Conheça Inhotim, um dos museus
mais bem avaliados do mundo
Ettore Reginaldo Tedeschi
Oi, o meu nome é Ettore Reginaldo
Tedeschi e, além de empresário na área
de mineração, sou um apreciador de
arte contempor...
Criado em meados da década de 1980, o
Instituto Inhotim é considerado um dos mais
importantes acervos de arte contemporâne...
Além de contar com uma impressionante
coleção botânica com espécies raras dos
quatro cantos do mundo, o espaço conta com
a...
Localizado a 70 quilômetros de Belo Horizonte,
em Minas Gerais, no pequeno município de
Brumadinho, Inhotim é mais do que ...
Em Inhotim, o visitante encontra as mais
variadas formas de arte: desde pequenas
galerias intimistas até grandes obras int...
O passeio é feito em um dia, por meio de trilhas,
devidamente organizadas, e pode ser feito a pé ou
com a ajuda de pequeno...
Uma das mais impressionantes obras de arte é
a Magic Square #5, de Hélio Oiticica, com uma
explosão de cores em paredes qu...
Lá, a 150 metros ao alto está instalado um
microfone direcionado em direção ao centro da
Terra, para baixo, responsável po...
O valor da entrada é de R$25. Vale ressaltar a
qualidade dos serviços prestados pelos
funcionários do local, responsáveis ...
Assim, o Instituto Inhotim pode disputar, em
iguais condições, com qualquer museu de céu
aberto no mundo.
Arte moderna – conheça Inhotim
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arte moderna – conheça Inhotim

192 visualizações

Publicada em

Oi, o meu nome é Ettore Reginaldo Tedeschi e, além de empresário na área de mineração, sou um apreciador de arte contemporânea. Vamos conversar sobre o assunto?!

A 70 quilômetros de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, podemos encontrar um dos mais belos museus de arte contemporânea do Brasil. Esqueça qualquer referência à grandes galerias de arte – estou falando de Inhotim. Instalado no pequeno município de Brumadinho, o museu mais parece um grande parque recheado com o paisagismo característico de Burle Marx, que usa e abusa de palmeiras imperiais, plantas exóticas e jardins assimétricos, colocando o visitante em uma espécie de paraíso na Terra.

Em seus 20 km² (sim, é um grande museu) temos as mais variadas formas de arte que se pode pensar. Desde pequenas galerias intimistas até grandes obras interativas que te propiciam experiências com os cinco sentidos do corpo humano.

Todo o passeio é feito por meio de trilhas bem organizadas, podendo ser feito a pé ou com a ajuda de pequenos carros coletivos que te levam a estações estrategicamente posicionadas com várias obras em sua volta. Algumas destas nos impressionam lá dentro, como a Magic Square #5, de Hélio Oiticica, que é uma grande obra visual colorida, com paredes que representam o nascimento das cores, também causa a mesmo deslumbre a Sonic Pavilion, que se situa no ponto mais alto do museu, aonde foi instalado um microfone a 150 metros para baixo, em direção ao centro da Terra, e todos os sons são reproduzidos na cúpula central da instalação.

Também é de se respeitar a qualidade dos serviços prestados pela equipe que administra o Instituto – todos os banheiros e bebedouros são impecáveis, além das trilhas serem extremamente limpas e bem conservadas. O restaurante principal te oferece uma alimentação leve e de boa qualidade para o prosseguimento do passeio, posto que todo o complexo de obras só pode ser visto, no mínimo, em um dia inteiro de visitação.

Toda essa experiência cultural está a sua disposição por R$25,00, valor individual. O carro que auxilia na locomoção sai por R$20,00 - custo que vale a pena, pois, em certas trilhas, o visitante se depara com muitas subidas que tomam o tempo e cansam, o que pode atrapalhar todo o passeio.

Em suma, o Instituto Inhotim não deve nada a nenhum museu de céu aberto no mundo, pelo contrário, qualquer país teria orgulho de contar com um centro de arte do tipo em seu território.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
192
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte moderna – conheça Inhotim

  1. 1. Conheça Inhotim, um dos museus mais bem avaliados do mundo Ettore Reginaldo Tedeschi
  2. 2. Oi, o meu nome é Ettore Reginaldo Tedeschi e, além de empresário na área de mineração, sou um apreciador de arte contemporânea. Vamos conversar sobre o assunto?!
  3. 3. Criado em meados da década de 1980, o Instituto Inhotim é considerado um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do mundo. Prova disto é que Inhotim está entre os 25 museus mais bem avaliados do mundo, de acordo com um levantamento da Travelers'Choice Museus (2014), publicado pela Tripadvisor.
  4. 4. Além de contar com uma impressionante coleção botânica com espécies raras dos quatro cantos do mundo, o espaço conta com acervos direcionados ao desenvolvimento de atividades educativas e sociais para públicos das mais variadas idades.
  5. 5. Localizado a 70 quilômetros de Belo Horizonte, em Minas Gerais, no pequeno município de Brumadinho, Inhotim é mais do que um museu. O espaço, de 20 Km², se assemelha a um grande parque decorado com elementos paisagísticos - característico de Burle Marx - com palmeiras imperiais, plantas exóticas e jardins assimétricos, proporcionando ao visitante a sensação de uma viagem ao paraíso.
  6. 6. Em Inhotim, o visitante encontra as mais variadas formas de arte: desde pequenas galerias intimistas até grandes obras interativas que proporcionam experiências que aguçam todos os sentidos do corpo.
  7. 7. O passeio é feito em um dia, por meio de trilhas, devidamente organizadas, e pode ser feito a pé ou com a ajuda de pequenos fuscas coloridos - sob o módico preço de R$20 - que ajudam a enfrentar as ladeiras e levam a estações estrategicamente posicionadas com várias obras ao redor.
  8. 8. Uma das mais impressionantes obras de arte é a Magic Square #5, de Hélio Oiticica, com uma explosão de cores em paredes que representam o nascimento da coloração. Outra referência visual é a Sonic Pavilion, situado no ponto mais alto do museu.
  9. 9. Lá, a 150 metros ao alto está instalado um microfone direcionado em direção ao centro da Terra, para baixo, responsável por reproduzir os sons na cúpula central da instalação.
  10. 10. O valor da entrada é de R$25. Vale ressaltar a qualidade dos serviços prestados pelos funcionários do local, responsáveis pelo atendimento e manutenção. Todos os banheiros e bebedouros são perfeitamente apresentáveis, enquanto o restaurante principal oferece uma alimentação leve e de qualidade, ideal antes de prosseguir o passeio.
  11. 11. Assim, o Instituto Inhotim pode disputar, em iguais condições, com qualquer museu de céu aberto no mundo.

×