Cap. 02 império napoleonico

904 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Cap. 02 império napoleonico

  1. 1. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA CAPÍTULO - 02 O Império Napoleônico e Congresso de Viena. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  2. 2. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA • Reação Termidoriana: (Golpe do 9º Termidor de 1794) - Julho • Robespierre é guilhotinado; • Girondinos retomam o poder. – Convenção Termidoriana (1794 – 1795):  Ala conservadora da revolução assume o poder.  Anulação das leis dos jacobinos. . Reestabelecimento da escravidão nas colônias; . Anulação da Lei do Máximo;  Perseguições a populares (Terror Branco). (jacobinos e simpatizantes) http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  3. 3. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA • O Diretório (1795 – 1799): – 1795: Nova Constituição – 5 diretores (poder executivo), voto censitário. – 1795 e 1797 – golpes realistas (frustrados) – 1796: Conspiração ou Conjura dos Iguais (Graco Babeuf) – rebelião popular fracassada. GRACO BABEUF – Segunda Coligação contra a França (PRUS + ESP + HOL + ITA) – derrotada. – Crise econômica, corrupção, impopularidade. – Napoleão Bonaparte destaca-se. – Golpe do 18 Brumário (NOV/1799): Napoleão Bonaparte toma o poder. Fim da Revolução Francesa. NAPOLEÃO BONAPARTE http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  4. 4. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  5. 5. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA 1 - O CONSULADO (1799 – 1804): • Pacificação interna e externa. • Acordos de paz com países vizinhos (Paz de Amiens – II Coligação). • Acordo com a Igreja – catolicismo oficial (Concordata de 1801) • Acordo com a nobreza – anistia. – Retorno de famílias nobres emigradas SEM devolução de terras perdidas durante a Revolução Francesa. • Recuperação econômica: – Criação do Banco da França (1800). – Nova moeda: Franco. – Financiamentos industriais e agrícolas. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  6. 6. COLÉGIO DIOCESANO • • • • A ERA NAPOLEÔNICA – Prêmios para invenções. Centralização administrativa: – Napoleão = 1º Cônsul, responsável pelo Poder Executivo por 10 anos (Constituição do Ano VIII – 1802). – Escolha de ministros. – Código Civil Napoleônico (1804): igualdade jurídica, direito à propriedade, proibição de greves e sindicatos, ratificação da reforma agrária e fim da escravidão nas colônias. Conquistas burguesas asseguradas. Controle do ensino. Transformado em Cônsul Vitalício e a seguir em Imperador, ambos em 1804, através de plebiscitos. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  7. 7. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA A COROAÇÃO DE NAPOLEÃO: – “Coroação de Napoleão e Josefina”, ocorrida em 1804 na Catedral de Notre-Dame. – Napoleão Bonaparte corou Imperatriz Josefina se autocorou Imperador, apesar da presença do papa Pio VII. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  8. 8. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA 2 - O IMPÉRIO (1804 – 1815): • Atritos permanentes com inimigos vizinhos. – ING – concorrência comercial. – Demais países – monarquias absolutistas temerosas com ideais liberais. • 1803, formação da III Coligação (ING, AUS e RUS) • Derrotado pela ING na batalha de TRAFALGAR (1805) http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  9. 9. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA • BLOQUEIO CONTINENTAL (1806): – Napoleão proíbe os países da Europa de manter relações comerciais com a Inglaterra. – Objetivo: vencer a Inglaterra através do esgotamento de sua economia. – Fracasso. Contrabando. ING reforça comércio com outras áreas (principalmente América). http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  10. 10. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA A EUROPA NAPOLEÔNICA: http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  11. 11. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA – Fuga da família real portuguesa para o Brasil (1808). – Carência de produtos manufaturados na Europa. – Exploração de populações dominadas. – Resistência a Napoleão. – Lenta decadência. • Deposição de monarquias absolutistas na Europa. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  12. 12. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA • 1812 – Campanha da Rússia. – Grande derrota de Napoleão. – “terra arrasada”. • 1913 – Batalha de Leipzig – Sexta Coligação (RUS + ING + AUS + PRUS) vence Napoleão. – Exílio em Elba. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  13. 13. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA • Retorno – Governo dos Cem Dias (1815). • 1815 – WATERLOO – derrota final de Napoleão. – Preso na Ilha de Santa Helena. – Morre em 1821. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  14. 14. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA 3 - O CONGRESSO DE VIENA (1815): • Reunião de potências européias após a queda de Napoleão. • Principais países: AUS – RUS – PRUS – ING (vencedores). • Objetivo principal: restauração do Antigo Regime. • Princípios básicos: – LEGITIMIDADE – retorno de velhas dinastias absolutistas ao poder. – INTERVENÇÃO – (Exército da Santa Aliança) – EQUILÍBRIO EUROPEU – divisão territorial no continente e no restante do mundo. – Maiores beneficiados: líderes. • FRA: fronteiras anteriores à Revolução Francesa. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  15. 15. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA A EUROPA DO CONGRESSO DE VIENA: http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  16. 16. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA • Criação da SANTA ALIANÇA: – Exército conservador, criado por sugestão do czar Alexandre I (RUS). – AUS – RUS – PRUS. – Combate ao liberalismo e ao nacionalismo. – Manutenção das decisões do Congresso de Viena. – Contra os movimentos de independência na América Latina. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  17. 17. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA OBSERVAÇÕES. . Os ingleses se negaram a participar da Santa Aliança, defendiam o liberalismo. . A Partir de 1825, a Santa Aliança e o conservadorismo europeu enfraquecem e ocorrem Revoluções liberais e nacionalistas em várias partes da Europa. . Surgem atritos entre as grande potências conservadoras. http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira
  18. 18. COLÉGIO DIOCESANO A ERA NAPOLEÔNICA FIM http://nilbarra.blogspot.com.br/ Prof. Evanildo Pitombeira

×