1º Encontro
Pedagógico de
Professores do
3º ano do
E.F.
Celia Martins
Maria Lenice
Eunice Mendes
Análise de
Produção
Escri...
TEMA:
Análise de
Produção Escrita
e intervenção
pedagógica
Fui alfabetizado no chão do
quintal de minha casa, à sombra
das mangueiras, com palavras do
meu mundo e não do mundo maior...
Nós, educadores estamos sendo
desafiados a cada momento a mudar
e a inovar com o intuito de atender
às expectativas da atu...
5. Para o construtivismo
◙ Não garantem que o aluno mesmo
reproduzindo-as várias vezes a
compreenda, ele apenas imita o mo...
u
8-EUFALOASSIM/EUESCREVOASSIM;
VAMOSVERALGUNSEXEMPLOS.
1- Painel-de-palavras
SOMDEI SOMDEU
COMEÇO MEIO FIM COMEÇO MEIO FIM
...
6
Por que viagem se escreve com g e viajar com j?
* Portadores de textos
* Leitura deleite (vocabulário, palavras
desconhecidas)
* Produção textual
* Lá vai a minha barquin...
* CANTINHO DA ORTOGRAFIA
* Ditado visual (palavras ou desenhos)
* Auto ditado – Ditado Diferente
* Ditado das Regularidade...
PARA VOCÊ
REFLETIR
1º - JAMAIS devemos
deixar a AFETIVIDADE. Pois se
quisermos conseguir de
nossos alunos o sucesso,
preci...
3º- Vamos observar este
exemplo que é o de um
DITADO
BADULAQUE ABROGAR ACTÍNEA CONTUPA
(revogar) (anemôla planta do mar). ...
 Como você se sentiu?? Ansiosos...
aflitos... com medo de errar.
 Não estão entendendo o pronunciar
das palavras por que...
DITADO
O objetivo do ditado é observar se a criança já domina o
sistema de escrita. O foco se volta par sua capacidade de ...
Alguns pareceres dos professores a
respeito da escrita e dos erros ortográficos,
a necessidade ou não da cópia, as
possíve...
O que é a escrita para você?
A professora “A” e a professora “B”
compartilham a mesma opinião,
respectivamente:
“É um meio...
• Como você trabalha a escrita com seus
alunos em sala de aula?
A professora “A” : “Através do alfabeto, usando o próprio
...
• A cópia contribui no processo do aprendizado da
escrita? Por quê?
As professoras “A”, “B” e “F” não acreditam que a cópi...
• Para você é necessário trabalhar erros
ortográficos no 1º ano do ensino
professoras “A”, “B” e “D” acreditam que sim, co...
• Quais são as possíveis intervenções realizadas por
você nas produções de textos dos seus alunos?
A professora “A”: “Se a...
• Para você como se dá a construção da escrita em crianças
do primeiro ano do ensino fundamental?
Professora “B”: “Através...
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Minicurso de alfabetização s r e

314 visualizações

Publicada em

Oficina - PIP 2014 ortográfia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
314
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Minicurso de alfabetização s r e

  1. 1. 1º Encontro Pedagógico de Professores do 3º ano do E.F. Celia Martins Maria Lenice Eunice Mendes Análise de Produção Escrita e Intervenção Pedagógica S R E de Ituiutaba S M E C Capinópolis
  2. 2. TEMA: Análise de Produção Escrita e intervenção pedagógica
  3. 3. Fui alfabetizado no chão do quintal de minha casa, à sombra das mangueiras, com palavras do meu mundo e não do mundo maior dos meus pais. O chão foi o meu quadro negro; gravetos, o meu giz. PAULO FREIRE.
  4. 4. Nós, educadores estamos sendo desafiados a cada momento a mudar e a inovar com o intuito de atender às expectativas da atual sociedade. Mudar para adquirir novas técnicas metodológicas capazes de transformarem o espaço-escola do aprendiz em algo dinâmico, significativo e participativo, aproximando a teoria da prática com uma postura interdisciplinar, permitindo assim a criação de destrezas para com a vida.
  5. 5. 5. Para o construtivismo ◙ Não garantem que o aluno mesmo reproduzindo-as várias vezes a compreenda, ele apenas imita o modelo certo; ◙ É preciso mudar a atitude do Professor perante o erro do aluno, o erro na escola é visto como ausência de raciocínio, fracasso e falta de atenção, e a punição é o meio de consertar este erro, fazem com que o aluno copie a mesma palavra por diversas vezes como garantia de entenderem a forma correta de escrevê-la.
  6. 6. u
  7. 7. 8-EUFALOASSIM/EUESCREVOASSIM; VAMOSVERALGUNSEXEMPLOS. 1- Painel-de-palavras SOMDEI SOMDEU COMEÇO MEIO FIM COMEÇO MEIO FIM IGREJA QUEIJO FUI URUBU SAÚDE BAÚ. ConclusãoEscrevopalavras comsomdeucomletrau,quandocomparamosatonicidade (baú / urubu) Escrevopalavrascom somdeu com letra oquandoofinal for fraco MENINO Ex;dee/i fraco: leite dentepente Forte:Uruguai papaiFunai 2-Passaramúsica- Quemsabe-sabe (pegueumapalavraedigaseestácerta ouerradaeporque ) 3- Gincanadaspalavras. –porquêviagem escrevecom geviajarescreve-secom j? 4-textoparacorreção:Transcriçãoda falaefinalcom som dei. ojabuti.
  8. 8. 6 Por que viagem se escreve com g e viajar com j?
  9. 9. * Portadores de textos * Leitura deleite (vocabulário, palavras desconhecidas) * Produção textual * Lá vai a minha barquinha... * Estrelas do ditado *Trânsito Ortográfico * Dicionários
  10. 10. * CANTINHO DA ORTOGRAFIA * Ditado visual (palavras ou desenhos) * Auto ditado – Ditado Diferente * Ditado das Regularidades ortográficas *Caderno Viajante * Sequência Didática
  11. 11. PARA VOCÊ REFLETIR 1º - JAMAIS devemos deixar a AFETIVIDADE. Pois se quisermos conseguir de nossos alunos o sucesso, precisamos falar-lhes ao coração.
  12. 12. 3º- Vamos observar este exemplo que é o de um DITADO BADULAQUE ABROGAR ACTÍNEA CONTUPA (revogar) (anemôla planta do mar). (inventada.) CAMBAPÉ AGAVACEA ADMOLIR ALASTRIM (rasteira) (inventou (inventou) (varíola branda) ALCANDORAR ALBURNO ANCHORCADO ( EMPOLEIRAR) (CASCO DE ÁRVORE) INVENTOU.
  13. 13.  Como você se sentiu?? Ansiosos... aflitos... com medo de errar.  Não estão entendendo o pronunciar das palavras por quem está ditando?  Pode Ter certeza que seus alunos também sentem a mesma coisa. CORREÇÃO DAS PALAVRAS. O Q QUE SIGNIFICAM?
  14. 14. DITADO O objetivo do ditado é observar se a criança já domina o sistema de escrita. O foco se volta par sua capacidade de codificar palavras de grafia desconhecida. É importante observar que, mesmo que haja erros ortográficos como troca de letras, as hipóteses elaboradas pela criança para codificação de tais palavras estarão evidenciando princípios do sistema alfabético já apreendidos e generalizados. Para isso, é importante que o repertório de palavras desconhecidas envolva diferentes estruturas silábicas, canônicas e não canônicas, apesar de este tipo de ditado trazer uma certa angústia e conflito.
  15. 15. Alguns pareceres dos professores a respeito da escrita e dos erros ortográficos, a necessidade ou não da cópia, as possíveis intervenções realizadas nas produções textuais dos alunos.
  16. 16. O que é a escrita para você? A professora “A” e a professora “B” compartilham a mesma opinião, respectivamente: “É um meio de transmitir pensamentos”. “Registro do pensamento”. A professora “D”, diz que a escrita é “processo de decifração de código e decodificação”. Por fim, a professora “F” acredita que a escrita seja “transcrição da fala, uma maneira de comunicar-se, o registro da própria história”.
  17. 17. • Como você trabalha a escrita com seus alunos em sala de aula? A professora “A” : “Através do alfabeto, usando o próprio nome, através de embalagens e propagandas, etc”. Continuando com a professora “B”: “De forma permanente, todos os dias as crianças escrevem, considero atividade de escrita uma que não seja cópia”. Dando sequência, a professora “D” diz: “Inicio com a escrita espontânea, para saber o nível de sua escrita depois trabalhamos sistematicamente com a reestruturação das produções para melhorar a escrita dos alunos”. Por fim, a professora “F” relata: “Através de estudos com textos e materiais lúdicos”.
  18. 18. • A cópia contribui no processo do aprendizado da escrita? Por quê? As professoras “A”, “B” e “F” não acreditam que a cópia contribua no aprendizado da escrita Professora “A”: “Não, porque se a criança não sabe ler ela não vai entender o que está copiando”. Professora “B”: “Não, pois é uma atividade que não traz reflexão. A atividade de cópia é feita para aprendermos a copiar”. Professora “F” diz: “Não, porque é um ato mecânico e não favorece a construção do conhecimento”. Já a professora “D” comenta: “A cópia com objetivo de melhorar a escrita contribui para melhorar a ortografia somente”.
  19. 19. • Para você é necessário trabalhar erros ortográficos no 1º ano do ensino professoras “A”, “B” e “D” acreditam que sim, conforme seguem as suas opiniões: Professora “A”: “Sim, porque a criança já começa assimilar os erros através da escrita”. Professora “B”: “Sim, no momento em que a criança torna-se alfabética já é capaz de entender que as palavras têm uma forma fixa de escrevê-la”. Professora “D”: “Sim, porque é através dos erros que lançamos estratégias para melhorar a aprendizagem de nossos alunos”. A professora “F” acredita que não é necessário trabalhar os erros ortográficos explicando: “Não, ensinar a ler e escrever já é o suficiente. Não podemos dificultar o processo de alfabetização tornando-o impossível ao aluno”.
  20. 20. • Quais são as possíveis intervenções realizadas por você nas produções de textos dos seus alunos? A professora “A”: “Se a criança consegue produzir um texto, podemos corrigir quanto à escrita e coerência”. Professora “B”: “Revisão coletiva de textos produzidos pelos alunos, análise de textos bem escritos para que as crianças tenham noção de como, que estratégias usam os bons autores para superar os problemas de repetições, pontuação, etc”. Professora “D”: “Reestruturação de textos, para verificar junto com os alunos quais foram os erros cometidos. Auxílio da família para melhorar as suas realizações”. Professora “F”: “Reescrita e análise coletiva; se necessário, análise individual”.
  21. 21. • Para você como se dá a construção da escrita em crianças do primeiro ano do ensino fundamental? Professora “B”: “Através da interação, reflexão. Refletindo sobre o que a escrita representa e como ela representa o som”. Professora “C”: “É um processo de construção conceitual, apoiado da reflexão sobre as características e o funcionamento da escrita: trata-se de compreender pouco a pouco as regularidades que caracterizam a escrita. (trabalhando com textos)”. Professora “E”: “Através do processo oral e visual. Trabalhando todos os conceitos; tais como: visual, oral, auditivo; lateralidade e etc...”

×