PRODUCCIÓN SOSTENIBLE DE ALGODÓN Y EL SUELO COMO BASE PARA SU
DESARROLLO
17, 18 y 19 noviembre 2015, Santiago, Chile
SISTE...
➢Declínio da Produção produção
algodoeira EUA
➢Nordeste
➢1976 => 3.248 milhões de ha
➢Base da economia
➢Campina Grande => ...
Algodão Mocó
➢Arbóreo
➢Algodão de fibra longa
➢Baixa produtividade
➢Perene
SANBRA
Sociedade algodoeira do
Nordeste Brasileiro
Escritório e depósito da SANBRA em Campina Grande em 1957
As companhias...
A primeira marca de óleo de caroço de algodão lançada no Brasil,
em 1929, foi a Salada, da Sanbra – Sociedade Algodoeira d...
O Império do Algodão em meados da década de 40 (Ingá-PB)
“Eles compravam em Juarez, Itatuba, Mogeiro (...).Aqui foi uma jo...
MARGARINA VEGETAL SAÚDE: Era produzida (em tablete e
lata) pela empresa Anderson, Clayton & Cia. Ltda (fundada nos anos
30...
Demosthenes Barbosa & CIA.
Foi fundada por Demosthenes de Souza Barbosa, nascido em Surubim
- PE em 1866, mas que por rece...
Algodoeira “Araújo Rique & Cia”
A empresa “Araújo Rique” foi uma das grandes incentivadoras do
ciclo do algodão em Campina...
Algodão e o progresso
São Mamede – PB (Década de 80)
Fonte: http://colocidade.blogspot.com.br/2014/05/sao-mamede-60-anos-o...
11
Histórico
12
Histórico
13
Histórico
Semiárido
➢700 mm/ano
➢Baixa produtividade
- 500 a 1.200 kg/ha
➢Pequena propriedade
10 há em média
➢Algodão herbáceo
➢Algo...
QUAIS SÃO
ELEMENTOS/PRÁTICAS MAIS
RELEVANTES PARA ALCANZAR
LA SOSTENIBILIDAD EN LA
PRODUCCIÓN DE ALGODÓN EN
PEQUEÑAS ÁREAS...
NICHOS DE MERCADO
➢Certificado
➢Não utiliza: Adubo
Químico, Inseticidas,
Herbicidas, Fungicidas
➢Mão-de-obra familiar
➢ Co...
18
Algodão Colorido
História do Algodão Orgânico Brasil
1993/94 2002/03 2005 2008 2014
Tauá – CE
ESPLAR
Algodão
7 MH
Sertão
Central – CE
ESPLA...
NICHOS DE MERCADO
Algodão de fibra longa
22
AGREGAÇÃO DE VALOR
23
AGREGAÇÃO DE VALOR
Algodão Convencional
100 kg de algodão em rama
X R$ 1,00
Total = R$ 100,00
(U$ 25,77)
Algodão Convencional
em pluma
40 kg de pluma
X R$ 4,66
R$ 186,40 (U$ 49,05)
60 kg de caroço
X R$ 1,00
R$ 60,00 (U$ 15,79)
...
Algodão Branco Orgânico
Certificado
40 kg de pluma
X R$ 8,50
R$ 340,00 (U$ 89,47)
60 kg de caroço
X R$ 1,50
R$ 90,00 (U$ 2...
Algodão colorido Orgânico
Certificado
40 kg de pluma
X R$ 10,00
R$ 400,00 (U$ 105,26)
60 kg de caroço
X R$ 1,50
R$ 90,00 (...
• R$ 100,00 (U$ 25,77)ALGODÃO
CONVENCIONAL
• R$ 246,40 (U$ 64,84)ALGODÃO
CONVENCIONAL EM
PLUMA
• R$ 430,00 (U$ 113,15)ALGO...
29
DIVERSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES
30
ORGANIZAÇÃO DOS AGRICULTORES
31
Autonomia
Contrato de venda
32
Assistência Técnica
POLÍTICAS PUBLICAS
33
➢Destinados a ações de
alimentação empreendidas
por entidades da rede
socioassistencial;
➢Restaurantes Populares,
Cozin...
34
O Programa Nacional de Alimentação
Escolar – PNAE
A Lei nº 11.947, de 16 de junho de
2009, determina que no mínimo
30% ...
35
POLÍTICAS PUBLICAS
Garantia-Safra
Lei 10.420 de 10 de abril de
2002
Institui o Benefício Garantia
Safra com o objetivo ...
Gracias
felipe.guimaraes@embrapa.br
+55 (83) 3182 4300
www.embrapa.br/algodao
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistemas integrados de producción: elementos/prácticas más relevantes para alcanzar la sostenibilidad en la producción de algodón en pequeñas áreas - Presentación Felipe Macedo Guimarães, Embrapa Algodão, Brasil.

428 visualizações

Publicada em

Presentación del Sr. Felipe Macedo Guimarães, en el marco del Taller Regional: Producción sostenible de algodón y el suelo como base para su desarrollo, realizado del 17 al 19 de noviembre de 2015, en Santiago de Chile.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
428
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemas integrados de producción: elementos/prácticas más relevantes para alcanzar la sostenibilidad en la producción de algodón en pequeñas áreas - Presentación Felipe Macedo Guimarães, Embrapa Algodão, Brasil.

  1. 1. PRODUCCIÓN SOSTENIBLE DE ALGODÓN Y EL SUELO COMO BASE PARA SU DESARROLLO 17, 18 y 19 noviembre 2015, Santiago, Chile SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUCCIÓN: ELEMENTOS/PRÁCTICAS MÁS RELEVANTES PARA ALCANZAR LA SOSTENIBILIDAD EN LA PRODUCCIÓN DE ALGODÓN EN PEQUEÑAS ÁREAS Felipe Macedo Guimarães Analista B – SIPTT Embrapa Algodão
  2. 2. ➢Declínio da Produção produção algodoeira EUA ➢Nordeste ➢1976 => 3.248 milhões de ha ➢Base da economia ➢Campina Grande => 2º Maior exportador-1940 ➢Liverpool brasileira História
  3. 3. Algodão Mocó ➢Arbóreo ➢Algodão de fibra longa ➢Baixa produtividade ➢Perene
  4. 4. SANBRA Sociedade algodoeira do Nordeste Brasileiro Escritório e depósito da SANBRA em Campina Grande em 1957 As companhias como a SANBRA tinham uma super-estrutura, com armazéns, prensas, usinas, fabrica de óleo, além de possuir seu próprio parque para armazenagem e industrialização, balanças com a capacidade para pesar um vagão de trem e desvio da linha férrea para o interior do seu parque industrial.
  5. 5. A primeira marca de óleo de caroço de algodão lançada no Brasil, em 1929, foi a Salada, da Sanbra – Sociedade Algodoeira do Nordeste Brasileiro, hoje patrimônio da Bunge Alimentos. SANBRA Sociedade algodoeira do Nordeste Brasileiro
  6. 6. O Império do Algodão em meados da década de 40 (Ingá-PB) “Eles compravam em Juarez, Itatuba, Mogeiro (...).Aqui foi uma joia, pra você ver o plantio superlotado, ficava assim mais de quinhentos carros de algodão no patio, cobertos com aquela lona, para descaroçar”. (Depoimento de morador - 25.11.89) ANDERSON CLAYTON
  7. 7. MARGARINA VEGETAL SAÚDE: Era produzida (em tablete e lata) pela empresa Anderson, Clayton & Cia. Ltda (fundada nos anos 30 para beneficiamento de algodão) que foi adquirida pelo gigantesco grupo inglês/holandês "UNILEVER", em 1986. ANDERSON CLAYTON
  8. 8. Demosthenes Barbosa & CIA. Foi fundada por Demosthenes de Souza Barbosa, nascido em Surubim - PE em 1866, mas que por receio dos ataques do cangaceiro Antônio Silvino, veio a se radicar em Campina Grande, quando se firmou como comerciante de couros e peles; algodão; fazendas e gados. (Acervo de Edival Toscano Varandas - Revista O Cruzeiro 1938)
  9. 9. Algodoeira “Araújo Rique & Cia” A empresa “Araújo Rique” foi uma das grandes incentivadoras do ciclo do algodão em Campina Grande, época da maior prosperidade da Rainha da Borborema. (Acervo de Edival Toscano Varandas - Revista O Cruzeiro - Dezembro 1938)
  10. 10. Algodão e o progresso São Mamede – PB (Década de 80) Fonte: http://colocidade.blogspot.com.br/2014/05/sao-mamede-60-anos-o-algodao-de-sao.html Além da concorrência com o Estado de São Paulo, surgiram outras firmas compradoras de algodão no interior paraibano, que não dependiam da estrada de ferro já que a estrada de rodagem, exemplo Br-230 e Br-104, funcionavam e nelas trafegavam caminhões que cortavam todo o interior da Paraíba.
  11. 11. 11 Histórico
  12. 12. 12 Histórico
  13. 13. 13 Histórico
  14. 14. Semiárido ➢700 mm/ano ➢Baixa produtividade - 500 a 1.200 kg/ha ➢Pequena propriedade 10 há em média ➢Algodão herbáceo ➢Algodão arbóreo quase extinto ➢Agricultura familiar
  15. 15. QUAIS SÃO ELEMENTOS/PRÁTICAS MAIS RELEVANTES PARA ALCANZAR LA SOSTENIBILIDAD EN LA PRODUCCIÓN DE ALGODÓN EN PEQUEÑAS ÁREAS???
  16. 16. NICHOS DE MERCADO ➢Certificado ➢Não utiliza: Adubo Químico, Inseticidas, Herbicidas, Fungicidas ➢Mão-de-obra familiar ➢ Comercialização Garantida ➢ Mercado Justo Algodão orgânico branco e colorido
  17. 17. 18
  18. 18. Algodão Colorido
  19. 19. História do Algodão Orgânico Brasil 1993/94 2002/03 2005 2008 2014 Tauá – CE ESPLAR Algodão 7 MH Sertão Central – CE ESPLAR Diaconia RN e PE 7 MH 97 famílias 7 ton Embrapa/COEP Arribaça, AS-PTA,Patac Juarez Távora Remígio-PB Algodões Coloridos 25 famílias Projeto Algodão em Cons. Agroec. PDHC Embrapa/ Esplar PB/ RN/ PE/ CE 350 famílias BRS Aroeira 2007 Ceará Esplar ADEC 8H 245 agricultores 45 ton RN/ PB/ CE/ PE/ PI 700 famílias 70 ton
  20. 20. NICHOS DE MERCADO Algodão de fibra longa
  21. 21. 22 AGREGAÇÃO DE VALOR
  22. 22. 23 AGREGAÇÃO DE VALOR
  23. 23. Algodão Convencional 100 kg de algodão em rama X R$ 1,00 Total = R$ 100,00 (U$ 25,77)
  24. 24. Algodão Convencional em pluma 40 kg de pluma X R$ 4,66 R$ 186,40 (U$ 49,05) 60 kg de caroço X R$ 1,00 R$ 60,00 (U$ 15,79) Total = R$ 246,40 (U$ 64,84) 100 kg de algodão em rama
  25. 25. Algodão Branco Orgânico Certificado 40 kg de pluma X R$ 8,50 R$ 340,00 (U$ 89,47) 60 kg de caroço X R$ 1,50 R$ 90,00 (U$ 23,68) Total = R$ 430,00 (U$ 113,15) 100 kg de algodão em rama
  26. 26. Algodão colorido Orgânico Certificado 40 kg de pluma X R$ 10,00 R$ 400,00 (U$ 105,26) 60 kg de caroço X R$ 1,50 R$ 90,00 (U$ 23,68) Total = R$ 490,00 (U$ 128,94) 100 kg de algodão em caroço
  27. 27. • R$ 100,00 (U$ 25,77)ALGODÃO CONVENCIONAL • R$ 246,40 (U$ 64,84)ALGODÃO CONVENCIONAL EM PLUMA • R$ 430,00 (U$ 113,15)ALGODÃO BRANCO ORGÂNICO EM PLUMA • R$ 490,00 (U$ 128,94)ALGODÃO COLORIDO ORGÂNICO EM PLUMA
  28. 28. 29 DIVERSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES
  29. 29. 30 ORGANIZAÇÃO DOS AGRICULTORES
  30. 30. 31 Autonomia Contrato de venda
  31. 31. 32 Assistência Técnica POLÍTICAS PUBLICAS
  32. 32. 33 ➢Destinados a ações de alimentação empreendidas por entidades da rede socioassistencial; ➢Restaurantes Populares, Cozinhas Comunitárias e Bancos de Alimentos e para famílias em situação de vulnerabilidade social. Programa de Aquisição de Alimentos – PAA POLÍTICAS PUBLICAS
  33. 33. 34 O Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE A Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, determina que no mínimo 30% do valor repassado a estados, municípios e Distrito Federal pelo FNDE para o (PNAE) deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar POLÍTICAS PUBLICAS
  34. 34. 35 POLÍTICAS PUBLICAS Garantia-Safra Lei 10.420 de 10 de abril de 2002 Institui o Benefício Garantia Safra com o objetivo de garantir condições mínimas de sobrevivência aos agricultores familiares de municípios sistematicamente sujeitos a perda de safra em razão do fenômeno de estiagem ou excesso hídrico .
  35. 35. Gracias felipe.guimaraes@embrapa.br +55 (83) 3182 4300 www.embrapa.br/algodao

×