Comitê da Bacia Hidrográfica
       do Alto Tietê
        - CBH-AT –

       CIESP – 14/04/2010
CARACTERIZAÇÃO DA BACIA
                DO ALTO TIETÊ
A Bacia Hidrográfica do AT localiza-se na região
sudeste do Estado d...
CARACTERIZAÇÃO DA
             BACIA DO ALTO TIETÊ



A Bacia do AT divide-se em seis sub-regiões
hidrográficas: Tietê-Cab...
3° - SCBH-JC
       3°- SCBH-JC
        22.10.1997
         22.10.1997




5° - SCBH-PP
5°- SCBH-PP
 15.09.1998           ...
Plenária
                      Estado       Municípios         Sociedade Civil
                   17 membros      17 membr...
Instrumentos da gestão do CBH-AT:

 Relatório de Situação 2009

 Plano de Bacia 2008-2011 (PBAT)

 Cobrança de uso da água...
A disponibilidade hídrica superficial
              (PBAT):
 É crítica
 Fortemente a presença de conflitos pelo
 uso da ág...
A disponibilidade hídrica


Usos e Demandas

Demandas: de acordo com o Plano Estadual de Recurso
Hídrico (PERH 2004-2007) ...
Captação Superficial
                                               ( Qtotal = 67,9 m³/s )

                              ...
A disponibilidade hídrica subterrânea
               (PBAT):
O uso é significativo: 10 m3/s, aproximadamente
As estimativa...
Captação Subterrânea
                                                          ( Qtotal = 6,0m³/s )
                      ...
Lançamento Superficial
                                                           ( Qtotal = 74,2 m³/s )
                 ...
MANANCIAIS: REVERSÕES ATUAIS
                                Reversão 31,3 m3/s do Sistema Cantareira - PCJ




          ...
CBH-AT
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Workshop Água - Maria Emília

1.089 visualizações

Publicada em

"Disponibilidade de Água para o Setor Produtivo"
14 de abril de 2010

No edifício sede da Fiesp
São Paulo - SP


Apresentação de Maria Emília Botelho
Secretária Executiva do Comitê do Alto Tietê

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.089
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Workshop Água - Maria Emília

  1. 1. Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê - CBH-AT – CIESP – 14/04/2010
  2. 2. CARACTERIZAÇÃO DA BACIA DO ALTO TIETÊ A Bacia Hidrográfica do AT localiza-se na região sudeste do Estado de São Paulo. Suas nascentes localizam-se na divisa dos municípios de Salesópolis e Paraibuna e a bacia estende-se até a barragem do Reservatório de Pirapora abrangendo uma área de drenagem de 5.868 km², que inclui a Bacia do Rio Pinheiros e os reservatórios Billings, Rio Grande, Rio das Pedras, Ribeirão do Campo, Ponte Nova, Paraitinfga, Biritiba, Jundiaí, taiaçupeba, Pedro Beicht, Cachoeira da Graça, Juqueri (ou Paiva Castro), Edgard de Souza, Pirapora, Águas Claras e Guarapiranga.
  3. 3. CARACTERIZAÇÃO DA BACIA DO ALTO TIETÊ A Bacia do AT divide-se em seis sub-regiões hidrográficas: Tietê-Cabeceira, Billings- Tamanduateí, Penha-Pinheiros, Cotia- Guarapiranga, Juqueri-Cantareira e Pinheiros- Pirapora.
  4. 4. 3° - SCBH-JC 3°- SCBH-JC 22.10.1997 22.10.1997 5° - SCBH-PP 5°- SCBH-PP 15.09.1998 1° - SCBH-TC 1°- SCBH-TC 15.09.1998 22.09.1997 22.09.1997 2° - SCBH-CG 2°- SCBH-CG 4° - SCBH-BT 4°- SCBH-BT 28.09.1997 28.09.1997 17.12.1997 17.12.1997
  5. 5. Plenária Estado Municípios Sociedade Civil 17 membros 17 membros 17 membros DIRETORIA - Presidente ( Município ) Agência de Bacia - Vice-Presidente ( Sociedade Civil ) FABHAT - Secretario Executivo ( Estado ) - Secretario Executivo Adjunto (Estado) Sub-Comitês CBH-PP / CBH- JC / CBH-BT CBH- CG / CBH-TC CT-PG Planejamento e Gestão CT-DRO CT-AS CT-SA Águas Saneamento Drenagem GT-PB GT-COB GT-AP GT-Leis Subterrâneas Ambiental Cobrança Acompa/o Leis Plano de Projeto Específicas Bacias
  6. 6. Instrumentos da gestão do CBH-AT: Relatório de Situação 2009 Plano de Bacia 2008-2011 (PBAT) Cobrança de uso da água (em implantação)
  7. 7. A disponibilidade hídrica superficial (PBAT): É crítica Fortemente a presença de conflitos pelo uso da água Considerando o tamanho e a complexidade da bacia, a busca de soluções alternativas é mais complexa e levará a maiores dispêndios financeiros e de gestão difícil
  8. 8. A disponibilidade hídrica Usos e Demandas Demandas: de acordo com o Plano Estadual de Recurso Hídrico (PERH 2004-2007) as demandas segmentadas por uso estão estimadas em: Abastecimento público: 68,5m³/s Industrial: 14,3 m³/s Uso Agrícola: 3,6 m³/s Total 86,4 m³/s
  9. 9. Captação Superficial ( Qtotal = 67,9 m³/s ) 0% 1% 13% 2% 1% 32% 35 33,406 30 1% 25 50% 21,765 20 Legenda: Cabeceiras 15 Billings - Tamanduateí Penha – Pinheiros 10 8,465 Cotia – Guarapiranga Pinheiros – Pirapora 5 Juqueri – Cantareira 1,544 0,862 0,822 0,444 0,145 Sem coordenadas 0 Fonte: Engecorps
  10. 10. A disponibilidade hídrica subterrânea (PBAT): O uso é significativo: 10 m3/s, aproximadamente As estimativas de recarga parecem permitir ampliação do uso até aproximadamente 15 m3/s Não há gestão de água subterrânea efetiva na bacia do AT Precisa-se garantir que os usuários permanecerão usando água subterrânea, porém existe risco de: rebaixamento de nível; contaminação; e aumento do custo de energia elétrica para explotação.
  11. 11. Captação Subterrânea ( Qtotal = 6,0m³/s ) 20% 34% 1% 6% 4% 1,984 2 5% 16% 14% 1,194 Legenda: Q (m³/s) 1 0,941 Cabeceiras 0,850 Billings - Tamanduateí Penha – Pinheiros Cotia – Guarapiranga 0,384 Pinheiros – Pirapora 0,281 0,261 Juqueri – Cantareira 0,072 Sem coordenadas 0 Fonte: Engecorps
  12. 12. Lançamento Superficial ( Qtotal = 74,2 m³/s ) 0,0% 4,2% 0,6% 8,3% 0,4% 26,9% 35 33,477 45,1% 30 14,4% 25 19,939 20 Legenda: Q³(m3/s) Cabeceiras 15 Billings - Tamanduateí 10,706 Penha – Pinheiros 10 Cotia – Guarapiranga 6,119 Pinheiros – Pirapora 5 Juqueri – Cantareira 3,149 Sem coordenadas 0,322 0,439 0,014 0 Fonte: Engecorps
  13. 13. MANANCIAIS: REVERSÕES ATUAIS Reversão 31,3 m3/s do Sistema Cantareira - PCJ Reversão 0,3 m3/s do Rio Guaratuba Reversão 15 m3/s da Billings para Henry Borden Reversão 1 m3/s Rio Capivari para Guarapiranga
  14. 14. CBH-AT

×