PORTO COMPETITIVO

1.789 visualizações

Publicada em

Um panorama da situação dos portos no Brasil

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.789
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
161
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PORTO COMPETITIVO

  1. 1. PORTO COMPETITIVO<br />José Roberto Correia Serra<br />Diretor Presidente<br />6º Encontro de Logística eTransportes<br />
  2. 2. O QUE PENSAM <br />DO PORTO DE SANTOS<br />
  3. 3. 1 - O QUE PENSAM DO PORTO DE SANTOS<br />Porto de Santos estabelece novo recorde no 1°Tri/11<br />26/04/2011 – Fator Brasil<br />A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) recebeu, em novembro, a certificação de implantação do ISPS Code, código de segurança da Organização Marítima Internacional<br />15/12/2010 – Caisporto.com<br />Governo e setor privado vão investir US$ 2 bi em Santos<br />17/02/2009 - Valor Econômico<br />A Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP) planeja descentralizar suas atividades utilizando o modelo implantado no Porto de Santos<br />04/01/2011 - A Tribuna <br />Porto de Santos: movimentação recorde em janeiro reafirma crescimento sustentado<br />01/03/2011 – Fator Brasil<br />
  4. 4. 1 - O QUE PENSAM DO PORTO DE SANTOS<br />Porto de Santos em boa fase<br />10/06/2011 - Diário da Manhã (GO)<br />Porto de Santos:Tecondi e ADM lideram em eficiência<br />14/12/2010 – Valor Econômico<br />Empresas e governo investem cerca de R$ 40 bilhões em portos<br />02/07/2010 – www.ig.com.br<br />Em entrevista ao iG, ministro descarta apagão portuário. Especialistas avaliam que setor precisará de cerca de R$ 54 bilhões<br />Porto de Santos tem crescimento no bimestre, aumento de 0,7%<br />29/03/2011 - Fator Brasil<br />Porto de Santos vai triplicar de tamanho em 15 anos<br />02/02/2011 – www.r7.com<br />Ranking coloca o Porto de Santos entre os piores do Brasil<br />29/07/2007 - Estado de S.Paulo<br />Novo sistema BDCC fornece mais segurança ao Porto de Santos<br />05/10/2010 – Cargo news<br />
  5. 5. 1 - O QUE PENSAM DO PORTO DE SANTOS<br />Documentação errada causa 24% dos atrasos<br />23/03/2011 - A Tribuna <br />Safra de grãos deve trazer 6 meses de caos no trânsito<br />13/03/2011 - A Tribuna <br />Fragilidades no acesso terrestre e marítimo lhe renderam o título de quarto pior porto do Brasil, com nota 5,7, segundo ranking elaborado pelo Centro de Logística da Coppead/UFRJ<br />Ranking coloca o Porto de Santos entre os piores do Brasil<br />29/07/2007 - Estado de S.Paulo<br />Porto de Santos não acompanha demanda<br />12/01/2011 - O Estado do Paraná<br />Bastam quatro embarcações no cais para o caos se instalar<br />pedem agilidade na fiscalização<br />28/01/2008 - A Tribuna<br />Os procedimentos de fiscalização das mercadorias também surgem como um dos entraves para a plena ??abertura?? do Porto de Santos, segundo exportadores e importadores que utilizam o complexo<br />
  6. 6. 1 - O QUE PENSAM DO PORTO DE SANTOS<br />
  7. 7. 1 - O QUE PENSAM DO PORTO DE SANTOS<br />Baixa eficiência no transporte de cargas<br />Problemas Identificados<br />Principais Causas Primárias<br />Desequilíbrio na matriz de transportes<br />Logística e Auditoria Inadequadas<br />Deficiência em<br />Infraestrutura<br />e Suporte<br />Rotas Inseguras<br /><ul><li>Baixos preços do frete rodoviário
  8. 8. Poucas alternativas de modais
  9. 9. Barreiras à intermodalidade
  10. 10. Priorização do modal rodoviário
  11. 11. Regulamentação do Transporte
  12. 12. Legislação Tributária e Incentivos Fiscais
  13. 13. Ineficiência de Auditoria
  14. 14. Burocracia
  15. 15. Banco de Dados para o Setor de Transporte
  16. 16. Tecnologia da Informação
  17. 17. Terminais multimodais
  18. 18. Deficiência de infra-estrutura em modais mais econômicos
  19. 19. Roubo de cargas
  20. 20. Manutenção das vias</li></ul>Principais Causas Secundárias<br />Fonte: Banco Mundial e COPPEAD (UFRJ)<br />
  21. 21. QUEM SOMOS NO CENÁRIO NACIONAL<br />
  22. 22. 2 - QUEM SOMOS NO CENÁRIO NACIONAL<br />Maior Porto do Brasil<br />Crescimento constante<br />
  23. 23. QUEM SOMOS NO CENÁRIO MUNDIAL<br />
  24. 24. 2 - QUEM SOMOS NO CENÁRIO MUNDIAL<br />61°em 2007<br />para 41° em 2010<br />Fonte: Estudo do Banco Mundial – Connecting to Compete 2010 - Trade Logistics in the Global Economy <br />
  25. 25. Ranking<br />PORTOS LÍDERES 2010<br />2 - QUEM SOMOS NO CENÁRIO MUNDIAL<br />
  26. 26. O QUE QUEREMOS SER<br />
  27. 27. ATUALIZAÇÕES TECNOLÓGICAS<br /> 3 - O QUE QUEREMOS SER<br />Cabeços Duplos de Amarração<br />Dragagem de Aprofundamento<br />Rebocador Azimutal<br />TWIN SPREADER<br />Defensas Inteligentes<br />
  28. 28. ATUALIZAÇÕES TECNOLÓGICAS<br /> 3 - O QUE QUEREMOS SER<br />Vagão Tipo “Double Deck”<br />
  29. 29. REFERÊNCIA EM MOVIMENTAÇÃO<br /> 3 - O QUE QUEREMOS SER<br /> 2011 2014 2019 2024<br /> 103,0 121,3 168,3 229,7<br />
  30. 30. REFERÊNCIA EM MOVIMENTAÇÃO<br /> 3 - O QUE QUEREMOS SER<br />
  31. 31. REFERÊNCIA EM MOVIMENTAÇÃO<br /> 3 - O QUE QUEREMOS SER<br />PREVENDO UM FUTURO DE CRESCIMENTO<br />DEMANDA PREVISTA<br />CAPACIDADE INSTALADA<br />Fonte: The Louis Berger Group, Inc. e InternaveEngenharia<br />
  32. 32. O QUE TEMOS QUE FAZER<br />
  33. 33. 4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />METAS DE PRODUTIVIDADE NO ARRENDAMENTO<br />LEI 8630/93 <br />SIMPLIFICAR A REGULAMENTAÇÃO/REGULAÇÃO<br />LEI 8666/93<br />FACILITAR/SIMPLIFICAR<br />AUTONOMIA DAS AUTORIDADES PORTUÁRIA<br />
  34. 34. CONTROLE TOTAL<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />Controle em TERRA<br />Carga Inteligente<br />Controle do PORTO<br />Atualização Tecnológica da Infraestrutura Portuária<br />Controle nas vias AQUAVIÁRIAS<br />VTMIS<br />
  35. 35. 4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />Terminal 12A<br />Investimentos: US$ 62 milhões - Arrendatário<br />NST – Suco de Laranja e Celulose<br />Investimentos: US$ 41 milhões - Arrendatário<br />NOVOS TERMINAIS <br />Total Investimentos<br />US$ 1.77 Bilhão<br />INVESTIMENTOS PRIVADOS<br />TECONDI - Ampliação (Terminal Contêiner) Investimentos: US$ 103 milhões - Arrendatário<br />Brasil Terminal Portuário - BTP<br />(Contêiner / GranelLíquido)<br />Investimentos: US$ 890 milhões - Arrendatário<br />Embraport<br />Investimentos: US$ 670 milhões<br />
  36. 36. 4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />Dragagem 15 metros <br />Investimentos: US$ 125 milhões – PAC<br />DRAGAGEM/DERROCAGEM/ REMOÇÃO- PAC<br />Total Investimentos<br />US$ 283 Milhões<br />Remoção(AisGiorgis)<br />Investimentos: US$ 16 milhões - PAC<br />INVESTIMENTOS PÚBLICOS<br />Derrocagem(Teffé / Itapema)<br />Investment: US$ 11 milhões - PAC<br />Aprofundamento do Canal para 17 Metros<br />Investimentos: US$ 109 milhões – PAC<br />MonitoramentoAmbiental de Dragagem<br />Investimentos: US$ 22 milhões – PAC<br />
  37. 37. 4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />Construção de novosBerços - Alamoa<br />Investimentos: US$ 45 Milhões - PAC<br />Reforço de BerçosTerminais - Alamoa<br />Investimentos: US$ 33 Milhões - PAC<br />INVESTIMENTOS PÚBLICOS<br />Novo Terminal de GranéisLíquidosnaIlhaBarnabé<br />Investimentos: US$ 94 Milhões - PAC<br />Reforço de Berços –Terminal IlhaBarnabé<br />Investimentos: US$ 33 Milhões - PAC<br />CONSTRUÇÃO E REFORÇO DE BERÇOS - PAC<br />Total Investimentos<br />US$ 364 Milhões<br />Reforço de Berços - Armazens - 12A - 23 Investimentos: US$ 159 Milhões - PAC<br />
  38. 38. 4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />Av Perimetral - M Direita 1ª Fase<br />Investimentos: US$ 75 Milhões - PAC<br />Mergulhão do Valongo<br />Investimentos: US$ 167 Milhões - PAC<br />ACESSO- PAC<br />Total Investimentos<br />US$ 544 Milhões<br />Av Perimetral - M Esquerda 1ª Fase<br />Investimentos: US$ 44 Milhões - PAC<br />INVESTIMENTOS PÚBLICOS<br />Av Perimetral - M Esquerda 2ª Fase<br />Investimentos: US$ 190 Milhões - PAC<br />Av Perimetral - M Direita 2ª Fase<br />Investimentos: US$ 35 Milhões - PAC<br />M Direita 2ª Fase– Macuco/Ponta da Praia<br />Investimentos: US$ 33 Milhões - PAC<br />
  39. 39. 4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />TERMINAL DE PASSAGEIROS PAC<br />Investimentos<br />US$ 219 Milhões<br />INVESTIMENTOS PÚBLICOS<br />
  40. 40. INVESTIMENTOS EM PROCESSAMENTO<br />INVESTIMENTOS EM ANÁLISE<br />Total Investimentos<br />US$ 1.55 Bilhão<br />INVESTIMENTOS PRIVADOS<br />Terminal de Contêiner<br />Conceiçãozinha/Prainha/Libra<br />Investimentos: US$ 1.1 bilhão<br />Terminal Multi UsoSaboó<br />Investimentos: US$ 125 milhões<br />Terminal de Passageiros<br />Investimentos: US$ 330 milhões<br />
  41. 41. 4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />INVESTIMENTOS PÚBLICO/PRIVADO<br />US$4,75 Bilhões<br />
  42. 42. 4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />INVESTIMENTOS EM ANÁLISE<br />US$ 3,0 Bilhões<br />
  43. 43. SEGURANÇA DA NAVEGAÇÃO<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />VTMIS<br />
  44. 44. GESTÃO DE TRÁFEGO<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />
  45. 45. SIMPLIFICAR PROCESSOS<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />26 INTERVENIENTES<br />CONCENTRADOR DE<br />DADOS<br />FONTE: SEP /PR<br />
  46. 46. MUDANÇAS NA MATRIZ DE TRANSPORTES<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />MUDANÇA DA MATRIZ DE TRANSPORTES<br />R$ 290,3 BILHÕES<br />EM INVESTIMENTOS PARA INTERCONECTAR PORTOS, AERPORTOS, RODOVIAS, FERROVIAS E TRANSPORTE FLUVIAL<br />Rodovias<br />Ferrovias<br />Dutovias<br />Aeroportos<br />Marítimo + Fluvial<br />Fonte: PLano Nacional de Logística e Transportes – PNLT<br />Centro de Excelência em Engenharia de Transportes (CENTRAN), Ministério dos Transportes – e Ministério da Defesa – MD<br />
  47. 47. PONTE/TÚNEL<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />
  48. 48. CABOTAGEM<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />PORTO DE SANTOS -CONTÊINER DE CABOTAGEM<br />
  49. 49. PROJETO PROPOSTO - ZAL<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />
  50. 50. ESTUDO DO COMPLEXO HIDROVIÁRIO<br />4 - O QUE TEMOS QUE FAZER<br />
  51. 51. PORTO COMPETITIVO<br />José Roberto Correia Serra<br />Diretor Presidente<br />Obrigado!<br />6º Encontro de Logística eTransportes<br />

×