Medida IV

247 visualizações

Publicada em

Fórum Medida IV

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Medida IV

  1. 1. Projecto C@pacitar (SI-044)<br />
  2. 2. Projecto: C@pacitar<br />Monitora: Cátia Silva<br />Distrito de Implementação: Madeira<br />Concelho de Implementação: Funchal<br />Freguesia de Implementação: Santo António<br />Medidas: I, III, IV, V<br />
  3. 3. Objectivos Gerais<br />Objectivo Geral I: Contribuir para a inclusão social das crianças e jovens, fomentando a aquisição de competências, em contexto formal e não formal, visando o seu sucesso escolar.<br />Objectivo Geral II: Incentivar a dinamização comunitária e participação dos jovens através de acções que fomentem a cidadania activa/formação e o desenvolvimento de competências empreendedoras durante 3 anos.<br />Objectivo Geral III: Promover a inclusão social e digital dos destinatários e beneficiários do projecto durante 3 anos.<br />
  4. 4. Público-alvo<br /><ul><li>Crianças e jovens dos 6-18 anos e seus familiares
  5. 5. As crianças são maioritariamente:
  6. 6. Moradores do Bairro da Ribeira Grande
  7. 7. Moradores do Bairro de Santo Amaro
  8. 8. Moradores da Freguesia de Santo António
  9. 9. Encaminhamentos da CPCJ
  10. 10. Encaminhamentos da Segurança Social
  11. 11. Alguns dos familiares participantes são beneficiárias de RSI e são encaminhadas pelo Serviço de Segurança Social;</li></li></ul><li>Áreas Estratégicas<br />O Projecto C@pacitar centra-se em quatro áreas estratégicas de intervenção, trabalhando assim para a concretização dos objectivo de cada uma delas:<br /><ul><li> Inclusão escolar e educação não formal;
  12. 12. Dinamização comunitária e cidadania;
  13. 13. Inclusão Digital;
  14. 14. Empreendedorismo e capacitação ;</li></li></ul><li>CID@NET- C@pacitar<br /><ul><li> Acesso gratuito aos computadores;
  15. 15. Actividades programadas durante todo o dia com espaços de uso livre;
  16. 16. Monitor;
  17. 17. 6 Computadores com ligação à Internet;
  18. 18. Promoção da Inclusão social e digital;
  19. 19. Desenvolvimento de competências sociais, pessoais e digitais;
  20. 20. Reduzir comportamentos de risco;</li></li></ul><li>C@pacitar:<br />
  21. 21. Acções<br />
  22. 22. Actividades<br />Consulta de correio electrónico<br />Formação Certificada<br />Desenhos no Paint<br />Elaboração de emails para os alunos<br />Elaboração do Site<br />Elaboração de Cartazes<br />Torneios de Futebol online<br />Formação não Certificada<br />Realização de Vídeos<br />Torneios online<br />Criação de contas no facebook<br />Construção do Hi5<br />Construção de currículos<br />Visionamento de Vídeos no youtube<br />Apoio na procura de anúncios de emprego online<br />Apoio escolar<br />Cursos de informática<br />Recurso à Escola Virtual<br />Participação no Grande Enigma<br />Construção de postais temáticos<br />Leitura de jornais<br />Jogos lúdico pedagógicos<br />Uso livre<br />
  23. 23. Inovação no CID@NET<br /><ul><li> Apostar na formação, aumentando assim o sucesso escolar, como também mais um recurso ao acesso do mundo do trabalho;
  24. 24. Promover igualdade de oportunidades aos jovens, pois muitos não tinham acesso a um computador;
  25. 25. Permitiu a aquisição de competências na área da informática aos jovens, sendo assim uma mais valia para os seus futuros;
  26. 26. Considera-se importante referir que o centro de inclusão digital foi uma acção pioneira na Freguesia de Santo António, daí ser um aspecto inovador para esta população;
  27. 27. Os cursos de formação considera-se um aspecto inovador pois progressivamente temos tido um aumento procura por parte de beneficiários; </li></li></ul><li>Articulação com outras Medidas<br /><ul><li> O Centro de Inclusão Digital é um recurso de apoio às outras medidas na medida em que as tecnologias de informação e comunicação são um elemento importante no desenvolvimento de actividades, muitas vezes na elaboração de pesquisas para realizar actividades práticas noutros ateliers.</li></li></ul><li>Principais Dificuldades<br /><ul><li> A importância da necessidade de respeitar horários;
  28. 28. Enquadramento das faixas etárias nos nossos ateliers com idades específicas,
  29. 29. Estratégias para incentivar a participação das famílias nas actividades;
  30. 30. Incutir regras para utilização dos materiais;</li></li></ul><li>Sucessos<br />Consideramos que o Centro de Inclusão Digital tem tido sucesso a vários níveis:<br /><ul><li>Tal reflecte-se no aumento do aproveitamento escolar das crianças e jovens participantes no projecto C@pacitar;
  31. 31. Os cursos de formação com uma participação assídua dos formandos, beneficiários e destinatários, demonstrando estes sempre gosto em aprender coisas diferentes e inovadoras;
  32. 32. Aumento da responsabilização dos alunos no que concerne à realização dos trabalhos escolares;</li></li></ul><li>Pergunta à restante comunidade <br /><ul><li> Quais as estratégias utilizadas para incentivar a população em geral a participar nas actividades?</li></li></ul><li>F<br />I<br />M<br />

×