CRESCENTE FÉRTIL

CAPÍTULO (02)
Impérios Teocráticos de
Regádio.
(Egito e Mesopotâmia)
http:/nilbarra.blogspot.com.br
/

P...
CRESCENTE FÉRTIL

1 - O CRESCENTE FÉRTIL:
•
•
•
•

Berço das primeiras civilizações;
Atual Iraque até Egito;
Grandes rios;...
CRESCENTE FÉRTIL

2 – EGITO E MESOPOTÂMIA:
• Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO;
- Líder = Deus ou representante dele;
- Apro...
CRESCENTE FÉRTIL

3 - O EGITO ANTIGO:
• Rio Nilo;
• Defesas Naturais:
Desertos, Mar Mediterrâneo, Mar Vermelho;
– Poucas i...
CRESCENTE FÉRTIL
• 5º Milênio a.C. – (vale do NILO):
– Várias culturas Neolítica:
(Faium, Tasa e Merimde)
– Domesticação d...
CRESCENTE FÉRTIL
• Comunidades primitivas = GENS;
• União de GENS = NOMOS (Nomarca = líder);
• União de NOMOS = REINOS (AL...
CRESCENTE FÉRTIL

• Médio Império (2000 – 1700 a.C);
–
–
–
–

Tebas;
Faraós X Nomarcas;
Entrada de Hebreus no Egito;
Invas...
CRESCENTE FÉRTIL
– Decadência cultural e militar;
– Conquistados sucessivamente
por persas, macedônios,
romanos, árabes, t...
CRESCENTE FÉRTIL

• Religião: políteísta, antropozoomórfica, culto a diversos animais
(vaca, touro, gato, crocodilo...), A...
CRESCENTE FÉRTIL

4 - A MESOPOTÂMIA:
•
•
•
•

“Terra entre rios” – Tigre e Eufrates;
Atual Iraque;
Cidades-Estados;
Sucess...
CRESCENTE FÉRTIL

• Sumérios e Acadianos
(2800 -2000 a.C)
– Escrita cuneiforme
– Formação de cidades-estados
(política des...
CRESCENTE FÉRTIL

• Amoritas ou Babilônios
(1800 a.C – 1600 a.C)
– Conquista da região promovida pelo rei Hamurábi
– Códig...
CRESCENTE FÉRTIL

• Hititas (1600 a.C – 1200 a.C)
– Lingua indo-européia
– Novas tecnologias militares
(cavalo e armas fei...
CRESCENTE FÉRTIL

• Caldeus ou Neobabilônicos (612 a 539 a.C)
–
–
–
–

Destaque nas construções – arquitetura
Nabucodonoso...
CRESCENTE FÉRTIL

http:/nilbarra.blogspot.com.br
/

Prof. Evanildo Pitombeir
CRESCENTE FÉRTIL

• Economia:
– Agrícola (principal), com comércio e artesanato desenvolvidos;

• Sociedade:
– A sociedade...
CRESCENTE FÉRTIL

• Realizações Culturais
– Astronomia e Astrologia:
Tanto a astrologia (criação do horóscopo) quanto a a...
CRESCENTE FÉRTIL

• Religião:
– A religião era politeísta. Os deuses eram antropomórficos
– No geral, os deuses eram imort...
CRESCENTE FÉRTIL

Fim
http:/nilbarra.blogspot.com.br
/

Prof. Evanildo Pitombeir
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cap. 02 (estados teocraticos)

958 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
958
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cap. 02 (estados teocraticos)

  1. 1. CRESCENTE FÉRTIL CAPÍTULO (02) Impérios Teocráticos de Regádio. (Egito e Mesopotâmia) http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  2. 2. CRESCENTE FÉRTIL 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: • • • • Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  3. 3. CRESCENTE FÉRTIL 2 – EGITO E MESOPOTÂMIA: • Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus ou representante dele; - Aproveitamento de cheias dos rios - Civilizações fluviais; • MODO DE PRODUÇÃO ASIÁTICO: - Estado = dono das terras; - População = obras públicas e produção em geral sob forma de servidão coletiva; - Obrigações básicas: pagamento de impostos, serviço militar e produção; • Recursos agrícolas distribuídos pelo Estado. http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  4. 4. CRESCENTE FÉRTIL 3 - O EGITO ANTIGO: • Rio Nilo; • Defesas Naturais: Desertos, Mar Mediterrâneo, Mar Vermelho; – Poucas invasões – longevidade; – Isolamento cultural – estruturas sem transfomações; • Paleolítico: (2000000 – 10000 a.C) – O clima sofreu alterações: úmido e equatorial => seco; seco – Ocorreu um processo de desertificação; – As populações concentraram-se nas margens do RIO NILO. http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  5. 5. CRESCENTE FÉRTIL • 5º Milênio a.C. – (vale do NILO): – Várias culturas Neolítica: (Faium, Tasa e Merimde) – Domesticação de: Plantas – trigo e cevada; Animais – porcos, bois e cabras. – Sedentarização. • 4º Milênio a.C. – (Período Pré-dinastico) – O surgimento do Cobre; – No Alto Egito, surgiram três civilizações: (bandariense, amratiense e gerzeense); – Predominância da Civilização GERZEENSE; – Surgimento dos NOMOS => Nomarcas. http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  6. 6. CRESCENTE FÉRTIL • Comunidades primitivas = GENS; • União de GENS = NOMOS (Nomarca = líder); • União de NOMOS = REINOS (ALTO(S) e BAIXO(N)); • União de REINOS = IMPÉRIO (Menés – 1º faraó) • Antigo Império (3200 – 2200 a.C); – Tínis e Mênfis; – Grandes pirâmides e obras de irrigação; – ESTADO + altos funcionários = controle administrativo; – Revoltas no final do período (altos impostos e trabalho excessivo); – Decadência do poder faraônico; http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  7. 7. CRESCENTE FÉRTIL • Médio Império (2000 – 1700 a.C); – – – – Tebas; Faraós X Nomarcas; Entrada de Hebreus no Egito; Invasão dos Hicsos (introdução de cavalos e metalurgia). • Novo Império (1600 – 525 a.C); – – – – – Tebas; Xenofobia e militarismo; Escravização de hebreus (ÊXODO – retirada de hebreus do Egito); Conquistas territoriais (Palestina, Fenícia e Síria); Tentativa monoteísta (Amenófis IV – Aton); http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  8. 8. CRESCENTE FÉRTIL – Decadência cultural e militar; – Conquistados sucessivamente por persas, macedônios, romanos, árabes, turcos e ingleses, só voltando a ser independente no século XX de nossa época. • Economia: - Agrícola; • Sociedade: - Servidão coletiva; - Comércio (mercadorias e artesanato) http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  9. 9. CRESCENTE FÉRTIL • Religião: políteísta, antropozoomórfica, culto a diversos animais (vaca, touro, gato, crocodilo...), AMON-RÁ (Sol) – principal Deus, crença na vida pós-morte; • Cultura: conhecimentos de medicina, anatomia, técnicas de mumificação, calendário solar com o ano dividido em 12 meses de 30 dias, arquitetura grandiosa especializando-se em obras hidráulicas e religiosas, pintura sem utilização de perspectiva, 3 formas de escrita: HIEROGLÍFICA, HIERÁTICA, DEMÓTICA. http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  10. 10. CRESCENTE FÉRTIL 4 - A MESOPOTÂMIA: • • • • “Terra entre rios” – Tigre e Eufrates; Atual Iraque; Cidades-Estados; Sucessão de vários povos; http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  11. 11. CRESCENTE FÉRTIL • Sumérios e Acadianos (2800 -2000 a.C) – Escrita cuneiforme – Formação de cidades-estados (política descentralizada) – Construções de zigurates (templos) – Acadianos – conquista de todas as cidades sumerianas (centralização política) – Sargão I – o unificador http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  12. 12. CRESCENTE FÉRTIL • Amoritas ou Babilônios (1800 a.C – 1600 a.C) – Conquista da região promovida pelo rei Hamurábi – Código de Hamurábi Princípio de Talião “olho por olho, dente por dente” Rigoroso e influenciado pela religião Código civil e penal. http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  13. 13. CRESCENTE FÉRTIL • Hititas (1600 a.C – 1200 a.C) – Lingua indo-européia – Novas tecnologias militares (cavalo e armas feitas de ferro) • Assírios (1300 a.C – 612 a.C) – Militarismo organizado e cruel. – Empalamento e esfolamento – Assurbanipal (construção da biblioteca de Nínive) http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  14. 14. CRESCENTE FÉRTIL • Caldeus ou Neobabilônicos (612 a 539 a.C) – – – – Destaque nas construções – arquitetura Nabucodonosor – apogeu Jardins suspensos da Babilônia Decadência – invasão do império Persa (Ciro I) http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  15. 15. CRESCENTE FÉRTIL http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  16. 16. CRESCENTE FÉRTIL • Economia: – Agrícola (principal), com comércio e artesanato desenvolvidos; • Sociedade: – A sociedade mesopotâmica foi marcada por rígida divisão social: as funções de cada indivíduo eram estabelecidas de acordo com a camada a que pertencia. – Nobres, funcionários, militares e sacerdotes ocupavam posições privilegiadas. – Na base da pirâmide social estavam os camponeses e os escravos, além de grande número de trabalhadores que prestavam serviços à comunidade http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  17. 17. CRESCENTE FÉRTIL • Realizações Culturais – Astronomia e Astrologia: Tanto a astrologia (criação do horóscopo) quanto a astronomia têm sua origem nas observações dos corpos celestes realizadas pelos sacerdotes mesopotâmicos, há cerca de 4 mil anos. Utilizando equipamentos, como um astrolábio de argila, os mesopotâmicos foram capazes de distinguir estrelas e planetas e de reunir informações sobre os seus movimentos. – Matemática: O aperfeiçoamento das pesquisas astronômicas possibilitou avanços nos conhecimentos da matemática. Assim, os mesopotâmicos desenvolveram a álgebra e dividiram o círculo em 360 graus. O calendário lunar, a semana de sete dias, a divisão do ano em doze meses e do dia em dois períodos de doze horas. http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  18. 18. CRESCENTE FÉRTIL • Religião: – A religião era politeísta. Os deuses eram antropomórficos – No geral, os deuses eram imortais, possuindo, cada um deles, atributos positivos ou negativos – Os mesopotâmicos acreditavam na vida após a morte, considerando-a uma transição de uma dimensão a outra. Entretanto, diferentemente dos egípcios, viam a morte como um estágio empobrecido e diminuído da vida. • Maiores contribuições: - ESCRITA CUNEIFORME - CÓDIGO DE LEIS. http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir
  19. 19. CRESCENTE FÉRTIL Fim http:/nilbarra.blogspot.com.br / Prof. Evanildo Pitombeir

×