Nuno	  Bernardo	  •  Fundador	  	  da	  beAc-ve,	  um	  estúdio	     Transmedia	  criado	  em	  2002	  (com	  escritórios	...
Os	  novos	  desafios	  da	  Indústria	  •  Formatos	  e	  conteúdos	  precisam	  de	  ser	     distribuídos	  em	  diferen...
Tradi4onal	  Approach	  to	  Storytelling	                                                               Licensed	        ...
Transmedia	  Approach	  to	  Storytelling	                                 MOVIE	  /	  TV	  SERIES	                       ...
O	  Nosso	  modelo	  Transmídia	  •  A	  história	  é	  desenvolvida	  agnós-ca	  de	  mídia	  ou	     plataforma.	  •  A	...
Collider	  World	  
História	  +	  Audiência	  =	  IP	  •  O	  sucesso	  de	  um	  projeto	  transmídia	  está	     dependente	  do	  engajame...
Status	  •  Convide	  sua	  audiência	  a	  executar	  tarefas	     específicas	  no	  processo	  de	  storytelling,	     p...
Diversão	  •  A	  comédia	  é	  um	  disposi-vo	  forte	  na	     atração	  de	  audiências.	  •  Os	  vídeos	  mais	  vis...
Causa	  •  Causas	  sociais,	  polí-cas	  ou	  humanitárias	     são	  fortes	  disposi-vos	  para	  engajar	     audiênci...
Recompensa	  •  Prémios	  em	  dinheiro,	  gadget	  ou	  em	     valor	  são	  formas	  de	  promover	  a	     par-cipação...
Beat	  Girl	  
Contacts	                   	                   	                   	          @nmPernardo	                 	   www.facebo...
Producers Guide To Transmedia - II Forum Transmedia na ESPM (#FTM12)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Producers Guide To Transmedia - II Forum Transmedia na ESPM (#FTM12)

876 visualizações

Publicada em

Apresentação compartilhada por Nuno Bernardo (BeActive) para divulgação pelo grupo EraTransmidia, das experiências lançadas no II Fórum Transmídia na ESPM, dias 28 e 29 de setembro de 2012.

Ele fez essa exibição no dia 29/09 as 10:15h Aguçando a Curiosidade do Público pelas Multiplataformas e Melhores Práticas Transmídia vc: Nuno Bernardo (BeActive/Portugual) e vc: Robert Pratten (TStoryteller/Reino Unido)

Veja a programação completa do #FTM12 no site www.forumtransmidia.com e acesse todos os conteúdos que iremos compartilhar até a edição de 2013!

Para acompanhar todas as discussões do grupo EraTransmidia com outros compatilhamentos de conteúdos, como fotos, vídeos, comentários, acesse: www.facebook.com/groups/transmidia

E para conhecer a história do grupo EraTransmidia e conteúdos oficiais descubra e viva as experiências em nosso site: www.eratransmidia.com

Siga-nos no Twitter: @EraTransmidia

Para maiores informações rodrigo.arnaut@eratransmidia.com

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
876
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Producers Guide To Transmedia - II Forum Transmedia na ESPM (#FTM12)

  1. 1. Nuno  Bernardo  •  Fundador    da  beAc-ve,  um  estúdio   Transmedia  criado  em  2002  (com  escritórios   em  Portugal,  Ireland,  UK  and  Brazil).  •  Criador  do  Diário  de  Sofia,  o  primeiro  formato   Transmedia  a  ser  adaptado  em  +10  territórios   e  vendido  à  Sony  Pictures  and  Television.  •  Roteirista/Produtor  do  Cas-go  Final,  a   primeira  indicação  Brasileira  ao  Emmy  Digital   e  vencedor    do  prémio  Tela  Viva  e  MIPCOM   Best  Mul--­‐plaYorm  Format.  •  Criador  do  Aisling’s  Diary  vencedor  de  dois   Kidscreen  Awards  em  Nova  Iorque.  
  2. 2. Os  novos  desafios  da  Indústria  •  Formatos  e  conteúdos  precisam  de  ser   distribuídos  em  diferentes  mídias  e  plataformas   de  uma  forma  rápida  e  eficiente  para  ca-var   audiências  e  gerar  receita.    •  As  Audiências  esperam  consistência  na  história  e   nas  personagens  quando  acedem  aos  conteúdos   em  diferentes  plataformas  e  formatos.    •  Por  este  mo-vo,  o  roteiro  de  um  seriado  de  TV   ou  de  um  Filme  (ou  um  livro)  não  pode  ser  mais  a   unidade  central  da  história.    
  3. 3. Tradi4onal  Approach  to  Storytelling   Licensed   Game   Products   MOVIE   SCRIPT  /  TV   SERIES  SCRIPTS   AND  BIBLE  Website    /  BOOK   Books   Facebook   Page   Sequels  
  4. 4. Transmedia  Approach  to  Storytelling   MOVIE  /  TV  SERIES   Licensed   Game   Products   STORY  BIBLE:   Characters,  Website   Story  and  Plot   Books   Facebook   Sequels   Page  
  5. 5. O  Nosso  modelo  Transmídia  •  A  história  é  desenvolvida  agnós-ca  de  mídia  ou   plataforma.  •  A  história  é  testada  com  audiências  reais  usando   mídia  digital  e  redes  sociais.  •  A  história  e  sua  distribuição  é  pensada  para  ser   explorada  em  diferentes  plataformas  desde  a  sua   génese.  •  Focus  na  criação  de  uma  experiência  de   engajamento  com  a  audiência.  •  Sempre  manter  consistência  de  história,   personagens  e  marca  em  todas  as  plataformas.    
  6. 6. Collider  World  
  7. 7. História  +  Audiência  =  IP  •  O  sucesso  de  um  projeto  transmídia  está   dependente  do  engajamento  da  audiência.  •  As  audiências  normalmente  reagem  bem  a  4   esjmulos  de  engajamento  específicos:     » Status  na  comunidade   » Diversão   » Recompensa   » Causa    
  8. 8. Status  •  Convide  sua  audiência  a  executar  tarefas   específicas  no  processo  de  storytelling,   produção  ou  marke-ng.  •  Peça  aos  fãs  para  par-cipar  em  cas-ngs,   escolher  os  atores  do  seriado,  escrever   fan  fic-on  ou  enviar  sugestões  para  as     T-­‐Shirts  oficiais  do  se  projeto.  •  Ac-ve  e  promova  seu  projeto  em   comunidades  pré-­‐existentes.    •  Dê  notoriedade  aos  fãs  mais  a-vos.   Combine  essa  notoriedade  com  algo  que   seja  de  elevado  valor  para  os  fãs.  •  Exemplos:  Girl  Heart  Boy      e  Beat  Girl,   Collider  T-­‐Shirt,  Twist  da  Mia  Cas-ng.    
  9. 9. Diversão  •  A  comédia  é  um  disposi-vo  forte  na   atração  de  audiências.  •  Os  vídeos  mais  visualizados  no  Youtube,   são  na  sua  grande  maioria,  vídeos  de   comédia.  •  Para  promover  a  longa  The  Knot  e  sua   personagens,  criamos  um  seriado  de   comédia  Web  “The  Week  before  The   Knot”  para  introduzir  personagens  e   ca-var  audiências.  •  Além  disso  criamos  Trailers  intera-vos   para  homens  e  mulheres  para  acentuar   o  efeito  de    comédia.    
  10. 10. Causa  •  Causas  sociais,  polí-cas  ou  humanitárias   são  fortes  disposi-vos  para  engajar   audiências.    •  Audiências  (adulta,  18-­‐35  e  25-­‐44)   respondem  muito  bem  a  este  -po  de   engajamento.    •  As  redes  sociais  são  elementos  difusores   de  causas  e  habitualmente  é  simples   para  a  audiências  perceber  como  pode   par-cipar.    •  Este  é  uma  das  razões  principais  do   engajamento  de  audiências  com  o  nosso   documentário  “Road  to  Revolu-on”  em   fase  de  produção.  
  11. 11. Recompensa  •  Prémios  em  dinheiro,  gadget  ou  em   valor  são  formas  de  promover  a   par-cipação  da  audiência.  •  O  prémio  deve  ser  relevante  para  a   audiência  e  para  a  comunidade  onde  o   concurso  vai  ser  a-vado.  •  Estamos  a  oferecer  Tablets  para   promover  a  estreia  do  The  Knot  com  a   revista  Cosmopolitan  UK,  viagens  a   Dublin  com  a  Digital  Spy  para  assis-r   às  gravações  da  longa  do  Collider,  etc.  •  Para  ser  mais  efe-va  a  recompensa   deve  ser  associada  a  qualquer  tarefa   que  envolva  cria-vidade  e  o   reconhecimento  na  comunidade  do   vencedor.    
  12. 12. Beat  Girl  
  13. 13. Contacts         @nmPernardo     www.facebook.com/nmPernardo  www.facebook.com/transmediaguide    

×