1.829 1.488 23% -2%Participação sobre o total exportado no periodo de Janeiro de 2012Fonte: AliceWeb/MDIC 03
  5. 5. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Participação da China nas Importações Brasileiras de Manufaturados US$ milhões Participação Principais Produtos Manufaturados Jan Jan Jan 2012 Jan 2011 ∆ 2011 2012 Partes de aparelhos transmissores ou receptores 151 98 51,6% 47,4% ▲ Laminados planos de ferro ou aços 113 47 48,0% 26,8% ▲ Máquinas automáticas para proc. de dados 96 91 53,4% 51,2% ▲ Partes de máquinas para processamento de dados 87 81 50,7% 57,8% ▼ Aparelhos de telefonia celular 80 15 88,2% 36,0% ▲ Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 76 61 54,0% 50,3% ▲ Motores, geradores e transformadores elétricos 71 59 29,8% 35,3% ▼ Circuitos integrados 59 60 18,3% 18,3% ▼ Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 57 49 29,6% 27,4% ▲ Aparelhos transmissores ou receptores 50 35 47,0% 45,2% ▲ Apar. eletromecânicos ou térmicos, uso doméstico 45 35 87,8% 87,1% ▲ Tecidos de fibras têxteis, sintéticas ou artificiais 44 30 73,8% 70,3% ▲ Bombas e compressores 43 35 22,4% 20,2% ▲ Tecidos de malha 42 44 86,3% 89,9% ▼ Brinquedos, jogos e artigos para diversão 36 30 76,3% 77,5% ▼ Preço Médio das Importações Brasileiras de Manufaturados (Janeiro de 2012) Principais Produtos Manufaturados US$/Kg Diferença (China-Mundo) Mundo China US$/Kg % Partes de aparelhos transmissores ou receptores 22,3 14,5 -7,7 -35% Laminados planos de ferro ou aços 1,3 0,9 -0,4 -32% Máquinas automáticas para proc. de dados 130,8 49,2 -81,6 -62% Partes de máquinas para processamento de dados 160,1 38,6 -121,5 -76% Aparelhos de telefonia celular 112,2 364,7 252,5 225% Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 270,5 126,7 -143,8 -53% Motores, geradores e transformadores elétricos 21,8 7,2 -14,6 -67% Circuitos integrados 1.288,9 987,6 -301,3 -23% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 15,2 7,3 -7,9 -52% Aparelhos transmissores ou receptores 180,6 40,4 -140,2 -78% Apar. eletromecânicos ou térmicos, uso doméstico 13,7 4,8 -8,9 -65% Tecidos de fibras têxteis, sintéticas ou artificiais 4,4 4,8 0,4 10% Bombas e compressores 22,3 5,1 -17,3 -77% Tecidos de malha 8,1 5,0 -3,2 -39% Brinquedos, jogos e artigos para diversão 6,4 5,4 -1,0 -16%Fonte: AliceWeb/MDIC 04

×