Raio x Brasil-China - Março 2015

651 visualizações

Publicada em

No primeiro trimestre de 2015, a corrente de comércio diminuiu US$ 3,4 bilhões quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Acesse o estudo completo para saber outras informações!

Publicada em: Negócios
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Números preocupantes, mas, ao se avaliar de uma forma global , houveram perdas em alguns setores importantes , mas, ganhos em outros.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
651
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raio x Brasil-China - Março 2015

  1. 1. Março | 2015 São Paulo, 23 de abril de 2015. BALANÇA COMERCIALBALANÇA COMERCIALBALANÇA COMERCIALBALANÇA COMERCIAL COM A CHINACOM A CHINACOM A CHINACOM A CHINA REGISTRAREGISTRAREGISTRAREGISTRA O PRIMEIRO SUPERÁVITO PRIMEIRO SUPERÁVITO PRIMEIRO SUPERÁVITO PRIMEIRO SUPERÁVIT DE 2015.DE 2015.DE 2015.DE 2015. Após seis meses consecutivos de déficit, a balança comercial com a China encerrou o mês de março com superávit de US$ 120 milhões. O saldo, no entanto, foi 93,3% menor na comparação com março de 2014. No primeiro trimestre de 2015, as exportações brasileiras para o país asiático recuaram 35,4% na comparação interanual. As importações também sofreram retração, entretanto em menor intensidade (0,9%). A corrente de comércio, por sua vez, diminuiu de US$ 19,3 bilhões para US$ 15,9 bilhões, o que significou uma variação negativa de 18,0%. O resultado das exportações foi fortemente impactado pela redução dos valores da soja (-47%) e minério de ferro (-55%), que juntos representaram quase 60% da pauta nos três primeiros meses do ano. Os produtos semimanufaturados contribuíram para que o resultado das vendas brasileiras não fosse ainda mais negativo, ao registrar alta interanual de 13,8%. Produtos básicos e manufaturados, por sua vez, fecharam o trimestre com retração de 42,1% e 20,8%, respectivamente. Nas importações, os produtos manufaturados recuaram 1,8%, enquanto bens básicos e semimanufaturados mostraram variação positiva. Vale destacar que, apesar da leve queda no valor importado, o volume das compras provenientes da China cresceu 9,0% no acumulado de janeiro a março de 2015.
  2. 2. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Evolução da Balança Comercial Brasil-ChinaEvolução da Balança Comercial Brasil-ChinaEvolução da Balança Comercial Brasil-ChinaEvolução da Balança Comercial Brasil-China (US$ bilhões)(US$ bilhões)(US$ bilhões)(US$ bilhões) Evolução da Balança Comercial de ManufaturadosEvolução da Balança Comercial de ManufaturadosEvolução da Balança Comercial de ManufaturadosEvolução da Balança Comercial de Manufaturados (US$ bilhões)(US$ bilhões)(US$ bilhões)(US$ bilhões) Composição da PautaComposição da PautaComposição da PautaComposição da Pauta Janeiro a Março de 2015Janeiro a Março de 2015Janeiro a Março de 2015Janeiro a Março de 2015 Fonte: AliceWeb/MDIC 01 0,1 0,1 0,1 0,2 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,2 0,1 0,1 0,1 2,7 2,9 3,1 2,6 3,1 3,0 3,3 3,4 3,1 2,6 3,6 2,7 3,1 -2,6 -2,8 -2,9 -2,4 -3,0 -2,9 -3,2 -3,3 -3,0 -2,4 -3,5 -2,6 -3,0 mar/14 mai/14 jul/14 set/14 nov/14 jan/15 mar/15 Exportação Importação Saldo 4,6 4,5 5,0 4,8 4,1 3,7 2,9 2,0 1,9 2,1 1,3 1,5 3,3 2,8 2,9 3,1 2,6 3,2 3,1 3,4 3,5 3,1 2,7 3,7 2,8 3,2 1,8 1,6 1,9 2,1 1,0 0,6 -0,5 -1,5 -1,3 -0,6 -2,4 -1,2 0,1 mar/14 mai/14 jul/14 set/14 nov/14 jan/15 mar/15 Exportação Importação Saldo 77,0%77,0%77,0%77,0% 18,7% 4,2% ExportaçõesExportaçõesExportaçõesExportações US$ 4,8 biUS$ 4,8 biUS$ 4,8 biUS$ 4,8 bi US$ 1,2 biUS$ 1,2 biUS$ 1,2 biUS$ 1,2 bi US$ 0,3 biUS$ 0,3 biUS$ 0,3 biUS$ 0,3 bi 2,7% 0,3% 97,1%97,1%97,1%97,1% ImportaçõesImportaçõesImportaçõesImportações US$ 9,4 biUS$ 9,4 biUS$ 9,4 biUS$ 9,4 bi US$ 0,3 biUS$ 0,3 biUS$ 0,3 biUS$ 0,3 bi US$ 0,02 biUS$ 0,02 biUS$ 0,02 biUS$ 0,02 bi Básicos Semimanufaturados Manufaturados
  3. 3. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Pauta de Produtos Exportados (PPE)Pauta de Produtos Exportados (PPE)Pauta de Produtos Exportados (PPE)Pauta de Produtos Exportados (PPE) Jan a MarJan a MarJan a MarJan a Mar Jan a MarJan a MarJan a MarJan a Mar 2015201520152015 2014201420142014 Valor Volume TotalTotalTotalTotal 100%100%100%100% 6.1906.1906.1906.190 9.5829.5829.5829.582 -35,4%-35,4%-35,4%-35,4% -4,4%-4,4%-4,4%-4,4% BásicosBásicosBásicosBásicos 77,0%77,0%77,0%77,0% 4.7694.7694.7694.769 8.2338.2338.2338.233 -42,1%-42,1%-42,1%-42,1% -4,9%-4,9%-4,9%-4,9% Soja, mesmo triturada 32,2%32,2%32,2%32,2% 1.994 3.762 -47,0% -32,7% Minérios de ferro e seus concentrados 25,2%25,2%25,2%25,2% 1.561 3.482 -55,2% -4,1% Óleos brutos de petróleo 14,4%14,4%14,4%14,4% 891,5 658,8 35,3% 176,5% Carne de frango 2,1%2,1%2,1%2,1% 130,9 109,8 19,1% 29,2% Minérios de cobre e seus concentrados 0,9%0,9%0,9%0,9% 55,5 74,9 -25,9% -21,6% Outros 2,2%2,2%2,2%2,2% 136 144,8 -6,3% -13,8% SemimanufaturadosSemimanufaturadosSemimanufaturadosSemimanufaturados 18,7%18,7%18,7%18,7% 1.1571.1571.1571.157 1.0161.0161.0161.016 13,8%13,8%13,8%13,8% 16,9%16,9%16,9%16,9% Celulose 6,8%6,8%6,8%6,8% 422,5 376,2 12,3% 29,6% Açúcar, em bruto 3,3%3,3%3,3%3,3% 204,6 210,0 -2,6% 12,3% Ferroligas 3,0%3,0%3,0%3,0% 183,8 114,7 60,3% 46,6% Couros e peles depilados 3,0%3,0%3,0%3,0% 183,3 202,1 -9,3% -21,6% Catodos de cobre 2,0%2,0%2,0%2,0% 124,9 66,5 87,6% 133,4% Outros 0,6%0,6%0,6%0,6% 37,6 46,6 -19,3% -48,1% ManufaturadosManufaturadosManufaturadosManufaturados 4,2%4,2%4,2%4,2% 259,1259,1259,1259,1 327,4327,4327,4327,4 -20,8%-20,8%-20,8%-20,8% -34,5%-34,5%-34,5%-34,5% Polímeros plásticos 0,6%0,6%0,6%0,6% 39,6 47,1 -15,7% 14,4% Papel e cartão 0,5%0,5%0,5%0,5% 29,4 29,6 -0,8% -4,4% Bombas e compressores 0,3%0,3%0,3%0,3% 15,7 19,7 -20,1% -56,0% Suco de laranja, congelado 0,2%0,2%0,2%0,2% 10,7 21,7 -50,8% -46,8% Motores p/ veículos automóveis e suas partes 0,2%0,2%0,2%0,2% 9,5 14,8 -35,8% -63,2% Aparelhos transmissores ou receptores, e componentes 0,1%0,1%0,1%0,1% 8,7 3,9 125,0% 336,8% Cobre, Fios, Chapas, etc 0,1%0,1%0,1%0,1% 6,5 0,3 ** 948,6% Álcoolis aciclicos e seus derivados 0,1%0,1%0,1%0,1% 6,5 4,1 57,9% 201,3% Motores, geradores e transformadores elétricos 0,1%0,1%0,1%0,1% 6,1 7,3 -17,2% 18,7% Partes de motores e turbinas p/ aviação 0,1%0,1%0,1%0,1% 6,0 1,6 276,0% 89,4% Fibras de vidro e suas obras 0,1%0,1%0,1%0,1% 5,7 0,1 ** ** Rolamentos e engrenagens, partes e peças 0,1%0,1%0,1%0,1% 4,7 4,8 -2,1% -76,4% Pedras preciosas ou semipreciosas, trabalhadas 0,1%0,1%0,1%0,1% 4,5 5,5 -17,9% -10,7% Óleos essenciais e seus subprodutos 0,1%0,1%0,1%0,1% 4,5 3,0 48,7% 28,7% Partes e peças de veículos aéreos 0,1%0,1%0,1%0,1% 4,3 1,4 198,6% 242,3% Outros 1,6%1,6%1,6%1,6% 96,7 162,5 -40,5% -55,3% Fonte: AliceWeb/MDIC ** Variação superior a 1000% 02 (1) Participação sobre o total exportado no período de janeiro a março de 2015. A soma das participações é inferior a 100%, devido às Operações Especiais não incluídas aqui. (US$ milhões)(US$ milhões)(US$ milhões)(US$ milhões) Participação¹ VariaçãoVariaçãoVariaçãoVariação
  4. 4. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Pauta de Produtos Importados (PPI)Pauta de Produtos Importados (PPI)Pauta de Produtos Importados (PPI)Pauta de Produtos Importados (PPI) Jan a MarJan a MarJan a MarJan a Mar Jan a MarJan a MarJan a MarJan a Mar VariaçãoVariaçãoVariaçãoVariação 2015201520152015 2014201420142014 Valor Volume TotalTotalTotalTotal 100%100%100%100% 9.6649.6649.6649.664 9.7489.7489.7489.748 -0,9%-0,9%-0,9%-0,9% 9,0%9,0%9,0%9,0% BásicosBásicosBásicosBásicos 2,7%2,7%2,7%2,7% 257,8257,8257,8257,8 177,5177,5177,5177,5 45,2%45,2%45,2%45,2% 156,2%156,2%156,2%156,2% Filés de merluza congelados 0,6%0,6%0,6%0,6% 53,3 37,4 42,4% 25,9% Coques e semicoques de hulha, linhita ou turfa 0,4%0,4%0,4%0,4% 42,8 15,1 184,2% 303,4% Filés de peixes congelados, exceto merluza 0,4%0,4%0,4%0,4% 36,2 24,7 46,4% 31,7% Tripas de animais 0,2%0,2%0,2%0,2% 21,7 15,4 40,4% 38,3% Alhos comuns, frescos ou refrigerados 0,1%0,1%0,1%0,1% 13,8 13,2 4,4% -5,2% Outros 0,9%0,9%0,9%0,9% 90,0 71,7 25,6% 93,0% SemimanufaturadosSemimanufaturadosSemimanufaturadosSemimanufaturados 0,3%0,3%0,3%0,3% 24,424,424,424,4 18,918,918,918,9 29,4%29,4%29,4%29,4% 42,9%42,9%42,9%42,9% Ferroligas 0,1%0,1%0,1%0,1% 5,9 1,3 360,8% 812,4% Ligas de alumínio, em bruto 0,0%0,0%0,0%0,0% 4,2 5,2 -19,9% -27,5% Manganês, em bruto 0,0%0,0%0,0%0,0% 3,6 4,1 -10,9% -10,0% Sucos e extratos vegetais 0,0%0,0%0,0%0,0% 3,4 1,9 83,9% 85,3% Borracha sintética e borracha artificial 0,0%0,0%0,0%0,0% 1,2 1,4 -11,0% 11,9% Outros 0,1%0,1%0,1%0,1% 6,0 5,0 20,3% 7,1% ManufaturadosManufaturadosManufaturadosManufaturados 97,1%97,1%97,1%97,1% 9.3829.3829.3829.382 9.5519.5519.5519.551 -1,8%-1,8%-1,8%-1,8% 1,6%1,6%1,6%1,6% Circuitos impressos e partes p/ aparelhos de telefonia 4,8%4,8%4,8%4,8% 460,4 381,6 20,7% 12,7% Plataformas de exploração/perfuração, dragas, etc 4,4%4,4%4,4%4,4% 421,1 379,0 11,1% ** Partes de aparelhos transmissores ou receptores 4,2%4,2%4,2%4,2% 407,6 524,5 -22,3% -26,2% Motores, geradores e transformadores elétricos 3,0%3,0%3,0%3,0% 286,5 259,4 10,4% 33,6% Partes e acessórios p/ máquinas de process. de dados 2,9%2,9%2,9%2,9% 278,1 397,5 -30,0% -24,7% Laminados planos de ferro ou aços 2,4%2,4%2,4%2,4% 227,2 211,5 7,5% 14,1% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 2,2%2,2%2,2%2,2% 214,4 286,2 -25,1% 4,0% Aparelhos eletromec. ou térmicos, de uso doméstico 2,1%2,1%2,1%2,1% 206,5 172,3 19,9% 25,7% Tecidos e fibras têxteis, sintéticos ou artificiais 1,9%1,9%1,9%1,9% 182,3 167,3 9,0% 6,6% Bombas e compressores 1,7%1,7%1,7%1,7% 165,5 145,1 14,0% 15,1% Tecidos de malha 1,6%1,6%1,6%1,6% 150,9 134,4 12,3% 21,3% Máquinas automáticas para proc. de dados 1,5%1,5%1,5%1,5% 148,3 207,7 -28,6% -14,2% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 1,5%1,5%1,5%1,5% 148,1 169,7 -12,7% 10,0% Aparelhos transmissores/receptores de telefonia celular 1,4%1,4%1,4%1,4% 135,7 134,4 1,0% -5,9% Aparelhos de ar condicionado 1,3%1,3%1,3%1,3% 122,5 103,2 18,7% 20,0% Outros 60,3%60,3%60,3%60,3% 5.827 5.878 -0,9% -4,7% Fonte: AliceWeb/MDIC ** Variação superior a 1000% 03 (1) Participação sobre o total importado no periodo de janeiro a março de 2015. (US$ milhões)(US$ milhões)(US$ milhões)(US$ milhões) Participação¹
  5. 5. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINARAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Participação da China nas Importações Brasileiras de ManufaturadosParticipação da China nas Importações Brasileiras de ManufaturadosParticipação da China nas Importações Brasileiras de ManufaturadosParticipação da China nas Importações Brasileiras de Manufaturados Jan a Mar Jan a Mar Jan a Mar Jan a Mar ∆∆∆∆ 2015 2014 2015 2014 Circuitos impressos e partes p/ aparelhos de telefonia 460,4 381,6 49,4% 50,8% ▼ Plataformas de exploração/perfuração, dragas, etc 421,1 379,0 98,2% 100,0% ▼ Partes de aparelhos transmissores ou receptores 407,6 524,5 56,4% 44,7% ▲ Motores, geradores e transformadores elétricos 286,5 259,4 41,1% 36,1% ▲ Partes e acessórios p/ máquinas de process. de dados 278,1 397,5 52,5% 61,2% ▼ Laminados planos de ferro ou aços 227,2 211,5 47,1% 46,8% ▲ Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 214,4 286,2 19,4% 23,5% ▼ Aparelhos eletromec. ou térmicos, de uso doméstico 206,5 172,3 87,6% 85,5% ▲ Tecidos e fibras têxteis, sintéticos ou artificiais 182,3 167,3 81,7% 79,5% ▲ Bombas e compressores 165,5 145,1 33,5% 24,2% ▲ Tecidos de malha 150,9 134,4 96,3% 95,0% ▲ Máquinas automáticas para proc. de dados 148,3 207,7 42,8% 42,5% ▲ Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 148,1 169,7 27,4% 29,1% ▼ Aparelhos transmissores/receptores de telefonia celular 135,7 134,4 95,3% 83,6% ▲ Aparelhos de ar condicionado 122,5 103,2 69,7% 61,4% ▲ Preço Médio das Importações Brasileiras de ManufaturadosPreço Médio das Importações Brasileiras de ManufaturadosPreço Médio das Importações Brasileiras de ManufaturadosPreço Médio das Importações Brasileiras de Manufaturados Mundo¹Mundo¹Mundo¹Mundo¹ ChinaChinaChinaChina US$/KgUS$/KgUS$/KgUS$/Kg %%%% Circuitos impressos e partes p/ aparelhos de telefonia 286,3 204,9 -81,4 -28,4% Plataformas de exploração/perfuração, dragas, etc 11,2 5,9 -5,3 -47,1% Partes de aparelhos transmissores ou receptores 27,5 19,9 -7,5 -27,4% Motores, geradores e transformadores elétricos 14,4 6,0 -8,4 -58,6% Partes e acessórios p/ máquinas de process. de dados 163,4 55,2 -108,2 -66,2% Laminados planos de ferro ou aços 1,0 0,7 -0,3 -29,6% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 1.880 1.145 -735,5 -39,1% Aparelhos eletromec. ou térmicos, de uso doméstico 11,1 5,4 -5,7 -51,4% Tecidos e fibras têxteis, sintéticos ou artificiais 4,4 4,6 0,2 4,5% Bombas e compressores 19,8 4,9 -14,9 -75,5% Tecidos de malha 6,4 4,4 -2,0 -31,5% Máquinas automáticas para proc. de dados 120,7 34,1 -86,6 -71,8% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 19,0 7,0 -12,0 -63,0% Aparelhos transmissores/receptores de telefonia celular 103,9 242,4 138,5 133,3% Aparelhos de ar condicionado 16,4 5,8 -10,5 -64,4% Fonte: AliceWeb/MDIC (1) Mundo exceto China ** Variação superior a 1000% 04 ParticipaçãoParticipaçãoParticipaçãoParticipação Diferença (China-Mundo)Diferença (China-Mundo)Diferença (China-Mundo)Diferença (China-Mundo) US$ milhõesUS$ milhõesUS$ milhõesUS$ milhões US$/KgUS$/KgUS$/KgUS$/Kg Pauta de Produtos ManufaturadosPauta de Produtos ManufaturadosPauta de Produtos ManufaturadosPauta de Produtos Manufaturados Jan a Mar de 2015Jan a Mar de 2015Jan a Mar de 2015Jan a Mar de 2015 Pauta de Produtos ManufaturadosPauta de Produtos ManufaturadosPauta de Produtos ManufaturadosPauta de Produtos Manufaturados
  6. 6. EQUIPE TÉCNICA Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP | Presidente: Paulo Skaf Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior – DEREX | Diretor Titular: Thomaz Zanotto | Gerente: Magaly M. Menezes Área de Negociações Internacionais e Estudos de Comércio Exterior | Coordenador: José Luiz Pimenta Jr. Equipe: Fernando Marques, Juliana Pucci, Laura Gonçalves Bilbao, Vinícius Santos, Clarice Tambelli, Bernardo Hernandez, Bruno Freire. Endereço: Av. Paulista, 1313, 4º andar – São Paulo/SP – 01311-923 | Telefone: (11) 3549-4836 / 4627 | Fax: (11) 3549-4730.

×