SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
PROJEÇÕES
CARTOGRÁFICAS
     1º Ano E. M.
Profª MSc.: Marilete
      Osmari
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS


                     Cartografia
   Conceito: Ciência, técnica e a arte de representar a
    superfície terrestre

   Mapa: Representação no plano, em escala pequena, dos
    aspectos geográficos, naturais, culturais e artificiais de
    determinada área destinada aos mais variados usos;

   Carta: Representação no plano, em escala média ou
    grande, dos aspectos artificiais e naturais de determinada
    área, subdividida em folhas articuladas de maneira
    sistemática.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS




   Todos os mapas, gráficos e imagens são utilizados nas
    questões para identificar, localizar e contextualizar
    fatos sociais, ambientais, políticos e econômicos;
   Leitura de mundo não textual;
   Semiótica (do grego semeiotiké ou "a arte dos sinais") é a
    ciência geral dos signos e da semiose que estuda todos os
    fenômenos culturais - sistemas de significação. Mais
    abrangente que a lingüística.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS


Para ler e interpretar mapas e gráficos é
necessário observar:
Mapas                      Gráficos
   Título;                 Título;
   Legenda;                Legenda;
   Escala;
   Coordenadas
    geográficas;
   Tipo do mapa:
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS


          Projeções Cartográficas
   Todos os mapas são representações aproximadas da
    superfície terrestre;

   É impossível representar uma superfície curva em uma
    superfície plana sem que haja deformações;

   Por isso os mapas preservam certas características ao
    mesmo tempo em que alteram outras;
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
As projeções cartográficas são formas ou técnicas de representar a
superfície terrestre em mapas.




Todos os mapas são representações aproximadas da superfície terrestre,
uma vez, que a forma esférica da Terra é desenhada sobre uma superfície
plana, assim:
TODO MAPA POSSUI DISTORÇÕES DE DIREÇÃO, ÁREA                       OU
FORMA!
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
Tipo de Superfície Adotada
Quanto ao tipo de superfície adotada, são classificadas em: CILÍNDRICAS,
PLANAS OU AZIMUTAIS E CÔNICAS




                               Projeção Cilíndrica - o
                               mapa      é    construído
                               imaginando-o desenhado
                               num cilindro tangente ou
                               secante à superfície da
                               Terra, que é depois
                               desenrolado.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
Tipo de Superfície Adotada
Quanto ao tipo de superfície adotada, são classificadas em: CILÍNDRICAS,
PLANAS OU AZIMUTAIS E CÔNICAS




                                             Projeção     Plana      ou
                                             Azimutal - o mapa é
                                             construído imaginando-o
                                             situado     num      plano
                                             tangente ou secante a
                                             um ponto na superfície
                                             da Terra. Ex. Projeção
                                             Esterográfica Polar.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
Tipo de Superfície Adotada
Quanto ao tipo de superfície adotada, são classificadas em: CILÍNDRICAS,
PLANAS OU AZIMUTAIS E CÔNICAS




                                                     Projeção Cônica - o
                                                     mapa       é     construído
                                                     imaginando-o desenhado
                                                     num cone que envolve a
                                                     esfera terrestre, que é em
                                                     seguida desenrolado.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS



MAIS USADAS PARA O ENEM


   Projeção de Mercator;
   Projeção de Peters;
   Projeção Azimutal;
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS


Projeção de Mercator
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS



Projeção de Peters
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS



Projeção Azimutal
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS


  Tipo de
 Superfície
 Adotada


 Quanto ao tipo
  de superfície
  adotada, são
classificadas em:
 CILÍNDRICAS,
  PLANAS OU
  AZIMUTAIS E
   CÔNICAS
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
Grau de Deformação da Superfície
Quanto ao grau de deformação das superfícies representadas, são
classificadas em: [1] CONFORMES ou isogonais, [2] EQUIVALENTES
ou isométricas e [3] EQÜIDISTANTES.


1- Projeções Conformes
- Preserva os ângulos.
- Paralelos e os meridianos se cruzam em
ângulos retos
- Distorce-se a forma dos objetos no mapa
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS

2) Projeções Equivalentes ou Isométricas
-Não deformam áreas, conservando uma relação constante da área,
- Alteram as Formas




               Peters, cilíndrico equivalente
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
Comparação:   Conforme / Equivalente




  Proporção no mapa Mercator
                                       Proporção no
                                       mapa Mollweide
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
3) Projeções Eqüidistantes
são as projeções que não apresentam deformações em
linha reta;
-Isso só é possível em determinada direção.
-São menos empregadas que as projeções conformes e
equivalentes, porque raramente é desejável um mapa
com distâncias corretas apenas em uma direção
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
Projeções Afiláticas
- não possui nenhuma das propriedades anteriores.
- equivalência, conformidade e eqüidistância variam
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
Projeções Afiláticas
- não possui nenhuma das propriedades anteriores.
- equivalência, conformidade e eqüidistância variam
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS

1) No traçado de certos mapas geográficos, faz-se necessário representa a Terra
- que é aproximadamente esférica - como uma região plana, o que é feito por
intermédio de projeções. Com relação a essas projeções, julgue os itens abaixo
[V/F].
(    ) O objetivo na projeção que originou o mapa da figura I é destacar a
distribuição global dos continentes, omitindo-se parte de alguns oceanos e
procurando diminuir as distorções das formas e das distâncias.
( ) Há projeções que eliminam distorções que ocorreriam se a transposição de
paralelos e meridianos fosse feita diretamente para uma superfície plana.
(     ) Alterações na área ou na forma dos países podem ser objeto de
manipulações cartográficas com fins diferentes, inclusive o ideológico.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS

2) Existem diferentes formas de representação plana da superfície da
Terra (planisfério).
Os planisférios de Mercator e de Peters são atualmente os mais
utilizados.
Apesar de usarem projeções, respectivamente, conforme e equivalente,
ambas utilizam como base da projeção o modelo:
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS



3) Considerando a idéia de que os mapas são concebidos
como instrumentos utilizados para representar o planeta
Terra, é correto afirmar que:

a) os mapas do século XII, feitos pelos europeus, já
representavam a Cordilheira dos Andes.
b) o primeiro mapa a considerar a Terra redonda foi feito por
Ptolomeu.
c) o mapa-múndi feito por Mercator privilegia a representação
do continente europeu por exagerar sua extensão territorial.
d) a última porção do território mundial a ser representada
pelos cartógrafos europeus foi a da África.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
4) Com relação ao mapa a seguir:
a) o erro está no fato dele ser apresentado de modo invertido, pois a Antártida está
colocada ao norte, e a Europa e Ásia, ao sul da Terra, fato que invalida a Projeção
de Peters.
b) nenhum dado está correto, pois, com a Projeção de Peters, a Europa aparece
proporcionalmente menor do que realmente é em relação aos demais continentes.
c) a forma do traçado dos continentes está mantida, mas o erro está no fato do
mapa ser apresentado de modo invertido, resultado da Projeção de Peters.
d) a proporção entre as áreas dos continentes corresponde à da realidade, apesar
de comprometer as suas formas, resultado da Projeção de Peters.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
5) Observe os planisférios, construídos a partir de projeções diferentes.
A partir da análise e da interpretação dos planisférios, todas as alternativas
estão corretas, EXCETO:
a) A representação correspondente ao Planisfério 1 expressa as reais
proporções entre os diferentes continentes que compõem a superfície terrestre.
b) A representação correspondente ao Planisfério 2 mostra deformações de
áreas que são tanto maiores quanto mais elevadas as latitudes.
c) A representação correspondente ao Planisfério 1 possibilita a percepção
correta do contorno das massas continentais, principalmente nas regiões e
entre os trópicos.
d) A representação correspondente ao Planisfério 2 é utilizada intensamente,
na navegação aérea e marítima, pela viabilidade de se traçarem nela, com
precisão, os rumos de uma rota.
e) A cartografia das áreas situadas nas latitudes superiores a 80°N e S é
inviável, nas duas representações, devido ao excesso de deformação
decorrente do processo de projeção.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Orientação no espaço localização
Orientação no espaço   localizaçãoOrientação no espaço   localização
Orientação no espaço localizaçãoLuciano Pessanha
 
Elementos básicos de cartografia aula
Elementos básicos de cartografia   aulaElementos básicos de cartografia   aula
Elementos básicos de cartografia aulaSilmara Vedoveli
 
LOCALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO
LOCALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIROLOCALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO
LOCALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRODANUBIA ZANOTELLI
 
Projeções Cartográficas
Projeções CartográficasProjeções Cartográficas
Projeções CartográficasEduardo Mendes
 
Definição de Geografia e Tipo de Paisagens
Definição de Geografia e Tipo de  PaisagensDefinição de Geografia e Tipo de  Paisagens
Definição de Geografia e Tipo de Paisagenslidia76
 
Cartografia: A linguagem dos mapas
Cartografia: A linguagem dos mapasCartografia: A linguagem dos mapas
Cartografia: A linguagem dos mapasRoberta Sumar
 
Geodesia ppt
Geodesia pptGeodesia ppt
Geodesia pptUNIVASF
 
Mapas temáticos - Aula 01
Mapas temáticos - Aula 01Mapas temáticos - Aula 01
Mapas temáticos - Aula 01ProfGeoJean
 
Geografia a estrutura geologica do brasil e sua relaçao com a formacao do r...
Geografia   a estrutura geologica do brasil e sua relaçao com a formacao do r...Geografia   a estrutura geologica do brasil e sua relaçao com a formacao do r...
Geografia a estrutura geologica do brasil e sua relaçao com a formacao do r...Gustavo Soares
 
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)Nefer19
 
Projecoes cartograficas
Projecoes cartograficasProjecoes cartograficas
Projecoes cartograficasMarcia Silva
 

Mais procurados (20)

Cartografia powerpoint
Cartografia powerpointCartografia powerpoint
Cartografia powerpoint
 
Unidade 2 6º ano
Unidade 2   6º anoUnidade 2   6º ano
Unidade 2 6º ano
 
Fuso Horário
Fuso HorárioFuso Horário
Fuso Horário
 
Orientação no espaço localização
Orientação no espaço   localizaçãoOrientação no espaço   localização
Orientação no espaço localização
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
6º ano Unidade4
6º ano Unidade46º ano Unidade4
6º ano Unidade4
 
Elementos básicos de cartografia aula
Elementos básicos de cartografia   aulaElementos básicos de cartografia   aula
Elementos básicos de cartografia aula
 
LOCALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO
LOCALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIROLOCALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO
LOCALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO
 
Projeções Cartográficas
Projeções CartográficasProjeções Cartográficas
Projeções Cartográficas
 
Definição de Geografia e Tipo de Paisagens
Definição de Geografia e Tipo de  PaisagensDefinição de Geografia e Tipo de  Paisagens
Definição de Geografia e Tipo de Paisagens
 
Os continentes
Os continentesOs continentes
Os continentes
 
Cartografia: A linguagem dos mapas
Cartografia: A linguagem dos mapasCartografia: A linguagem dos mapas
Cartografia: A linguagem dos mapas
 
Geodesia ppt
Geodesia pptGeodesia ppt
Geodesia ppt
 
Mapas temáticos - Aula 01
Mapas temáticos - Aula 01Mapas temáticos - Aula 01
Mapas temáticos - Aula 01
 
Geografia a estrutura geologica do brasil e sua relaçao com a formacao do r...
Geografia   a estrutura geologica do brasil e sua relaçao com a formacao do r...Geografia   a estrutura geologica do brasil e sua relaçao com a formacao do r...
Geografia a estrutura geologica do brasil e sua relaçao com a formacao do r...
 
Geografia 1º ppt 7ºano
Geografia 1º ppt 7ºanoGeografia 1º ppt 7ºano
Geografia 1º ppt 7ºano
 
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
As Coordenadas Geográficas - 6º Ano (2017)
 
Projecoes cartograficas
Projecoes cartograficasProjecoes cartograficas
Projecoes cartograficas
 
Orientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espacoOrientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espaco
 
Fusos horarios completo
Fusos horarios completoFusos horarios completo
Fusos horarios completo
 

Semelhante a Projeções cartográficas: tipos e distorções

Semelhante a Projeções cartográficas: tipos e distorções (20)

Projeções
ProjeçõesProjeções
Projeções
 
Projecoes cartograficas aula_11_07_09
Projecoes cartograficas aula_11_07_09Projecoes cartograficas aula_11_07_09
Projecoes cartograficas aula_11_07_09
 
Projecoes cartograficas
Projecoes cartograficasProjecoes cartograficas
Projecoes cartograficas
 
Projecoes cartograficas
Projecoes cartograficasProjecoes cartograficas
Projecoes cartograficas
 
Projeções cartográficas aula
Projeções cartográficas   aulaProjeções cartográficas   aula
Projeções cartográficas aula
 
Projecoes cartograficas-100418111207-phpapp02
Projecoes cartograficas-100418111207-phpapp02Projecoes cartograficas-100418111207-phpapp02
Projecoes cartograficas-100418111207-phpapp02
 
Projecoes cartograficas
Projecoes cartograficasProjecoes cartograficas
Projecoes cartograficas
 
Cartografia primeiro ano
Cartografia primeiro anoCartografia primeiro ano
Cartografia primeiro ano
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
Projeções cartográficas
Projeções cartográficasProjeções cartográficas
Projeções cartográficas
 
Proj cartograficas (2)
Proj cartograficas (2)Proj cartograficas (2)
Proj cartograficas (2)
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
Projeções cartográficas
Projeções cartográficasProjeções cartográficas
Projeções cartográficas
 
Projeções2012
Projeções2012Projeções2012
Projeções2012
 
Cartografia.
Cartografia.Cartografia.
Cartografia.
 
Geografia projecoes cartograficas
Geografia projecoes cartograficasGeografia projecoes cartograficas
Geografia projecoes cartograficas
 
PROJECOES CARTOGRAFICAS, Projeção Plana ou Azimutal e Projeção Plana Polar. P...
PROJECOES CARTOGRAFICAS, Projeção Plana ou Azimutal e Projeção Plana Polar. P...PROJECOES CARTOGRAFICAS, Projeção Plana ou Azimutal e Projeção Plana Polar. P...
PROJECOES CARTOGRAFICAS, Projeção Plana ou Azimutal e Projeção Plana Polar. P...
 

Mais de Antonio Pinto Pereira

Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAnelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAntonio Pinto Pereira
 
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHHigiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHAntonio Pinto Pereira
 
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulDivisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulAntonio Pinto Pereira
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPAntonio Pinto Pereira
 
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimReino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimAntonio Pinto Pereira
 
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFAntonio Pinto Pereira
 

Mais de Antonio Pinto Pereira (20)

Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - HistóricoBibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
 
Jardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua HistóriaJardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua História
 
Janjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - BullyingJanjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - Bullying
 
Manual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta HoteleiraManual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta Hoteleira
 
Divisão celular I
Divisão celular IDivisão celular I
Divisão celular I
 
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EMLei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
 
Ondas e sua caracterização
Ondas e sua caracterizaçãoOndas e sua caracterização
Ondas e sua caracterização
 
O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura - O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura -
 
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAnelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
 
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHHigiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
 
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulDivisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
 
Planejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RHPlanejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RH
 
Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
 
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EFFoclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
 
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimReino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
 
Traffic signs in english
Traffic signs in englishTraffic signs in english
Traffic signs in english
 
Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F. Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F.
 
Mundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º AnoMundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º Ano
 
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
 

Último

Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 

Último (20)

Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 

Projeções cartográficas: tipos e distorções

  • 1. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 1º Ano E. M. Profª MSc.: Marilete Osmari
  • 2. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Cartografia  Conceito: Ciência, técnica e a arte de representar a superfície terrestre  Mapa: Representação no plano, em escala pequena, dos aspectos geográficos, naturais, culturais e artificiais de determinada área destinada aos mais variados usos;  Carta: Representação no plano, em escala média ou grande, dos aspectos artificiais e naturais de determinada área, subdividida em folhas articuladas de maneira sistemática.
  • 3. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS  Todos os mapas, gráficos e imagens são utilizados nas questões para identificar, localizar e contextualizar fatos sociais, ambientais, políticos e econômicos;  Leitura de mundo não textual;  Semiótica (do grego semeiotiké ou "a arte dos sinais") é a ciência geral dos signos e da semiose que estuda todos os fenômenos culturais - sistemas de significação. Mais abrangente que a lingüística.
  • 4. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Para ler e interpretar mapas e gráficos é necessário observar: Mapas Gráficos  Título;  Título;  Legenda;  Legenda;  Escala;  Coordenadas geográficas;  Tipo do mapa:
  • 5.
  • 6. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Projeções Cartográficas  Todos os mapas são representações aproximadas da superfície terrestre;  É impossível representar uma superfície curva em uma superfície plana sem que haja deformações;  Por isso os mapas preservam certas características ao mesmo tempo em que alteram outras;
  • 7. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS As projeções cartográficas são formas ou técnicas de representar a superfície terrestre em mapas. Todos os mapas são representações aproximadas da superfície terrestre, uma vez, que a forma esférica da Terra é desenhada sobre uma superfície plana, assim: TODO MAPA POSSUI DISTORÇÕES DE DIREÇÃO, ÁREA OU FORMA!
  • 8. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Tipo de Superfície Adotada Quanto ao tipo de superfície adotada, são classificadas em: CILÍNDRICAS, PLANAS OU AZIMUTAIS E CÔNICAS Projeção Cilíndrica - o mapa é construído imaginando-o desenhado num cilindro tangente ou secante à superfície da Terra, que é depois desenrolado.
  • 9. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Tipo de Superfície Adotada Quanto ao tipo de superfície adotada, são classificadas em: CILÍNDRICAS, PLANAS OU AZIMUTAIS E CÔNICAS Projeção Plana ou Azimutal - o mapa é construído imaginando-o situado num plano tangente ou secante a um ponto na superfície da Terra. Ex. Projeção Esterográfica Polar.
  • 10. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Tipo de Superfície Adotada Quanto ao tipo de superfície adotada, são classificadas em: CILÍNDRICAS, PLANAS OU AZIMUTAIS E CÔNICAS Projeção Cônica - o mapa é construído imaginando-o desenhado num cone que envolve a esfera terrestre, que é em seguida desenrolado.
  • 11. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS MAIS USADAS PARA O ENEM  Projeção de Mercator;  Projeção de Peters;  Projeção Azimutal;
  • 16.
  • 17. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Tipo de Superfície Adotada Quanto ao tipo de superfície adotada, são classificadas em: CILÍNDRICAS, PLANAS OU AZIMUTAIS E CÔNICAS
  • 18. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Grau de Deformação da Superfície Quanto ao grau de deformação das superfícies representadas, são classificadas em: [1] CONFORMES ou isogonais, [2] EQUIVALENTES ou isométricas e [3] EQÜIDISTANTES. 1- Projeções Conformes - Preserva os ângulos. - Paralelos e os meridianos se cruzam em ângulos retos - Distorce-se a forma dos objetos no mapa
  • 19. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 2) Projeções Equivalentes ou Isométricas -Não deformam áreas, conservando uma relação constante da área, - Alteram as Formas Peters, cilíndrico equivalente
  • 20. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Comparação: Conforme / Equivalente Proporção no mapa Mercator Proporção no mapa Mollweide
  • 21. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 3) Projeções Eqüidistantes são as projeções que não apresentam deformações em linha reta; -Isso só é possível em determinada direção. -São menos empregadas que as projeções conformes e equivalentes, porque raramente é desejável um mapa com distâncias corretas apenas em uma direção
  • 22. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Projeções Afiláticas - não possui nenhuma das propriedades anteriores. - equivalência, conformidade e eqüidistância variam
  • 23. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Projeções Afiláticas - não possui nenhuma das propriedades anteriores. - equivalência, conformidade e eqüidistância variam
  • 24. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 1) No traçado de certos mapas geográficos, faz-se necessário representa a Terra - que é aproximadamente esférica - como uma região plana, o que é feito por intermédio de projeções. Com relação a essas projeções, julgue os itens abaixo [V/F]. ( ) O objetivo na projeção que originou o mapa da figura I é destacar a distribuição global dos continentes, omitindo-se parte de alguns oceanos e procurando diminuir as distorções das formas e das distâncias. ( ) Há projeções que eliminam distorções que ocorreriam se a transposição de paralelos e meridianos fosse feita diretamente para uma superfície plana. ( ) Alterações na área ou na forma dos países podem ser objeto de manipulações cartográficas com fins diferentes, inclusive o ideológico.
  • 25. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 2) Existem diferentes formas de representação plana da superfície da Terra (planisfério). Os planisférios de Mercator e de Peters são atualmente os mais utilizados. Apesar de usarem projeções, respectivamente, conforme e equivalente, ambas utilizam como base da projeção o modelo:
  • 26. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 3) Considerando a idéia de que os mapas são concebidos como instrumentos utilizados para representar o planeta Terra, é correto afirmar que: a) os mapas do século XII, feitos pelos europeus, já representavam a Cordilheira dos Andes. b) o primeiro mapa a considerar a Terra redonda foi feito por Ptolomeu. c) o mapa-múndi feito por Mercator privilegia a representação do continente europeu por exagerar sua extensão territorial. d) a última porção do território mundial a ser representada pelos cartógrafos europeus foi a da África.
  • 27. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 4) Com relação ao mapa a seguir: a) o erro está no fato dele ser apresentado de modo invertido, pois a Antártida está colocada ao norte, e a Europa e Ásia, ao sul da Terra, fato que invalida a Projeção de Peters. b) nenhum dado está correto, pois, com a Projeção de Peters, a Europa aparece proporcionalmente menor do que realmente é em relação aos demais continentes. c) a forma do traçado dos continentes está mantida, mas o erro está no fato do mapa ser apresentado de modo invertido, resultado da Projeção de Peters. d) a proporção entre as áreas dos continentes corresponde à da realidade, apesar de comprometer as suas formas, resultado da Projeção de Peters.
  • 28. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 5) Observe os planisférios, construídos a partir de projeções diferentes. A partir da análise e da interpretação dos planisférios, todas as alternativas estão corretas, EXCETO: a) A representação correspondente ao Planisfério 1 expressa as reais proporções entre os diferentes continentes que compõem a superfície terrestre. b) A representação correspondente ao Planisfério 2 mostra deformações de áreas que são tanto maiores quanto mais elevadas as latitudes. c) A representação correspondente ao Planisfério 1 possibilita a percepção correta do contorno das massas continentais, principalmente nas regiões e entre os trópicos. d) A representação correspondente ao Planisfério 2 é utilizada intensamente, na navegação aérea e marítima, pela viabilidade de se traçarem nela, com precisão, os rumos de uma rota. e) A cartografia das áreas situadas nas latitudes superiores a 80°N e S é inviável, nas duas representações, devido ao excesso de deformação decorrente do processo de projeção.