SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 46
Baixar para ler offline
ProIndústria 2017
24-25 outubro - Fórum de Negócios e Educação para a Indústria Digital
José Rizzo Hahn Filho
Pollux Automation – Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII)
Diretor Presidente
Engenheiro Mecânica – Iowa State University
IIoT (Industrial Internet of Things) e sistemas de robô
para fábricas mais produtivas, eficientes e inteligentes
“Se a velocidade da
mudança no lado de fora
excede a velocidade da
mudança dentro da
empresa, o fim está
próximo.”
Jack Welch
...e a velocidade das mudanças nunca foi tão alta.
Varejo nos EUA nos últimos 10 anos
Novas tecnologias são importantes, mas não transformam uma indústria
Elas possibilitam a criação
de modelos de negócio que
oferecem soluções mais
simples, econômicas e
eficientes.
Novos modelos de negócio
transformam uma indústria
ao ligar novas tecnologias a
necessidades emergentes.
Inovação no Modelo de Negócio
O que a nova tecnologia
permite?
O que o mercado quer?
Proposta de valor mais
atraente!
TRANSFORMAÇÃO NA
INDÚSTRIA
Modelo de Negócio – forma
como uma empresa cria e
captura valor.
Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores
Produtos e serviços
mais personalizados
Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores
Economia do
compartilhamento
Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores
Precificação
baseada em uso
Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores
Ecossistema mais
colaborativo
Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores
Agilidade e
adaptação
Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores
• Produtos e serviços mais personalizados
• Economia do compartilhamento
• Precificação baseada em uso
• Ecossistema mais colaborativo
• Agilidade e adaptação
Características das empresas disruptivas
• Vivem no LIMIAR da inovação
• Estão completamente voltadas para o DIGITAL
• São fortes participantes de ECOSSISTEMAS
• São pensadoras EXPONENCIAIS
• São extremamente ÁGEIS
• São CENTRADAS NO CLIENTE
Fonte:
Indústria 4.0 e Internet Industrial
Indústria 4.0 e Internet Industrial
Abrangência da Internet Industrial
Internet Industrial – A Terceira Revolução Tecnológica
A Pirâmide do Conhecimento
Sabedoria
Conhecimento
Informação
Dados
Sensores
Produtividade Eficiência
Fatores Promotores da Internet Industrial
Custo dos sensores caindo drasticamente e a Lei de Moore
também válida para armazenamento de informação.
Giroscópio e acelerômetro – Nike-Ajax System
Nike-Ajax System – Guerra Fria – Década de 1960
Giroscópio e acelerômetro para smartphones
Compondo um Objeto Inteligente em IoT
identificação
software
controlador
sensores
conectividade
Compondo um Objeto Inteligente em IoT
Teremos 50 bilhões de
“coisas” conectadas até
2020
O que justifica a Internet Industrial?
Geração de Receitas
Oportunidade de US$ 15 trilhões
nos próximos 15 anos
Novos produtos e serviços
revolucionários
• Criando novos mercados
• Mudando a forma como o
mundo funciona
O que justifica a Internet Industrial?
• Melhoria da satisfação dos
clientes
• Ganhos de produtividade na
força de trabalho
• Custos de manutenção
reduzidos
• Economia de materiais e energia
• Redução de desperdício
Principais campos de atuação no momento
• Manutenção preditiva
• Monitoramento e
rastreabilidade de ativos
• Automação de processos
manuais
• Aumento de segurança
• Eficiência energética
• Melhoria da satisfação dos
clientes
Obstáculos no Caminho da Internet Industrial
3%
15%
19%
24%
38%
53%
64%
65%
Preocupações Sociais
Falta de Profissionais Especializados
Preocupações com Privacidade
Imaturidade Tecnológica
Legado de Equipamentos
ROI Incerto
Preocupações com Segurança
Falta de Interoperabilidade e Padrões
Fonte: Fórum Econômico Mundial
Internet Industrial e Indústria 4.0 no Mundo
Globalização do IIC
Fundação da
Associação Brasileira da Internet Industrial
(ABII)
Membros Fundadores
PROMOVER O CRESCIMENTO
ACELERADO DA INTERNET INDUSTRIAL
NO BRASIL
através da coordenação de um ecossistema
que gere iniciativas voltadas à integração,
controle e conexão segura entre máquinas,
sistemas, processos e pessoas por meio de
arquiteturas comuns e padrões abertos,
visando a geração de resultados
transformadores para as diferentes indústrias
e infraestrutura pública.
Associação Brasileira de Internet Industrial
ECOSSISTEMA
Comunidade Público-Privada para acelerar a inovação e as melhores práticas
através de ideias e direcionamento
TECNOLOGIA E SEGURANÇA
Arquitetura de referência aberta e neutra e sistema de segurança e privacidade
EXPERIMENTOS CONTROLADOS (TESTBEDS)
Inovações para gerar novos produtos, processos e serviços
Áreas Primárias
Mais de 40 Testbeds em andamento no mundo
ABII – Como Fazer Parte
e preencha o formulário.
É rápido e fácil.
Ações práticas em desenvolvimento – Robô colaborativo como Serviço
Ações práticas em desenvolvimento – Robô colaborativo como Serviço
Excesso de pessoas em atividades operacionais reduz a competitividade
CUSTOS ALTOS E CRESCENTES
 Tributos excessivos
 Processos trabalhistas
 Despesas elevadas - Treinamento, supervisão, benefícios etc.
ERGONOMIA E SEGURANÇA EM RISCO
 Atividades insalubres e arriscadas
 Lesão por atividades repetitivas - DORT, LER
 Legislação rigorosa
COMPROMETIMENTO REDUZIDO
 Absenteísmo
 Alta rotatividade
 Baixo interesse das novas gerações
QUALIDADE AMEAÇADA
 Falta de atenção
 Erro humano
 Baixa capacitação
A Revolução da Robótica
Até 2025, uma em cada quatro atividades nas fábricas será
robotizada, aumentando a produtividade em até 30%.
Neste período, estima-se
que 40% das grandes
empresas atuais não
conseguirão acompanhar
a revolução tecnológica e
serão extintas.
Robôs como fator de competitividade nas nações industrializadas
Países Base Instalada em 2018 (est.)
China 614.200
Estados Unidos/Canadá/México 323.000
Coréia do Sul 279.000
Alemanha 216.800
Brasil 18.300
DEFASAGEM – 200.000 robôs industriais (*)
* Considera uma densidade de 300 robôs (a mesma da Alemanha hoje) para
cada 10.000 trabalhadores em uma indústria com 7 milhões de pessoas
Criamos uma forma inovadora
para acelerar a adoção de robôs
na sua empresa.
Sem budget Sem demoraSem capex
[ allSERV+ Locação ]
Robô convencional
Alto investimento inicial (capex)
Suporte pontual
Robô isolado
Modelo físico
Processo comercial/implantação lento (meses)
Relacionamento transacional
Múltiplas interfaces com fornecedores
Responsabilidade técnica difusa
Obsolescência tecnológica
Robô colaborativo
Sem investimento inicial (opex)
Suporte permanente
Robô conectado - Internet Industrial
Digital Twin (simulação)
Processo comercial/implantação rápido (dias)
Relacionamento colaborativo
Parceiro único
Responsabilidade técnica clara (garantia de funcionamento)
Atualização tecnológica
Robótica Tradicional Pollux Robotics
Transformação da Indústria na Prática – POLLUX ROBOTICS
Palavra do cliente
RaaS – Modelo de Negócio e Fatores de Sucesso
• Produtos e serviços mais personalizados
• Economia do compartilhamento
• Precificação baseada em uso
• Ecossistema mais colaborativo
• Agilidade e adaptação
“Não tenho talentos
especiais, sou apenas
apaixonadamente
curioso.”
rizzo@pollux.com.br
Que cada um de nós encontre suas
verdadeiras paixões.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Idea Valley Digital Inclusion WireLess Rural Broadband Brazil Vizion WCAI Ser...
Idea Valley Digital Inclusion WireLess Rural Broadband Brazil Vizion WCAI Ser...Idea Valley Digital Inclusion WireLess Rural Broadband Brazil Vizion WCAI Ser...
Idea Valley Digital Inclusion WireLess Rural Broadband Brazil Vizion WCAI Ser...IdeaValley Sergio Cabral Cavalcanti
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computingizabel15
 
Quarta Revolução Industrial
Quarta Revolução IndustrialQuarta Revolução Industrial
Quarta Revolução IndustrialRui Filipe Garcia
 
O Futuro da Engenharia sob a Ótica da Ciência, Tecnologia e Inovação
O Futuro da Engenharia sob a Ótica da Ciência, Tecnologia e InovaçãoO Futuro da Engenharia sob a Ótica da Ciência, Tecnologia e Inovação
O Futuro da Engenharia sob a Ótica da Ciência, Tecnologia e InovaçãoThomas Buck
 
8ª CONSEGURO - GIL GIARDELLI
8ª CONSEGURO - GIL GIARDELLI8ª CONSEGURO - GIL GIARDELLI
8ª CONSEGURO - GIL GIARDELLICNseg
 
Gartner symposium 2013
Gartner symposium 2013Gartner symposium 2013
Gartner symposium 2013inovaDay .
 
A caminho da indústria 4 ponto 0
A caminho da indústria 4 ponto 0A caminho da indústria 4 ponto 0
A caminho da indústria 4 ponto 0Pablo Mereles
 
4 trabalho consumo-e_desigualdade
4 trabalho consumo-e_desigualdade4 trabalho consumo-e_desigualdade
4 trabalho consumo-e_desigualdadeLucas Cechinel
 
PLM Summit 2018 Apresentação 03a
PLM Summit 2018 Apresentação 03aPLM Summit 2018 Apresentação 03a
PLM Summit 2018 Apresentação 03aCADWARE-TECHNOLOGY
 
Whitepaper - Mobile World Congress - Portuguese version
Whitepaper - Mobile World Congress - Portuguese versionWhitepaper - Mobile World Congress - Portuguese version
Whitepaper - Mobile World Congress - Portuguese versionMobile Marketing Association
 
PLM Summit 2018 Apresentação 04
PLM Summit 2018 Apresentação 04PLM Summit 2018 Apresentação 04
PLM Summit 2018 Apresentação 04CADWARE-TECHNOLOGY
 
Indústria 4.0: a nova Revolução Industrial
Indústria 4.0: a nova Revolução IndustrialIndústria 4.0: a nova Revolução Industrial
Indústria 4.0: a nova Revolução IndustrialRoberto Zurcher
 
O Impacto Experiência Em Um Mundo Cada Vez Mais Conectado
O Impacto Experiência Em Um Mundo Cada Vez Mais ConectadoO Impacto Experiência Em Um Mundo Cada Vez Mais Conectado
O Impacto Experiência Em Um Mundo Cada Vez Mais ConectadoRichard Chaves
 

Mais procurados (20)

Idea Valley Digital Inclusion WireLess Rural Broadband Brazil Vizion WCAI Ser...
Idea Valley Digital Inclusion WireLess Rural Broadband Brazil Vizion WCAI Ser...Idea Valley Digital Inclusion WireLess Rural Broadband Brazil Vizion WCAI Ser...
Idea Valley Digital Inclusion WireLess Rural Broadband Brazil Vizion WCAI Ser...
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
 
Quarta Revolução Industrial
Quarta Revolução IndustrialQuarta Revolução Industrial
Quarta Revolução Industrial
 
ProIndústria2018 - Sala Beta - A05
ProIndústria2018 - Sala Beta - A05ProIndústria2018 - Sala Beta - A05
ProIndústria2018 - Sala Beta - A05
 
O Futuro da Engenharia sob a Ótica da Ciência, Tecnologia e Inovação
O Futuro da Engenharia sob a Ótica da Ciência, Tecnologia e InovaçãoO Futuro da Engenharia sob a Ótica da Ciência, Tecnologia e Inovação
O Futuro da Engenharia sob a Ótica da Ciência, Tecnologia e Inovação
 
ENCOAD 2017 - Preparando o Profissional do Futuro para a Indústria 4.0
ENCOAD 2017 - Preparando o Profissional do Futuro para a Indústria 4.0ENCOAD 2017 - Preparando o Profissional do Futuro para a Indústria 4.0
ENCOAD 2017 - Preparando o Profissional do Futuro para a Indústria 4.0
 
8ª CONSEGURO - GIL GIARDELLI
8ª CONSEGURO - GIL GIARDELLI8ª CONSEGURO - GIL GIARDELLI
8ª CONSEGURO - GIL GIARDELLI
 
Gartner symposium 2013
Gartner symposium 2013Gartner symposium 2013
Gartner symposium 2013
 
Mobilidade
MobilidadeMobilidade
Mobilidade
 
A caminho da indústria 4 ponto 0
A caminho da indústria 4 ponto 0A caminho da indústria 4 ponto 0
A caminho da indústria 4 ponto 0
 
Helio Zylberstajn
Helio ZylberstajnHelio Zylberstajn
Helio Zylberstajn
 
Whitepaper SXSW 2018 - Portuguese version
Whitepaper SXSW 2018 - Portuguese versionWhitepaper SXSW 2018 - Portuguese version
Whitepaper SXSW 2018 - Portuguese version
 
Desafios do Administrador na Revolução 4.0
Desafios do Administrador na Revolução 4.0Desafios do Administrador na Revolução 4.0
Desafios do Administrador na Revolução 4.0
 
4 trabalho consumo-e_desigualdade
4 trabalho consumo-e_desigualdade4 trabalho consumo-e_desigualdade
4 trabalho consumo-e_desigualdade
 
PLM Summit 2018 Apresentação 03a
PLM Summit 2018 Apresentação 03aPLM Summit 2018 Apresentação 03a
PLM Summit 2018 Apresentação 03a
 
Novos horizontes tecnologia
Novos horizontes tecnologiaNovos horizontes tecnologia
Novos horizontes tecnologia
 
Whitepaper - Mobile World Congress - Portuguese version
Whitepaper - Mobile World Congress - Portuguese versionWhitepaper - Mobile World Congress - Portuguese version
Whitepaper - Mobile World Congress - Portuguese version
 
PLM Summit 2018 Apresentação 04
PLM Summit 2018 Apresentação 04PLM Summit 2018 Apresentação 04
PLM Summit 2018 Apresentação 04
 
Indústria 4.0: a nova Revolução Industrial
Indústria 4.0: a nova Revolução IndustrialIndústria 4.0: a nova Revolução Industrial
Indústria 4.0: a nova Revolução Industrial
 
O Impacto Experiência Em Um Mundo Cada Vez Mais Conectado
O Impacto Experiência Em Um Mundo Cada Vez Mais ConectadoO Impacto Experiência Em Um Mundo Cada Vez Mais Conectado
O Impacto Experiência Em Um Mundo Cada Vez Mais Conectado
 

Semelhante a ProIndústria 2017 - A04 - Visão de sistemas cyber physical - IIoT e sistemas de robô

A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptxA Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptxJosé Luiz Zanirato Maia
 
Sociedade 5.0 (Douglas Oliveira-CEO OPENCADD) Evento Fiesp
Sociedade 5.0  (Douglas Oliveira-CEO OPENCADD) Evento FiespSociedade 5.0  (Douglas Oliveira-CEO OPENCADD) Evento Fiesp
Sociedade 5.0 (Douglas Oliveira-CEO OPENCADD) Evento FiespOpencadd Advanced Technology
 
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccenturePIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccentureEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
trabalho indústria 4.0.pptx
trabalho indústria 4.0.pptxtrabalho indústria 4.0.pptx
trabalho indústria 4.0.pptxMAteus261311
 
Palestra na SERASA sobre Tecnologia e Inovação
Palestra na SERASA sobre Tecnologia e InovaçãoPalestra na SERASA sobre Tecnologia e Inovação
Palestra na SERASA sobre Tecnologia e InovaçãoRichard Chaves
 
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de ManufaturaManufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de ManufaturaSalesforce Brasil
 
Guia Executivo SuperObra.com
Guia Executivo SuperObra.comGuia Executivo SuperObra.com
Guia Executivo SuperObra.comHumberto Ribeiro
 
PLM Summit 2019 - A04 - Guilherme Torres - Advantech
PLM Summit 2019 - A04 - Guilherme Torres - AdvantechPLM Summit 2019 - A04 - Guilherme Torres - Advantech
PLM Summit 2019 - A04 - Guilherme Torres - AdvantechEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
Mercado e Tendências em Tecnologia da Informação
Mercado e Tendências em Tecnologia da InformaçãoMercado e Tendências em Tecnologia da Informação
Mercado e Tendências em Tecnologia da InformaçãoElvis Fusco
 
[CESAR REPORTS] Industrial Internet of Things: A Revolução da Indústria 4.0
[CESAR REPORTS] Industrial Internet of Things: A Revolução da Indústria 4.0[CESAR REPORTS] Industrial Internet of Things: A Revolução da Indústria 4.0
[CESAR REPORTS] Industrial Internet of Things: A Revolução da Indústria 4.0CESAR
 
ProIndústria 2017 - A12a - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica
ProIndústria 2017 - A12a - Novas fronteiras para a automação do chão de fábricaProIndústria 2017 - A12a - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica
ProIndústria 2017 - A12a - Novas fronteiras para a automação do chão de fábricaCADWARE-TECHNOLOGY
 
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e TelecomA Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecomanderborges
 
Posicionamento Brasscom: Fomento à prototipação de Internet das Coisas
Posicionamento Brasscom: Fomento à prototipação de Internet das Coisas Posicionamento Brasscom: Fomento à prototipação de Internet das Coisas
Posicionamento Brasscom: Fomento à prototipação de Internet das Coisas Brasscom
 
ESPM AEcheverria IBGC posted
ESPM AEcheverria IBGC postedESPM AEcheverria IBGC posted
ESPM AEcheverria IBGC postedAndré Echeverria
 
Indústria 4.0 e Transformação Digital
Indústria 4.0 e Transformação DigitalIndústria 4.0 e Transformação Digital
Indústria 4.0 e Transformação DigitalJackson De Toni
 

Semelhante a ProIndústria 2017 - A04 - Visão de sistemas cyber physical - IIoT e sistemas de robô (20)

ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A01
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A01ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A01
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A01
 
O futuro do cio na economia digital
O futuro do cio na economia digitalO futuro do cio na economia digital
O futuro do cio na economia digital
 
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptxA Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
 
Sociedade 5.0 (Douglas Oliveira-CEO OPENCADD) Evento Fiesp
Sociedade 5.0  (Douglas Oliveira-CEO OPENCADD) Evento FiespSociedade 5.0  (Douglas Oliveira-CEO OPENCADD) Evento Fiesp
Sociedade 5.0 (Douglas Oliveira-CEO OPENCADD) Evento Fiesp
 
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccenturePIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
 
trabalho indústria 4.0.pptx
trabalho indústria 4.0.pptxtrabalho indústria 4.0.pptx
trabalho indústria 4.0.pptx
 
Palestra na SERASA sobre Tecnologia e Inovação
Palestra na SERASA sobre Tecnologia e InovaçãoPalestra na SERASA sobre Tecnologia e Inovação
Palestra na SERASA sobre Tecnologia e Inovação
 
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de ManufaturaManufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
 
Guia Executivo SuperObra.com
Guia Executivo SuperObra.comGuia Executivo SuperObra.com
Guia Executivo SuperObra.com
 
PLM Summit 2019 - A04 - Guilherme Torres - Advantech
PLM Summit 2019 - A04 - Guilherme Torres - AdvantechPLM Summit 2019 - A04 - Guilherme Torres - Advantech
PLM Summit 2019 - A04 - Guilherme Torres - Advantech
 
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03a
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03aProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03a
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03a
 
Mercado e Tendências em Tecnologia da Informação
Mercado e Tendências em Tecnologia da InformaçãoMercado e Tendências em Tecnologia da Informação
Mercado e Tendências em Tecnologia da Informação
 
[CESAR REPORTS] Industrial Internet of Things: A Revolução da Indústria 4.0
[CESAR REPORTS] Industrial Internet of Things: A Revolução da Indústria 4.0[CESAR REPORTS] Industrial Internet of Things: A Revolução da Indústria 4.0
[CESAR REPORTS] Industrial Internet of Things: A Revolução da Indústria 4.0
 
ProIndústria 2017 - A12a - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica
ProIndústria 2017 - A12a - Novas fronteiras para a automação do chão de fábricaProIndústria 2017 - A12a - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica
ProIndústria 2017 - A12a - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica
 
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e TelecomA Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
 
Oportunidades de Negócios com a Internet das Coisas
Oportunidades de Negócios com a Internet das CoisasOportunidades de Negócios com a Internet das Coisas
Oportunidades de Negócios com a Internet das Coisas
 
Posicionamento Brasscom: Fomento à prototipação de Internet das Coisas
Posicionamento Brasscom: Fomento à prototipação de Internet das Coisas Posicionamento Brasscom: Fomento à prototipação de Internet das Coisas
Posicionamento Brasscom: Fomento à prototipação de Internet das Coisas
 
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A05
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A05ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A05
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A05
 
ESPM AEcheverria IBGC posted
ESPM AEcheverria IBGC postedESPM AEcheverria IBGC posted
ESPM AEcheverria IBGC posted
 
Indústria 4.0 e Transformação Digital
Indústria 4.0 e Transformação DigitalIndústria 4.0 e Transformação Digital
Indústria 4.0 e Transformação Digital
 

Mais de CADWARE-TECHNOLOGY

PLM Summit 2018 Apresentações 10 de abril
PLM Summit 2018 Apresentações 10 de abril PLM Summit 2018 Apresentações 10 de abril
PLM Summit 2018 Apresentações 10 de abril CADWARE-TECHNOLOGY
 
PLM Summit 2018 Apresentação 01a
PLM Summit 2018 Apresentação 01aPLM Summit 2018 Apresentação 01a
PLM Summit 2018 Apresentação 01aCADWARE-TECHNOLOGY
 
PLM Summit 2018 Apresentação 01b
PLM Summit 2018 Apresentação 01bPLM Summit 2018 Apresentação 01b
PLM Summit 2018 Apresentação 01bCADWARE-TECHNOLOGY
 
PLM Summit 2018 Apresentação 03b
PLM Summit 2018 Apresentação 03bPLM Summit 2018 Apresentação 03b
PLM Summit 2018 Apresentação 03bCADWARE-TECHNOLOGY
 
PLM Summit 2018 Apresentação 05
PLM Summit 2018 Apresentação 05PLM Summit 2018 Apresentação 05
PLM Summit 2018 Apresentação 05CADWARE-TECHNOLOGY
 
PLM Summit 2018 Apresentacao 07
PLM Summit 2018 Apresentacao 07PLM Summit 2018 Apresentacao 07
PLM Summit 2018 Apresentacao 07CADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 - A00 - Facens - Faculdade de Engenharia de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A00 - Facens - Faculdade de Engenharia de SorocabaProIndústria 2017 - A00 - Facens - Faculdade de Engenharia de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A00 - Facens - Faculdade de Engenharia de SorocabaCADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 - A02 - Novos valores do ecossistema industrial
ProIndústria 2017 - A02 - Novos valores do ecossistema industrialProIndústria 2017 - A02 - Novos valores do ecossistema industrial
ProIndústria 2017 - A02 - Novos valores do ecossistema industrialCADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 - A05 - Como inserir a experiência do usuário no desenvolvi...
ProIndústria 2017 - A05 - Como inserir a experiência do usuário no desenvolvi...ProIndústria 2017 - A05 - Como inserir a experiência do usuário no desenvolvi...
ProIndústria 2017 - A05 - Como inserir a experiência do usuário no desenvolvi...CADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de SorocabaProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de SorocabaCADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 - A08 - Como a indústria 4.0 viabiliza produtos customizados
ProIndústria 2017 - A08 - Como a indústria 4.0 viabiliza produtos customizadosProIndústria 2017 - A08 - Como a indústria 4.0 viabiliza produtos customizados
ProIndústria 2017 - A08 - Como a indústria 4.0 viabiliza produtos customizadosCADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 - A09a - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
ProIndústria 2017 - A09a - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...ProIndústria 2017 - A09a - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
ProIndústria 2017 - A09a - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...CADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 - A09b - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
ProIndústria 2017 - A09b - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...ProIndústria 2017 - A09b - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
ProIndústria 2017 - A09b - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...CADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 - A10 - Como viabilizar plataformas virtuais de tecnologia ...
ProIndústria 2017 - A10 - Como viabilizar plataformas virtuais de tecnologia ...ProIndústria 2017 - A10 - Como viabilizar plataformas virtuais de tecnologia ...
ProIndústria 2017 - A10 - Como viabilizar plataformas virtuais de tecnologia ...CADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017- A11 - Gestão de rentabilidade e custos na indústria 4.0
ProIndústria 2017- A11 - Gestão de rentabilidade e custos na indústria 4.0ProIndústria 2017- A11 - Gestão de rentabilidade e custos na indústria 4.0
ProIndústria 2017- A11 - Gestão de rentabilidade e custos na indústria 4.0CADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 A12b - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica...
ProIndústria 2017 A12b - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica...ProIndústria 2017 A12b - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica...
ProIndústria 2017 A12b - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica...CADWARE-TECHNOLOGY
 
ProIndústria 2017 A13 - O profissional que as empresas necessitam para suprir...
ProIndústria 2017 A13 - O profissional que as empresas necessitam para suprir...ProIndústria 2017 A13 - O profissional que as empresas necessitam para suprir...
ProIndústria 2017 A13 - O profissional que as empresas necessitam para suprir...CADWARE-TECHNOLOGY
 
FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO
FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃOFERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO
FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃOCADWARE-TECHNOLOGY
 
OS AVANÇOS NA EDUCAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR DE ENGENHARIA
OS AVANÇOS NA EDUCAÇÃO DOENSINO SUPERIOR DE ENGENHARIAOS AVANÇOS NA EDUCAÇÃO DOENSINO SUPERIOR DE ENGENHARIA
OS AVANÇOS NA EDUCAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR DE ENGENHARIACADWARE-TECHNOLOGY
 
PLM 'End-to-End' como diferencial competitivo
PLM 'End-to-End' como diferencial competitivoPLM 'End-to-End' como diferencial competitivo
PLM 'End-to-End' como diferencial competitivoCADWARE-TECHNOLOGY
 

Mais de CADWARE-TECHNOLOGY (20)

PLM Summit 2018 Apresentações 10 de abril
PLM Summit 2018 Apresentações 10 de abril PLM Summit 2018 Apresentações 10 de abril
PLM Summit 2018 Apresentações 10 de abril
 
PLM Summit 2018 Apresentação 01a
PLM Summit 2018 Apresentação 01aPLM Summit 2018 Apresentação 01a
PLM Summit 2018 Apresentação 01a
 
PLM Summit 2018 Apresentação 01b
PLM Summit 2018 Apresentação 01bPLM Summit 2018 Apresentação 01b
PLM Summit 2018 Apresentação 01b
 
PLM Summit 2018 Apresentação 03b
PLM Summit 2018 Apresentação 03bPLM Summit 2018 Apresentação 03b
PLM Summit 2018 Apresentação 03b
 
PLM Summit 2018 Apresentação 05
PLM Summit 2018 Apresentação 05PLM Summit 2018 Apresentação 05
PLM Summit 2018 Apresentação 05
 
PLM Summit 2018 Apresentacao 07
PLM Summit 2018 Apresentacao 07PLM Summit 2018 Apresentacao 07
PLM Summit 2018 Apresentacao 07
 
ProIndústria 2017 - A00 - Facens - Faculdade de Engenharia de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A00 - Facens - Faculdade de Engenharia de SorocabaProIndústria 2017 - A00 - Facens - Faculdade de Engenharia de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A00 - Facens - Faculdade de Engenharia de Sorocaba
 
ProIndústria 2017 - A02 - Novos valores do ecossistema industrial
ProIndústria 2017 - A02 - Novos valores do ecossistema industrialProIndústria 2017 - A02 - Novos valores do ecossistema industrial
ProIndústria 2017 - A02 - Novos valores do ecossistema industrial
 
ProIndústria 2017 - A05 - Como inserir a experiência do usuário no desenvolvi...
ProIndústria 2017 - A05 - Como inserir a experiência do usuário no desenvolvi...ProIndústria 2017 - A05 - Como inserir a experiência do usuário no desenvolvi...
ProIndústria 2017 - A05 - Como inserir a experiência do usuário no desenvolvi...
 
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de SorocabaProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
 
ProIndústria 2017 - A08 - Como a indústria 4.0 viabiliza produtos customizados
ProIndústria 2017 - A08 - Como a indústria 4.0 viabiliza produtos customizadosProIndústria 2017 - A08 - Como a indústria 4.0 viabiliza produtos customizados
ProIndústria 2017 - A08 - Como a indústria 4.0 viabiliza produtos customizados
 
ProIndústria 2017 - A09a - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
ProIndústria 2017 - A09a - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...ProIndústria 2017 - A09a - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
ProIndústria 2017 - A09a - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
 
ProIndústria 2017 - A09b - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
ProIndústria 2017 - A09b - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...ProIndústria 2017 - A09b - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
ProIndústria 2017 - A09b - Inovação nos modelos de negócios para novos valore...
 
ProIndústria 2017 - A10 - Como viabilizar plataformas virtuais de tecnologia ...
ProIndústria 2017 - A10 - Como viabilizar plataformas virtuais de tecnologia ...ProIndústria 2017 - A10 - Como viabilizar plataformas virtuais de tecnologia ...
ProIndústria 2017 - A10 - Como viabilizar plataformas virtuais de tecnologia ...
 
ProIndústria 2017- A11 - Gestão de rentabilidade e custos na indústria 4.0
ProIndústria 2017- A11 - Gestão de rentabilidade e custos na indústria 4.0ProIndústria 2017- A11 - Gestão de rentabilidade e custos na indústria 4.0
ProIndústria 2017- A11 - Gestão de rentabilidade e custos na indústria 4.0
 
ProIndústria 2017 A12b - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica...
ProIndústria 2017 A12b - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica...ProIndústria 2017 A12b - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica...
ProIndústria 2017 A12b - Novas fronteiras para a automação do chão de fábrica...
 
ProIndústria 2017 A13 - O profissional que as empresas necessitam para suprir...
ProIndústria 2017 A13 - O profissional que as empresas necessitam para suprir...ProIndústria 2017 A13 - O profissional que as empresas necessitam para suprir...
ProIndústria 2017 A13 - O profissional que as empresas necessitam para suprir...
 
FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO
FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃOFERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO
FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO
 
OS AVANÇOS NA EDUCAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR DE ENGENHARIA
OS AVANÇOS NA EDUCAÇÃO DOENSINO SUPERIOR DE ENGENHARIAOS AVANÇOS NA EDUCAÇÃO DOENSINO SUPERIOR DE ENGENHARIA
OS AVANÇOS NA EDUCAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR DE ENGENHARIA
 
PLM 'End-to-End' como diferencial competitivo
PLM 'End-to-End' como diferencial competitivoPLM 'End-to-End' como diferencial competitivo
PLM 'End-to-End' como diferencial competitivo
 

Último

Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 

Último (20)

Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 

ProIndústria 2017 - A04 - Visão de sistemas cyber physical - IIoT e sistemas de robô

  • 1. ProIndústria 2017 24-25 outubro - Fórum de Negócios e Educação para a Indústria Digital José Rizzo Hahn Filho Pollux Automation – Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII) Diretor Presidente Engenheiro Mecânica – Iowa State University IIoT (Industrial Internet of Things) e sistemas de robô para fábricas mais produtivas, eficientes e inteligentes
  • 2. “Se a velocidade da mudança no lado de fora excede a velocidade da mudança dentro da empresa, o fim está próximo.” Jack Welch
  • 3. ...e a velocidade das mudanças nunca foi tão alta.
  • 4. Varejo nos EUA nos últimos 10 anos
  • 5. Novas tecnologias são importantes, mas não transformam uma indústria Elas possibilitam a criação de modelos de negócio que oferecem soluções mais simples, econômicas e eficientes. Novos modelos de negócio transformam uma indústria ao ligar novas tecnologias a necessidades emergentes.
  • 6. Inovação no Modelo de Negócio O que a nova tecnologia permite? O que o mercado quer? Proposta de valor mais atraente! TRANSFORMAÇÃO NA INDÚSTRIA Modelo de Negócio – forma como uma empresa cria e captura valor.
  • 7. Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores Produtos e serviços mais personalizados
  • 8. Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores Economia do compartilhamento
  • 9. Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores Precificação baseada em uso
  • 10. Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores Ecossistema mais colaborativo
  • 11. Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores Agilidade e adaptação
  • 12. Novos fatores de sucesso em modelos de negócio inovadores • Produtos e serviços mais personalizados • Economia do compartilhamento • Precificação baseada em uso • Ecossistema mais colaborativo • Agilidade e adaptação
  • 13. Características das empresas disruptivas • Vivem no LIMIAR da inovação • Estão completamente voltadas para o DIGITAL • São fortes participantes de ECOSSISTEMAS • São pensadoras EXPONENCIAIS • São extremamente ÁGEIS • São CENTRADAS NO CLIENTE Fonte:
  • 14. Indústria 4.0 e Internet Industrial
  • 15. Indústria 4.0 e Internet Industrial
  • 17. Internet Industrial – A Terceira Revolução Tecnológica
  • 18. A Pirâmide do Conhecimento Sabedoria Conhecimento Informação Dados Sensores Produtividade Eficiência
  • 19. Fatores Promotores da Internet Industrial Custo dos sensores caindo drasticamente e a Lei de Moore também válida para armazenamento de informação.
  • 20. Giroscópio e acelerômetro – Nike-Ajax System Nike-Ajax System – Guerra Fria – Década de 1960
  • 21. Giroscópio e acelerômetro para smartphones
  • 22. Compondo um Objeto Inteligente em IoT identificação software controlador sensores conectividade
  • 23. Compondo um Objeto Inteligente em IoT Teremos 50 bilhões de “coisas” conectadas até 2020
  • 24. O que justifica a Internet Industrial? Geração de Receitas Oportunidade de US$ 15 trilhões nos próximos 15 anos Novos produtos e serviços revolucionários • Criando novos mercados • Mudando a forma como o mundo funciona
  • 25. O que justifica a Internet Industrial? • Melhoria da satisfação dos clientes • Ganhos de produtividade na força de trabalho • Custos de manutenção reduzidos • Economia de materiais e energia • Redução de desperdício
  • 26. Principais campos de atuação no momento • Manutenção preditiva • Monitoramento e rastreabilidade de ativos • Automação de processos manuais • Aumento de segurança • Eficiência energética • Melhoria da satisfação dos clientes
  • 27. Obstáculos no Caminho da Internet Industrial 3% 15% 19% 24% 38% 53% 64% 65% Preocupações Sociais Falta de Profissionais Especializados Preocupações com Privacidade Imaturidade Tecnológica Legado de Equipamentos ROI Incerto Preocupações com Segurança Falta de Interoperabilidade e Padrões Fonte: Fórum Econômico Mundial
  • 28. Internet Industrial e Indústria 4.0 no Mundo
  • 30. Fundação da Associação Brasileira da Internet Industrial (ABII) Membros Fundadores
  • 31. PROMOVER O CRESCIMENTO ACELERADO DA INTERNET INDUSTRIAL NO BRASIL através da coordenação de um ecossistema que gere iniciativas voltadas à integração, controle e conexão segura entre máquinas, sistemas, processos e pessoas por meio de arquiteturas comuns e padrões abertos, visando a geração de resultados transformadores para as diferentes indústrias e infraestrutura pública. Associação Brasileira de Internet Industrial
  • 32. ECOSSISTEMA Comunidade Público-Privada para acelerar a inovação e as melhores práticas através de ideias e direcionamento TECNOLOGIA E SEGURANÇA Arquitetura de referência aberta e neutra e sistema de segurança e privacidade EXPERIMENTOS CONTROLADOS (TESTBEDS) Inovações para gerar novos produtos, processos e serviços Áreas Primárias
  • 33. Mais de 40 Testbeds em andamento no mundo
  • 34. ABII – Como Fazer Parte e preencha o formulário. É rápido e fácil.
  • 35. Ações práticas em desenvolvimento – Robô colaborativo como Serviço
  • 36. Ações práticas em desenvolvimento – Robô colaborativo como Serviço
  • 37. Excesso de pessoas em atividades operacionais reduz a competitividade CUSTOS ALTOS E CRESCENTES  Tributos excessivos  Processos trabalhistas  Despesas elevadas - Treinamento, supervisão, benefícios etc. ERGONOMIA E SEGURANÇA EM RISCO  Atividades insalubres e arriscadas  Lesão por atividades repetitivas - DORT, LER  Legislação rigorosa COMPROMETIMENTO REDUZIDO  Absenteísmo  Alta rotatividade  Baixo interesse das novas gerações QUALIDADE AMEAÇADA  Falta de atenção  Erro humano  Baixa capacitação
  • 38. A Revolução da Robótica Até 2025, uma em cada quatro atividades nas fábricas será robotizada, aumentando a produtividade em até 30%. Neste período, estima-se que 40% das grandes empresas atuais não conseguirão acompanhar a revolução tecnológica e serão extintas.
  • 39. Robôs como fator de competitividade nas nações industrializadas Países Base Instalada em 2018 (est.) China 614.200 Estados Unidos/Canadá/México 323.000 Coréia do Sul 279.000 Alemanha 216.800 Brasil 18.300 DEFASAGEM – 200.000 robôs industriais (*) * Considera uma densidade de 300 robôs (a mesma da Alemanha hoje) para cada 10.000 trabalhadores em uma indústria com 7 milhões de pessoas
  • 40. Criamos uma forma inovadora para acelerar a adoção de robôs na sua empresa. Sem budget Sem demoraSem capex
  • 42. Robô convencional Alto investimento inicial (capex) Suporte pontual Robô isolado Modelo físico Processo comercial/implantação lento (meses) Relacionamento transacional Múltiplas interfaces com fornecedores Responsabilidade técnica difusa Obsolescência tecnológica Robô colaborativo Sem investimento inicial (opex) Suporte permanente Robô conectado - Internet Industrial Digital Twin (simulação) Processo comercial/implantação rápido (dias) Relacionamento colaborativo Parceiro único Responsabilidade técnica clara (garantia de funcionamento) Atualização tecnológica Robótica Tradicional Pollux Robotics Transformação da Indústria na Prática – POLLUX ROBOTICS
  • 44. RaaS – Modelo de Negócio e Fatores de Sucesso • Produtos e serviços mais personalizados • Economia do compartilhamento • Precificação baseada em uso • Ecossistema mais colaborativo • Agilidade e adaptação
  • 45. “Não tenho talentos especiais, sou apenas apaixonadamente curioso.”
  • 46. rizzo@pollux.com.br Que cada um de nós encontre suas verdadeiras paixões.