O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

O egito antigo

29.556 visualizações

Publicada em

O egito antigo

  1. 1. O Egito Antigo
  2. 2. Localização do Egito O Egito situa-se no nordeste da África.Limita-se ao norte com o Mar Mediterrâneo,ao sul com o Sudão,a oeste com a Líbia,a leste com o Mar Vermelho e a nordeste com Israel.
  3. 3. O clima e o solo egípcio (Margens do Rio Nilo) Clima: árido,devido à influência do deserto do Saara Solo: fértil,próximo às margens do Rio Nilo (figura ao lado)
  4. 4. “Egito,uma dádiva do Nilo” O Nilo é um dos mais extensos rios do mundo.Nasce no coração da África, percorre cerca de 6700 km e desemboca ( num delta )no mar Mediterrâneo. Para os egípcios,o Nilo era considerado um deus(Hapi). Viajar de barco pelo Nilo era o caminho mais fácil para chegar a lugares distantes e atravessar desertos e montanhas
  5. 5. A economia no Egito antigo Na história econômica do Egito predominou o modo de produção asiático.Nesse modo de produção,o Estado(faraó) era o dono de todas as terras,por isso controlava e organizava o trabalho agrícola da sociedade.
  6. 6. A servidão coletiva A maior parte do povo egípcio vivia num regime de servidão coletiva.Eram obrigados a sustentar o faraó e a elite dominante pagando tributos em forma de bens e trabalho. Ou seja:entregavam aos dirigentes boa parcela do que produziam.
  7. 7. A agricultura no Egito Antigo Destacava-se o cultivo do trigo (para fazer pão), da cevada(para fabricar cerveja), do linho(usado na confecção de roupas) e do papiro.
  8. 8. A pecuária egípcia Os egípcios criavam bois,asnos,carneiros, cabras,porcos e aves. Começaram a criar cavalos a partir da invasão hicsa(povo asiático).A carne era um alimento de luxo.
  9. 9. A sociedade no Egito (sem mobilidade social) Faraó: concentra todos os poderes administrativos,militares e religiosos Nobres: os administradores das pro- víncias ou comandantes do exército. Escribas: eram os funcionários da administração do Estado.Funções:co- brança de impostos,fiscalização, organização de leis Artesãos: barbeiros,ourives,tecelãos. Felás: camponeses. Escravos: prisioneiros de guerra.
  10. 10. Periodização da História Política egípcia Durante três mil anos,o Egito passou por períodos de grande brilho,decadência e muitas oscilações políticas. A história egípcia costuma ser divida em: -Antigo Império -Médio Império -Novo Império • Período pré-dinástico(5000-3200 a.C) • Período dinástico(3200-1085 a.C)
  11. 11. O período pré-dinástico Fase que antecedeu a formação da primeira dinastia egípcia.A sociedade estava dividida em várias comunidades chamadas nomos . 3500-os nomos se uniram formando o alto e o baixo Egito; 3200-Menés(rei do Alto Egito)unificou os dois reinos e tornou-se o primeiro faraó. O faraó usava uma coroa dupla para indicar que era rei do Alto e do Baixo Egito.
  12. 12. Período dinástico-Antigo Império (3200 a.C – 2300 a.C) A capital do Antigo Império foi,primeiro a cidade de Tínis e,depois a cidade de Mênfis. Queóps,Quéfren e Miquerinos (faraós da IV dinastia) foram os responsáveis pela construção das mais famosas pirâmides do Egito O antigo império foi marcado por rebeliões,motivadas pelo descontentamento popular com os impostos. 2300 a.C- devido as lutas sociais,o faraó perdeu o poder para os nobres.
  13. 13. Período dinástico-Médio Império (2100 a.C – 1750 a.C) A autoridade do faraó foi restaurada com o apoio da no- breza da cidade de Tebas.Durante o Médio Império,o Egito atingiu a estabilidade política,crescimento econômico e florescimento cultural,isso determinou a conquista militar da Núbia(região onde havia ouro). 1750 a.C- O Egito foi invadido pelos hicsos(povo militarmente superior)que ficaram 170 anos.
  14. 14. Período dinástico-Novo Império (1580 a.C – 580 a.C) Com a expulsão dos hicsos iniciou-se uma grande expansão militar no Egito. Utilizando-se das técnicas aprendidas com os hicsos,os egípcios invadiram Jerusalém,Damasco,Assur e Babilônia (imperialismo).Porém,a partir do séc. XII a.C o Egito foi sucessivamente invadido pelos assírios,persas,mace- dônios e em 30 a.C pelos romanos.
  15. 15. A História recente do Egito Do final do séc. XVIII ao séc. XX,o Egito foi dominado pelos franceses,turcos e ingleses,até que em 1922 a Inglaterra reconheceu-o como Estado livre,independente e soberano.
  16. 16. A cultura no Egito Antigo Tópicos a serem estudados: -A escrita -Ciência -Artes e Arquitetura -Religião,mitologia e mumificação
  17. 17. A escrita A primeira escrita egípcia foi uma escrita sagrada conhecida como hieróglifa usada por escribas e sacerdotes. No processo de simplificação da escrita,os egípcios criaram mais duas escritas: • Demótica (popular) • Hierática (religiosa)
  18. 18. A pedra da Roseta A escrita egípcia permaneceu um verdadeiro mistério até o séc. XIX.O francês Jean- François Champollion em 1821 iniciou um estudo intensivo da Pedra de Roseta que o levaria a descobrir toda a escrita egípcia. A Pedra de Roseta é um bloco de basalto encontrado no forte de Roseta e foi levada á França quando Napoleão voltou de sua expedição militar no Egito
  19. 19. A ciência no Egito Antigo Os egípcios alcançaram diversos progressos científicos, tendo em vista resolver problemas práticos e concretos. • Química(do egípcio kemi ): a manipulação de substâncias como arsênio,cobre,petróleo,sal e outros surgiu no Egito, originando vários remédios. • Matemática: desenvolveram um sistema de notação numérica e contagem direcionada ao comércio. • Astronomia: os astros orientavam a navegação e a agricultura no Egito.Por isso foram feitos mapas dos céus
  20. 20. A Arte egípcia As artes estavam voltadas para a glorificação dos deuses e faraós.
  21. 21. A arquitetura Na arquitetura,os egípcios construí- ram grandes obras: pirâmides, mastabas (túmulos em forma de trapézio) e hipogeus (túmulos subterrâneos)
  22. 22. A construção das pirâmides Na região de Gizé encontram-se as mais belas e bem construídas pirâmides,isto é,as pirâmides de Queóps, Quéfren e Miquerinos.Na construção dessas pirâmides foram utilizados inúmeros blocos de pedra calcária. Calcula-se que a pirâmide de Queóps emprega 2 milhões de blocos de pedra(que eram arrastados por grupos de escravos ou rolos de madeira por baixo dos blocos).
  23. 23. A religião egípcia A religião influenciou poderosamente os diversos setores da vida política,social e cultural do Egito.Dava-se mais atenção aos deuses e mortos que aos vivos.Enquanto os templos eram construídos de pedras duras e caras,as casas dos civis eram feitas de tijolo cru extremamente frágeis e de pouca durabilidade.
  24. 24. A mitologia politeísta Os egípcios eram politeístas,isto é,adoravam diversos deuses em cerimônias patrocinadas pelo Estado(culto oficial)em que se destacou a adoração à Amon-Rá, e em cerimônias populares(culto popular)em que predominava a adoração à Osíris,Ísis e Hórus.
  25. 25. Deuses da mitologia egípcia Ísis Osíris Hórus Hathor Anúbis Maet Áton Ámon Néftis Tot
  26. 26. Características da religião no Egito Além de politeísta,a religião egípcia era: Antropomórfica Zoomórfica Antropozoomórfica
  27. 27. A vida após a morte Os egípcios acreditavam na vida após a morte.Diziam que os mortos seriam julgados no Tribunal de Osíris e retornariam a seus corpos se fossem absolvidos.Mas para que isso acontecesse era preciso que seus corpos permanecessem conservados.Nasce aí a técnica da mumi- ficação.
  28. 28. A técnica de mumificação Os egípcios foram verdadeiros mestres na prática de mumificação do corpo humano.Primeiramente preocupa- vam-se com a decomposição dos corpos(que eram esvaziados e desidratados com um sal especial).Em seguida havia o embalsamamento(retirada das vísceras e separação delas em 4 receptáculos.)Depois de embalsa- mado,o corpo era envolvido com faixas de tecido de linho. Após a mumificação,os corpos eram guardados em sarcó- fagos.Somente as camadas ricas eram mumificadas
  29. 29. Bibliografia PILETTI,N e PILETTI,C.História E Vida.Vol.3.Editora Ática,19 ª Edição.1997.São Paulo.S.P COTRIM,G.História e Reflexão.7 ªEdição.Editora Saraiva. 1997.São Paulo.S.P SILVA.F. de A.História Geral.3ªEdição Revista e Atual 1996.Editora Moderna.São Paulo-S.P Cd-rom: Enciclopédia Multimídia da Arte Universal(CARAS)Vol.1

×