Robótica na educação

1.143 visualizações

Publicada em

Apresentação do trabalho de Informática na Educação

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.143
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Robótica na educação

  1. 1. INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO ROBÓTICA EDUCACIONAL POR DAVID CARDOSO
  2. 2. ROBÓTICA EDUCACIONAL Definição: A robótica educacional é caracterizada por ambientes de aprendizagem onde o aluno pode montar e programar um robô ou sistema robotizado, desde a simulação por softwares até a construção de robôs externos ao computador.
  3. 3. BREVE HISTÓRIA DA ROBÓTICA EDUCACIONAL Os registros sobre a origem da robótica educacional têm seu início com os trabalhos de W. Ross Ashby, médico psiquiatra da Inglaterra, que desenvolveu vários trabalhos em cibernética, tornando-se pioneiro na área. E também Gray Walter, renomado neurofisiologista, que estuda e analisa as ações dos robôs com a finalidade de construir aprendizados por meio deles. Mas foi Seymour Papert, ao sair do Centro de Epistemologia de Genebra e entrar no Laboratório de Inteligência Artificial do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em 1964, que desenvolveu atividades intelectuais bastantes relevantes para a robótica educacional.
  4. 4. ESTUDO DE CASO <ul>Escola Luciana de Abreu – Porto Alegre: Inicialmente, foi feita uma oficina de robótica para 16 alunos da 5ª série, que formaram 4 grupos de quatro integrantes. Cada grupo ficou responsável por um projeto. Antes de mexer com os materiais, foi solicitado aos grupos que desenhassem um robô que gostariam de montar. A partir do design de referência dos alunos, foram criados modelos com soluções parciais. </ul>
  5. 5. ESTUDO DE CASO <ul>Num outro momento, a LEGO forneceu kits de robótica à escola, a fim de que esta experimentasse o produto e o verificasse. Então o produto foi usado em quatro turmas da escola, seguindo as instruções do produto. Algum tempo depois, foram escolhidos alguns alunos que tinham entrado em contato com o produto para usá-lo sem manual. </ul>
  6. 6. ESTUDO DE CASO <ul>No ano seguinte, foi proposto um curso de extensão de Robótica Educacional aos professores. O curso era gratuito e tinha duração de 40 horas, ocorrido na própria escola. Infelizmente, não houve interesse por parte dos professores. Então cinco alunos da 6ª série foram convidados a participar do curso e acabaram se tornando alunos-monitores da Robótica Educacional. </ul>
  7. 7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CASTILHO, Maria Inês. Robótica na Educação: Com que Objetivos? Porto Alegre, 2002. Laboratório de Estudos Cognitivos: Estudos de Experiências Educacionais: http://www.uca.gov.br/institucional/downloads/estudoDeCasoRS_2.pdf

×