Teleconferência – Resultados 1T13 – 07/05/2013
Aviso Importante“Declarações contidas nesta apresentação relativas às perspectivas dosnegócios da Companhia, projeções de ...
• Volume de vendas: Mineral crisotila: reduziu 17,4% Fibrocimento: cresceu 6,9% Telha de concreto: retraiu 13,4%• Recei...
O Grupo EternitAtividadeFabricação de produtos defibrocimento e comercialização delouças, metais sanitários ecomponentes p...
Mineral CrisotilaRocha de serpentinito com fibras de minério crisotila5Portfólio de Mineração
Telhas de FibrocimentoTelhas de ConcretoTelhas Metálicas6Portfólio para Telhados
7Portfólio para Telhados – Acessórios Tégula
Caixas d’água de polietilenoComponentes8Portfólio para Sistemas Construtivos
Louças SanitáriasAssentos Sanitários9Portfólio para Banheiros
Metais Sanitários10Portfólio para Banheiros
Metais para cozinhas11Portfólio para Cozinhas
12Lançamento – Telha Tégula Prime
Desempenho Operacional
- 17,4%2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13142,7 134,2 151,626,1 34,8 22,8163,6 162,5 151,942,7 38,1 37,4306,3 296,7 303,568,8 72...
2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13826,9859,3786,0202,6 187,6 200,5Vendas de Fibrocimento* (em mil toneladas)* Inclui componente...
2010* 2011 2012 1T11 1T12 1T134774.7765.2535.9615.6171.308 1.3971.209* A Tégula foi adquirida em 11 de fevereiro de 2010. ...
Desempenho Econômico – Financeiro
Receita Líquida Consolidada (em R$ milhões)Mercado Interno Mercado Externo12,8% 0,5%8,1% 10,5%182010 2011 2012 1T11 1T12 1...
Composição da Receita Líquida Consolidada(**) Outros: telhas metálicas, caixas d’água de polietileno, assentos sanitários,...
Matérias-primas(*)63%Mão-de-obra11%Depreciação3%Outroscustos21%Energia2%Composição do Custo de Produção – 1T13Fibrocimento...
2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13144,4 140,1184,326,446,238,8EBITDA (em R$ milhões)75,0% - 16,0%- 2,9% 31,6%21
2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13102,097,2113,016,829,921,5Lucro Líquido (em R$ milhões)-4,7% 16,3%78,0% - 28,2%22
MargensMargem LíquidaMargem EBITDAMargem Bruta43%39%44%38%45%40%19%17%20%14%22%18%13% 12% 12%9%14%10%2010 2011 2012 1T11 1...
Investimentos
Investimentos (em R$ milhões)2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13 2013*27 24334 5 946112532341461322125121144169346698 51894Equip...
40% de participaçãoConhecimento de tecnologia deprodução e de produtosBaixo custo de produçãoExperiência em desenvolviment...
Investimentos previstos: na ordem de R$ 40 milhõesPrazo para instalação: curto a médio prazosRecursos: preferencialmente d...
Mercado de Capitais
60%2%12%26%Estrutura Acionária – Abr/13DestaquesGeração L. Par. F. I. A. 15,25%Luiz Barsi Filho 13,56%Victor Adler + VIC D...
Política de Remuneração – Lucro líquido vs. ProventosLucro Líquido Dividendos e JCP76 % 79 % 74%Pay Out 63%Em R$ milhões20...
406080100120140160180200220ETER3IBOVESPAR$ 9,60Desempenho da Ação (Dez/06 – Abr/13)No período de 28/12/2006 a 30/04/2013, ...
Eternit – Opção de InvestimentoADR - Level IETNTYGovernançaCrescimentocomDividendosVisão deFuturoCase deSucessoMarcaEterni...
Cenário do Setor
228 265 277 305 33649,1% 52,0% 50,9% 49,0% 49,6%2009 2010 2011 2012 20138,5%7,4%6,4%4,6%5,4% 5,6%2009 2010 2011 2012 20134...
2008 2009 2010 2011 2012 20138,2-6,311,63,6 1,9 1,85,1-0,27,52,70,93,137,116,8 18,315,75,11,1PIB Construção Civil (%) PIB ...
Crisotila – O amianto do Brasil
Crisotila – O amianto do BrasilO uso do mineral crisotila no Brasil éregulamentado pela Lei Federal 9.055/95,Decreto 2.350...
O uso do Mineral Crisotila no mundoPaíses com proibição de uso –cerca de 55Países compradores da SAMA –mais de 20Países co...
Brasil conclui, em 2010, pesquisa inédita sobre os riscos do amiantoProjeto Asbesto Ambiental“Exposição Ambiental ao Asbes...
Posicionamento sobre a Questão Jurídica do Mineral CrisotilaO Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou em 31/10/12 o julgame...
Mais InformaçõesEste material foi produzido compapeis certificados FSC (ForestStewardship Council), que é umagarantia de q...
Bem-Vindosaos próximos70 anos!Eternit Inicia Novo Ciclo42
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teleconferência 1 t13

1.371 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.119
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teleconferência 1 t13

  1. 1. Teleconferência – Resultados 1T13 – 07/05/2013
  2. 2. Aviso Importante“Declarações contidas nesta apresentação relativas às perspectivas dosnegócios da Companhia, projeções de resultados operacionais e financeiros, ereferências ao potencial de crescimento da Companhia, constituem merasprevisões e foram baseadas nas expectativas da Administração em relação aoseu desempenho futuro. Estas expectativas são altamente dependentes docomportamento do mercado, da situação econômica do Brasil, da indústria edos mercados internacionais, portanto estão sujeitas a mudanças.”2
  3. 3. • Volume de vendas: Mineral crisotila: reduziu 17,4% Fibrocimento: cresceu 6,9% Telha de concreto: retraiu 13,4%• Receita líquida atingiu R$ 211,3 milhões, crescimento de 0,5%• Margem Bruta de 40%, redução de 5 p.p.• EBTIDA reduziu 16,0% e atingiu R$ 38,8 milhões, com margem de 18%• Lucro líquido atinge R$ 21,5 milhões com retração de 28,2%• Investimentos somam R$ 17,8 milhões, evolução de 264,2%• Implementação da 13ª unidade do Grupo Eternit em Manaus• Lançamento da telha Tégula Prime 3Destaques do Período – 1T13 vs 1T12
  4. 4. O Grupo EternitAtividadeFabricação de produtos defibrocimento e comercialização delouças, metais sanitários ecomponentes para sistemasconstrutivosMineração deCrisotilaFabricação detelhas de concretoe comercializaçãode louçassanitáriasFábricas 4 1 1 6Posição deMercadoLíder em fibrocimentoMarket Share - 30%3ª maior domundoMarket Share –15%Líder em telhas deconcretoMarket Share –30%5ª maior do Brasil em louçassanitáriasCapacidade Anual 1 milhão de t / fibrocimento 300 mil t 10 milhões de m²CapacidadeUtilizadaFibrocimento – 80% 100% 60%Maior e mais diversificada indústria de coberturas do País – 20124
  5. 5. Mineral CrisotilaRocha de serpentinito com fibras de minério crisotila5Portfólio de Mineração
  6. 6. Telhas de FibrocimentoTelhas de ConcretoTelhas Metálicas6Portfólio para Telhados
  7. 7. 7Portfólio para Telhados – Acessórios Tégula
  8. 8. Caixas d’água de polietilenoComponentes8Portfólio para Sistemas Construtivos
  9. 9. Louças SanitáriasAssentos Sanitários9Portfólio para Banheiros
  10. 10. Metais Sanitários10Portfólio para Banheiros
  11. 11. Metais para cozinhas11Portfólio para Cozinhas
  12. 12. 12Lançamento – Telha Tégula Prime
  13. 13. Desempenho Operacional
  14. 14. - 17,4%2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13142,7 134,2 151,626,1 34,8 22,8163,6 162,5 151,942,7 38,1 37,4306,3 296,7 303,568,8 72,960,2Vendas do Mineral Crisotila (em mil toneladas)Mercado Interno Mercado Externo6,0%2,3%- 3,1%1T13 x 1T12• Mercado Interno – redução 1,7%• Mercado Externo – redução 34,6%2012 x 2011• Mercado Interno – redução 6,5%• Mercado Externo – aumento 13,0%14
  15. 15. 2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13826,9859,3786,0202,6 187,6 200,5Vendas de Fibrocimento* (em mil toneladas)* Inclui componentes para sistemas construtivos- 8,5%3,9%6,9%- 7,4%15
  16. 16. 2010* 2011 2012 1T11 1T12 1T134774.7765.2535.9615.6171.308 1.3971.209* A Tégula foi adquirida em 11 de fevereiro de 2010. Os 477 mil m2 não foram consolidados na Eternit.13,5%6,8% - 13,4%- 5,8%16Vendas de Telhas de Concreto (em mil m²)
  17. 17. Desempenho Econômico – Financeiro
  18. 18. Receita Líquida Consolidada (em R$ milhões)Mercado Interno Mercado Externo12,8% 0,5%8,1% 10,5%182010 2011 2012 1T11 1T12 1T13111,2 100,4 170,919,1 34,0 28,2647,5 719,9735,4167,2 176,2 183,1758,7820,3906,3186,3210,2 211,3
  19. 19. Composição da Receita Líquida Consolidada(**) Outros: telhas metálicas, caixas d’água de polietileno, assentos sanitários, filtros para tubulações de água, metaissanitários, componentes para sistemas construtivos e mármore sintético.2007 1T13(*) Outros: telhas metálicas, caixas d’água de polietileno e componentes para sistemas construtivos.MineralCrisotila35,0%Fibrocimento59,3%Outros (*)5,7%NovosNegócios5,7%MineralCrisotila28,5%Fibrocimento54,5%Telhas deConcreto eAcessórios9,0%LouçasSanitárias4,4%Outros (**)3,6%NovosNegócios17,0%19
  20. 20. Matérias-primas(*)63%Mão-de-obra11%Depreciação3%Outroscustos21%Energia2%Composição do Custo de Produção – 1T13Fibrocimento Mineral CrisotilaTelhas de Concreto(*) - Cimento (47%), mineral crisotila (41%) e outros (12%)(*) - Combustível, explosivos, embalagens, entre outros(***) - Cimento ( 58%), areia (30%) e outros (12%)Materiais(**)31%Mão-de-obra40%Depreciação8%Outros custos13%Energia8%Matérias-primas(***)47%Mão-de-obra15%Depreciação13%Outroscustos21%Energia 4%20
  21. 21. 2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13144,4 140,1184,326,446,238,8EBITDA (em R$ milhões)75,0% - 16,0%- 2,9% 31,6%21
  22. 22. 2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13102,097,2113,016,829,921,5Lucro Líquido (em R$ milhões)-4,7% 16,3%78,0% - 28,2%22
  23. 23. MargensMargem LíquidaMargem EBITDAMargem Bruta43%39%44%38%45%40%19%17%20%14%22%18%13% 12% 12%9%14%10%2010 2011 2012 1T11 1T12 1T1323
  24. 24. Investimentos
  25. 25. Investimentos (em R$ milhões)2010 2011 2012 1T11 1T12 1T13 2013*27 24334 5 946112532341461322125121144169346698 51894Equipamentos/Caminhões SAMAAumento Capacidade TégulaInvestimentos Correntes Aquisição TégulaAumento Capacidade EternitNovos Negócios Administrativo Fábrica e Louças - CSCPrevisãoAquisição terreno - CearáMármore Sintético25
  26. 26. 40% de participaçãoConhecimento de tecnologia deprodução e de produtosBaixo custo de produçãoExperiência em desenvolvimentode novos produtosExperiência em desenvolvimentode novos mercados60% de participaçãoConhecimento do mercado localForte rede de distribuiçãoLogística eficienteForça da marcaRecursos para investimentosConhecimento do BrasilInvestimentos em ativos: R$ 97 milhõesCapacidade: 1.500.000 peças / anoStatus das obras: iniciadasPrazo para conclusão: dezembro de 2013Estimativa de Faturamento Bruto a plena capacidade: na ordem de R$ 127 milhõesMão de obra direta: 330 colaboradoresUnidade Multiprodutos no Ceará – Fábrica de Louças SanitáriasJoint-Venture: Companhia Sulamericana de Cerâmica S. A.26
  27. 27. Investimentos previstos: na ordem de R$ 40 milhõesPrazo para instalação: curto a médio prazosRecursos: preferencialmente de terceirosInstalação da 13ª. unidade no Estado do AmazonasEm 15 de abril de 2013, o Conselho de Administração aprovou, emreunião extraordinária, o projeto de implantação de uma unidade depesquisa, desenvolvimento e produção de insumos e materiaisde construção na Cidade de Manaus, Amazonas, em linha com oPlano Estruturado de Expansão e Diversificação das atividades do GrupoEternit.27
  28. 28. Mercado de Capitais
  29. 29. 60%2%12%26%Estrutura Acionária – Abr/13DestaquesGeração L. Par. F. I. A. 15,25%Luiz Barsi Filho 13,56%Victor Adler + VIC DTVM 8,50%Diretoria 1,66%Ações em Tesouraria 0,03%Pessoas FísicasPessoas JurídicasResidentes no ExteriorClubes, Fundos e FundaçõesFREE-FLOAT 84,4%Conselho de AdministraçãoMembroDesdeSergio Alexandre Melleiro (*) 1993Lírio Albino Parisotto (*) 2004Élio A. Martins 2007Luiz Barsi Filho 2008Marcelo Munhoz Auricchio 2011Luis Terepins (*) 2011Benedito Carlos Dias da Silva (*) 2012(*) Conselheiro IndependenteConselho FiscalMembroDesdeCharles René Lebarbenchon 2013Paulo Henrique Zukanovich 2013Edson Carvalho de Oliveira Filho 2013 29
  30. 30. Política de Remuneração – Lucro líquido vs. ProventosLucro Líquido Dividendos e JCP76 % 79 % 74%Pay Out 63%Em R$ milhões2009 2010 2011 2012 2013731029711321558172 721883%30
  31. 31. 406080100120140160180200220ETER3IBOVESPAR$ 9,60Desempenho da Ação (Dez/06 – Abr/13)No período de 28/12/2006 a 30/04/2013, as ações da Eternit registraram valorização de 58,4%contra uma valorização do índice IBOVESPA de 25,7%.Neste mesmo período, considerando o pagamento de dividendos e JCP as ações da Eternitregistraram valorização de 180,6%.55.91031
  32. 32. Eternit – Opção de InvestimentoADR - Level IETNTYGovernançaCrescimentocomDividendosVisão deFuturoCase deSucessoMarcaEternitMarcaAssista ao Filme InstitucionalEternit por meio deste QR Code.32
  33. 33. Cenário do Setor
  34. 34. 228 265 277 305 33649,1% 52,0% 50,9% 49,0% 49,6%2009 2010 2011 2012 20138,5%7,4%6,4%4,6%5,4% 5,6%2009 2010 2011 2012 2013465510 545 622 678228 265 277 305 3361.4102.030 2.075 2.169 2.238 2.276 2.311 2.368 2.366 2.384*previstoCesta Básica SP x Salário Mínimo (poder de compra)Disponibilidade de Crédito Taxa de Desemprego – BrasilGoverno, Indústria, Habitação, Rural, Comércio, PessoasFísicas de Crédito (R$ bilhões)Fonte:BACENIndicadores EconômicosSalário Mínimo (R$) Cesta Básica em SP (R$) %Fonte:BACEN34
  35. 35. 2008 2009 2010 2011 2012 20138,2-6,311,63,6 1,9 1,85,1-0,27,52,70,93,137,116,8 18,315,75,11,1PIB Construção Civil (%) PIB Brasileiro (%) Eternit (%)Indicadores Econômicos – PIB vs. Receita Bruta Consolidada EternitFonte: BACEN – crescimento projetado do PIB brasileiro e da construção civil para o ano de 2013.O crescimento da receita bruta consolidada da Eternit é comparado ao período acumulado de janeiro à março de 2013 vs. omesmo período acumulado do ano de 2012, já deflacionado pelo IGP-M. 35
  36. 36. Crisotila – O amianto do Brasil
  37. 37. Crisotila – O amianto do BrasilO uso do mineral crisotila no Brasil éregulamentado pela Lei Federal 9.055/95,Decreto 2.350/97 e normas regulamentadorasdo Ministério do Trabalho. Também estáprevisto na Convenção 162 da OrganizaçãoInternacional do Trabalho (OIT).Rocha de serpentinito com fibras de minério crisotilaAmianto brancoFibras curvas, sedosas e sem pontaAlta concentração de magnésio: 3MgOSiO2H2OBiopersistência*: 2,5 dias*Biopersistência: Tempo que uma partícula inaladapermanece no pulmão antes de ser eliminada pelosmecanismos de defesa do organismo. Para provocar danopulmonar, a fibra precisa ter capacidade de penetração ede durabilidade nos alvéolos.37
  38. 38. O uso do Mineral Crisotila no mundoPaíses com proibição de uso –cerca de 55Países compradores da SAMA –mais de 20Países com uso regular –mais de 150 38
  39. 39. Brasil conclui, em 2010, pesquisa inédita sobre os riscos do amiantoProjeto Asbesto Ambiental“Exposição Ambiental ao Asbesto: Avaliação do Risco e Efeitos na Saúde”Processo CNPq n. 420001/2006-9O resultado da pesquisa, realizada por renomados médicos ligados aimportantes universidades federais brasileiras, divulgado 25 de novembrode 2010 em Brasília, comprova que:Em relação às avaliações da amostra dos moradores estudados, não foramencontradas alterações clínicas, funcionais respiratórias e tomográficas dealta resolução, passíveis de atribuição à inalação ambiental à fibras deasbesto.Na avaliação ocupacional, não se identificou novas alterações nemprogressão do comprometimento pleural ou intersticial nos indivíduos doGrupo exposto após 1980, que fizeram Tomografia Computadorizada deAlta Resolução - TCAR nos dois estudos.A íntegra desta pesquisa está disponível em www.sectec.go.gov.br.39
  40. 40. Posicionamento sobre a Questão Jurídica do Mineral CrisotilaO Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou em 31/10/12 o julgamento de méritoem conjunto das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADI) 3357 que questionaa Lei do Rio Grande do Sul e da ADI n° 3937 em face da Lei do Estado de São Paulo.O eminente Ministro Ayres Britto iniciou o julgamento proferindo o seu voto pelaconstitucionalidade das leis estaduais enquanto o eminente Ministro Marco Aurélio proferiu oseu voto pela inconstitucionalidade das leis estaduais. Após a conclusão do voto do MinistroMarco Aurélio, o presidente do Supremo suspendeu os trabalhos.Lembramos que o julgamento de mérito se deu após exaustivos debates com a sociedadebrasileira, por meio de audiência publica realizada pelo STF, em 24 e 31 de agosto de2012, conduzida pelo Ministro Marco Aurélio e que contou com a presença pontual dostambém Ministro Ricardo Lewandowski e Ministra Rosa Weber.Portanto, o STF deverá agendar nova data para conclusão do julgamento demérito das mencionadas ADIs como das demais.40
  41. 41. Mais InformaçõesEste material foi produzido compapeis certificados FSC (ForestStewardship Council), que é umagarantia de que a matéria-primaadvém de uma floresta manejada deforma ecologicamente correta,socialmente e economicamenteviável.www.blogdaeternit.com.brwww.eternit.com.br/riÉlio A. Martinselio.martins@eternit.com.brPaula D. A. Barhum Macedopaula.barhum@eternit.com.brRodrigo Lopes da Luzrodrigo.luz@eternit.com.brTelefones: (55-11) 3038-3818(55-11) 3194-3881@Eternit_RIRua Dr. Fernandes Coelho, 85 - 8⁰ AndarBairro: Pinheiros – São Paulo / SPCep: 05423-04041
  42. 42. Bem-Vindosaos próximos70 anos!Eternit Inicia Novo Ciclo42

×