História da Arte II

Sobre Artes e Artistas –
Introdução de A História da
Arte, de Ernst Gombrich
Por David Cardoso
Sobre Artes e Artistas

De acordo com o autor, não existe algo que se dá
nome de Arte com A maiúsculo: existem somente
art...
Sobre Artes e Artistas

Ver o que é agradável é um bom motivo para se
gostar de um quadro, mas isso não implica que
se dev...
Sobre Artes e Artistas
Pessoas são repelidas por obras que consideram
inadequadamente desenhadas - “não é realista”.
Falta...
Exemplo de resistência a quebra de preconceitos:
as Escrituras Sagradas.
Caravaggio recebeu encomenda para pintar um
quadr...
À esquerda, a pintura rejeitada pela igreja; à direita a versão aprovada.
Sobre Artes e Artistas
Obra de arte não é resultado de alguma atividade
misteriosa, mas é objeto feito por seres humanos
p...
Sobre Artes e Artistas
O artista não obedece a quaisquer regras fixas.
Ele simplesmente pressente o caminho que deve
segui...
Sobre Artes e Artistas

Gosto não se discute, mas pode ser
desenvolvido.
Nunca se termina de admirar arte, há sempre
algo ...
História da Arte
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História da Arte

302 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História da Arte

  1. 1. História da Arte II Sobre Artes e Artistas – Introdução de A História da Arte, de Ernst Gombrich Por David Cardoso
  2. 2. Sobre Artes e Artistas De acordo com o autor, não existe algo que se dá nome de Arte com A maiúsculo: existem somente artistas. Arte pode significar muitas coisas diferentes, em tempos e lugares diferentes.
  3. 3. Sobre Artes e Artistas Ver o que é agradável é um bom motivo para se gostar de um quadro, mas isso não implica que se deve detestar obras desagradáveis aos olhos. Gostos e padrões do que é belo variam imensamente.
  4. 4. Sobre Artes e Artistas Pessoas são repelidas por obras que consideram inadequadamente desenhadas - “não é realista”. Falta de realismo na verdade é um tipo de preconceito. O que é preciso analisar num quadro: se há razão para o artista mudar a aparência do que viu; não condenar o artista por não ter desenhado corretamente.
  5. 5. Exemplo de resistência a quebra de preconceitos: as Escrituras Sagradas. Caravaggio recebeu encomenda para pintar um quadro numa igreja de Roma. Pintou-o de uma forma inovadora e criativa e foi rejeitado pela Igreja. Foi obrigado a pintar outro de acordo com os padrões vigentes da época.
  6. 6. À esquerda, a pintura rejeitada pela igreja; à direita a versão aprovada.
  7. 7. Sobre Artes e Artistas Obra de arte não é resultado de alguma atividade misteriosa, mas é objeto feito por seres humanos para seres humanos. Cada característica da obra é o resultado de uma decisão pessoal do artista. Nem sempre o que está visível no quadro foi a principal preocupação do artista no momento da criação.
  8. 8. Sobre Artes e Artistas O artista não obedece a quaisquer regras fixas. Ele simplesmente pressente o caminho que deve seguir. Como não existem regras que digam quando o quadro ou a estátua estão corretos, é impossível explicar com palavras por que sentimos que é uma obra de arte.
  9. 9. Sobre Artes e Artistas Gosto não se discute, mas pode ser desenvolvido. Nunca se termina de admirar arte, há sempre algo novo que não foi percebido anteriormente.

×