SlideShare uma empresa Scribd logo
O QUE PROCURA O CONSUMIDOR DO SEC. XXI?




                                             DIVERTIMENTO
                                                 FANTASIA
                                         NOVAS EXPERIÊNCIAS
                                                SENSAÇÕES

                        __________________________________________________
                        MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
SÉC. XXI: UM NOVO PARADIGMA DE MARKETING




MARKETING TRANSACCIONAL
   Estratégias Transaccionais

                 +

 MARKETING RELACIONAL
    Estratégias Relacionais




                                MARKETING SENSORIAL – A TERCEIRA VAGA
                                     DO MARKETING NO SEC. XXI

                                        __________________________________________________
                                        MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
__________________________________________________
MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
Adaptado de Húlten et al (2009)


__________________________________________________
MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
__________________________________________________
MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
__________________________________________________
MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
Adaptado de Húlten et al (2009)




__________________________________________________
MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
SABIA QUE...?




__________________________________________________
MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
OS SENTIDOS ESTÃO DIRECTAMENTE RELACIONADOS COM AS
MEMÓRIAS, AS EMOÇÕES E AS SENSAÇÕES E ESTABELECEM
UMA FORTE RELAÇÃO FÍSICA E PSICOLÓGICA ENTRE OS BENS,
OS SERVIÇOS E OS CONSUMIDORES.
•   Existe uma forte correlação entre a qualidade do
    design dos estímulos visuais e a performance
    financeira (Hertenstein e Platt, 2001; Wallace,2001)

•   A publicidade, a cor, o design, a luminosidade, o
    logótipo, o packaging, o design do produto, os
    websites e outros estímulos visuais tornam possível
    diferenciar os produtos, evitar cópias, aumentar o
    grau de lealdade entre o consumidor e as marcas e
    proteger as marcas contra a concorrência.




                 __________________________________________________
                 MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
•   O sentido do olfacto é considerado como um
    dos mais poderosos sentidos para criar
    associações e evocar memórias (Aggleton e
    Waskett, 1999)

•   A percepção do olfacto é hedónica (Ellen e
    Bone, 1998)

•   A aromatização de espaços tem efeitos
    positivos na avaliação de lojas e de produtos
    (Spangenberg et al, 2006)

•   Aromas agradáveis podem aumentar o tempo
    de permanência numa loja e o volume de
    compras (Spangenberg et al, 2006; Morrin e
    Chebat, 2005)

•   No marketing sensorial os aromas podem ser
    utilizados no marketing estratégico para
    expressar a identidade de uma marca e
    intensificar a sua imagem (scent signature) ou
    no marketing táctico para promover um
    produto.
                __________________________________________________
                MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
•   O sentido do paladar é considerado o mais
    distinto dos sentidos do ponto de vista
    emocional, em virtude da sua capacidade para
    facilitar a interacção social, das suas relações
    estreitas com outros sentidos e do seu elevado
    grau de interacção entre as empresas e os
    consumidores a um nível personalizado.
•   Uma experiência gustativa pode persuadir os
    consumidores a permanecerem mais tempo
    numa loja, o que conduz ao aumento do
    consumo.
•   As empresas podem utilizar diversos sabores
    para “dar sabor a uma marca” e atribuir-lhe
    novas dimensões hedónicas.




                __________________________________________________
                MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
. Existem diferentes motivações pessoais associadas
 ao sentido do toque.

. Os produtos contém diferentes atributos
 relacionados com o toque que podem ser
 explorados de forma singular

. Os estímulos tácteis agem de forma bastante
  individualizada sobre as percepções

. Ao utilizar o toque, como uma forma preferencial
  de obter informação sobre determinado produto,
  uma resposta afectiva positiva pode resultar em
  atitudes mais positivas sobre o produto (Peck e
  Wiggins, 2006)

. Os materiais, as superfícies, a temperatura, o peso,
  a forma e a robustez podem contribuir
  positivamente para uma experiência táctil com a
  marca, diferenciá-la face aos seus concorrentes e
  aumentar o grau de lealdade dos consumidores
  face à marca.



             __________________________________________________
             MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
•   A música tem um impacto positivo no
    comportamento de compra e na atmosfera da loja
    ao criar associações e ao evocar memórias (Areni e
    Kim, 1993; Donavan e Rossiter, 1982; Morrison,
    2002)

•   Existe uma correlação positiva entre a música e o
    tempo passado numa loja (Milliman, 1982; Kelllaris
    et al, 1992; Morrison, 2002) em virtude do poder
    evocativo da música como um elemento que
    permite diferenciar uma empresa ou influenciar o
    estado de espírito do consumidor ou o seu
    comportamento de compra.

•   Diferentes formas de expressões sensoriais –
    jingles, vozes, música, sound brand ou assinatura
    musical) – podem facilitar uma experiência sonora
    e pode ser aplicada de forma consistente à
    estratégia de marketing para alcançar a
    diferenciação face à concorrência (Húlten et al,
    2009)
               __________________________________________________
               MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
MARKETING SENSORIAL – PORQUÊ?




                                  •     DIFERENCIAÇÃO
                                  •     NOTORIEDADE
                                  •     LEALDADE
                                  •     COMPRA POR IMPULSO




__________________________________________________
MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
MARKETING SENSORIAL – EXEMPLOS INTERNACIONAIS: O QUE TÊM EM COMUM?




                                       __________________________________________________
                                       MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
MARKETING SENSORIAL – CASE STUDIES MY.SENSYS EM PORTUGAL




                                  __________________________________________________
                                  MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
_____________________________________________________
                  MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS




 A SUA MARCA É
MULTISENSORIAL?
Marketing Sensorial por Clarinda Rodrigues

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atmosfera de Compra - Marketing Sensorial
Atmosfera de Compra  - Marketing SensorialAtmosfera de Compra  - Marketing Sensorial
Atmosfera de Compra - Marketing Sensorial
Flavio Franceschi
 
Psicologia na Publicidade
Psicologia na PublicidadePsicologia na Publicidade
Psicologia na Publicidade
Ana Cristina D Assumpcão
 
Marketing Experiencial e Consumo - Eventos de marketing como ferramenta prior...
Marketing Experiencial e Consumo - Eventos de marketing como ferramenta prior...Marketing Experiencial e Consumo - Eventos de marketing como ferramenta prior...
Marketing Experiencial e Consumo - Eventos de marketing como ferramenta prior...
Amanda Cabrerizo
 
Perfume de Melissa - marketing olfativo
Perfume de Melissa - marketing olfativoPerfume de Melissa - marketing olfativo
Perfume de Melissa - marketing olfativo
Coach Daniel Alexandre
 
Marketing e publicidade e propaganda
Marketing e publicidade e propagandaMarketing e publicidade e propaganda
Marketing e publicidade e propaganda
Ciro Gusatti
 
Publicidade como instrumento de marketing
Publicidade como instrumento de marketingPublicidade como instrumento de marketing
Publicidade como instrumento de marketing
filmenino
 
Marketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e PropagandaMarketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e Propaganda
Ciro Gusatti
 
VOCÊ QUER SER UM VENDEDOR DO SÉCULO XXI?
VOCÊ QUER SER UM VENDEDOR DO SÉCULO XXI?VOCÊ QUER SER UM VENDEDOR DO SÉCULO XXI?
VOCÊ QUER SER UM VENDEDOR DO SÉCULO XXI?
Moacir Moura
 
Criação Publicitária - Aula 06 - Criação Impressos - Exercicio
Criação Publicitária - Aula 06 - Criação Impressos - ExercicioCriação Publicitária - Aula 06 - Criação Impressos - Exercicio
Criação Publicitária - Aula 06 - Criação Impressos - Exercicio
Thiago Ianatoni
 
Apresentação T.G.I - Branding ChocoHoney
Apresentação T.G.I - Branding ChocoHoneyApresentação T.G.I - Branding ChocoHoney
Apresentação T.G.I - Branding ChocoHoney
goocha!
 
Slide aula 2 -fundamentos de marketing
Slide  aula 2 -fundamentos de marketingSlide  aula 2 -fundamentos de marketing
Slide aula 2 -fundamentos de marketing
ProfessorRogerioSant
 
Aula 'Persuasão e compra na Publicidade"
Aula 'Persuasão e compra na Publicidade"Aula 'Persuasão e compra na Publicidade"
Aula 'Persuasão e compra na Publicidade"
Jonas Gomes Jr
 
Psicologia Do Marketing E Publicidade Modelo
Psicologia Do Marketing E Publicidade ModeloPsicologia Do Marketing E Publicidade Modelo
Psicologia Do Marketing E Publicidade Modelo
Jessica Mendes
 
Introdução à Publicidade
Introdução à PublicidadeIntrodução à Publicidade
Introdução à Publicidade
Giorgia Barreto Lima Parrião
 
Comportamento do consumidor
Comportamento do consumidorComportamento do consumidor
Comportamento do consumidor
Graziela Bernardo Mota
 
O visual de sua empresa como aliado na conquista de novos clientes
O visual de sua empresa como aliado na conquista de novos clientesO visual de sua empresa como aliado na conquista de novos clientes
O visual de sua empresa como aliado na conquista de novos clientes
MMdaMODA
 
AIROMAS : Serviços da empresa para aromatização de lojas
AIROMAS : Serviços da empresa para aromatização de lojasAIROMAS : Serviços da empresa para aromatização de lojas
AIROMAS : Serviços da empresa para aromatização de lojas
AIROMAS ( Marketing Olfativo )
 
2015 1-log-aula5
2015 1-log-aula52015 1-log-aula5
2015 1-log-aula5
Andrea Fiuza
 
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - CriaçãoIntrodução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Thiago Ianatoni
 
Tipos De Marketing
Tipos De MarketingTipos De Marketing
Tipos De Marketing
Universidade Federal do Ceará
 

Mais procurados (20)

Atmosfera de Compra - Marketing Sensorial
Atmosfera de Compra  - Marketing SensorialAtmosfera de Compra  - Marketing Sensorial
Atmosfera de Compra - Marketing Sensorial
 
Psicologia na Publicidade
Psicologia na PublicidadePsicologia na Publicidade
Psicologia na Publicidade
 
Marketing Experiencial e Consumo - Eventos de marketing como ferramenta prior...
Marketing Experiencial e Consumo - Eventos de marketing como ferramenta prior...Marketing Experiencial e Consumo - Eventos de marketing como ferramenta prior...
Marketing Experiencial e Consumo - Eventos de marketing como ferramenta prior...
 
Perfume de Melissa - marketing olfativo
Perfume de Melissa - marketing olfativoPerfume de Melissa - marketing olfativo
Perfume de Melissa - marketing olfativo
 
Marketing e publicidade e propaganda
Marketing e publicidade e propagandaMarketing e publicidade e propaganda
Marketing e publicidade e propaganda
 
Publicidade como instrumento de marketing
Publicidade como instrumento de marketingPublicidade como instrumento de marketing
Publicidade como instrumento de marketing
 
Marketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e PropagandaMarketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e Propaganda
 
VOCÊ QUER SER UM VENDEDOR DO SÉCULO XXI?
VOCÊ QUER SER UM VENDEDOR DO SÉCULO XXI?VOCÊ QUER SER UM VENDEDOR DO SÉCULO XXI?
VOCÊ QUER SER UM VENDEDOR DO SÉCULO XXI?
 
Criação Publicitária - Aula 06 - Criação Impressos - Exercicio
Criação Publicitária - Aula 06 - Criação Impressos - ExercicioCriação Publicitária - Aula 06 - Criação Impressos - Exercicio
Criação Publicitária - Aula 06 - Criação Impressos - Exercicio
 
Apresentação T.G.I - Branding ChocoHoney
Apresentação T.G.I - Branding ChocoHoneyApresentação T.G.I - Branding ChocoHoney
Apresentação T.G.I - Branding ChocoHoney
 
Slide aula 2 -fundamentos de marketing
Slide  aula 2 -fundamentos de marketingSlide  aula 2 -fundamentos de marketing
Slide aula 2 -fundamentos de marketing
 
Aula 'Persuasão e compra na Publicidade"
Aula 'Persuasão e compra na Publicidade"Aula 'Persuasão e compra na Publicidade"
Aula 'Persuasão e compra na Publicidade"
 
Psicologia Do Marketing E Publicidade Modelo
Psicologia Do Marketing E Publicidade ModeloPsicologia Do Marketing E Publicidade Modelo
Psicologia Do Marketing E Publicidade Modelo
 
Introdução à Publicidade
Introdução à PublicidadeIntrodução à Publicidade
Introdução à Publicidade
 
Comportamento do consumidor
Comportamento do consumidorComportamento do consumidor
Comportamento do consumidor
 
O visual de sua empresa como aliado na conquista de novos clientes
O visual de sua empresa como aliado na conquista de novos clientesO visual de sua empresa como aliado na conquista de novos clientes
O visual de sua empresa como aliado na conquista de novos clientes
 
AIROMAS : Serviços da empresa para aromatização de lojas
AIROMAS : Serviços da empresa para aromatização de lojasAIROMAS : Serviços da empresa para aromatização de lojas
AIROMAS : Serviços da empresa para aromatização de lojas
 
2015 1-log-aula5
2015 1-log-aula52015 1-log-aula5
2015 1-log-aula5
 
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - CriaçãoIntrodução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
 
Tipos De Marketing
Tipos De MarketingTipos De Marketing
Tipos De Marketing
 

Destaque

Marketing Sensorial por 5senses
Marketing Sensorial por 5sensesMarketing Sensorial por 5senses
Marketing Sensorial por 5senses
elmae
 
Seminário - Marketing Sensorial
Seminário - Marketing SensorialSeminário - Marketing Sensorial
Seminário - Marketing Sensorial
Danilo Bezerra
 
Marketing Sensorial. A pedra de toque das marcas experienciais
Marketing Sensorial. A pedra de toque das marcas experienciaisMarketing Sensorial. A pedra de toque das marcas experienciais
Marketing Sensorial. A pedra de toque das marcas experienciais
Pedro Ferreira
 
Marketing Sensorial
Marketing SensorialMarketing Sensorial
Marketing Sensorial
shakazulu2
 
Marketing Sensorial
Marketing SensorialMarketing Sensorial
Marketing Sensorial
alexl18
 
Tema4 marketing sensorial
Tema4 marketing sensorialTema4 marketing sensorial
Tema4 marketing sensorial
Manon Cptn
 
Marketing Experiencial e Sensorial
Marketing Experiencial e SensorialMarketing Experiencial e Sensorial
Marketing Experiencial e Sensorial
Artur Vasconcellos
 
Que es el marketing sensorial.....
Que es el marketing sensorial.....Que es el marketing sensorial.....
Que es el marketing sensorial.....
lilianasanabriaR
 
Tesis Marketing Sensorial Licenciado Gabriel Olivera UNSAM
Tesis Marketing Sensorial Licenciado Gabriel Olivera UNSAMTesis Marketing Sensorial Licenciado Gabriel Olivera UNSAM
Tesis Marketing Sensorial Licenciado Gabriel Olivera UNSAM
gabolivera
 
Decoração e Organização de Quartos
Decoração e Organização de QuartosDecoração e Organização de Quartos
Decoração e Organização de Quartos
th2
 
Neuromarketing
Neuromarketing Neuromarketing
Neuromarketing
Rafael Gomes
 
Aromatizador de ambientes
Aromatizador de ambientesAromatizador de ambientes
Aromatizador de ambientes
Jaqueline M. Bertonc Toppan
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Marketing olfativo
Marketing olfativoMarketing olfativo
Marketing olfativo
UnasaMK1
 
Marketing sensorial
Marketing sensorialMarketing sensorial
Marketing sensorial
VENTURAGUZMAN
 
Marketing olfativo. Cristina Salas
Marketing olfativo. Cristina SalasMarketing olfativo. Cristina Salas
Marketing Olfativo
Marketing OlfativoMarketing Olfativo
Marketing Olfativo
Miyuki Studio
 
Os sentidos
Os sentidosOs sentidos
Aula Qualidade - Fluxograma
Aula Qualidade - FluxogramaAula Qualidade - Fluxograma
Aula Qualidade - Fluxograma
Caio Roberto de Souza Filho
 
Como uma experiência de compra inesquecível rentabilizará sua loja virtual
Como uma experiência de compra inesquecível rentabilizará sua loja virtual Como uma experiência de compra inesquecível rentabilizará sua loja virtual
Como uma experiência de compra inesquecível rentabilizará sua loja virtual
JET e-Commerce
 

Destaque (20)

Marketing Sensorial por 5senses
Marketing Sensorial por 5sensesMarketing Sensorial por 5senses
Marketing Sensorial por 5senses
 
Seminário - Marketing Sensorial
Seminário - Marketing SensorialSeminário - Marketing Sensorial
Seminário - Marketing Sensorial
 
Marketing Sensorial. A pedra de toque das marcas experienciais
Marketing Sensorial. A pedra de toque das marcas experienciaisMarketing Sensorial. A pedra de toque das marcas experienciais
Marketing Sensorial. A pedra de toque das marcas experienciais
 
Marketing Sensorial
Marketing SensorialMarketing Sensorial
Marketing Sensorial
 
Marketing Sensorial
Marketing SensorialMarketing Sensorial
Marketing Sensorial
 
Tema4 marketing sensorial
Tema4 marketing sensorialTema4 marketing sensorial
Tema4 marketing sensorial
 
Marketing Experiencial e Sensorial
Marketing Experiencial e SensorialMarketing Experiencial e Sensorial
Marketing Experiencial e Sensorial
 
Que es el marketing sensorial.....
Que es el marketing sensorial.....Que es el marketing sensorial.....
Que es el marketing sensorial.....
 
Tesis Marketing Sensorial Licenciado Gabriel Olivera UNSAM
Tesis Marketing Sensorial Licenciado Gabriel Olivera UNSAMTesis Marketing Sensorial Licenciado Gabriel Olivera UNSAM
Tesis Marketing Sensorial Licenciado Gabriel Olivera UNSAM
 
Decoração e Organização de Quartos
Decoração e Organização de QuartosDecoração e Organização de Quartos
Decoração e Organização de Quartos
 
Neuromarketing
Neuromarketing Neuromarketing
Neuromarketing
 
Aromatizador de ambientes
Aromatizador de ambientesAromatizador de ambientes
Aromatizador de ambientes
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Marketing olfativo
Marketing olfativoMarketing olfativo
Marketing olfativo
 
Marketing sensorial
Marketing sensorialMarketing sensorial
Marketing sensorial
 
Marketing olfativo. Cristina Salas
Marketing olfativo. Cristina SalasMarketing olfativo. Cristina Salas
Marketing olfativo. Cristina Salas
 
Marketing Olfativo
Marketing OlfativoMarketing Olfativo
Marketing Olfativo
 
Os sentidos
Os sentidosOs sentidos
Os sentidos
 
Aula Qualidade - Fluxograma
Aula Qualidade - FluxogramaAula Qualidade - Fluxograma
Aula Qualidade - Fluxograma
 
Como uma experiência de compra inesquecível rentabilizará sua loja virtual
Como uma experiência de compra inesquecível rentabilizará sua loja virtual Como uma experiência de compra inesquecível rentabilizará sua loja virtual
Como uma experiência de compra inesquecível rentabilizará sua loja virtual
 

Semelhante a Marketing Sensorial por Clarinda Rodrigues

Como criar um plano de marketing de resultados
Como criar um plano de marketing de resultadosComo criar um plano de marketing de resultados
Como criar um plano de marketing de resultados
Future Press, E-Press, Presentations,
 
Módulo marketing industrial adriano moitinho
Módulo marketing industrial adriano moitinhoMódulo marketing industrial adriano moitinho
Módulo marketing industrial adriano moitinho
Adriano Moitinho Pinto
 
Função marketing
Função marketingFunção marketing
Função marketing
EvelyneBorges
 
Aula 07 marketing
Aula 07   marketingAula 07   marketing
Aula 07 marketing
Katia Gomide
 
Definições dos principais tipos de marketing(MKT)
Definições dos principais tipos de marketing(MKT)Definições dos principais tipos de marketing(MKT)
Definições dos principais tipos de marketing(MKT)
Nirvana Rosa
 
E-book Vendas 5.0
E-book Vendas 5.0E-book Vendas 5.0
E-book Vendas 5.0
Jorge Mariano
 
E-book Vendas 5.0
E-book Vendas 5.0E-book Vendas 5.0
E-book Vendas 5.0
MAGINEWSsuaparceiram
 
VENDAS 5.0 - TRANSFORME A EXPERIÊNCIA DO SEU CLIENTE
VENDAS 5.0 - TRANSFORME A EXPERIÊNCIA DO SEU CLIENTEVENDAS 5.0 - TRANSFORME A EXPERIÊNCIA DO SEU CLIENTE
VENDAS 5.0 - TRANSFORME A EXPERIÊNCIA DO SEU CLIENTE
MAGINEWSsuaparceiram
 
VENDAS 5.0
VENDAS 5.0VENDAS 5.0
Entrevista
Entrevista Entrevista
Entrevista
equipatile
 
Metodologia plano de marketing
Metodologia plano de marketingMetodologia plano de marketing
Metodologia plano de marketing
Rayza M
 
O novo vendedor_homem_marketing_romero
O novo vendedor_homem_marketing_romeroO novo vendedor_homem_marketing_romero
O novo vendedor_homem_marketing_romero
Junior Lima
 
Marketing: princípios de segmentação
Marketing: princípios de segmentaçãoMarketing: princípios de segmentação
Marketing: princípios de segmentação
Bruno Quirino
 
121122 10-wbeef-marcas-lincoln-seragini
121122 10-wbeef-marcas-lincoln-seragini121122 10-wbeef-marcas-lincoln-seragini
121122 10-wbeef-marcas-lincoln-seragini
AgroTalento
 
PLANO DE MARKETING: SETOR FINANCEIRO - Ana Cristina Campos Diniz Oliveira; Br...
PLANO DE MARKETING: SETOR FINANCEIRO - Ana Cristina Campos Diniz Oliveira; Br...PLANO DE MARKETING: SETOR FINANCEIRO - Ana Cristina Campos Diniz Oliveira; Br...
PLANO DE MARKETING: SETOR FINANCEIRO - Ana Cristina Campos Diniz Oliveira; Br...
Jp Prof
 
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
nandogabriel2
 
GESTÃO DE MARKETING. CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS
GESTÃO DE MARKETING. CURSO DE PROCESSOS GERENCIAISGESTÃO DE MARKETING. CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS
GESTÃO DE MARKETING. CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS
MykaelleCarvalhoPere
 
Segmentação de mercado
Segmentação de mercadoSegmentação de mercado
Segmentação de mercado
Rosa Pereira
 
(Administraçaomercadologicai)
(Administraçaomercadologicai)(Administraçaomercadologicai)
(Administraçaomercadologicai)
Luciano Soares dos Santos
 
Cca0546 mktnamodatrabalho01
Cca0546 mktnamodatrabalho01Cca0546 mktnamodatrabalho01
Cca0546 mktnamodatrabalho01
Diego Moreau
 

Semelhante a Marketing Sensorial por Clarinda Rodrigues (20)

Como criar um plano de marketing de resultados
Como criar um plano de marketing de resultadosComo criar um plano de marketing de resultados
Como criar um plano de marketing de resultados
 
Módulo marketing industrial adriano moitinho
Módulo marketing industrial adriano moitinhoMódulo marketing industrial adriano moitinho
Módulo marketing industrial adriano moitinho
 
Função marketing
Função marketingFunção marketing
Função marketing
 
Aula 07 marketing
Aula 07   marketingAula 07   marketing
Aula 07 marketing
 
Definições dos principais tipos de marketing(MKT)
Definições dos principais tipos de marketing(MKT)Definições dos principais tipos de marketing(MKT)
Definições dos principais tipos de marketing(MKT)
 
E-book Vendas 5.0
E-book Vendas 5.0E-book Vendas 5.0
E-book Vendas 5.0
 
E-book Vendas 5.0
E-book Vendas 5.0E-book Vendas 5.0
E-book Vendas 5.0
 
VENDAS 5.0 - TRANSFORME A EXPERIÊNCIA DO SEU CLIENTE
VENDAS 5.0 - TRANSFORME A EXPERIÊNCIA DO SEU CLIENTEVENDAS 5.0 - TRANSFORME A EXPERIÊNCIA DO SEU CLIENTE
VENDAS 5.0 - TRANSFORME A EXPERIÊNCIA DO SEU CLIENTE
 
VENDAS 5.0
VENDAS 5.0VENDAS 5.0
VENDAS 5.0
 
Entrevista
Entrevista Entrevista
Entrevista
 
Metodologia plano de marketing
Metodologia plano de marketingMetodologia plano de marketing
Metodologia plano de marketing
 
O novo vendedor_homem_marketing_romero
O novo vendedor_homem_marketing_romeroO novo vendedor_homem_marketing_romero
O novo vendedor_homem_marketing_romero
 
Marketing: princípios de segmentação
Marketing: princípios de segmentaçãoMarketing: princípios de segmentação
Marketing: princípios de segmentação
 
121122 10-wbeef-marcas-lincoln-seragini
121122 10-wbeef-marcas-lincoln-seragini121122 10-wbeef-marcas-lincoln-seragini
121122 10-wbeef-marcas-lincoln-seragini
 
PLANO DE MARKETING: SETOR FINANCEIRO - Ana Cristina Campos Diniz Oliveira; Br...
PLANO DE MARKETING: SETOR FINANCEIRO - Ana Cristina Campos Diniz Oliveira; Br...PLANO DE MARKETING: SETOR FINANCEIRO - Ana Cristina Campos Diniz Oliveira; Br...
PLANO DE MARKETING: SETOR FINANCEIRO - Ana Cristina Campos Diniz Oliveira; Br...
 
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
 
GESTÃO DE MARKETING. CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS
GESTÃO DE MARKETING. CURSO DE PROCESSOS GERENCIAISGESTÃO DE MARKETING. CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS
GESTÃO DE MARKETING. CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS
 
Segmentação de mercado
Segmentação de mercadoSegmentação de mercado
Segmentação de mercado
 
(Administraçaomercadologicai)
(Administraçaomercadologicai)(Administraçaomercadologicai)
(Administraçaomercadologicai)
 
Cca0546 mktnamodatrabalho01
Cca0546 mktnamodatrabalho01Cca0546 mktnamodatrabalho01
Cca0546 mktnamodatrabalho01
 

Mais de EXPONOR

Apresentación VITAE
Apresentación VITAEApresentación VITAE
Apresentación VITAE
EXPONOR
 
VITAE Presentation
VITAE PresentationVITAE Presentation
VITAE Presentation
EXPONOR
 
Apresentação VITAE
Apresentação VITAEApresentação VITAE
Apresentação VITAE
EXPONOR
 
Presentation SALUS and AJUTEC
Presentation SALUS and AJUTECPresentation SALUS and AJUTEC
Presentation SALUS and AJUTEC
EXPONOR
 
Apresentación Salus e Ajutec 2015
Apresentación Salus e Ajutec 2015Apresentación Salus e Ajutec 2015
Apresentación Salus e Ajutec 2015
EXPONOR
 
Apresentação Salus e Ajutec 2015
Apresentação Salus e Ajutec 2015Apresentação Salus e Ajutec 2015
Apresentação Salus e Ajutec 2015
EXPONOR
 
ICONIC
ICONICICONIC
ICONIC
EXPONOR
 
ICONIC
ICONICICONIC
ICONIC
EXPONOR
 
ICONIC
ICONICICONIC
ICONIC
EXPONOR
 
Apresentação Exporhome15
Apresentação Exporhome15Apresentação Exporhome15
Apresentação Exporhome15
EXPONOR
 
Andrés López, AFIDA
Andrés López, AFIDAAndrés López, AFIDA
Andrés López, AFIDA
EXPONOR
 
Miguel Corais, APFC
Miguel Corais, APFCMiguel Corais, APFC
Miguel Corais, APFC
EXPONOR
 
Matchmaking by Maria Martinez, IFEMA
Matchmaking by Maria Martinez, IFEMAMatchmaking by Maria Martinez, IFEMA
Matchmaking by Maria Martinez, IFEMA
EXPONOR
 
Innovation: What does doing business differently really mean? by Didier Scail...
Innovation: What does doing business differently really mean? by Didier Scail...Innovation: What does doing business differently really mean? by Didier Scail...
Innovation: What does doing business differently really mean? by Didier Scail...
EXPONOR
 
Experiencias exitosas de matchmaking en la industria ferial by Juan Puchalt F...
Experiencias exitosas de matchmaking en la industria ferial by Juan Puchalt F...Experiencias exitosas de matchmaking en la industria ferial by Juan Puchalt F...
Experiencias exitosas de matchmaking en la industria ferial by Juan Puchalt F...
EXPONOR
 
O estado do sector da Indústria de Feiras em Portugal, Espanha e América Lati...
O estado do sector da Indústria de Feiras em Portugal, Espanha e América Lati...O estado do sector da Indústria de Feiras em Portugal, Espanha e América Lati...
O estado do sector da Indústria de Feiras em Portugal, Espanha e América Lati...
EXPONOR
 
The exhibitions world: today and tomorrow - by Arie Brienen UFI
The exhibitions world: today and tomorrow - by Arie Brienen UFIThe exhibitions world: today and tomorrow - by Arie Brienen UFI
The exhibitions world: today and tomorrow - by Arie Brienen UFI
EXPONOR
 
Spanish Trade Fairs Association by José Antonio Vicente, AFE
Spanish Trade Fairs Association by José Antonio Vicente, AFESpanish Trade Fairs Association by José Antonio Vicente, AFE
Spanish Trade Fairs Association by José Antonio Vicente, AFE
EXPONOR
 
Das tendências à inovação | Exponor | 24.01.2012
Das tendências à inovação | Exponor | 24.01.2012Das tendências à inovação | Exponor | 24.01.2012
Das tendências à inovação | Exponor | 24.01.2012
EXPONOR
 
Conferência «Os níveis de acção e sustentabilidade» . Societat Orgànica de Ba...
Conferência «Os níveis de acção e sustentabilidade» . Societat Orgànica de Ba...Conferência «Os níveis de acção e sustentabilidade» . Societat Orgànica de Ba...
Conferência «Os níveis de acção e sustentabilidade» . Societat Orgànica de Ba...
EXPONOR
 

Mais de EXPONOR (20)

Apresentación VITAE
Apresentación VITAEApresentación VITAE
Apresentación VITAE
 
VITAE Presentation
VITAE PresentationVITAE Presentation
VITAE Presentation
 
Apresentação VITAE
Apresentação VITAEApresentação VITAE
Apresentação VITAE
 
Presentation SALUS and AJUTEC
Presentation SALUS and AJUTECPresentation SALUS and AJUTEC
Presentation SALUS and AJUTEC
 
Apresentación Salus e Ajutec 2015
Apresentación Salus e Ajutec 2015Apresentación Salus e Ajutec 2015
Apresentación Salus e Ajutec 2015
 
Apresentação Salus e Ajutec 2015
Apresentação Salus e Ajutec 2015Apresentação Salus e Ajutec 2015
Apresentação Salus e Ajutec 2015
 
ICONIC
ICONICICONIC
ICONIC
 
ICONIC
ICONICICONIC
ICONIC
 
ICONIC
ICONICICONIC
ICONIC
 
Apresentação Exporhome15
Apresentação Exporhome15Apresentação Exporhome15
Apresentação Exporhome15
 
Andrés López, AFIDA
Andrés López, AFIDAAndrés López, AFIDA
Andrés López, AFIDA
 
Miguel Corais, APFC
Miguel Corais, APFCMiguel Corais, APFC
Miguel Corais, APFC
 
Matchmaking by Maria Martinez, IFEMA
Matchmaking by Maria Martinez, IFEMAMatchmaking by Maria Martinez, IFEMA
Matchmaking by Maria Martinez, IFEMA
 
Innovation: What does doing business differently really mean? by Didier Scail...
Innovation: What does doing business differently really mean? by Didier Scail...Innovation: What does doing business differently really mean? by Didier Scail...
Innovation: What does doing business differently really mean? by Didier Scail...
 
Experiencias exitosas de matchmaking en la industria ferial by Juan Puchalt F...
Experiencias exitosas de matchmaking en la industria ferial by Juan Puchalt F...Experiencias exitosas de matchmaking en la industria ferial by Juan Puchalt F...
Experiencias exitosas de matchmaking en la industria ferial by Juan Puchalt F...
 
O estado do sector da Indústria de Feiras em Portugal, Espanha e América Lati...
O estado do sector da Indústria de Feiras em Portugal, Espanha e América Lati...O estado do sector da Indústria de Feiras em Portugal, Espanha e América Lati...
O estado do sector da Indústria de Feiras em Portugal, Espanha e América Lati...
 
The exhibitions world: today and tomorrow - by Arie Brienen UFI
The exhibitions world: today and tomorrow - by Arie Brienen UFIThe exhibitions world: today and tomorrow - by Arie Brienen UFI
The exhibitions world: today and tomorrow - by Arie Brienen UFI
 
Spanish Trade Fairs Association by José Antonio Vicente, AFE
Spanish Trade Fairs Association by José Antonio Vicente, AFESpanish Trade Fairs Association by José Antonio Vicente, AFE
Spanish Trade Fairs Association by José Antonio Vicente, AFE
 
Das tendências à inovação | Exponor | 24.01.2012
Das tendências à inovação | Exponor | 24.01.2012Das tendências à inovação | Exponor | 24.01.2012
Das tendências à inovação | Exponor | 24.01.2012
 
Conferência «Os níveis de acção e sustentabilidade» . Societat Orgànica de Ba...
Conferência «Os níveis de acção e sustentabilidade» . Societat Orgànica de Ba...Conferência «Os níveis de acção e sustentabilidade» . Societat Orgànica de Ba...
Conferência «Os níveis de acção e sustentabilidade» . Societat Orgànica de Ba...
 

Marketing Sensorial por Clarinda Rodrigues

  • 1.
  • 2. O QUE PROCURA O CONSUMIDOR DO SEC. XXI? DIVERTIMENTO FANTASIA NOVAS EXPERIÊNCIAS SENSAÇÕES __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 3. SÉC. XXI: UM NOVO PARADIGMA DE MARKETING MARKETING TRANSACCIONAL Estratégias Transaccionais + MARKETING RELACIONAL Estratégias Relacionais MARKETING SENSORIAL – A TERCEIRA VAGA DO MARKETING NO SEC. XXI __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 5. Adaptado de Húlten et al (2009) __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 8. Adaptado de Húlten et al (2009) __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 10. OS SENTIDOS ESTÃO DIRECTAMENTE RELACIONADOS COM AS MEMÓRIAS, AS EMOÇÕES E AS SENSAÇÕES E ESTABELECEM UMA FORTE RELAÇÃO FÍSICA E PSICOLÓGICA ENTRE OS BENS, OS SERVIÇOS E OS CONSUMIDORES.
  • 11. Existe uma forte correlação entre a qualidade do design dos estímulos visuais e a performance financeira (Hertenstein e Platt, 2001; Wallace,2001) • A publicidade, a cor, o design, a luminosidade, o logótipo, o packaging, o design do produto, os websites e outros estímulos visuais tornam possível diferenciar os produtos, evitar cópias, aumentar o grau de lealdade entre o consumidor e as marcas e proteger as marcas contra a concorrência. __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 12. O sentido do olfacto é considerado como um dos mais poderosos sentidos para criar associações e evocar memórias (Aggleton e Waskett, 1999) • A percepção do olfacto é hedónica (Ellen e Bone, 1998) • A aromatização de espaços tem efeitos positivos na avaliação de lojas e de produtos (Spangenberg et al, 2006) • Aromas agradáveis podem aumentar o tempo de permanência numa loja e o volume de compras (Spangenberg et al, 2006; Morrin e Chebat, 2005) • No marketing sensorial os aromas podem ser utilizados no marketing estratégico para expressar a identidade de uma marca e intensificar a sua imagem (scent signature) ou no marketing táctico para promover um produto. __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 13. O sentido do paladar é considerado o mais distinto dos sentidos do ponto de vista emocional, em virtude da sua capacidade para facilitar a interacção social, das suas relações estreitas com outros sentidos e do seu elevado grau de interacção entre as empresas e os consumidores a um nível personalizado. • Uma experiência gustativa pode persuadir os consumidores a permanecerem mais tempo numa loja, o que conduz ao aumento do consumo. • As empresas podem utilizar diversos sabores para “dar sabor a uma marca” e atribuir-lhe novas dimensões hedónicas. __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 14. . Existem diferentes motivações pessoais associadas ao sentido do toque. . Os produtos contém diferentes atributos relacionados com o toque que podem ser explorados de forma singular . Os estímulos tácteis agem de forma bastante individualizada sobre as percepções . Ao utilizar o toque, como uma forma preferencial de obter informação sobre determinado produto, uma resposta afectiva positiva pode resultar em atitudes mais positivas sobre o produto (Peck e Wiggins, 2006) . Os materiais, as superfícies, a temperatura, o peso, a forma e a robustez podem contribuir positivamente para uma experiência táctil com a marca, diferenciá-la face aos seus concorrentes e aumentar o grau de lealdade dos consumidores face à marca. __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 15. A música tem um impacto positivo no comportamento de compra e na atmosfera da loja ao criar associações e ao evocar memórias (Areni e Kim, 1993; Donavan e Rossiter, 1982; Morrison, 2002) • Existe uma correlação positiva entre a música e o tempo passado numa loja (Milliman, 1982; Kelllaris et al, 1992; Morrison, 2002) em virtude do poder evocativo da música como um elemento que permite diferenciar uma empresa ou influenciar o estado de espírito do consumidor ou o seu comportamento de compra. • Diferentes formas de expressões sensoriais – jingles, vozes, música, sound brand ou assinatura musical) – podem facilitar uma experiência sonora e pode ser aplicada de forma consistente à estratégia de marketing para alcançar a diferenciação face à concorrência (Húlten et al, 2009) __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 16. MARKETING SENSORIAL – PORQUÊ? • DIFERENCIAÇÃO • NOTORIEDADE • LEALDADE • COMPRA POR IMPULSO __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 17. MARKETING SENSORIAL – EXEMPLOS INTERNACIONAIS: O QUE TÊM EM COMUM? __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 18. MARKETING SENSORIAL – CASE STUDIES MY.SENSYS EM PORTUGAL __________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS
  • 19. _____________________________________________________ MARKETING SENSORIAL | Clarinda Rodrigues | MY.SENSYS A SUA MARCA É MULTISENSORIAL?