Melhores momentos 4º ano A (2013/2º sem)

135 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
135
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Para produzir um conto como esse, as crianças vivem um processo de um trimestre, no qual : Realizam leituras de diversos contos de suspense Discutem coletivamente sobre os contos: Qual é o suspense? Em que parte do conto está colocado? Se está em um personagem e suas ações Ou em um local ou acontecimento, etc. Análises do gênero Discutem o que é específico desse gênero, palavras, expressões, etc pla Coletivas Dupla Individual
  • Assim que iniciamos o projeto, precisamos ter certeza de que as crianças sabem que gênero é esse. E para isso começamos discutindo o que é um conto de suspense. É marcante que inicialmente ele s imaginam que sejam contos com criaturas e acontecimentos horripilantes e sanguinários. E aos poucos vão aprendendo que os suspenses não precisam necessariamente ter essas características. O que é para você um conto de suspense? Que sentimentos um conto como esse desperta no leitor?
  • As crianças aprendem bastante lendo diversos contos de suspense Contos que o suspense está no personagem, em algum acontecimento, no cenário. O barco negro Abad Alfau e a caveira O castelo e o esqueleto O caixeiro-viajante Maria Angula O casal de velhos
  • Em que cenário esta história aconteceu? - Quais as características do personagem principal? - O que te causou medo ou suspense? - Que recursos o autor utiliza para manter o suspense? - Esse é um final aberto? O que você acha que acontece depois? - Por que você acha que em alguns momentos o autor conversa com o leitor? - Liste o que é o autor usou neste texto e que é necessário para compor um bom texto de suspense
  • Assim que as crianças já escutaram bastante contos, iniciamos o processo de produção:
  • Peguem o material que vocês tem em mãos: Leiam o conteúdo temático e vejam se vocês conseguem encontrar essas informações no conteúdo temático produzido pelos filhos de vocês. Vale lembrar que as produções estão de acordo com as possibilidades das crianças e que ainda, que faltem algumas informações, elas estão bastante sofisticadas, Este é um trabalho difícil. O que é preciso ter em um conteúdo temático? Quem é o personagem principal? Lugar em que se passa a história? Situação/situações que causa/causam suspense? O que é feito para resolver o suspense/conflito? Qual é o final da história? Peguem o levantamento de episódios, o que ele revela? Que informações podemos ver nele?
  • Após a produção, as crianças vivenciaram momentos de revisão dos textos em que precisaram pensar sobre alguns aspectos da gramática , como por exemplo, terminações verbais, adjetivos ,vírgulas, etc. Deixar claro que a primeira etapa de revisão está focada na coerência das informações, pois não basta revisar algo da gramática ou ortografia, se ainda precisarão complementar alguma informação.
  • Uso de adjetivos e vírgula para separar as características.
  • Não sabem nada sobre divisão!!!! E até que consigamos romper com essa crença, levamos um certo tempo. Muitas famílias também acreditam que as crianças pouco sabem e ainda, que não conseguirão resolver problemas, fazer cálculos e pensar sobre isso, pois ainda não aprenderam o algoritmo. Nesse momento, surgem as preocupações com o erro, com a memorização de estratégias erradas, etc. Nosso percurso e nossa concepção de ensino, é justamente, o contrário disso. As crianças precisam sim viver diversas situações em que precisam resolver problemas em que a ideia da divisão está posta, com suas próprias estratégias, socializar as inúmeras formas de resolução e em seguida, assim que já compreenderam as propriedades da divisão, aplicá-las nos algoritmos.
  • Vamos assistir agora um vídeo que revela alguns conhecimentos sobre a divisão, que as crianças tem, pois estão mostrando as suas estratégias pessoais para a resolução dos problemas e nem se dão conta de que sabem coisas tão importantes, propriedades da divisão, como por exemplo: Quem sabe me dizer o que elas sabem sobre a divisão?
  • Elas sabem que podem resolvê-las utilizando a operação inversa, ou seja, a multiplicação? É imprescindível saber isso. Elas sabem que podemos nos apoiar na tabuada para resolvê-las? É fundamental, sem os conhecimentos da tabuada não conseguiriam dividir. Elas sabem decompor os números? Isso é importante também na hora de utilizar o algoritmo.
  • Americano: O cálculo é feito através de subtrações sucessivas, depois a soma do quociente para se chegar ao resultado por aproximação. Convencional: Para aprendê-lo é preciso compreender o nosso sistema de numeração, ter domínio da subtração, realizar estimativas e cálculo mental. O algoritmo convencional não é ensinado somente ao final do processo. Depois que o aluno aprende cada um, pode escolher qual algoritmo usar.
  • Melhores momentos 4º ano A (2013/2º sem)

    1. 1. MELHORES MOMENTOS 4°A/2013

    ×