www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração

684 visualizações

Publicada em

Português - VideoAulas Sobre Termos da Oração – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.explicadoraescolar.com.br

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
684
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
38
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração

  1. 1. • Revisão dos termos essenciais da oração (sujeito epredicado);• Termos integrantes da oração (complemento verbal,complemento nominal e agente da passiva);• Termos acessórios da oração (adjunto adnominal, adjuntoadverbial e aposto).
  2. 2. A oração poder ser composta de:- Termos essenciais;- Termos integrantes;- Termos acessórios.
  3. 3. - Sujeito;- Predicado.
  4. 4. “O vento engrossava mais e mais as ondas.” (Carlos H. Cony)Desenhavam despreocupados os alunos.
  5. 5. • Simples;• Composto;•Implícito ou Desinencial;• Indeterminado. Apesar de o sujeito ser um termo essencial, há oraçõesformadas apenas pelo predicado. São as orações semsujeito.
  6. 6. “O vento engrossava mais e mais as ondas.” (Carlos H. Cony) Desenhavam despreocupados os alunos.
  7. 7. - Predicado verbal;- Predicado nominal;- Predicado verbo-nominal.
  8. 8. Questão 1: Identifique nas orações abaixo o sujeito e opredicado.a) Dominava o meu coração uma saudade imensa.b) Ninguém aguarda mais o trem.c) Era cedo quando ele chegou.d) Olhávamos as vitrines.e) Mandaram os acidentados para o hospital.
  9. 9. a) Dominava o meu coração uma saudade imensa. predicado sujeitob) Ninguém aguarda mais o trem. sujeito predicadoc) Era cedo quando ele chegou. predicadoOração sem sujeito
  10. 10. d) Olhávamos as vitrines. predicadoSujeito desinencial – Nóse) Mandaram os acidentados para o hospital. predicadoSujeito indeterminado – verbo na 3ª pessoa do plural
  11. 11. Há verbos que expressam ação. Eles são classificados em: intransitivos etransitivos.Verbo Intransitivo: é aquele que traz em si a ideia completa da ação, semnecessitar de um outro termo para completar o seu sentido. Exemplos: A criança chora. As folhas caem.
  12. 12. O verbo intransitivo poderá, sozinho, formar o predicado ou,então, aparecer acompanhado de palavras ou expressõesindicativas de lugar, tempo, modo, intensidade etc. As folhas caem no inverno. verbo ideia intransitivo de tempo
  13. 13.  Transitivo Direto: a ação transita diretamente para o complemento, não exigindo preposição.Exemplos: Os feirantes tiveram lucro verbo complemento transitivo diretoOuvimos um forte barulho verbo complemento transitivo direto
  14. 14.  Transitivo Indireto: a ação transita indiretamente para o complemento, por meio de preposição.Exemplos: Eu não concordo com você. verbo complemento Transitivo Indireto preposiçãoTodos nós precisamos de respeito. verbo complemento transitivo indireto preposição
  15. 15. Exemplos: As crianças receberam elogios de seus pais. verbo complemento complemento transitivo sem com direto e preposição preposição indireto preposição Eu escrevi um bilhete a um amigo. verbo complemento complemento transitivo sem com direto e preposição preposição preposição
  16. 16.  Verbo de ligação: é aquele que expressa estado e ligacaracterísticas ao sujeito.Exemplos:O choro da criança parecia fraco. / O garoto permaneceu calado. verbo característica verbo característica de do de do ligação sujeito ligação sujeito
  17. 17. Classifique os verbos destacados em: intransitivostransitivo direto, transitivo indireto, transitivo direto e indiretoou de ligação.a) As flores desabrocharam na primavera.b) O governo brasileiro importa carne.c) Devolveram ao garoto o seu livro.d) Cláudio vive feliz da vida.e) Nossas propostas interessam a todos.
  18. 18. As flores desabrocharam na primavera.Verbo intransitivo, pois traz a ideia completa (não precisa de complemento).b) O governo brasileiro importa carne. complemento ligado ao verbo sem preposição Verbo transitivo direto, pois necessita de complemento. A ação transitadiretamente para o complemento, não exigindo preposição.
  19. 19. c) Devolveram ao garoto o seu livro. complemento ligado complemento ligado ao preposição ao verbo com preposição verbo sem preposição Verbo transitivo direto e indireto, pois apresenta dois complementos, ou seja, aação contida no verbo transita para o complemento direta e indiretamente aomesmo tempo.d) Cláudio vive feliz da vida. característica do sujeito Verbo de ligação, pois indica estado e liga características ao sujeito.
  20. 20. Nossas propostas interessam a todos. preposição complemento ligado ao verbo com preposição Verbo transitivo indireto, pois necessita de complemento.A ação transita indiretamente para o complemento, pormeio de preposição.
  21. 21.  Sujeito Agente - voz ativa É aquele que pratica, que executa a ação expressa pelo verbo: Exemplos: O menino quebrou o copo. / Metalúrgicos declaram greve. sujeito agente sujeito agente
  22. 22. A voz passiva pode ser: analítica ou sintética.- Analítica: quando constituída pelo verbo auxiliar ser seguido de particípio.Na passiva analítica o agente da passiva pode aparecer indeterminado. As matas foram derrubadas. O tesouro foi encontrado pelo rapaz.
  23. 23. - Sintética: quando constituída de verbo transitivo diretoacompanhado do pronome se. Na passiva sintética o agenteda passiva é indeterminado. Exemplos: Vende-se casa. Divulgou-se um fato importante.
  24. 24. É aquele que, ao mesmo tempo, pratica e sofre a ação expressa peloverbo. O menino feriu-se. / A garota pintou-se rapidamente sujeito agente sujeito agente e paciente e paciente
  25. 25. Identifique o sujeito e informe se ele é agente , paciente ouagente e paciente. Identifique também o agente da passiva.a) O restaurante foi interditado pelos fiscais.b) A lei punirá todos os infratores.c) Poucos viram o acidente.d) Você se machucou!e) O professor estava rodeado de alunos.
  26. 26. a) O restaurante foi interditado pelos fiscais. sujeito paciente (sofre a ação) agente da passiva (pratica a ação)b) A lei punirá todos os infratores.sujeito agente (pratica a ação)c) Poucos viram o acidente.sujeito agente (pratica a ação)
  27. 27. d) Você se machucou! Sujeito agente e paciente(sofre e recebe a ação ao mesmo tempo)e) O professor estava rodeado de alunos.sujeito paciente (sofre a ação) agente da passiva (pratica a ação)
  28. 28. -Complemento verbal;-Complemento nominal;- Agente da passiva.
  29. 29. São os termos que completam o sentido de verbos transitivos diretos e transitivosindiretos. São complementos verbais: objetos direto e objeto indireto.- Objeto direto: é o termo que completa o sentido do verbo transitivo direto,ligando-se a ele sem o auxílio da preposição.Exemplo: O cheiro da tinta contaminou o ar. verbo objeto transitivo direto direto
  30. 30. - Objeto indireto: é o termo que completa o sentido do verbo transitivo indireto,ligando-se a ele com o auxílio da preposição. O cantor não gostava de entrevistas. / Ela visa à faculdade. verbo objeto transitivo indireto verbo objeto indireto transitivo indireto preposição indireto preposição
  31. 31. O núcleo do objeto é a palavra principal desse termo. O cantor não gostava de entrevistas. objeto núcleo do objeto A fêmea abandonou o filhote. objeto núcleo do objeto
  32. 32. Informe se os objetos destacados abaixo são diretos ouindiretos e identifique o núcleo do objeto. a) Ninguém obedecia às suas ordens. b) O sogro não gostava de muita conversa. c) Toda semana o feirante puxava conversa. d) Os turistas precisavam de muitos dólares.
  33. 33. a) Ninguém obedecia às suas ordens. preposição núcleo- Objeto indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto.- O complemento liga-se ao verbo por meio da preposiçãob) O sogro não gostava de muita conversa. preposição núcleo- Objeto indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto.- O complemento liga-se ao verbo por meio da preposição.
  34. 34. Toda semana o feirante puxava conversa. núcleo- Objeto direto, porque completa o sentido de um verbo transitivo direto.- O complemento liga-se ao verbo sem o auxílio da preposição.d) Os turistas precisavam de muitos dólares. preposição núcleo- Objeto indireto, porque completa o sentido de um verbo transitivo indireto.- O complemento liga-se ao verbo por meio da preposição
  35. 35. É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo.Referese a um substantivo, adjetivo ou advérbio, ligando-se a eles por meio depreposição. A lembrança do passado martelava-lhe na cabeça. substantivo complemento nominalpreposição O porão da casa estava cheio de ratos. adjetivo complemento nominal preposição
  36. 36. Ambos são precedidos de preposição, mas:-o complemento nominal completa o sentido de umsubstantivo, adjetivo ou advérbio.A lembrança do passado martelava-lhe na cabeça. substantivo complemento nominal preposição-o objeto indireto completa o sentido de um verbo transitivoindireto. preposição Ela visa à faculdade. verbo objeto transitivo indireto indireto
  37. 37. Classifique os termos destacados em complemento nominalou objeto indireto.a) Temos necessidade de sua palavra.b) Ele obedece aos mais velhos.c) A mulher queixava-se do marido.d) Sempre é bom o diálogo com um amigo.e) O respeito aos mais velhos.
  38. 38. a)Temos necessidade de sua palavra. substantivo Complemento nominal, pois completa o sentido de umsubstantivo.b) Ele obedece aos mais velhos. verbo Objeto indireto, pois completa o sentido de um verbo.
  39. 39. c) A mulher queixava-se do marido. verbo- Objeto indireto, pois completa o sentido de um verbo.d) Sempre é bom o diálogo com um amigo. substantivo- Complemento nominal, pois completa o sentido de um substantivo.e) O respeito aos mais velhos. substantivo - Complemento nominal, pois completa o sentido de umsubstantivo.
  40. 40. Numa oração com verbo na voz passiva, em que o sujeito é paciente,pode aparecer o termo que indica quem ou o que pratica a ação verbalsofrida pelo sujeito. Esse termo é denominado agente da passiva. A grama foi cortada por Marisa. sujeito paciente agente da passiva
  41. 41. -Adjunto adnominal;-Adjunto adverbial;- Aposto.
  42. 42. É o termo que acompanha o nome (substantivo) procurandocaracterizá-lo, determiná-lo ou individualizá-lo. O adjunto adnominalpode ser representado por: artigo, adjetivo, numerais etc. As pipas coloridas contrastam com o céu azul. adjunto adjunto adjunto adjuntoadnominal adnominal adnominal adnominall substantivo substantivo
  43. 43. Identifique os adjuntos adnominais dos substantivos queestão destacados.a) Os fogos iluminam a noite.b) Reproduziram três histórias durante a aula.c) Muitas pessoas votaram pelo racionamento de água.d) O prefeito declarou que aquele terreno não será vendido.
  44. 44. Éo termo que se refere ao verbo, ao adjetivo ou a outro advérbio,indicando-lhes uma circunstância. O adjunto adverbial pode serconstituído de advérbios e locuções ou expressões adverbiais. Falou muito, mas não convenceu. adjunto adverbial de intensidade Saiu sem vontade para o mercado. adjunto adverbial de modo
  45. 45. Identifique os adjuntos adverbiais das frases abaixo:a) Não duvido de que o contato com a natureza nos deixefelizes.b) Friamente, o entrevistado confessou que roubara ocarro.c) O pessoal saiu bem devagar.d) Dormimos cedo e levantamos tarde.
  46. 46. Não duvido de que o contato com a natureza nos deixefelizes. adjunto adverbial de negaçãob) Friamente, o entrevistado confessou que roubara o carro. adjunto adverbial de modoc) O pessoal saiu bem devagar. adjuntos adverbiais de modod) Dormimos cedo e levantamos tarde. adjuntos adverbiais de tempo
  47. 47. É o termo que explica, esclarece ou resume outro termo daoração. Ouro Preto, a antiga Vila Rica da época da mineração, éhoje uma cidade histórica. Mário de Andrade, o poeta de São Paulo, viajava pelo Brasilpesquisando a nossa cultura popular.
  48. 48. Destaque o aposto.a) Os livros de Lygia Fagundes Telles, grande escritorabrasileira, são muito procurados.b) Admiradora de Rita Lee, Elis Regina não se conteve eescreveu-lhe uma carta.c) Chegando a São Paulo, o maior centro urbano do país, nãodeixe de visitar o Museu de Arte de São Paulo.
  49. 49. a) Os livros de Lygia Fagundes Telles, grande escritorabrasileira, são muito procurados.b) Admiradora de Rita Lee, Elis Regina não se conteve eescreveu-lhe uma carta.c) Chegando a São Paulo, o maior centro urbano do país,não deixe de visitar o Museu de Arte de São Paulo.
  50. 50. - PASCHOALIN, Maria Aparecida; SPADOTO, Neuza.Gramática. Teoria e exercícios . São Paulo: FTD, 1996.- CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Gramática doPortuguês Contemporâneo. Nova Fronteira, 2001.

×