SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
E. E. Antonio Pinto Pereira

   Prof.ª Marilze Alves
    Organização em Empresas

      Teoria Organizacional


     Técnico em RH
EMPRESAS COMO SISTEMAS
•As coisas vivas são sistemas abertos com
entradas e saídas em constante intercâmbio


•A empresa constitui um sistema - um
conjunto de elementos dinamicamente inter-
relacionados     quedesenvolvem        uma
atividade ou função para atingir um ou mais
propósitos
EMPRESA COMO SISTEMAS

•      Entrada ou insumos (input) - São
    todos os recursos empregados pelo
    sistema,   informação,     mão-de-obra,
    recursos humanos, financeiros e materiais


•      Processamento      ou      operação
    (throughput) – é a conversão das
    entradas em saídas e representa a etapa
    de transformação dos recursos em
    produtos.
EMPRESA COMO SISTEMAS
•     Saídas ou resultados (output) – é a
    conseqüência da reunião os elementos e
    relações do sistema. É o produto final que
    resulta do processamento das entradas.


•     Retroação (feedback) – é o mecanismo
    responsável pelo equilíbrio e estabilidade
    do sistema, o elemento básico da
    retroação é a informação e o objetivo
    principal é o controle para evitar desvios.
EMPRESA COMO SISTEMAS


Retroação (feedback) – é o mecanismo
 responsável pelo equilíbrio e estabilidade
 do sistema, o elemento básico da
 retroação é a informação e o objetivo
 principal é o controle para evitar desvios.
EMPRESA- SISTEMA DE
           SUBSISTEMAS

•       Modelo Shareholders : empresa –
           acionistas proprietários


    •   Modelo Stakeholder : empresa –
          proprietários/acionistas,
A EMPRESA COMO SISTEMA E
         SUBSISTEMA
• Conforme    esquema   pág.     21    –
Empresa(sistema)     com        diversos
subsistemas


• Ambiente ou subsistemas: são partes do
sistema em que se desenvolvem as
atividades interdependentes – conforme
esquema pag.22
NÍVEIS ORGANIZACIONAIS
As empresas possuem três níveis hierárquicos: nível institucional,
         nível mediador ou gerencial e o nível técnico.
                  •   Esquema apostila pag. 23


•    Nível institucional     Problemas Empresariais
•    (presidente/diretor)      Amplos e Complexos


•    Nivel Intermediário        Problemas Administrativos
•    (gerentes)                  Intermediários e Internos
                                  Ajustamento Interno
Alinhamento Organizacional
• As empresas requerem uma conjunção
de crenças, idéias, princípios e valores que
dão consistência e identidade própria.
• Todo negócio deve ter uma missão a
cumprir; de ter uma visão do futuro e definir
valores que pretende consagrar. Tudo isso
tem que ser muito claro para todos os
envolvidos saberem exatamente o que
fazer, como, quando e onde.
Missão organizacional

• A missão significa a razão de ser do próprio
negócio, refere-se a natureza da organização


•      Exemplo de Missão: UNIMED: “Agregar
    profissionais médicos para a desfesa do
    exercício liberal, ético e qualitativo de sua
    profissão, com adequadas condições de
    trabalho e remuneração justa”.
Princípios e valores organizacionais

• Valores são as crenças e atitudes básicas
que definem o comportamento do indivíduo
em uma organização


• Exemplos de valores organizacionais:
pessoas,       liderança       honestidade,
integridade, confiança, paixão por vencer,
responsabilidade corporativa e social, etc.
Visão organizacional

• É um ponto no futuro em torno do qual a
organização deseja que as pessoas que
nela trabalham dirijam seus esforços


•     Exemplo de visão: SBT: Ser o
    segundo canal de televisão brasileiro
    em audiência.
Missão                       Visão
●
    Inclui o negócio da      ●
                                 É o que sonha no
      empresa                     negócio
●
    É o ponto de partida     ●
                                 É aonde vamos
●
    Carteira de identidade   ●
                                 Passaporte para o
     da empresa                   futuro
●
    Identifica quem somos    ●
                                 Projeta quem
●
    Da rumo à empresa             desejamos ser
●
    É orientadora            ●
                                 Energiza a empresa
●
    Vocação p/eternidade     ●
                                 É inpsiradora
●
                             ●
                                 Mutável cfe desafios
Papel da empresa

• Satisfazer   uma     necessidade     da
sociedade, do mercado ou do cliente: toda
empresa tem uma finalidade bem definida


• Gerar riqueza e agregar valor


• Distribuir a riqueza gerada

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Técnicas Organizacionais
Técnicas OrganizacionaisTécnicas Organizacionais
Técnicas OrganizacionaisAndrey Martins
 
Palestra sobre Administração de Empresas
Palestra sobre Administração de EmpresasPalestra sobre Administração de Empresas
Palestra sobre Administração de EmpresasLeonardo Filardi
 
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.Alaxiel
 
Habilidades do administrador slides
Habilidades do administrador   slidesHabilidades do administrador   slides
Habilidades do administrador slidesVanessa
 
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 3 e 4
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 3 e 4Práticas de Recursos Humanos - Aulas 3 e 4
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 3 e 4Wandick Rocha de Aquino
 
Cultura e clima organizacional aula4
Cultura e clima organizacional aula4Cultura e clima organizacional aula4
Cultura e clima organizacional aula4Nome Sobrenome
 
Aula 3 missão visão e valores
Aula 3   missão visão e valoresAula 3   missão visão e valores
Aula 3 missão visão e valoresIsabella Nogueira
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de PessoasPBNP_
 
Habilidade e competencias do administrador
Habilidade e competencias do administradorHabilidade e competencias do administrador
Habilidade e competencias do administradorAlesilveira
 
Gestão do Conhecimento e da Inovação: modelos de gestão de importância estrat...
Gestão do Conhecimento e da Inovação: modelos de gestão de importância estrat...Gestão do Conhecimento e da Inovação: modelos de gestão de importância estrat...
Gestão do Conhecimento e da Inovação: modelos de gestão de importância estrat...Cicilha Costa
 
Desafio da gestão das Organizações - O Risco
Desafio da gestão das Organizações - O RiscoDesafio da gestão das Organizações - O Risco
Desafio da gestão das Organizações - O RiscoA. Rui Teixeira Santos
 
Noções de Empreendedorismo - Games SENAC (Parte 2)
Noções de Empreendedorismo - Games SENAC (Parte 2)Noções de Empreendedorismo - Games SENAC (Parte 2)
Noções de Empreendedorismo - Games SENAC (Parte 2)Thiago Costa
 
Cultura e clima organizacional aula2
Cultura e clima organizacional aula2Cultura e clima organizacional aula2
Cultura e clima organizacional aula2Nome Sobrenome
 
Noções de Empreendedorismo Games - SENAC (Parte 1)
Noções de Empreendedorismo Games - SENAC (Parte 1)Noções de Empreendedorismo Games - SENAC (Parte 1)
Noções de Empreendedorismo Games - SENAC (Parte 1)Thiago Costa
 
Modelos de Gestão
Modelos de GestãoModelos de Gestão
Modelos de GestãoRafael Gomes
 
Palestra QUALIDADE E COMPETITIVIDADE NO SÉCULO XXI
Palestra QUALIDADE E COMPETITIVIDADE NO SÉCULO XXIPalestra QUALIDADE E COMPETITIVIDADE NO SÉCULO XXI
Palestra QUALIDADE E COMPETITIVIDADE NO SÉCULO XXIhumberto145
 

Mais procurados (20)

Administração Geral
Administração GeralAdministração Geral
Administração Geral
 
Técnicas Organizacionais
Técnicas OrganizacionaisTécnicas Organizacionais
Técnicas Organizacionais
 
Palestra sobre Administração de Empresas
Palestra sobre Administração de EmpresasPalestra sobre Administração de Empresas
Palestra sobre Administração de Empresas
 
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
PROCESSOS GERENCIAIS E TOMADA DE DECISÃO.
 
Marketing aula 1
Marketing aula 1Marketing aula 1
Marketing aula 1
 
Marketing aula 4
Marketing aula 4Marketing aula 4
Marketing aula 4
 
Habilidades do administrador slides
Habilidades do administrador   slidesHabilidades do administrador   slides
Habilidades do administrador slides
 
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 3 e 4
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 3 e 4Práticas de Recursos Humanos - Aulas 3 e 4
Práticas de Recursos Humanos - Aulas 3 e 4
 
Cultura e clima organizacional aula4
Cultura e clima organizacional aula4Cultura e clima organizacional aula4
Cultura e clima organizacional aula4
 
Aula 3 missão visão e valores
Aula 3   missão visão e valoresAula 3   missão visão e valores
Aula 3 missão visão e valores
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Habilidade e competencias do administrador
Habilidade e competencias do administradorHabilidade e competencias do administrador
Habilidade e competencias do administrador
 
Empresa trabalho completo
Empresa trabalho completoEmpresa trabalho completo
Empresa trabalho completo
 
Gestão do Conhecimento e da Inovação: modelos de gestão de importância estrat...
Gestão do Conhecimento e da Inovação: modelos de gestão de importância estrat...Gestão do Conhecimento e da Inovação: modelos de gestão de importância estrat...
Gestão do Conhecimento e da Inovação: modelos de gestão de importância estrat...
 
Desafio da gestão das Organizações - O Risco
Desafio da gestão das Organizações - O RiscoDesafio da gestão das Organizações - O Risco
Desafio da gestão das Organizações - O Risco
 
Noções de Empreendedorismo - Games SENAC (Parte 2)
Noções de Empreendedorismo - Games SENAC (Parte 2)Noções de Empreendedorismo - Games SENAC (Parte 2)
Noções de Empreendedorismo - Games SENAC (Parte 2)
 
Cultura e clima organizacional aula2
Cultura e clima organizacional aula2Cultura e clima organizacional aula2
Cultura e clima organizacional aula2
 
Noções de Empreendedorismo Games - SENAC (Parte 1)
Noções de Empreendedorismo Games - SENAC (Parte 1)Noções de Empreendedorismo Games - SENAC (Parte 1)
Noções de Empreendedorismo Games - SENAC (Parte 1)
 
Modelos de Gestão
Modelos de GestãoModelos de Gestão
Modelos de Gestão
 
Palestra QUALIDADE E COMPETITIVIDADE NO SÉCULO XXI
Palestra QUALIDADE E COMPETITIVIDADE NO SÉCULO XXIPalestra QUALIDADE E COMPETITIVIDADE NO SÉCULO XXI
Palestra QUALIDADE E COMPETITIVIDADE NO SÉCULO XXI
 

Destaque

Indicadores de Responsabilidade Social nas Empresas
Indicadores de Responsabilidade Social nas EmpresasIndicadores de Responsabilidade Social nas Empresas
Indicadores de Responsabilidade Social nas EmpresasPaulo Tarso
 
Etica na administração
Etica na administraçãoEtica na administração
Etica na administraçãoJefersonMaster
 
Responsabilidade Social nas Empresas
Responsabilidade Social nas EmpresasResponsabilidade Social nas Empresas
Responsabilidade Social nas EmpresasTaw Motta
 
Código de Ética do Administrador
Código de Ética do AdministradorCódigo de Ética do Administrador
Código de Ética do AdministradorVanderlei Moraes
 
Responsabilidade social e sustentabilidade
Responsabilidade social e sustentabilidadeResponsabilidade social e sustentabilidade
Responsabilidade social e sustentabilidadeALVARO RAMOS
 
Material para os alunos de etica
Material para os alunos de eticaMaterial para os alunos de etica
Material para os alunos de eticaagostinhofigueira01
 
Etica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoEtica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoNyedson Barbosa
 

Destaque (7)

Indicadores de Responsabilidade Social nas Empresas
Indicadores de Responsabilidade Social nas EmpresasIndicadores de Responsabilidade Social nas Empresas
Indicadores de Responsabilidade Social nas Empresas
 
Etica na administração
Etica na administraçãoEtica na administração
Etica na administração
 
Responsabilidade Social nas Empresas
Responsabilidade Social nas EmpresasResponsabilidade Social nas Empresas
Responsabilidade Social nas Empresas
 
Código de Ética do Administrador
Código de Ética do AdministradorCódigo de Ética do Administrador
Código de Ética do Administrador
 
Responsabilidade social e sustentabilidade
Responsabilidade social e sustentabilidadeResponsabilidade social e sustentabilidade
Responsabilidade social e sustentabilidade
 
Material para os alunos de etica
Material para os alunos de eticaMaterial para os alunos de etica
Material para os alunos de etica
 
Etica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoEtica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de Trabalho
 

Semelhante a Organização em Empresas - Técnico em RH

manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptxmanual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptxWilsonFernandesRapos
 
UFCD 0649 Estrutura e Comunicação Empresarial2022.pptx
UFCD 0649 Estrutura e Comunicação Empresarial2022.pptxUFCD 0649 Estrutura e Comunicação Empresarial2022.pptx
UFCD 0649 Estrutura e Comunicação Empresarial2022.pptxNome Sobrenome
 
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptxUFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptxScribd917701
 
Pensamento estratégico e geração de vantagem competitiva
Pensamento estratégico e geração de vantagem competitivaPensamento estratégico e geração de vantagem competitiva
Pensamento estratégico e geração de vantagem competitivaBruno Oliveira
 
Conceber diferentemente modelos de negócio sociais
Conceber diferentemente modelos de negócio sociaisConceber diferentemente modelos de negócio sociais
Conceber diferentemente modelos de negócio sociaisSocial Business Models
 
Introduçao a administraçao para a contabilidade
Introduçao  a administraçao para a contabilidadeIntroduçao  a administraçao para a contabilidade
Introduçao a administraçao para a contabilidadeJulliana Alves
 
Um engenheiro civil e o seu papel de gerente na obra de engenharia
Um engenheiro civil e o seu papel de gerente na obra de engenhariaUm engenheiro civil e o seu papel de gerente na obra de engenharia
Um engenheiro civil e o seu papel de gerente na obra de engenhariaLowrrayny Franchesca
 
AULA 03 E 04 EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO.pptx
AULA 03 E 04  EMPREENDEDORISMO  E INOVAÇÃO.pptxAULA 03 E 04  EMPREENDEDORISMO  E INOVAÇÃO.pptx
AULA 03 E 04 EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO.pptxregissousa14
 
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdfMódulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdfMarileneAs
 
Giovanna administracaopublica-modulo01-001
Giovanna administracaopublica-modulo01-001Giovanna administracaopublica-modulo01-001
Giovanna administracaopublica-modulo01-001MGS High School
 

Semelhante a Organização em Empresas - Técnico em RH (20)

manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptxmanual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
 
UFCD 0649 Estrutura e Comunicação Empresarial2022.pptx
UFCD 0649 Estrutura e Comunicação Empresarial2022.pptxUFCD 0649 Estrutura e Comunicação Empresarial2022.pptx
UFCD 0649 Estrutura e Comunicação Empresarial2022.pptx
 
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptxUFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
 
Mensuraçãode resultados
Mensuraçãode resultadosMensuraçãode resultados
Mensuraçãode resultados
 
Gestão de negócios
Gestão de negóciosGestão de negócios
Gestão de negócios
 
Pensamento estratégico e geração de vantagem competitiva
Pensamento estratégico e geração de vantagem competitivaPensamento estratégico e geração de vantagem competitiva
Pensamento estratégico e geração de vantagem competitiva
 
Conceber diferentemente modelos de negócio sociais
Conceber diferentemente modelos de negócio sociaisConceber diferentemente modelos de negócio sociais
Conceber diferentemente modelos de negócio sociais
 
Clientes
ClientesClientes
Clientes
 
Introduçao a administraçao para a contabilidade
Introduçao  a administraçao para a contabilidadeIntroduçao  a administraçao para a contabilidade
Introduçao a administraçao para a contabilidade
 
PCM, Etapas e Empresa
PCM, Etapas e EmpresaPCM, Etapas e Empresa
PCM, Etapas e Empresa
 
Um engenheiro civil e o seu papel de gerente na obra de engenharia
Um engenheiro civil e o seu papel de gerente na obra de engenhariaUm engenheiro civil e o seu papel de gerente na obra de engenharia
Um engenheiro civil e o seu papel de gerente na obra de engenharia
 
Diagnsticom empresarial-28614
Diagnsticom empresarial-28614Diagnsticom empresarial-28614
Diagnsticom empresarial-28614
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 
Planejamento Estrátegico
Planejamento EstrátegicoPlanejamento Estrátegico
Planejamento Estrátegico
 
AULA 03 E 04 EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO.pptx
AULA 03 E 04  EMPREENDEDORISMO  E INOVAÇÃO.pptxAULA 03 E 04  EMPREENDEDORISMO  E INOVAÇÃO.pptx
AULA 03 E 04 EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO.pptx
 
Gestao de clientes 2
Gestao de clientes 2Gestao de clientes 2
Gestao de clientes 2
 
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdfMódulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
Módulo 1 - Aula 2 - Plano de operação da empresa - Sérgio e Viviana.pdf
 
Diagnostico Empresarial
Diagnostico EmpresarialDiagnostico Empresarial
Diagnostico Empresarial
 
Giovanna administracaopublica-modulo01-001
Giovanna administracaopublica-modulo01-001Giovanna administracaopublica-modulo01-001
Giovanna administracaopublica-modulo01-001
 
Gestão de clientes 1
Gestão de clientes 1Gestão de clientes 1
Gestão de clientes 1
 

Mais de Antonio Pinto Pereira

Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAnelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAntonio Pinto Pereira
 
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHHigiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHAntonio Pinto Pereira
 
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulDivisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulAntonio Pinto Pereira
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPAntonio Pinto Pereira
 
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimReino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimAntonio Pinto Pereira
 
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFAntonio Pinto Pereira
 

Mais de Antonio Pinto Pereira (20)

Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - HistóricoBibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
 
Jardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua HistóriaJardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua História
 
Janjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - BullyingJanjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - Bullying
 
Manual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta HoteleiraManual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta Hoteleira
 
Divisão celular I
Divisão celular IDivisão celular I
Divisão celular I
 
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EMLei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
 
Ondas e sua caracterização
Ondas e sua caracterizaçãoOndas e sua caracterização
Ondas e sua caracterização
 
O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura - O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura -
 
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAnelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
 
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHHigiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
 
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulDivisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
 
Planejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RHPlanejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RH
 
Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
 
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EFFoclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
 
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimReino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
 
Traffic signs in english
Traffic signs in englishTraffic signs in english
Traffic signs in english
 
Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F. Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F.
 
Mundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º AnoMundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º Ano
 
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
 

Último

Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 

Último (20)

Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 

Organização em Empresas - Técnico em RH

  • 1. E. E. Antonio Pinto Pereira Prof.ª Marilze Alves Organização em Empresas Teoria Organizacional Técnico em RH
  • 2. EMPRESAS COMO SISTEMAS •As coisas vivas são sistemas abertos com entradas e saídas em constante intercâmbio •A empresa constitui um sistema - um conjunto de elementos dinamicamente inter- relacionados quedesenvolvem uma atividade ou função para atingir um ou mais propósitos
  • 3. EMPRESA COMO SISTEMAS • Entrada ou insumos (input) - São todos os recursos empregados pelo sistema, informação, mão-de-obra, recursos humanos, financeiros e materiais • Processamento ou operação (throughput) – é a conversão das entradas em saídas e representa a etapa de transformação dos recursos em produtos.
  • 4. EMPRESA COMO SISTEMAS • Saídas ou resultados (output) – é a conseqüência da reunião os elementos e relações do sistema. É o produto final que resulta do processamento das entradas. • Retroação (feedback) – é o mecanismo responsável pelo equilíbrio e estabilidade do sistema, o elemento básico da retroação é a informação e o objetivo principal é o controle para evitar desvios.
  • 5. EMPRESA COMO SISTEMAS Retroação (feedback) – é o mecanismo responsável pelo equilíbrio e estabilidade do sistema, o elemento básico da retroação é a informação e o objetivo principal é o controle para evitar desvios.
  • 6. EMPRESA- SISTEMA DE SUBSISTEMAS • Modelo Shareholders : empresa – acionistas proprietários • Modelo Stakeholder : empresa – proprietários/acionistas,
  • 7. A EMPRESA COMO SISTEMA E SUBSISTEMA • Conforme esquema pág. 21 – Empresa(sistema) com diversos subsistemas • Ambiente ou subsistemas: são partes do sistema em que se desenvolvem as atividades interdependentes – conforme esquema pag.22
  • 8. NÍVEIS ORGANIZACIONAIS As empresas possuem três níveis hierárquicos: nível institucional, nível mediador ou gerencial e o nível técnico. • Esquema apostila pag. 23 • Nível institucional Problemas Empresariais • (presidente/diretor) Amplos e Complexos • Nivel Intermediário Problemas Administrativos • (gerentes) Intermediários e Internos Ajustamento Interno
  • 9. Alinhamento Organizacional • As empresas requerem uma conjunção de crenças, idéias, princípios e valores que dão consistência e identidade própria. • Todo negócio deve ter uma missão a cumprir; de ter uma visão do futuro e definir valores que pretende consagrar. Tudo isso tem que ser muito claro para todos os envolvidos saberem exatamente o que fazer, como, quando e onde.
  • 10. Missão organizacional • A missão significa a razão de ser do próprio negócio, refere-se a natureza da organização • Exemplo de Missão: UNIMED: “Agregar profissionais médicos para a desfesa do exercício liberal, ético e qualitativo de sua profissão, com adequadas condições de trabalho e remuneração justa”.
  • 11. Princípios e valores organizacionais • Valores são as crenças e atitudes básicas que definem o comportamento do indivíduo em uma organização • Exemplos de valores organizacionais: pessoas, liderança honestidade, integridade, confiança, paixão por vencer, responsabilidade corporativa e social, etc.
  • 12. Visão organizacional • É um ponto no futuro em torno do qual a organização deseja que as pessoas que nela trabalham dirijam seus esforços • Exemplo de visão: SBT: Ser o segundo canal de televisão brasileiro em audiência.
  • 13. Missão Visão ● Inclui o negócio da ● É o que sonha no empresa negócio ● É o ponto de partida ● É aonde vamos ● Carteira de identidade ● Passaporte para o da empresa futuro ● Identifica quem somos ● Projeta quem ● Da rumo à empresa desejamos ser ● É orientadora ● Energiza a empresa ● Vocação p/eternidade ● É inpsiradora ● ● Mutável cfe desafios
  • 14. Papel da empresa • Satisfazer uma necessidade da sociedade, do mercado ou do cliente: toda empresa tem uma finalidade bem definida • Gerar riqueza e agregar valor • Distribuir a riqueza gerada