SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 54
• Revisão dos termos essenciais da oração (sujeito e
predicado);

• Termos integrantes da oração (complemento verbal,
complemento nominal e agente da passiva);

• Termos acessórios da oração (adjunto adnominal, adjunto
adverbial e aposto).
A oração poder ser composta de:

- Termos essenciais;
- Termos integrantes;
- Termos acessórios.
- Sujeito;

- Predicado.
“O vento engrossava mais e mais as ondas.”
                              (Carlos H. Cony)

Desenhavam despreocupados os alunos.
• Simples;
• Composto;
•Implícito ou Desinencial;
• Indeterminado.

   Apesar de o sujeito ser um termo essencial, há orações
formadas apenas pelo predicado. São as orações sem
sujeito.
“O vento engrossava mais e mais as ondas.”
                             (Carlos H. Cony)

 Desenhavam despreocupados os alunos.
- Predicado verbal;

- Predicado nominal;

- Predicado verbo-nominal.
Questão 1: Identifique nas orações abaixo o sujeito e o
predicado.

a) Dominava o meu coração uma saudade imensa.
b) Ninguém aguarda mais o trem.
c) Era cedo quando ele chegou.
d) Olhávamos as vitrines.
e) Mandaram os acidentados para o hospital.
a) Dominava o meu coração uma saudade imensa.

              predicado           sujeito

b) Ninguém aguarda mais o trem.

  sujeito            predicado

c) Era cedo quando ele chegou.

            predicado

Oração sem sujeito
d) Olhávamos as vitrines.
        predicado
Sujeito desinencial – Nós

e) Mandaram os acidentados para o hospital.

                      predicado
Sujeito indeterminado – verbo na 3ª pessoa do plural
Há verbos que expressam ação. Eles são classificados em: intransitivos e
transitivos.
Verbo   Intransitivo: é aquele que traz em si a ideia completa da ação, sem
necessitar de um outro termo para completar o seu sentido.

  Exemplos: A criança chora.
            As folhas caem.
O verbo intransitivo poderá, sozinho, formar o predicado ou,
então, aparecer acompanhado de palavras ou expressões
indicativas de lugar, tempo, modo, intensidade etc.

     As folhas caem no inverno.

                  verbo          ideia

                intransitivo   de tempo
     Transitivo Direto: a ação transita
                diretamente para o complemento, não exigindo
                preposição.


Exemplos: Os feirantes tiveram lucro

                             verbo complemento
                            transitivo
                              direto
Ouvimos um forte barulho
   verbo      complemento
 transitivo
   direto
    Transitivo Indireto: a ação transita
              indiretamente para o complemento, por meio de
              preposição.



Exemplos: Eu não concordo com você.

                           verbo              complemento
                        Transitivo
                          Indireto
                                    preposição

Todos nós precisamos de respeito.

              verbo               complemento
           transitivo indireto

                                 preposição
Exemplos: As crianças receberam elogios de seus pais.
                                  verbo          complemento      complemento
                                      transitivo          sem             com
                                       direto e        preposição      preposição
                                        indireto
                                                                   preposição
  Eu escrevi um bilhete a um amigo.
        verbo      complemento      complemento
      transitivo        sem             com
       direto e      preposição      preposição           preposição
  Verbo de ligação: é aquele que expressa estado e liga
características ao sujeito.
Exemplos:

O choro da criança parecia fraco.             /   O garoto permaneceu calado.



                     verbo   característica                  verbo    característica
                      de        do                            de         do
                   ligação    sujeito                       ligação    sujeito
Classifique os verbos destacados em: intransitivos
transitivo direto, transitivo indireto, transitivo direto e indireto
ou de ligação.

a) As flores desabrocharam na primavera.
b) O governo brasileiro importa carne.
c) Devolveram ao garoto o seu livro.
d) Cláudio vive feliz da vida.
e) Nossas propostas interessam a todos.
As flores desabrocharam na primavera.

Verbo intransitivo, pois traz a ideia completa (não precisa de complemento).

b) O governo brasileiro importa carne.

                             complemento ligado
                           ao verbo sem preposição


  Verbo transitivo direto, pois necessita de complemento. A ação transita
diretamente para o complemento, não exigindo preposição.
c) Devolveram ao garoto o seu livro.

             complemento ligado         complemento ligado ao     preposição
          ao verbo com preposição          verbo sem preposição


  Verbo transitivo direto e indireto, pois apresenta dois complementos, ou seja, a
ação contida no verbo transita para o complemento direta e indiretamente ao
mesmo tempo.

d) Cláudio vive feliz da vida.
            característica do sujeito


  Verbo de ligação, pois indica estado e liga características ao sujeito.
Nossas propostas interessam a todos.

                 preposição      complemento ligado
                              ao verbo com preposição



  Verbo transitivo indireto, pois necessita de complemento.
A ação transita indiretamente para o complemento, por
meio de preposição.
   Sujeito Agente - voz ativa

        É aquele que pratica, que executa a ação expressa pelo verbo:

    Exemplos: O menino quebrou o copo. / Metalúrgicos declaram greve.

               sujeito agente                   sujeito agente
A voz passiva pode ser: analítica ou sintética.

- Analítica: quando constituída pelo verbo auxiliar ser seguido de particípio.
Na passiva analítica o agente da passiva pode aparecer indeterminado.

   As matas foram derrubadas.

   O tesouro foi encontrado pelo rapaz.
- Sintética: quando constituída de verbo transitivo direto
acompanhado do pronome se. Na passiva sintética o agente
da passiva é indeterminado.

 Exemplos:

 Vende-se casa.
 Divulgou-se um fato importante.
É  aquele que, ao mesmo tempo, pratica e sofre a ação expressa pelo
verbo.

   O menino feriu-se.     / A garota pintou-se rapidamente

      sujeito agente       sujeito agente
        e paciente          e paciente
Identifique o sujeito e informe se ele é agente , paciente ou
agente e paciente. Identifique também o agente da passiva.

a) O restaurante foi interditado pelos fiscais.
b) A lei punirá todos os infratores.
c) Poucos viram o acidente.
d) Você se machucou!
e) O professor estava rodeado de alunos.
a) O restaurante foi interditado pelos fiscais.

     sujeito paciente (sofre a ação)   agente da passiva (pratica a ação)


b) A lei punirá todos os infratores.

sujeito agente (pratica a ação)


c) Poucos viram o acidente.

sujeito agente (pratica a ação)
d) Você se machucou!

  Sujeito agente e paciente
(sofre e recebe a ação ao mesmo tempo)




e) O professor estava rodeado de alunos.
sujeito paciente (sofre a ação)          agente da passiva (pratica a ação)
-Complemento   verbal;

-Complemento   nominal;

- Agente da passiva.
São os termos que completam o sentido de verbos transitivos diretos e transitivos
indiretos. São complementos verbais: objetos direto e objeto indireto.

- Objeto direto: é o termo que completa o sentido do verbo transitivo direto,
ligando-se a ele sem o auxílio da preposição.
Exemplo:
 O cheiro da tinta contaminou o ar.

                        verbo       objeto
                transitivo direto   direto
- Objeto indireto: é o termo que completa o sentido do verbo transitivo indireto,
ligando-se a ele com o auxílio da preposição.

 O cantor não gostava de entrevistas.         /   Ela visa à faculdade.
               verbo               objeto
              transitivo           indireto         verbo          objeto
              indireto                             transitivo     indireto
                           preposição               indireto
                                                                preposição
O núcleo do objeto é a palavra principal desse termo.

 O cantor não gostava de entrevistas.

                          objeto
                                               núcleo do objeto


  A fêmea abandonou o filhote.
                        objeto
                                        núcleo do objeto
Informe se os objetos destacados abaixo são diretos ou
indiretos e identifique o núcleo do objeto.

 a) Ninguém obedecia às suas ordens.
 b) O sogro não gostava de muita conversa.
 c) Toda semana o feirante puxava conversa.
 d) Os turistas precisavam de muitos dólares.
a) Ninguém obedecia às suas ordens.

                preposição    núcleo
- Objeto
       indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto.
- O complemento liga-se ao verbo por meio da preposição

b) O sogro não gostava de muita conversa.

                     preposição        núcleo

- Objeto
       indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto.
- O complemento liga-se ao verbo por meio da preposição.
Toda semana o feirante puxava conversa.

                                     núcleo


- Objeto direto, porque completa o sentido de um verbo transitivo direto.
- O complemento liga-se ao verbo sem o auxílio da preposição.

d) Os turistas precisavam de muitos dólares.

                        preposição      núcleo
- Objeto indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto.
- O complemento liga-se ao verbo por meio da preposição
É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo.Refere
se a um substantivo, adjetivo ou advérbio, ligando-se a eles por meio de
preposição.

   A lembrança do passado martelava-lhe na cabeça.

   substantivo   complemento nominal


preposição



 O porão da casa estava cheio de ratos.

                                 adjetivo   complemento nominal


                                   preposição
Ambos são precedidos de preposição, mas:
-o complemento nominal completa o sentido de um
substantivo, adjetivo ou advérbio.

A lembrança do passado martelava-lhe na cabeça.
     substantivo    complemento nominal
           preposição
-o objeto indireto completa o sentido de um verbo transitivo
indireto.                       preposição

                     Ela visa à faculdade.
                                   verbo          objeto
                                  transitivo    indireto
                                     indireto
Classifique os termos destacados em complemento nominal
ou objeto indireto.

a) Temos necessidade de sua palavra.
b) Ele obedece aos mais velhos.
c) A mulher queixava-se do marido.
d) Sempre é bom o diálogo com um amigo.
e) O respeito aos mais velhos.
a)Temos necessidade de sua palavra.
             substantivo

       Complemento nominal, pois      completa o sentido de um
substantivo.


b) Ele obedece aos mais velhos.
         verbo
      Objeto indireto, pois completa o sentido de um verbo.
c) A mulher queixava-se do marido.

                    verbo
-   Objeto indireto, pois completa o sentido de um verbo.

d) Sempre é bom o diálogo com um amigo.

                      substantivo
- Complemento   nominal, pois completa o sentido de um substantivo.
e) O respeito aos mais velhos.

      substantivo
                            - Complemento nominal, pois     completa o sentido de um
substantivo.
Numa oração com verbo na voz passiva, em que o sujeito é paciente,
pode aparecer o termo que indica quem ou o que pratica a ação verbal
sofrida pelo sujeito. Esse termo é denominado agente da passiva.

        A grama foi cortada por Marisa.

          sujeito paciente   agente da passiva
-Adjunto   adnominal;

-Adjunto   adverbial;

- Aposto.
É o termo que acompanha o nome (substantivo) procurando
caracterizá-lo, determiná-lo ou individualizá-lo. O adjunto adnominal
pode ser representado por: artigo, adjetivo, numerais etc.

   As pipas coloridas contrastam com o céu azul.
 adjunto             adjunto       adjunto    adjunto
adnominal          adnominal      adnominal   adnominall

     substantivo
                                         substantivo
Identifique os adjuntos adnominais dos substantivos que
estão destacados.

a) Os fogos iluminam a noite.
b) Reproduziram três histórias durante a aula.
c) Muitas pessoas votaram pelo racionamento de água.
d) O prefeito declarou que aquele terreno não será vendido.
Éo    termo que se refere ao verbo, ao adjetivo ou a outro advérbio,
indicando-lhes uma circunstância. O adjunto adverbial pode ser
constituído de advérbios e locuções ou expressões adverbiais.

   Falou muito, mas não convenceu.
     adjunto adverbial de intensidade


    Saiu sem vontade para o mercado.

         adjunto adverbial de modo
Identifique os adjuntos adverbiais das frases abaixo:

a) Não duvido de que o contato com a natureza nos deixe
felizes.
b) Friamente, o entrevistado confessou que roubara o
carro.
c) O pessoal saiu bem devagar.
d) Dormimos cedo e levantamos tarde.
Não duvido de que o contato com a natureza nos deixe
felizes.
                 adjunto adverbial de negação

b) Friamente, o entrevistado confessou que roubara o carro.
                    adjunto adverbial de modo

c) O pessoal saiu bem devagar.
              adjuntos adverbiais de modo
d) Dormimos cedo e levantamos tarde.
              adjuntos adverbiais de tempo
É o termo que explica, esclarece ou resume outro termo da
oração.


  Ouro Preto, a antiga Vila Rica da época da mineração, é
hoje uma cidade histórica.

 Mário de Andrade, o poeta de São Paulo, viajava pelo Brasil
pesquisando a nossa cultura popular.
Destaque o aposto.

a) Os livros de Lygia Fagundes Telles, grande escritora
brasileira, são muito procurados.
b) Admiradora de Rita Lee, Elis Regina não se conteve e
escreveu-lhe uma carta.
c) Chegando a São Paulo, o maior centro urbano do país, não
deixe de visitar o Museu de Arte de São Paulo.
a) Os livros de Lygia Fagundes Telles, grande escritora
brasileira, são muito procurados.

b) Admiradora de Rita Lee, Elis Regina não se conteve e
escreveu-lhe uma carta.

c) Chegando a São Paulo, o maior centro urbano do país,
não deixe de visitar o Museu de Arte de São Paulo.
- PASCHOALIN, Maria Aparecida; SPADOTO, Neuza.
Gramática. Teoria e exercícios . São Paulo: FTD, 1996.

- CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Gramática         do
Português Contemporâneo. Nova Fronteira, 2001.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Concordancia nominal
Concordancia nominalConcordancia nominal
Concordancia nominal
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
Tempos e modos do verbo
Tempos e modos do verboTempos e modos do verbo
Tempos e modos do verbo
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominal
 
Períodos simples e composto
Períodos simples e compostoPeríodos simples e composto
Períodos simples e composto
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
Termos da oração
Termos da oraçãoTermos da oração
Termos da oração
 
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
 
Complementos verbais
Complementos verbaisComplementos verbais
Complementos verbais
 
Pronomes Relativos
Pronomes RelativosPronomes Relativos
Pronomes Relativos
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
 
O predicativo do objeto e o predicado verbo nominal
O predicativo do objeto e o predicado verbo nominalO predicativo do objeto e o predicado verbo nominal
O predicativo do objeto e o predicado verbo nominal
 
Verbos 2
Verbos 2Verbos 2
Verbos 2
 
Frase, Oração e Período
Frase, Oração e PeríodoFrase, Oração e Período
Frase, Oração e Período
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
A progressão textual
A progressão textualA progressão textual
A progressão textual
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 

Destaque

www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da OraçãoLucia Silveira
 
Revisando o período simples, exercícios sobre termos da oração
Revisando o período simples, exercícios sobre termos da oraçãoRevisando o período simples, exercícios sobre termos da oração
Revisando o período simples, exercícios sobre termos da oraçãoma.no.el.ne.ves
 
Cefet/Coltec - Intensivo - Aula 10 Introdução à sintaxe e termos essenciais d...
Cefet/Coltec - Intensivo - Aula 10 Introdução à sintaxe e termos essenciais d...Cefet/Coltec - Intensivo - Aula 10 Introdução à sintaxe e termos essenciais d...
Cefet/Coltec - Intensivo - Aula 10 Introdução à sintaxe e termos essenciais d...ProfFernandaBraga
 
Termos acessórios da oração
Termos acessórios da oraçãoTermos acessórios da oração
Termos acessórios da oraçãoElisa Avila
 
Termos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoTermos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoJoão Mendonça
 
Português Termos Essenciais Da OraçãO
Português Termos Essenciais Da OraçãOPortuguês Termos Essenciais Da OraçãO
Português Termos Essenciais Da OraçãOguesta4fb1a
 
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...Vídeo Aulas Apoio
 

Destaque (8)

www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
 
Revisando o período simples, exercícios sobre termos da oração
Revisando o período simples, exercícios sobre termos da oraçãoRevisando o período simples, exercícios sobre termos da oração
Revisando o período simples, exercícios sobre termos da oração
 
1 a 99 exercícios
1 a 99 exercícios1 a 99 exercícios
1 a 99 exercícios
 
Cefet/Coltec - Intensivo - Aula 10 Introdução à sintaxe e termos essenciais d...
Cefet/Coltec - Intensivo - Aula 10 Introdução à sintaxe e termos essenciais d...Cefet/Coltec - Intensivo - Aula 10 Introdução à sintaxe e termos essenciais d...
Cefet/Coltec - Intensivo - Aula 10 Introdução à sintaxe e termos essenciais d...
 
Termos acessórios da oração
Termos acessórios da oraçãoTermos acessórios da oração
Termos acessórios da oração
 
Termos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoTermos essenciais da oração
Termos essenciais da oração
 
Português Termos Essenciais Da OraçãO
Português Termos Essenciais Da OraçãOPortuguês Termos Essenciais Da OraçãO
Português Termos Essenciais Da OraçãO
 
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
 

Semelhante a www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração

www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da OraçãoVideoaulas De Português Apoio
 
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo AulasVídeo Aulas Apoio
 
Regenência completo
Regenência  completoRegenência  completo
Regenência completosandra
 
Regência nivelamento
Regência   nivelamentoRegência   nivelamento
Regência nivelamentoÉric Santos
 
Termos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoTermos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoSandra Paula
 
Verbos
VerbosVerbos
VerbosAJFG1
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasDePortuguesApoio.com  -  Português -  Sujeito e Vozes do Verbowww.AulasDePortuguesApoio.com  -  Português -  Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Sujeito e Vozes do VerboVideoaulas De Português Apoio
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbalSadrak Silva
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do VerboAulasEnsinoMedio
 
Reviso sintaxe-120916154618-phpapp01
Reviso sintaxe-120916154618-phpapp01Reviso sintaxe-120916154618-phpapp01
Reviso sintaxe-120916154618-phpapp01281909
 

Semelhante a www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração (20)

www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
 
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
Português - Sujeito e Vozes Do Verbo - www.centroapoio.com - Vídeo Aulas
 
SINTAXE
SINTAXESINTAXE
SINTAXE
 
transitividade.pdf
transitividade.pdftransitividade.pdf
transitividade.pdf
 
4074995 portugues-ppt-regencia
4074995 portugues-ppt-regencia4074995 portugues-ppt-regencia
4074995 portugues-ppt-regencia
 
Regenência completo
Regenência  completoRegenência  completo
Regenência completo
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
RegêNcia
RegêNciaRegêNcia
RegêNcia
 
RegêNcia
RegêNciaRegêNcia
RegêNcia
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Regência nivelamento
Regência   nivelamentoRegência   nivelamento
Regência nivelamento
 
Termos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoTermos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracao
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasDePortuguesApoio.com  -  Português -  Sujeito e Vozes do Verbowww.AulasDePortuguesApoio.com  -  Português -  Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
 
Reviso sintaxe-120916154618-phpapp01
Reviso sintaxe-120916154618-phpapp01Reviso sintaxe-120916154618-phpapp01
Reviso sintaxe-120916154618-phpapp01
 

Mais de Márcia De Bianci

www.explicadoraescolar.com.br - Geografia - Reforma Agrária
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia -  Reforma Agráriawww.explicadoraescolar.com.br - Geografia -  Reforma Agrária
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia - Reforma AgráriaMárcia De Bianci
 
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia - Relevo
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia -  Relevowww.explicadoraescolar.com.br - Geografia -  Relevo
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia - RelevoMárcia De Bianci
 
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática - Radiciação
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática -  Radiciaçãowww.explicadoraescolar.com.br - Matemática -  Radiciação
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática - RadiciaçãoMárcia De Bianci
 
www.explicadoraescolar.com.br - História - Independência do Brasil
www.explicadoraescolar.com.br - História -  Independência do Brasilwww.explicadoraescolar.com.br - História -  Independência do Brasil
www.explicadoraescolar.com.br - História - Independência do BrasilMárcia De Bianci
 
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática - Frações
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática -  Fraçõeswww.explicadoraescolar.com.br - Matemática -  Frações
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática - FraçõesMárcia De Bianci
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Concordância Verbal
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Concordância Verbalwww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Concordância Verbal
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Concordância VerbalMárcia De Bianci
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Pontuação
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Pontuaçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Pontuação
www.explicadoraescolar.com.br - Português - PontuaçãoMárcia De Bianci
 

Mais de Márcia De Bianci (7)

www.explicadoraescolar.com.br - Geografia - Reforma Agrária
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia -  Reforma Agráriawww.explicadoraescolar.com.br - Geografia -  Reforma Agrária
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia - Reforma Agrária
 
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia - Relevo
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia -  Relevowww.explicadoraescolar.com.br - Geografia -  Relevo
www.explicadoraescolar.com.br - Geografia - Relevo
 
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática - Radiciação
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática -  Radiciaçãowww.explicadoraescolar.com.br - Matemática -  Radiciação
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática - Radiciação
 
www.explicadoraescolar.com.br - História - Independência do Brasil
www.explicadoraescolar.com.br - História -  Independência do Brasilwww.explicadoraescolar.com.br - História -  Independência do Brasil
www.explicadoraescolar.com.br - História - Independência do Brasil
 
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática - Frações
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática -  Fraçõeswww.explicadoraescolar.com.br - Matemática -  Frações
www.explicadoraescolar.com.br - Matemática - Frações
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Concordância Verbal
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Concordância Verbalwww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Concordância Verbal
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Concordância Verbal
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Pontuação
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Pontuaçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Pontuação
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Pontuação
 

Último

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 

Último (20)

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 

www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração

  • 1. • Revisão dos termos essenciais da oração (sujeito e predicado); • Termos integrantes da oração (complemento verbal, complemento nominal e agente da passiva); • Termos acessórios da oração (adjunto adnominal, adjunto adverbial e aposto).
  • 2.
  • 3. A oração poder ser composta de: - Termos essenciais; - Termos integrantes; - Termos acessórios.
  • 5. “O vento engrossava mais e mais as ondas.” (Carlos H. Cony) Desenhavam despreocupados os alunos.
  • 6. • Simples; • Composto; •Implícito ou Desinencial; • Indeterminado. Apesar de o sujeito ser um termo essencial, há orações formadas apenas pelo predicado. São as orações sem sujeito.
  • 7. “O vento engrossava mais e mais as ondas.” (Carlos H. Cony) Desenhavam despreocupados os alunos.
  • 8. - Predicado verbal; - Predicado nominal; - Predicado verbo-nominal.
  • 9. Questão 1: Identifique nas orações abaixo o sujeito e o predicado. a) Dominava o meu coração uma saudade imensa. b) Ninguém aguarda mais o trem. c) Era cedo quando ele chegou. d) Olhávamos as vitrines. e) Mandaram os acidentados para o hospital.
  • 10. a) Dominava o meu coração uma saudade imensa. predicado sujeito b) Ninguém aguarda mais o trem. sujeito predicado c) Era cedo quando ele chegou. predicado Oração sem sujeito
  • 11. d) Olhávamos as vitrines. predicado Sujeito desinencial – Nós e) Mandaram os acidentados para o hospital. predicado Sujeito indeterminado – verbo na 3ª pessoa do plural
  • 12. Há verbos que expressam ação. Eles são classificados em: intransitivos e transitivos. Verbo Intransitivo: é aquele que traz em si a ideia completa da ação, sem necessitar de um outro termo para completar o seu sentido. Exemplos: A criança chora. As folhas caem.
  • 13. O verbo intransitivo poderá, sozinho, formar o predicado ou, então, aparecer acompanhado de palavras ou expressões indicativas de lugar, tempo, modo, intensidade etc. As folhas caem no inverno. verbo ideia intransitivo de tempo
  • 14.
  • 15. Transitivo Direto: a ação transita diretamente para o complemento, não exigindo preposição. Exemplos: Os feirantes tiveram lucro verbo complemento transitivo direto Ouvimos um forte barulho verbo complemento transitivo direto
  • 16. Transitivo Indireto: a ação transita indiretamente para o complemento, por meio de preposição. Exemplos: Eu não concordo com você. verbo complemento Transitivo Indireto preposição Todos nós precisamos de respeito. verbo complemento transitivo indireto preposição
  • 17. Exemplos: As crianças receberam elogios de seus pais. verbo complemento complemento transitivo sem com direto e preposição preposição indireto preposição Eu escrevi um bilhete a um amigo. verbo complemento complemento transitivo sem com direto e preposição preposição preposição
  • 18.  Verbo de ligação: é aquele que expressa estado e liga características ao sujeito. Exemplos: O choro da criança parecia fraco. / O garoto permaneceu calado. verbo característica verbo característica de do de do ligação sujeito ligação sujeito
  • 19.
  • 20. Classifique os verbos destacados em: intransitivos transitivo direto, transitivo indireto, transitivo direto e indireto ou de ligação. a) As flores desabrocharam na primavera. b) O governo brasileiro importa carne. c) Devolveram ao garoto o seu livro. d) Cláudio vive feliz da vida. e) Nossas propostas interessam a todos.
  • 21. As flores desabrocharam na primavera. Verbo intransitivo, pois traz a ideia completa (não precisa de complemento). b) O governo brasileiro importa carne. complemento ligado ao verbo sem preposição Verbo transitivo direto, pois necessita de complemento. A ação transita diretamente para o complemento, não exigindo preposição.
  • 22. c) Devolveram ao garoto o seu livro. complemento ligado complemento ligado ao preposição ao verbo com preposição verbo sem preposição Verbo transitivo direto e indireto, pois apresenta dois complementos, ou seja, a ação contida no verbo transita para o complemento direta e indiretamente ao mesmo tempo. d) Cláudio vive feliz da vida. característica do sujeito Verbo de ligação, pois indica estado e liga características ao sujeito.
  • 23. Nossas propostas interessam a todos. preposição complemento ligado ao verbo com preposição Verbo transitivo indireto, pois necessita de complemento. A ação transita indiretamente para o complemento, por meio de preposição.
  • 24. Sujeito Agente - voz ativa É aquele que pratica, que executa a ação expressa pelo verbo: Exemplos: O menino quebrou o copo. / Metalúrgicos declaram greve. sujeito agente sujeito agente
  • 25.
  • 26. A voz passiva pode ser: analítica ou sintética. - Analítica: quando constituída pelo verbo auxiliar ser seguido de particípio. Na passiva analítica o agente da passiva pode aparecer indeterminado. As matas foram derrubadas. O tesouro foi encontrado pelo rapaz.
  • 27. - Sintética: quando constituída de verbo transitivo direto acompanhado do pronome se. Na passiva sintética o agente da passiva é indeterminado. Exemplos: Vende-se casa. Divulgou-se um fato importante.
  • 28. É aquele que, ao mesmo tempo, pratica e sofre a ação expressa pelo verbo. O menino feriu-se. / A garota pintou-se rapidamente sujeito agente sujeito agente e paciente e paciente
  • 29. Identifique o sujeito e informe se ele é agente , paciente ou agente e paciente. Identifique também o agente da passiva. a) O restaurante foi interditado pelos fiscais. b) A lei punirá todos os infratores. c) Poucos viram o acidente. d) Você se machucou! e) O professor estava rodeado de alunos.
  • 30. a) O restaurante foi interditado pelos fiscais. sujeito paciente (sofre a ação) agente da passiva (pratica a ação) b) A lei punirá todos os infratores. sujeito agente (pratica a ação) c) Poucos viram o acidente. sujeito agente (pratica a ação)
  • 31. d) Você se machucou! Sujeito agente e paciente (sofre e recebe a ação ao mesmo tempo) e) O professor estava rodeado de alunos. sujeito paciente (sofre a ação) agente da passiva (pratica a ação)
  • 32. -Complemento verbal; -Complemento nominal; - Agente da passiva.
  • 33. São os termos que completam o sentido de verbos transitivos diretos e transitivos indiretos. São complementos verbais: objetos direto e objeto indireto. - Objeto direto: é o termo que completa o sentido do verbo transitivo direto, ligando-se a ele sem o auxílio da preposição. Exemplo: O cheiro da tinta contaminou o ar. verbo objeto transitivo direto direto
  • 34. - Objeto indireto: é o termo que completa o sentido do verbo transitivo indireto, ligando-se a ele com o auxílio da preposição. O cantor não gostava de entrevistas. / Ela visa à faculdade. verbo objeto transitivo indireto verbo objeto indireto transitivo indireto preposição indireto preposição
  • 35. O núcleo do objeto é a palavra principal desse termo. O cantor não gostava de entrevistas. objeto núcleo do objeto A fêmea abandonou o filhote. objeto núcleo do objeto
  • 36. Informe se os objetos destacados abaixo são diretos ou indiretos e identifique o núcleo do objeto. a) Ninguém obedecia às suas ordens. b) O sogro não gostava de muita conversa. c) Toda semana o feirante puxava conversa. d) Os turistas precisavam de muitos dólares.
  • 37. a) Ninguém obedecia às suas ordens. preposição núcleo - Objeto indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto. - O complemento liga-se ao verbo por meio da preposição b) O sogro não gostava de muita conversa. preposição núcleo - Objeto indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto. - O complemento liga-se ao verbo por meio da preposição.
  • 38. Toda semana o feirante puxava conversa. núcleo - Objeto direto, porque completa o sentido de um verbo transitivo direto. - O complemento liga-se ao verbo sem o auxílio da preposição. d) Os turistas precisavam de muitos dólares. preposição núcleo - Objeto indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto. - O complemento liga-se ao verbo por meio da preposição
  • 39. É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo.Refere se a um substantivo, adjetivo ou advérbio, ligando-se a eles por meio de preposição. A lembrança do passado martelava-lhe na cabeça. substantivo complemento nominal preposição O porão da casa estava cheio de ratos. adjetivo complemento nominal preposição
  • 40. Ambos são precedidos de preposição, mas: -o complemento nominal completa o sentido de um substantivo, adjetivo ou advérbio. A lembrança do passado martelava-lhe na cabeça. substantivo complemento nominal preposição -o objeto indireto completa o sentido de um verbo transitivo indireto. preposição Ela visa à faculdade. verbo objeto transitivo indireto indireto
  • 41. Classifique os termos destacados em complemento nominal ou objeto indireto. a) Temos necessidade de sua palavra. b) Ele obedece aos mais velhos. c) A mulher queixava-se do marido. d) Sempre é bom o diálogo com um amigo. e) O respeito aos mais velhos.
  • 42. a)Temos necessidade de sua palavra. substantivo Complemento nominal, pois completa o sentido de um substantivo. b) Ele obedece aos mais velhos. verbo Objeto indireto, pois completa o sentido de um verbo.
  • 43. c) A mulher queixava-se do marido. verbo - Objeto indireto, pois completa o sentido de um verbo. d) Sempre é bom o diálogo com um amigo. substantivo - Complemento nominal, pois completa o sentido de um substantivo. e) O respeito aos mais velhos. substantivo - Complemento nominal, pois completa o sentido de um substantivo.
  • 44. Numa oração com verbo na voz passiva, em que o sujeito é paciente, pode aparecer o termo que indica quem ou o que pratica a ação verbal sofrida pelo sujeito. Esse termo é denominado agente da passiva. A grama foi cortada por Marisa. sujeito paciente agente da passiva
  • 45. -Adjunto adnominal; -Adjunto adverbial; - Aposto.
  • 46. É o termo que acompanha o nome (substantivo) procurando caracterizá-lo, determiná-lo ou individualizá-lo. O adjunto adnominal pode ser representado por: artigo, adjetivo, numerais etc. As pipas coloridas contrastam com o céu azul. adjunto adjunto adjunto adjunto adnominal adnominal adnominal adnominall substantivo substantivo
  • 47. Identifique os adjuntos adnominais dos substantivos que estão destacados. a) Os fogos iluminam a noite. b) Reproduziram três histórias durante a aula. c) Muitas pessoas votaram pelo racionamento de água. d) O prefeito declarou que aquele terreno não será vendido.
  • 48. Éo termo que se refere ao verbo, ao adjetivo ou a outro advérbio, indicando-lhes uma circunstância. O adjunto adverbial pode ser constituído de advérbios e locuções ou expressões adverbiais. Falou muito, mas não convenceu. adjunto adverbial de intensidade Saiu sem vontade para o mercado. adjunto adverbial de modo
  • 49. Identifique os adjuntos adverbiais das frases abaixo: a) Não duvido de que o contato com a natureza nos deixe felizes. b) Friamente, o entrevistado confessou que roubara o carro. c) O pessoal saiu bem devagar. d) Dormimos cedo e levantamos tarde.
  • 50. Não duvido de que o contato com a natureza nos deixe felizes. adjunto adverbial de negação b) Friamente, o entrevistado confessou que roubara o carro. adjunto adverbial de modo c) O pessoal saiu bem devagar. adjuntos adverbiais de modo d) Dormimos cedo e levantamos tarde. adjuntos adverbiais de tempo
  • 51. É o termo que explica, esclarece ou resume outro termo da oração. Ouro Preto, a antiga Vila Rica da época da mineração, é hoje uma cidade histórica. Mário de Andrade, o poeta de São Paulo, viajava pelo Brasil pesquisando a nossa cultura popular.
  • 52. Destaque o aposto. a) Os livros de Lygia Fagundes Telles, grande escritora brasileira, são muito procurados. b) Admiradora de Rita Lee, Elis Regina não se conteve e escreveu-lhe uma carta. c) Chegando a São Paulo, o maior centro urbano do país, não deixe de visitar o Museu de Arte de São Paulo.
  • 53. a) Os livros de Lygia Fagundes Telles, grande escritora brasileira, são muito procurados. b) Admiradora de Rita Lee, Elis Regina não se conteve e escreveu-lhe uma carta. c) Chegando a São Paulo, o maior centro urbano do país, não deixe de visitar o Museu de Arte de São Paulo.
  • 54. - PASCHOALIN, Maria Aparecida; SPADOTO, Neuza. Gramática. Teoria e exercícios . São Paulo: FTD, 1996. - CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Gramática do Português Contemporâneo. Nova Fronteira, 2001.