O slideshow foi denunciado.

Texto para Everlon Coura

187 visualizações

Publicada em

Texto feito por Walace dos santos, morador de Feru Rosa, Serra, ES - vizinho de Everlon desde pequeno, escrito para homenagear a sua primeira obra - Bn - Aguardando uma Esperança

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Texto para Everlon Coura

  1. 1. Só palavras não iram dizer tudo aquilo que conheço dessapessoa, eu vi crescer e se formar ao meu lado, eu vi de suas mãospequenos rabiscos com o tempo criando formas e formas, onde euvi pequenas palavras erradas ficarem certas, palavras se juntando evirando frases, entrando em plena composição e virando textos. Poucos conseguem falar, pois não acompanharam o começode tudo, a história desse meu amigo, o conheci ainda pequeno,fomos vizinhos por mais de vinte anos, vi muito talento surgindoaos poucos, desde as primeiras revistinhas, ele fazia quadrinhosque encantavam as pessoas da redondeza, os primeirospersonagem ficaram famosos em nossa rua, onde a criatividade e afacilidade de fazer desenhos sempre estiveram predominando, acriação sempre esteve à frente, em muitas horas se confundia, massempre em buscar dos traços perfeitos e palavras corretas, oesforço em fazer um quadrinho legal e divertido, eu lacrimejava derir, era ilário, tudo isso foi há muito tempo, crianças escolhendo aprofissão, escolhendo o que tentar da vida, mas meu amigo levavaessa criatividade como robe, ele não queria mostrar para o mundo,espalhava sua criatividade com os amigos, tinha vergonha demostrar pra todos, eu confesso que não entendia isso. Os grandes artistas do mundo sempre começaram desdepequeno e para Everlon Coura o “velo” não foi diferente, e comoeu disse o dom também veio logo cedo e, o tempo foi moldandoseu conhecimento e aperfeiçoando seus traços, por isso eu tenhoorgulho de falar, quando fiquei sabendo que meu amigo, meuantigo vizinho havia escrito uma obra, um livro, confesso quefiquei empolgado pra ler, voltar a apreciar a sua arte, pois eu querorelembrar os velhos tempos, a mais de seis anos eu não vejo umdaqueles quadrinhos que só meu amigo sabia fazer. Bom... avontade de seguir uma profissão podia lhe desviado de sua arte decontar histórias, mas eu escrevo esse texto pois eu acredito, eutenho fé que esse meu amigo pode ir longe, artista desde pequeno,eu sei que foi desenhista desde que nasceu, e agora escritor, assimeu vejo e assim o mundo verá. Walace dos Santos Gonçalves 73

×