SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas Águas
Ano 7 • nº1385
Julho/2013
Acesso à água gera mudanças
positivas na vida das agricultoras
A vida de Antonia Nonato Pereira,
46, a exemplo de muitas outras mulheres
rurais é marcada pelo trabalho agrícola
desde a infância, pelo casamento no
início da juventude, dedicação aos
afazeres domésticos e cuidado com
os/as filhos/as e o marido, de quem
atualmente é separada.
Na comunidade de Santa Tereza,
município de Ibiapina-Ceará onde reside,
testemunhou desde cedo a luta de sua
mãe Francisca Cândida para criar sozinha
oito filhos/as e com ela aprendeu a
cultivar o roçado, capinar, fazer farinha,
tirar leite de vaca, cortar lenha, entre
outras atividades, habituando-se a uma
rotina de muito trabalho.
Ultimamente, exerce a função de zeladora na escola da comunidade de modo que seu
dia começa às cinco da manhã quando acorda, prepara o café, e às seis já está no colégio
cuidando da limpeza. Entretanto, não se desvinculou do trabalho agrícola e todo ano
produz no roçado junto à família, “[...] faz parte do costume, eu gosto [...]”, afirma.
Acesso à água
Há três anos tornou-se beneficiária da cisterna de placas que armazena água da chuva
para consumo humano. Um ano depois soube de um programa que construía outra
cisterna com a finalidade de acumular água para produzir, o P1+2 (Programa Uma Terra e
Duas Águas). Daí então procurou meios de adquiri-la e disseram a ela que não se adequava
aos critérios por não ser agricultora.
Insistentemente, buscou provar que merecia e que realmente tinha necessidade e
interesse de produzir, de modo que veio a ser incluída quando um dos cadastrados
desistiu. Após o recebimento, cercou a área ao redor da cisterna e mantém sua unidade
produtiva cultivando uma variedade de culturas: “eu tenho a laranja, o limão, tangerina,
acerola, graviola, a manga, o caju, a ata, a carambola, a pitanga, a goiaba, o milho, o feijão,
a melancia, a mandioca, e abóbora, e mamão, tudo já tem lá dentro [...]”, declara
entusiasmada.
Antes as únicas fruteiras eram um pé de acerola e um de carambola. Produzia cheiro
Ibiapina
Articulação Semiárido Brasileiro – Ceará
verde e cebolinha em canteiros na margem de um rio próximo, mas, seus produtos eram
constantemente roubados. Agora, com água próxima à casa, os canteiros são repletos de
hortaliças em locais cercados e fortalecem a
alimentação da família, “não falta mais verdura,
quando num tem na casa dela ela vem buscar na
minha, e quando falta aqui, vou buscar na casa
dela” declara sua mãe, Francisca, que mora na
casa vizinha.
Antonia fala com orgulho das plantas que
cultiva e dos resultados que já tem obtido apesar
das sucessivas secas dos últimos anos. Conforme
relata, “O verão foi muito puxado para aguar as
coisas e a água tem pouca, talvez tenha um metro
d’água, se tiver mais é pouca coisa” mesmo
assim, suas laranjeiras, pitangueiras e aceroleiras
ainda pequenas, já dão frutos com os quais
prepara sucos para a família.
Cuidados com a unidade produtiva
No processo de aquisição das cisternas, Antonia participou
de cursos e intercâmbios que a fizeram mudar de atitude quanto
ao trabalho agrícola. Antes queimava a vegetação hoje, não as
queima e ainda utiliza como cobertura morta para adubar e
fortalecer as outras. Também não usa agrotóxicos no combate a
pragas, para esse fim, costuma usar sabão caseiro na forma
líquida.
Nessa perspectiva de cuidado com o meio ambiente, recicla
garrafas pet para dar forma aos canteiros.
Desde que plantou as mudas cedidas pelo programa, toda
manhã antes de sair para o colégio e à tarde quando chega vai
para o cercado e se volta para a capina, a adubação e a poda.
Essa última prefere fazer durante a lua nova, pois acredita que
favorece o desenvolvimento da planta.
Cuida de todas as etapas de sua produção, “ali eu
mantenho sozinha, trabalhando ali sozinha dentro porque o
menino já trabalha lá com o pai dele”, diz citando o filho que mora
em sua casa com a esposa e o neto. Contente afirma: “enquanto eu for viva, quero zelar, quero
cuidar, quero ver as plantas crescer e ficar debaixo chupando tangerina [...]”.
E assim, o estereótipo da mulher incapaz de dar conta da produção, não se adequa a
Antonia que, vencendo as adversidades, consegue colher os frutos do seu esforço.
Realização Patrocínio
Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas Águas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cadeia produtiva de hortaliças
Cadeia produtiva de hortaliçasCadeia produtiva de hortaliças
Cadeia produtiva de hortaliçasMarcelo Elias
 
Juventude do Campo na Chapada dos Veadeiros: Agroecologia e Sustentabilidade ...
Juventude do Campo na Chapada dos Veadeiros: Agroecologia e Sustentabilidade ...Juventude do Campo na Chapada dos Veadeiros: Agroecologia e Sustentabilidade ...
Juventude do Campo na Chapada dos Veadeiros: Agroecologia e Sustentabilidade ...cerradounb
 
Da simplicidade brota a felicidade
Da simplicidade brota a felicidadeDa simplicidade brota a felicidade
Da simplicidade brota a felicidadeFCVSA
 
Cisterna enxurrada fortalece a produção no quintal de Dona Alice
Cisterna enxurrada fortalece a produção no quintal de Dona AliceCisterna enxurrada fortalece a produção no quintal de Dona Alice
Cisterna enxurrada fortalece a produção no quintal de Dona AliceFCVSA
 
Seu Wilson e o orgulho de ser agricultor visionário e inventor
Seu Wilson e o orgulho de ser agricultor visionário e inventorSeu Wilson e o orgulho de ser agricultor visionário e inventor
Seu Wilson e o orgulho de ser agricultor visionário e inventorFCVSA
 
Água que rega a terra, produz frutos e realiza sonhos
Água que rega a terra, produz frutos e realiza sonhosÁgua que rega a terra, produz frutos e realiza sonhos
Água que rega a terra, produz frutos e realiza sonhosFCVSA
 
Lista Mimirabolantes
Lista MimirabolantesLista Mimirabolantes
Lista MimirabolantesFura Bolha
 
Mandala: círculos de produção pela garantia da sustentabilidade alimentar
Mandala: círculos de produção pela garantia da sustentabilidade alimentarMandala: círculos de produção pela garantia da sustentabilidade alimentar
Mandala: círculos de produção pela garantia da sustentabilidade alimentarFCVSA
 
Festival de receitas sesc
Festival de receitas sescFestival de receitas sesc
Festival de receitas sescrose
 
A Agricultura do nosso Município
A Agricultura do nosso MunicípioA Agricultura do nosso Município
A Agricultura do nosso Municípiocegz
 
Catadoras de mangaba apresentação
Catadoras de mangaba apresentaçãoCatadoras de mangaba apresentação
Catadoras de mangaba apresentaçãodiego_coliveira
 
Apresentação alimentaçao escolar
Apresentação alimentaçao escolarApresentação alimentaçao escolar
Apresentação alimentaçao escolarmerendaescolar
 
Apresentação de proposta de Compostagem Doméstica
Apresentação de proposta de Compostagem DomésticaApresentação de proposta de Compostagem Doméstica
Apresentação de proposta de Compostagem DomésticaAmanda Selivon
 
Agroecologia é construída em família
Agroecologia é construída em famíliaAgroecologia é construída em família
Agroecologia é construída em famíliaFCVSA
 
Casa de Sementes: caminhos para a autonomia
Casa de Sementes: caminhos para a autonomiaCasa de Sementes: caminhos para a autonomia
Casa de Sementes: caminhos para a autonomiaFCVSA
 

Mais procurados (20)

Cadeia produtiva de hortaliças
Cadeia produtiva de hortaliçasCadeia produtiva de hortaliças
Cadeia produtiva de hortaliças
 
Juventude do Campo na Chapada dos Veadeiros: Agroecologia e Sustentabilidade ...
Juventude do Campo na Chapada dos Veadeiros: Agroecologia e Sustentabilidade ...Juventude do Campo na Chapada dos Veadeiros: Agroecologia e Sustentabilidade ...
Juventude do Campo na Chapada dos Veadeiros: Agroecologia e Sustentabilidade ...
 
Da simplicidade brota a felicidade
Da simplicidade brota a felicidadeDa simplicidade brota a felicidade
Da simplicidade brota a felicidade
 
Cisterna enxurrada fortalece a produção no quintal de Dona Alice
Cisterna enxurrada fortalece a produção no quintal de Dona AliceCisterna enxurrada fortalece a produção no quintal de Dona Alice
Cisterna enxurrada fortalece a produção no quintal de Dona Alice
 
Seu Wilson e o orgulho de ser agricultor visionário e inventor
Seu Wilson e o orgulho de ser agricultor visionário e inventorSeu Wilson e o orgulho de ser agricultor visionário e inventor
Seu Wilson e o orgulho de ser agricultor visionário e inventor
 
Água que rega a terra, produz frutos e realiza sonhos
Água que rega a terra, produz frutos e realiza sonhosÁgua que rega a terra, produz frutos e realiza sonhos
Água que rega a terra, produz frutos e realiza sonhos
 
Tarefa 12
Tarefa 12Tarefa 12
Tarefa 12
 
Tarefa 12
Tarefa 12Tarefa 12
Tarefa 12
 
Lista Mimirabolantes
Lista MimirabolantesLista Mimirabolantes
Lista Mimirabolantes
 
Mandala: círculos de produção pela garantia da sustentabilidade alimentar
Mandala: círculos de produção pela garantia da sustentabilidade alimentarMandala: círculos de produção pela garantia da sustentabilidade alimentar
Mandala: círculos de produção pela garantia da sustentabilidade alimentar
 
Festival de receitas sesc
Festival de receitas sescFestival de receitas sesc
Festival de receitas sesc
 
A Agricultura do nosso Município
A Agricultura do nosso MunicípioA Agricultura do nosso Município
A Agricultura do nosso Município
 
Catadoras de mangaba apresentação
Catadoras de mangaba apresentaçãoCatadoras de mangaba apresentação
Catadoras de mangaba apresentação
 
Receitas diferentes
Receitas diferentesReceitas diferentes
Receitas diferentes
 
Apresentação alimentaçao escolar
Apresentação alimentaçao escolarApresentação alimentaçao escolar
Apresentação alimentaçao escolar
 
Apresentação de proposta de Compostagem Doméstica
Apresentação de proposta de Compostagem DomésticaApresentação de proposta de Compostagem Doméstica
Apresentação de proposta de Compostagem Doméstica
 
Banca Organica - Produtos Orgânicos para Coletivos de Consumo
Banca Organica - Produtos Orgânicos para Coletivos de ConsumoBanca Organica - Produtos Orgânicos para Coletivos de Consumo
Banca Organica - Produtos Orgânicos para Coletivos de Consumo
 
Agroecologia é construída em família
Agroecologia é construída em famíliaAgroecologia é construída em família
Agroecologia é construída em família
 
Banca Orgânica
Banca OrgânicaBanca Orgânica
Banca Orgânica
 
Casa de Sementes: caminhos para a autonomia
Casa de Sementes: caminhos para a autonomiaCasa de Sementes: caminhos para a autonomia
Casa de Sementes: caminhos para a autonomia
 

Semelhante a Acesso à água gera mudanças positivas na vida das agricultoras

Aspta.org.br wp content-uploads_2011_05_semente-crioula-cuidar-multiplicar-e-...
Aspta.org.br wp content-uploads_2011_05_semente-crioula-cuidar-multiplicar-e-...Aspta.org.br wp content-uploads_2011_05_semente-crioula-cuidar-multiplicar-e-...
Aspta.org.br wp content-uploads_2011_05_semente-crioula-cuidar-multiplicar-e-...Chrystiano Alves da Costa
 
Seu Evando e uma nova relação com a terra
Seu Evando e uma nova relação com a terraSeu Evando e uma nova relação com a terra
Seu Evando e uma nova relação com a terraFCVSA
 
Escrevendo uma nova história
Escrevendo uma nova históriaEscrevendo uma nova história
Escrevendo uma nova históriaFCVSA
 
Sonhos e speranças são cultivados na Fazenda Carnaúba
Sonhos e speranças são cultivados na Fazenda CarnaúbaSonhos e speranças são cultivados na Fazenda Carnaúba
Sonhos e speranças são cultivados na Fazenda CarnaúbaFCVSA
 
Receitas Aproveitamento Integral Dos Alimentos 04
Receitas Aproveitamento Integral Dos Alimentos 04Receitas Aproveitamento Integral Dos Alimentos 04
Receitas Aproveitamento Integral Dos Alimentos 04tsunamidaiquiri
 
A água que gera a experimentação e a segurança alimentar da família
A água que gera a experimentação e a segurança alimentar da famíliaA água que gera a experimentação e a segurança alimentar da família
A água que gera a experimentação e a segurança alimentar da famíliaFCVSA
 
Três Corações e uma História: Amar a natureza, preservar a vida e o meio ambi...
Três Corações e uma História: Amar a natureza, preservar a vida e o meio ambi...Três Corações e uma História: Amar a natureza, preservar a vida e o meio ambi...
Três Corações e uma História: Amar a natureza, preservar a vida e o meio ambi...carlosrutiele
 
Meu lugar, minha história
Meu lugar, minha históriaMeu lugar, minha história
Meu lugar, minha históriaFCVSA
 

Semelhante a Acesso à água gera mudanças positivas na vida das agricultoras (12)

Aspta.org.br wp content-uploads_2011_05_semente-crioula-cuidar-multiplicar-e-...
Aspta.org.br wp content-uploads_2011_05_semente-crioula-cuidar-multiplicar-e-...Aspta.org.br wp content-uploads_2011_05_semente-crioula-cuidar-multiplicar-e-...
Aspta.org.br wp content-uploads_2011_05_semente-crioula-cuidar-multiplicar-e-...
 
Seu Evando e uma nova relação com a terra
Seu Evando e uma nova relação com a terraSeu Evando e uma nova relação com a terra
Seu Evando e uma nova relação com a terra
 
Escrevendo uma nova história
Escrevendo uma nova históriaEscrevendo uma nova história
Escrevendo uma nova história
 
"De semente em semente" | Quintais Produtivos no Diário de PE
"De semente em semente" | Quintais Produtivos no Diário de PE"De semente em semente" | Quintais Produtivos no Diário de PE
"De semente em semente" | Quintais Produtivos no Diário de PE
 
Sonhos e speranças são cultivados na Fazenda Carnaúba
Sonhos e speranças são cultivados na Fazenda CarnaúbaSonhos e speranças são cultivados na Fazenda Carnaúba
Sonhos e speranças são cultivados na Fazenda Carnaúba
 
Receitas Aproveitamento Integral Dos Alimentos 04
Receitas Aproveitamento Integral Dos Alimentos 04Receitas Aproveitamento Integral Dos Alimentos 04
Receitas Aproveitamento Integral Dos Alimentos 04
 
LinhaçA Receita De Saude
LinhaçA Receita De SaudeLinhaçA Receita De Saude
LinhaçA Receita De Saude
 
A água que gera a experimentação e a segurança alimentar da família
A água que gera a experimentação e a segurança alimentar da famíliaA água que gera a experimentação e a segurança alimentar da família
A água que gera a experimentação e a segurança alimentar da família
 
Três Corações e uma História: Amar a natureza, preservar a vida e o meio ambi...
Três Corações e uma História: Amar a natureza, preservar a vida e o meio ambi...Três Corações e uma História: Amar a natureza, preservar a vida e o meio ambi...
Três Corações e uma História: Amar a natureza, preservar a vida e o meio ambi...
 
LinhaçA Fonte De Saude
LinhaçA Fonte De SaudeLinhaçA Fonte De Saude
LinhaçA Fonte De Saude
 
Meu lugar, minha história
Meu lugar, minha históriaMeu lugar, minha história
Meu lugar, minha história
 
20.cana agrofloresta
20.cana agrofloresta20.cana agrofloresta
20.cana agrofloresta
 

Último

Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 

Último (20)

Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 

Acesso à água gera mudanças positivas na vida das agricultoras

  • 1. Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas Águas Ano 7 • nº1385 Julho/2013 Acesso à água gera mudanças positivas na vida das agricultoras A vida de Antonia Nonato Pereira, 46, a exemplo de muitas outras mulheres rurais é marcada pelo trabalho agrícola desde a infância, pelo casamento no início da juventude, dedicação aos afazeres domésticos e cuidado com os/as filhos/as e o marido, de quem atualmente é separada. Na comunidade de Santa Tereza, município de Ibiapina-Ceará onde reside, testemunhou desde cedo a luta de sua mãe Francisca Cândida para criar sozinha oito filhos/as e com ela aprendeu a cultivar o roçado, capinar, fazer farinha, tirar leite de vaca, cortar lenha, entre outras atividades, habituando-se a uma rotina de muito trabalho. Ultimamente, exerce a função de zeladora na escola da comunidade de modo que seu dia começa às cinco da manhã quando acorda, prepara o café, e às seis já está no colégio cuidando da limpeza. Entretanto, não se desvinculou do trabalho agrícola e todo ano produz no roçado junto à família, “[...] faz parte do costume, eu gosto [...]”, afirma. Acesso à água Há três anos tornou-se beneficiária da cisterna de placas que armazena água da chuva para consumo humano. Um ano depois soube de um programa que construía outra cisterna com a finalidade de acumular água para produzir, o P1+2 (Programa Uma Terra e Duas Águas). Daí então procurou meios de adquiri-la e disseram a ela que não se adequava aos critérios por não ser agricultora. Insistentemente, buscou provar que merecia e que realmente tinha necessidade e interesse de produzir, de modo que veio a ser incluída quando um dos cadastrados desistiu. Após o recebimento, cercou a área ao redor da cisterna e mantém sua unidade produtiva cultivando uma variedade de culturas: “eu tenho a laranja, o limão, tangerina, acerola, graviola, a manga, o caju, a ata, a carambola, a pitanga, a goiaba, o milho, o feijão, a melancia, a mandioca, e abóbora, e mamão, tudo já tem lá dentro [...]”, declara entusiasmada. Antes as únicas fruteiras eram um pé de acerola e um de carambola. Produzia cheiro Ibiapina
  • 2. Articulação Semiárido Brasileiro – Ceará verde e cebolinha em canteiros na margem de um rio próximo, mas, seus produtos eram constantemente roubados. Agora, com água próxima à casa, os canteiros são repletos de hortaliças em locais cercados e fortalecem a alimentação da família, “não falta mais verdura, quando num tem na casa dela ela vem buscar na minha, e quando falta aqui, vou buscar na casa dela” declara sua mãe, Francisca, que mora na casa vizinha. Antonia fala com orgulho das plantas que cultiva e dos resultados que já tem obtido apesar das sucessivas secas dos últimos anos. Conforme relata, “O verão foi muito puxado para aguar as coisas e a água tem pouca, talvez tenha um metro d’água, se tiver mais é pouca coisa” mesmo assim, suas laranjeiras, pitangueiras e aceroleiras ainda pequenas, já dão frutos com os quais prepara sucos para a família. Cuidados com a unidade produtiva No processo de aquisição das cisternas, Antonia participou de cursos e intercâmbios que a fizeram mudar de atitude quanto ao trabalho agrícola. Antes queimava a vegetação hoje, não as queima e ainda utiliza como cobertura morta para adubar e fortalecer as outras. Também não usa agrotóxicos no combate a pragas, para esse fim, costuma usar sabão caseiro na forma líquida. Nessa perspectiva de cuidado com o meio ambiente, recicla garrafas pet para dar forma aos canteiros. Desde que plantou as mudas cedidas pelo programa, toda manhã antes de sair para o colégio e à tarde quando chega vai para o cercado e se volta para a capina, a adubação e a poda. Essa última prefere fazer durante a lua nova, pois acredita que favorece o desenvolvimento da planta. Cuida de todas as etapas de sua produção, “ali eu mantenho sozinha, trabalhando ali sozinha dentro porque o menino já trabalha lá com o pai dele”, diz citando o filho que mora em sua casa com a esposa e o neto. Contente afirma: “enquanto eu for viva, quero zelar, quero cuidar, quero ver as plantas crescer e ficar debaixo chupando tangerina [...]”. E assim, o estereótipo da mulher incapaz de dar conta da produção, não se adequa a Antonia que, vencendo as adversidades, consegue colher os frutos do seu esforço. Realização Patrocínio Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas Águas