SlideShare uma empresa Scribd logo
Industria 4.0
Ênio Prates Vasconcelos Filho
03/11/2016
Sobre Mim
Δ Ênio Filho
Δ Profissional
• Engenheiro de Controle e Automação – UnB;
• Mestre em Sistemas Mecatrônicos – UnB;
• Professor no Instituto Federal de Goiás – IFG
Δ Atuação
• Desenvolvedor de projetos na área de #IoT com microcontroladores
• Experiência em Hardwares reconfiguráveis (FPGA) e microcontroladores embarcados
• Trabalhos intensivos com tecnologia RFID
• Membro Fundador do CrazyTechGuys
• Membro participante do Gyn Bot
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Tópicos
Δ IoT
Δ Visão atual de Indústria
Δ Introdução: Um mundo integrado...
Δ Industria 4.0
Δ Sistemas Físicos Cibernéticos
Δ Fábricas Inteligentes
Δ Internet Industrial das Coisas
Δ Desafios
Δ Implementação da Industria 4.0
03/11/2016IOT Weekend Brasília
03/11/2016IOT Weekend Brasília
“Coisas conectadas, conversando
entre si, sem intervenção de
humanos”
#IoT (Internet of Things)
Δ Também chamada de IoE
(Internet of Everything)
Δ Objetos e aparelhos ligados
a Internet
Δ Informação, estado e
controle sobre objetos
Δ Comunicação entre pessoas
e dispositivos e
dispositivos-dispositivos
Δ Carros, Casas, Relógios,
Geladeiras (?)...
03/11/2016IOT Weekend Brasília
03/11/2016IOT Weekend Brasília
3 3,7
4,9
25
2013 2014 2015 2020
COISAS CONECTADAS
Bilhões de Coisas Conectadas
Visão atual de Indústria
Δ Atualmente, ainda existe a visão de uma indústria ou de um sistema de
produção como um fim em si mesmo:
03/11/2016IOT Weekend Brasília
INSUMOS
VENDAS
Um mundo integrado...
Δ Imaginemos um cenário em que:
• Existe uma previsão de chuva no fim da safra
• O governo quer aumentar em 10% o estoque de etanol...
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Um mundo Integrado...
Δ É prevista uma valorização do açúcar produzido em 3%
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Um mundo Integrado...
Δ Porém...
• O fornecedor não tem insumo para atender o pico de produção
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Um mundo Integrado...
Δ E...
• Dois motores e dois inversores importantes para a produção tem
manutenção agendada...
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Um mundo Integrado...
Δ O que fazer?
• Diante de um cenário, com diversas informações entrelaçadas, como agir?
• É possível manter os paradigmas estabelecidos?
• Quais mudanças são necessárias?
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Um mundo Integrado... Em ação!
Δ Fica clara a necessidade de um sistema integrado, capaz de enxergar as
diversas variáveis do processo, em busca de uma ação eficiente!
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Um mundo Integrado... Em ação!
Δ Uma indústria inteligente
• Com um sistema de controle inteligente...
Δ Capaz de realizar:
• Setup das variáveis de controle de produção
• Ajustes na produção para fugir da chuva
• Aumento do contrato com o governo
• Direcionamento de produção para açúcar
• Compra de insumos com fornecedor alternativo...
Essa é a Industria 4.0!
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Revolução Industrial
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Industria 4.0
Δ É um conceito de indústria proposto recentemente e que engloba as
principais inovações tecnológicas dos campos de automação, controle e
tecnologia da informação, aplicadas aos processos de manufatura.
Δ A partir de Sistemas Cyber-Físicos, Internet das Coisas e Internet dos
Serviços, os processos de produção tendem a se tornar cada vez mais
eficientes, autônomos e customizáveis.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Industria 4.0
Δ Momento de inversão de quem “puxa” a
tecnologia
Δ A IOT estendendo-se muito além do nível
de gadgets de acesso...
Δ Industrias de material pesado, como óleo,
gás, logística, mineração começam a
investir em tecnologias de integração de
comunicação de linhas e meios de
produção
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Industria 4.0
Δ Através da conexão de máquinas, sistemas e ativos, as empresas
poderão criar redes inteligentes ao longo de toda a cadeia de valor que
podem controlar os módulos da produção de forma autônoma.
Δ Ou seja, as fábricas inteligentes terão a capacidade e autonomia para
agendar manutenções, prever falhas nos processos e se adaptar aos
requisitos e mudanças não planejadas na produção.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Industria 4.0
Δ Linhas de montagem e produtos devem se comunicar e trabalhar em
conjunto ao longo do processo de fabricação, independentemente do
local.
Δ As informações devem ser trocadas de forma instantânea, e a coleta de
dados permitirá a tomada das melhores decisões
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Princípios da Indústria 4.0
Δ Capacidade de operação em tempo real
Δ Descentralização
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Princípios da Indústria 4.0
Δ Virtualização
• Cópia virtual das fabricas inteligentes.
• Permitindo a rastreabilidade e monitoramento remoto de todos os
processos por meio dos inúmeros sensores espalhados ao longo da planta.
Δ Modularidade
• Produção de acordo com a demanda, acoplamento e desacoplamento de
módulos na produção.
• O que oferece flexibilidade para alterar as tarefas das máquinas
facilmente.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Bases da Industria 4.0
Δ Surgem os dispositivos e sistemas capazes de atender essa nova
demanda por integração, comunicação e resposta em tempo real pedida
pelos novos processor produtivos.
Δ São os Sistemas Físicos Cibernéticos.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Sistemas Físicos Cibernéticos (CPS)
Δ Do original Cyber Physical Systems
Δ São sistemas de controle distribuídos e inteligentes com características
híbridas sendo elas físicas, digitais e virtuais.
Δ Estes sistemas são organizados em módulos ou unidades com elevado
grau de autonomia e inteligência compondo redes também inteligentes.
Δ A composição ou configuração dessas redes são denominadas fábricas
inteligentes (smart factories).
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Sistemas Físicos Cibernéticos (CPS)
Δ Os CPS são sistemas que permitem a ligação das operações da realidade
física com infraestruturas de computação e comunicação automatizada.
Δ Ao contrário de sistemas embarcados tradicionais, que são concebidos
como dispositivos autônomos, o foco em CPS está na interconexão da
rede de vários dispositivos.
Δ A ideia de CPS acompanha a tendência de ter informações e serviços em
todas as partes, o que é inevitável no mundo altamente conectado de
hoje.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Fábricas Inteligentes (Smart Factories)
Δ Nesse novo momento de revolução industrial, surge um novo conceito
de fábrica.
Δ Uma indústria mais ágil, diretamente conectada com tudo que acontece
a sua volta, capaz de antecipar situações e propor respostas melhores
para os desafios encontrados.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Fábricas Inteligentes (Smart Factories)
Δ Através de alta capacidade de processamento e comunicação instalada,
as unidades de produção são auto-suficientes e capazes de reorganizar-
se frente a mudanças de produtos e processos.
Δ Essas unidades são aptas a atuar em conjunto ou de forma
independente.
Δ Tem acesso a toda informação necessária em tempo real ou podem
obtê-la de forma imediata.
Δ Suas características intrínsecas de software permitem auto
configuração, otimização e expansão sem intervenções físicas ou de
engenharia.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Fábricas Inteligentes (Smart Factories)
Δ Esses sistemas agregam elementos de inteligência artificial e trabalham
utilizando imagens virtuais em todas as fases da produção.
Δ São capazes de gerenciar características e configurações dos produtos
em transito nas linhas, incrementando o valor na cadeia produtiva de
bens e serviços representando e atuando sempre sobre o estado atual e
real do produto e processo.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Fábricas Inteligentes (Smart Factories)
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Fábricas Inteligentes (Smart Factories)
Δ Os produtos também são inteligentes (agregando sensores e
microprocessadores) e se comunicam em rede e uns com os outros
através da Internet das coisas (IoT);
Δ Respondem a eventos internos e externos apresentando
comportamento aprendido e baseado em padrões.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Internet Industrial das Coisas (IIOT)
Δ Temos em mãos um cenário de
mudança, onde a Internet das Coisas
avança sobre a indústria, quebrando
paradigmas de linguagens e sistemas
fechados, permitindo o máximo
possível de integração.
Δ Os sistemas existentes são interligados
e baseados na Internet padrão e
aberta, Ethernet e outras tecnologias
relacionadas à nuvem, que visam
garantir o acesso seguro aos
dispositivos e informações.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Internet Industrial das Coisas (IIOT)
Δ Essa conexão intensa entre todos os itens na cadeia de produção
demanda algumas bases:
• Gestão de ativos e de desempenho:
oControle em tempo real de resultados e situações;
• Disponibilidade de dados aumentada
oAcesso aos dados de qualquer plataforma, de maneira rápida
• Controle empresarial inteligente
oIntegração de máquinas inteligentes e ativos inteligentes existentes na
produção com a empresa como um todo, contribuindo para uma flexibilidade
e eficiência maior na rentabilidade dos processos de manufatura.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Internet Industrial das Coisas (IIOT)
Δ Tecnologias de comunicação e monitoramento:
• Protocolos de dados cada vez mais simples e eficientes;
• Uso de sensores inteligentes, em todas as posições necessárias;
• Aplicações de tecnologias como RFID, BLE e GPS, para rastreamento local
e distribuído, bem como para gestão de ativos.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Novos Caminhos
Δ A interação entre TI e as tecnologias de automação representam árduo
desafio a muito tempo.
• Sua infraestrutura em forma de pirâmide está consolidada.
Δ Com o advento da indústria 4.0 os níveis superiores ERP e MES
comunicam-se diretamente com os níveis inferiores.
• É possível por exemplo solicitar dados de estado do CLP ou processo e
transferir novas receitas de produção diretamente para o nível de
produção.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Novos Caminhos
Δ Com a Indústria 4.0 esta divisão
em níveis e a abordagem top-
down do fluxo de informações
começará a se dissolver e
misturar-se.
Δ Em uma rede inteligente, cada
dispositivo ou serviço pode
iniciar uma atividade
autonomamente em
comunicação com os outros
serviços ou departamentos da
empresa como por exemplo para
disparar uma ordem de
produção.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Mas... Isso já existe?
Δ Grandes indústrias já começam com esse movimento, inclusive no
Brasil:
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Mas... Isso já existe?
Lá fora:
Δ Accenture, 2016: “O valor gerado pela IIOT
alcançará $ 15 trilhões até 2030”
Δ Frank Gillett, Forrester Research: “O que as
empresas estão buscando é repensar seus
produtos. Não basta colocar um sensor em um
compressor. É necessário que a empresa repense
a forma de vender o compressor e passar a
oferecer ao consumidor um modelo pay-for-use,
baseado em dados e na análise que pode ser
feita”
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Mas... Isso já existe?
Δ Bombas de ar e água Inteligentes
Δ Treinamento de Funcionários em aplicações em
tablets
Δ Mineração de dados em tempo real,
monitoramento de previsão de falhas
remotamente
Δ Redução de tempos de parada e de quebra em 10
a 12%
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Mas... Isso já existe?
Δ Provedora líder mundial de mercado de soluções de rede wireless,
lançou (13/09/2016) o cnReach, um rádio de banda estreita para
transmissões altamente confiáveis e seguras de longa distância;
Δ Especialmente para aplicações nos setores de petróleo e gás,
companhias de eletricidade e água, ferroviário, transporte e
mineração.
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Desafios
Δ Consideráveis esforços são necessários para uma implantação bem
sucedida da Industria 4,0.
Δ Entretanto, tais exigências variam grandemente de caso a caso.
Δ A fim de reduzir a complexidade, permitir modularização, organização
abrangente, ampla padronização, e estrutura sistêmica, uma
digitalização coerente é imprescindível, sendo a base desta nova
indústria
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Desafios da Indústria 4.0
Δ Tecnologia de comunicação universal (neutra) e independente
Δ Escalabilidade(interoperabilidade) para a integração
Δ Segurança
Δ Transporte e troca de dados através de protocolos padronizados
Δ Mapeamento de conteúdos de informação com qualquer grau de
complexidade
Δ Função "Plug-and-produce“
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Implementação da Industria 4.0
Δ John Deere
Δ Integrado com a IBM
Δ Explorar o potencial da Industria 4.0 junto com a organização de chão
de fábrica já existente
Δ Desafios:
• Aumentar o número de produtos produzidos, aumentando a complexidade
da produção;
• Demanda flutuante de consumo
• Menor ciclo de vida de produto
• Gestão da cadeia de suprimentos
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Implementação da Industria 4.0
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Implementação da Industria 4.0
1ª Etapa: Construir um “papel” digital para gerenciamento das demandas
Δ Solução:
• Integração de sistemas (ordens digitais)
• Sistema de planejamento de pedidos
• Identificação automática de pedidos
• Entrega automatizada de pedidos para produção
• Feedback via sistema
• Controle do sistema via tablets
Δ Tecnologias:
• Identificação de ordens via RFID
• CPS – Leitor de tags RFID
• Plataforma de integração
• Sistema de assistência a produção
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Implementação da Industria 4.0
2ª Etapa: Sistema de assistência a produção
Δ Solução:
• Identificação do funcionário via cartão
• Guia das ações passo-a-passo
• Qualificação dos funcionários
• Ferramentas de feedback online
• Automação do sistema de detecção de falhas
• Informações adicionais através de Wearable devices
Δ Tecnologias:
• Smart Cards (Identificação);
• Sistema de assistência
• RFID
• Plataforma de integração
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Implementação da Industria 4.0
3ª Etapa: Perceber e Agir
Δ Solução:
• Identificação de pedidos via RFID
• Interconexão entre máquinas e/ou dispositivos e chão de fábrica via CPS
• Plataforma de integração (data Hub)
o Integração de ERP com sistemas de baixo nível
• Definição de regras independentes de ação (flexíveis)
o Regras podem ser aplicadas até o nível dos dispositivos
Δ Tecnologias:
• RFID / RTLS (identificação e localização)
• CPS (transferência de dados dos sensores: Tags RFID, Estado das máquinas, manutenções...)
• Plataforma de integração
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Implementação da Industria 4.0
3ª Etapa: Perceber e Agir
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Concluindo...
Δ O que se espera do advento da Industria 4.0...
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Δ Maior Eficiência
Δ Menor custo
Δ Rapidez
Δ Preservação do meio
ambiente (produção
inteligente)
Δ Maior disponibilidade
Δ Integração
03/11/2016IOT Weekend Brasília
Dúvidas?
enio.filho@ifg.edu.br
Obrigado a Todos!
03/11/2016 IOT Weekend Brasília
Referências:
• Deploying RFID - Challenges, Solutions, and Open Issues", book edited by Cristina Turcu, ISBN 978-953-307-380-4,
Published: August 17, 2011 under CC BY-NC-SA 3.0 license.
• http://www.automacaoindustrial.info/industria-4-0-uma-visao-da-automacao-industrial
• Hung-An Kao Jay Lee, Behrad Bagheri. A cyber-physical systems architecture for industry 4.0-based manufacturing
systems. ScienceDirect, 2015.
• F Shrouf, J Ordieres, and G Miragliotta. Smart factories in industry 4.0: A review of the concept and of energy
management approached in production based on the internet of things paradigm. In Industrial Engineering and
Engineering Management (IEEM), 2014 IEEE International Conference on, pages 697–701. IEEE, 2014.
• https://www-
304.ibm.com/events/tools/interconnect/2016ems/REST/presentations/PDF/InterConnect2016_1648.pdf
• Burke, Thomas J. - OPC Unified Architecture: Interoperability for Industrie 4.0 and the Internet of Things
• http://www.slideshare.net/AlexisGion/outthink-complexity-with-industrie-40-with-watson-iot

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Internet das Coisas: Conceitos e Aplicações
Internet das Coisas: Conceitos e AplicaçõesInternet das Coisas: Conceitos e Aplicações
Internet das Coisas: Conceitos e Aplicações
Faculdade Martha Falcão
 
Internet das Coisas
Internet das CoisasInternet das Coisas
Internet das Coisas
Elizabeth Fantauzzi
 
Internet das coisas
Internet das coisasInternet das coisas
Internet das coisas
Celso Marques Mangueira
 
IIoT - Internet das Coisas na Indústria
IIoT - Internet das Coisas na IndústriaIIoT - Internet das Coisas na Indústria
IIoT - Internet das Coisas na Indústria
Alexandre Balestrin Corrêa
 
IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!
IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!
IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!
Rodolfo Cruz
 
Indústria 4.0 Tecnologia e inovação
Indústria 4.0 Tecnologia e inovaçãoIndústria 4.0 Tecnologia e inovação
Indústria 4.0 Tecnologia e inovação
Franklin Arisson Rodrigues dos Santos
 
Internet das Coisas: Aplicativos, Games e Plataformas
Internet das Coisas: Aplicativos, Games e PlataformasInternet das Coisas: Aplicativos, Games e Plataformas
Internet das Coisas: Aplicativos, Games e Plataformas
Leandro Andrade
 
Internet das Coisas e o Futuro da Internet
Internet das Coisas e o Futuro da InternetInternet das Coisas e o Futuro da Internet
Internet das Coisas e o Futuro da Internet
Andre Peres
 
Internet Das coisa
Internet Das coisaInternet Das coisa
Internet Das coisa
sergiocrespo
 
Internet das Coisas - Conectando você e tudo ao seu redor
Internet das Coisas - Conectando você e tudo ao seu redorInternet das Coisas - Conectando você e tudo ao seu redor
Internet das Coisas - Conectando você e tudo ao seu redor
André Curvello
 
Internet das Coisas - O que vai mudar na sua vida?
Internet das Coisas - O que vai mudar na sua vida?Internet das Coisas - O que vai mudar na sua vida?
Internet das Coisas - O que vai mudar na sua vida?
Caio Pereira
 
O casamento do século: internet das coisas e lean manufactoring (Wanderley do...
O casamento do século: internet das coisas e lean manufactoring (Wanderley do...O casamento do século: internet das coisas e lean manufactoring (Wanderley do...
O casamento do século: internet das coisas e lean manufactoring (Wanderley do...
Opencadd Advanced Technology
 
Internet das coisas
Internet das coisasInternet das coisas
Internet das coisas
Rogerio Alencar Filho
 
Internet das Coisas - Tudo e todos conectados!
Internet das Coisas - Tudo e todos conectados!Internet das Coisas - Tudo e todos conectados!
Internet das Coisas - Tudo e todos conectados!
André Curvello
 
Iot – internet das coisas
Iot – internet das coisasIot – internet das coisas
Iot – internet das coisas
tiago agenor
 
Internet das Coisas: a era dos objetos inteligentes e conectados
Internet das Coisas: a era dos objetos inteligentes e conectadosInternet das Coisas: a era dos objetos inteligentes e conectados
Internet das Coisas: a era dos objetos inteligentes e conectados
CESAR
 
A Internet das Coisas
A Internet das CoisasA Internet das Coisas
A Internet das Coisas
Luiz Avila
 
A Internet das Coisas
A Internet das CoisasA Internet das Coisas
A Internet das Coisas
Kiev Gama
 
Desenhando Experiências para IoT
Desenhando Experiências para IoT Desenhando Experiências para IoT
Desenhando Experiências para IoT
César Rodríguez Guevara
 
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicaçõesInternet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Fabio Souza
 

Mais procurados (20)

Internet das Coisas: Conceitos e Aplicações
Internet das Coisas: Conceitos e AplicaçõesInternet das Coisas: Conceitos e Aplicações
Internet das Coisas: Conceitos e Aplicações
 
Internet das Coisas
Internet das CoisasInternet das Coisas
Internet das Coisas
 
Internet das coisas
Internet das coisasInternet das coisas
Internet das coisas
 
IIoT - Internet das Coisas na Indústria
IIoT - Internet das Coisas na IndústriaIIoT - Internet das Coisas na Indústria
IIoT - Internet das Coisas na Indústria
 
IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!
IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!
IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!
 
Indústria 4.0 Tecnologia e inovação
Indústria 4.0 Tecnologia e inovaçãoIndústria 4.0 Tecnologia e inovação
Indústria 4.0 Tecnologia e inovação
 
Internet das Coisas: Aplicativos, Games e Plataformas
Internet das Coisas: Aplicativos, Games e PlataformasInternet das Coisas: Aplicativos, Games e Plataformas
Internet das Coisas: Aplicativos, Games e Plataformas
 
Internet das Coisas e o Futuro da Internet
Internet das Coisas e o Futuro da InternetInternet das Coisas e o Futuro da Internet
Internet das Coisas e o Futuro da Internet
 
Internet Das coisa
Internet Das coisaInternet Das coisa
Internet Das coisa
 
Internet das Coisas - Conectando você e tudo ao seu redor
Internet das Coisas - Conectando você e tudo ao seu redorInternet das Coisas - Conectando você e tudo ao seu redor
Internet das Coisas - Conectando você e tudo ao seu redor
 
Internet das Coisas - O que vai mudar na sua vida?
Internet das Coisas - O que vai mudar na sua vida?Internet das Coisas - O que vai mudar na sua vida?
Internet das Coisas - O que vai mudar na sua vida?
 
O casamento do século: internet das coisas e lean manufactoring (Wanderley do...
O casamento do século: internet das coisas e lean manufactoring (Wanderley do...O casamento do século: internet das coisas e lean manufactoring (Wanderley do...
O casamento do século: internet das coisas e lean manufactoring (Wanderley do...
 
Internet das coisas
Internet das coisasInternet das coisas
Internet das coisas
 
Internet das Coisas - Tudo e todos conectados!
Internet das Coisas - Tudo e todos conectados!Internet das Coisas - Tudo e todos conectados!
Internet das Coisas - Tudo e todos conectados!
 
Iot – internet das coisas
Iot – internet das coisasIot – internet das coisas
Iot – internet das coisas
 
Internet das Coisas: a era dos objetos inteligentes e conectados
Internet das Coisas: a era dos objetos inteligentes e conectadosInternet das Coisas: a era dos objetos inteligentes e conectados
Internet das Coisas: a era dos objetos inteligentes e conectados
 
A Internet das Coisas
A Internet das CoisasA Internet das Coisas
A Internet das Coisas
 
A Internet das Coisas
A Internet das CoisasA Internet das Coisas
A Internet das Coisas
 
Desenhando Experiências para IoT
Desenhando Experiências para IoT Desenhando Experiências para IoT
Desenhando Experiências para IoT
 
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicaçõesInternet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
 

Destaque

Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOTEica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Enio Filho
 
MS Math Night, fall 2014
MS Math Night, fall 2014MS Math Night, fall 2014
MS Math Night, fall 2014
gebhards
 
My remember
My rememberMy remember
My remember
itim613
 
Seen the movie marvel
Seen the movie   marvelSeen the movie   marvel
Seen the movie marvel
KylePinion
 
Hubungan antara tanaman, serangga dan musuh alami
Hubungan antara tanaman, serangga dan musuh alamiHubungan antara tanaman, serangga dan musuh alami
Hubungan antara tanaman, serangga dan musuh alami
AmalHayat Makmur
 
Innovative lesson plan
Innovative lesson planInnovative lesson plan
Innovative lesson plan
ashascorpio85
 
vocabularios en ingles
vocabularios en ingles vocabularios en ingles
vocabularios en ingles
mariazubiria
 
Accounting cycle
Accounting cycleAccounting cycle
Accounting cycle
sajad hussain
 
Persuasive writing
Persuasive writingPersuasive writing
Persuasive writing
Robin Hartanto
 
Español
EspañolEspañol
Español
Ivone Santiago
 
Emergency Water Damage Removal | Restoration | Extractions
Emergency Water Damage Removal | Restoration | ExtractionsEmergency Water Damage Removal | Restoration | Extractions
Emergency Water Damage Removal | Restoration | Extractions
TaraCBattle
 
SPANISH...TIPS
SPANISH...TIPSSPANISH...TIPS
SPANISH...TIPS
Ivone Santiago
 

Destaque (12)

Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOTEica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
 
MS Math Night, fall 2014
MS Math Night, fall 2014MS Math Night, fall 2014
MS Math Night, fall 2014
 
My remember
My rememberMy remember
My remember
 
Seen the movie marvel
Seen the movie   marvelSeen the movie   marvel
Seen the movie marvel
 
Hubungan antara tanaman, serangga dan musuh alami
Hubungan antara tanaman, serangga dan musuh alamiHubungan antara tanaman, serangga dan musuh alami
Hubungan antara tanaman, serangga dan musuh alami
 
Innovative lesson plan
Innovative lesson planInnovative lesson plan
Innovative lesson plan
 
vocabularios en ingles
vocabularios en ingles vocabularios en ingles
vocabularios en ingles
 
Accounting cycle
Accounting cycleAccounting cycle
Accounting cycle
 
Persuasive writing
Persuasive writingPersuasive writing
Persuasive writing
 
Español
EspañolEspañol
Español
 
Emergency Water Damage Removal | Restoration | Extractions
Emergency Water Damage Removal | Restoration | ExtractionsEmergency Water Damage Removal | Restoration | Extractions
Emergency Water Damage Removal | Restoration | Extractions
 
SPANISH...TIPS
SPANISH...TIPSSPANISH...TIPS
SPANISH...TIPS
 

Semelhante a Eica 2016.2 - Industria 4.0

Rumo à indústria do futuro
Rumo à indústria do futuroRumo à indústria do futuro
Rumo à indústria do futuro
Fernando Alcoforado
 
A INDÚSTRIA 4.0 E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO BRASIL
A INDÚSTRIA 4.0 E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO BRASILA INDÚSTRIA 4.0 E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO BRASIL
A INDÚSTRIA 4.0 E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO BRASIL
Faga1939
 
O FUTURO DA INDÚSTRIA
O FUTURO DA INDÚSTRIAO FUTURO DA INDÚSTRIA
O FUTURO DA INDÚSTRIA
Fernando Alcoforado
 
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptxA Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
José Luiz Zanirato Maia
 
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de ManufaturaManufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Salesforce Brasil
 
Why Cisco for Manufacturing
Why Cisco for ManufacturingWhy Cisco for Manufacturing
Why Cisco for Manufacturing
Rodrigo Leme
 
AULA 05 GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIZ 4.0.pptx
AULA 05 GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIZ 4.0.pptxAULA 05 GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIZ 4.0.pptx
AULA 05 GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIZ 4.0.pptx
RICARDO81499
 
Internet das Coisas (IoT) – O que essa “coisa” tem a ver com Capacity Plannin...
Internet das Coisas (IoT) – O que essa “coisa” tem a ver com Capacity Plannin...Internet das Coisas (IoT) – O que essa “coisa” tem a ver com Capacity Plannin...
Internet das Coisas (IoT) – O que essa “coisa” tem a ver com Capacity Plannin...
Joao Galdino Mello de Souza
 
Uma Plataforma De Internet Das Coisas com Node-Red usando Raspberry
Uma Plataforma De Internet Das Coisas com Node-Red usando RaspberryUma Plataforma De Internet Das Coisas com Node-Red usando Raspberry
Uma Plataforma De Internet Das Coisas com Node-Red usando Raspberry
Tárcio Sales
 
internet das coisas .pptx
internet das coisas .pptx internet das coisas .pptx
internet das coisas .pptx
GabriellyRodrigues40
 
Indústria 4.0 no Setor de Segurança Privada
Indústria 4.0 no Setor de Segurança PrivadaIndústria 4.0 no Setor de Segurança Privada
Indústria 4.0 no Setor de Segurança Privada
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Aplicações e Soluções Advantech para Indústria Alimentícia
Aplicações e Soluções Advantech para Indústria AlimentíciaAplicações e Soluções Advantech para Indústria Alimentícia
Aplicações e Soluções Advantech para Indústria Alimentícia
Pedro Grassmann
 
Internet of things_(io_t)_e_as_profundas_modificacoes_nos_processos_industriais
Internet of things_(io_t)_e_as_profundas_modificacoes_nos_processos_industriaisInternet of things_(io_t)_e_as_profundas_modificacoes_nos_processos_industriais
Internet of things_(io_t)_e_as_profundas_modificacoes_nos_processos_industriais
Araújo Kambangula
 
Industria 4.0
Industria 4.0Industria 4.0
iBeer #6 - IoT
iBeer #6 - IoTiBeer #6 - IoT
iBeer #6 - IoT
DCX Resource IT
 
Manufatura Avançada
Manufatura AvançadaManufatura Avançada
Manufatura Avançada
Alexandre Balestrin Corrêa
 
Tendências - Tecnologia e Automação
Tendências - Tecnologia e AutomaçãoTendências - Tecnologia e Automação
Tendências - Tecnologia e Automação
Laboratorium
 
CLASS 2018 - Palestra de Herman Augusto Lepikson (Pesquisador Líder em Automa...
CLASS 2018 - Palestra de Herman Augusto Lepikson (Pesquisador Líder em Automa...CLASS 2018 - Palestra de Herman Augusto Lepikson (Pesquisador Líder em Automa...
CLASS 2018 - Palestra de Herman Augusto Lepikson (Pesquisador Líder em Automa...
TI Safe
 
O futuro do cio na economia digital
O futuro do cio na economia digitalO futuro do cio na economia digital
O futuro do cio na economia digital
Instituto de Tecnologia Aragon & Costa - ITAC
 
#EricssonTechDay Brasil 2018 - Innovate Together
#EricssonTechDay Brasil 2018 - Innovate Together#EricssonTechDay Brasil 2018 - Innovate Together
#EricssonTechDay Brasil 2018 - Innovate Together
Ericsson Latin America
 

Semelhante a Eica 2016.2 - Industria 4.0 (20)

Rumo à indústria do futuro
Rumo à indústria do futuroRumo à indústria do futuro
Rumo à indústria do futuro
 
A INDÚSTRIA 4.0 E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO BRASIL
A INDÚSTRIA 4.0 E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO BRASILA INDÚSTRIA 4.0 E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO BRASIL
A INDÚSTRIA 4.0 E O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO BRASIL
 
O FUTURO DA INDÚSTRIA
O FUTURO DA INDÚSTRIAO FUTURO DA INDÚSTRIA
O FUTURO DA INDÚSTRIA
 
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptxA Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
A Internet das Coisas e suas aplicações na industria.pptx
 
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de ManufaturaManufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
Manufatura 4.0: A Transformação Digital da Indústria de Manufatura
 
Why Cisco for Manufacturing
Why Cisco for ManufacturingWhy Cisco for Manufacturing
Why Cisco for Manufacturing
 
AULA 05 GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIZ 4.0.pptx
AULA 05 GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIZ 4.0.pptxAULA 05 GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIZ 4.0.pptx
AULA 05 GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIZ 4.0.pptx
 
Internet das Coisas (IoT) – O que essa “coisa” tem a ver com Capacity Plannin...
Internet das Coisas (IoT) – O que essa “coisa” tem a ver com Capacity Plannin...Internet das Coisas (IoT) – O que essa “coisa” tem a ver com Capacity Plannin...
Internet das Coisas (IoT) – O que essa “coisa” tem a ver com Capacity Plannin...
 
Uma Plataforma De Internet Das Coisas com Node-Red usando Raspberry
Uma Plataforma De Internet Das Coisas com Node-Red usando RaspberryUma Plataforma De Internet Das Coisas com Node-Red usando Raspberry
Uma Plataforma De Internet Das Coisas com Node-Red usando Raspberry
 
internet das coisas .pptx
internet das coisas .pptx internet das coisas .pptx
internet das coisas .pptx
 
Indústria 4.0 no Setor de Segurança Privada
Indústria 4.0 no Setor de Segurança PrivadaIndústria 4.0 no Setor de Segurança Privada
Indústria 4.0 no Setor de Segurança Privada
 
Aplicações e Soluções Advantech para Indústria Alimentícia
Aplicações e Soluções Advantech para Indústria AlimentíciaAplicações e Soluções Advantech para Indústria Alimentícia
Aplicações e Soluções Advantech para Indústria Alimentícia
 
Internet of things_(io_t)_e_as_profundas_modificacoes_nos_processos_industriais
Internet of things_(io_t)_e_as_profundas_modificacoes_nos_processos_industriaisInternet of things_(io_t)_e_as_profundas_modificacoes_nos_processos_industriais
Internet of things_(io_t)_e_as_profundas_modificacoes_nos_processos_industriais
 
Industria 4.0
Industria 4.0Industria 4.0
Industria 4.0
 
iBeer #6 - IoT
iBeer #6 - IoTiBeer #6 - IoT
iBeer #6 - IoT
 
Manufatura Avançada
Manufatura AvançadaManufatura Avançada
Manufatura Avançada
 
Tendências - Tecnologia e Automação
Tendências - Tecnologia e AutomaçãoTendências - Tecnologia e Automação
Tendências - Tecnologia e Automação
 
CLASS 2018 - Palestra de Herman Augusto Lepikson (Pesquisador Líder em Automa...
CLASS 2018 - Palestra de Herman Augusto Lepikson (Pesquisador Líder em Automa...CLASS 2018 - Palestra de Herman Augusto Lepikson (Pesquisador Líder em Automa...
CLASS 2018 - Palestra de Herman Augusto Lepikson (Pesquisador Líder em Automa...
 
O futuro do cio na economia digital
O futuro do cio na economia digitalO futuro do cio na economia digital
O futuro do cio na economia digital
 
#EricssonTechDay Brasil 2018 - Innovate Together
#EricssonTechDay Brasil 2018 - Innovate Together#EricssonTechDay Brasil 2018 - Innovate Together
#EricssonTechDay Brasil 2018 - Innovate Together
 

Mais de Enio Filho

Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdfAlgoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdfAlgoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdfAlgoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdfAlgoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdfAlgoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdfAlgoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdfAlgoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdfAlgoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdfAlgoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf
Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdfAlgoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf
Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf
Enio Filho
 
Iot - identificando e rastreando - PUC
Iot  - identificando e rastreando - PUCIot  - identificando e rastreando - PUC
Iot - identificando e rastreando - PUC
Enio Filho
 

Mais de Enio Filho (11)

Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdfAlgoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdfAlgoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdfAlgoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdfAlgoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdfAlgoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdfAlgoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdfAlgoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdfAlgoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdfAlgoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf
Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdfAlgoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf
Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf
 
Iot - identificando e rastreando - PUC
Iot  - identificando e rastreando - PUCIot  - identificando e rastreando - PUC
Iot - identificando e rastreando - PUC
 

Eica 2016.2 - Industria 4.0

  • 1. Industria 4.0 Ênio Prates Vasconcelos Filho 03/11/2016
  • 2. Sobre Mim Δ Ênio Filho Δ Profissional • Engenheiro de Controle e Automação – UnB; • Mestre em Sistemas Mecatrônicos – UnB; • Professor no Instituto Federal de Goiás – IFG Δ Atuação • Desenvolvedor de projetos na área de #IoT com microcontroladores • Experiência em Hardwares reconfiguráveis (FPGA) e microcontroladores embarcados • Trabalhos intensivos com tecnologia RFID • Membro Fundador do CrazyTechGuys • Membro participante do Gyn Bot 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 3. Tópicos Δ IoT Δ Visão atual de Indústria Δ Introdução: Um mundo integrado... Δ Industria 4.0 Δ Sistemas Físicos Cibernéticos Δ Fábricas Inteligentes Δ Internet Industrial das Coisas Δ Desafios Δ Implementação da Industria 4.0 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 4. 03/11/2016IOT Weekend Brasília “Coisas conectadas, conversando entre si, sem intervenção de humanos”
  • 5. #IoT (Internet of Things) Δ Também chamada de IoE (Internet of Everything) Δ Objetos e aparelhos ligados a Internet Δ Informação, estado e controle sobre objetos Δ Comunicação entre pessoas e dispositivos e dispositivos-dispositivos Δ Carros, Casas, Relógios, Geladeiras (?)... 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 6. 03/11/2016IOT Weekend Brasília 3 3,7 4,9 25 2013 2014 2015 2020 COISAS CONECTADAS Bilhões de Coisas Conectadas
  • 7. Visão atual de Indústria Δ Atualmente, ainda existe a visão de uma indústria ou de um sistema de produção como um fim em si mesmo: 03/11/2016IOT Weekend Brasília INSUMOS VENDAS
  • 8. Um mundo integrado... Δ Imaginemos um cenário em que: • Existe uma previsão de chuva no fim da safra • O governo quer aumentar em 10% o estoque de etanol... 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 9. Um mundo Integrado... Δ É prevista uma valorização do açúcar produzido em 3% 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 10. Um mundo Integrado... Δ Porém... • O fornecedor não tem insumo para atender o pico de produção 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 11. Um mundo Integrado... Δ E... • Dois motores e dois inversores importantes para a produção tem manutenção agendada... 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 12. Um mundo Integrado... Δ O que fazer? • Diante de um cenário, com diversas informações entrelaçadas, como agir? • É possível manter os paradigmas estabelecidos? • Quais mudanças são necessárias? 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 13. Um mundo Integrado... Em ação! Δ Fica clara a necessidade de um sistema integrado, capaz de enxergar as diversas variáveis do processo, em busca de uma ação eficiente! 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 14. Um mundo Integrado... Em ação! Δ Uma indústria inteligente • Com um sistema de controle inteligente... Δ Capaz de realizar: • Setup das variáveis de controle de produção • Ajustes na produção para fugir da chuva • Aumento do contrato com o governo • Direcionamento de produção para açúcar • Compra de insumos com fornecedor alternativo... Essa é a Industria 4.0! 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 16. Industria 4.0 Δ É um conceito de indústria proposto recentemente e que engloba as principais inovações tecnológicas dos campos de automação, controle e tecnologia da informação, aplicadas aos processos de manufatura. Δ A partir de Sistemas Cyber-Físicos, Internet das Coisas e Internet dos Serviços, os processos de produção tendem a se tornar cada vez mais eficientes, autônomos e customizáveis. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 17. Industria 4.0 Δ Momento de inversão de quem “puxa” a tecnologia Δ A IOT estendendo-se muito além do nível de gadgets de acesso... Δ Industrias de material pesado, como óleo, gás, logística, mineração começam a investir em tecnologias de integração de comunicação de linhas e meios de produção 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 18. Industria 4.0 Δ Através da conexão de máquinas, sistemas e ativos, as empresas poderão criar redes inteligentes ao longo de toda a cadeia de valor que podem controlar os módulos da produção de forma autônoma. Δ Ou seja, as fábricas inteligentes terão a capacidade e autonomia para agendar manutenções, prever falhas nos processos e se adaptar aos requisitos e mudanças não planejadas na produção. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 19. Industria 4.0 Δ Linhas de montagem e produtos devem se comunicar e trabalhar em conjunto ao longo do processo de fabricação, independentemente do local. Δ As informações devem ser trocadas de forma instantânea, e a coleta de dados permitirá a tomada das melhores decisões 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 20. Princípios da Indústria 4.0 Δ Capacidade de operação em tempo real Δ Descentralização 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 21. Princípios da Indústria 4.0 Δ Virtualização • Cópia virtual das fabricas inteligentes. • Permitindo a rastreabilidade e monitoramento remoto de todos os processos por meio dos inúmeros sensores espalhados ao longo da planta. Δ Modularidade • Produção de acordo com a demanda, acoplamento e desacoplamento de módulos na produção. • O que oferece flexibilidade para alterar as tarefas das máquinas facilmente. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 22. Bases da Industria 4.0 Δ Surgem os dispositivos e sistemas capazes de atender essa nova demanda por integração, comunicação e resposta em tempo real pedida pelos novos processor produtivos. Δ São os Sistemas Físicos Cibernéticos. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 23. Sistemas Físicos Cibernéticos (CPS) Δ Do original Cyber Physical Systems Δ São sistemas de controle distribuídos e inteligentes com características híbridas sendo elas físicas, digitais e virtuais. Δ Estes sistemas são organizados em módulos ou unidades com elevado grau de autonomia e inteligência compondo redes também inteligentes. Δ A composição ou configuração dessas redes são denominadas fábricas inteligentes (smart factories). 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 24. Sistemas Físicos Cibernéticos (CPS) Δ Os CPS são sistemas que permitem a ligação das operações da realidade física com infraestruturas de computação e comunicação automatizada. Δ Ao contrário de sistemas embarcados tradicionais, que são concebidos como dispositivos autônomos, o foco em CPS está na interconexão da rede de vários dispositivos. Δ A ideia de CPS acompanha a tendência de ter informações e serviços em todas as partes, o que é inevitável no mundo altamente conectado de hoje. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 25. Fábricas Inteligentes (Smart Factories) Δ Nesse novo momento de revolução industrial, surge um novo conceito de fábrica. Δ Uma indústria mais ágil, diretamente conectada com tudo que acontece a sua volta, capaz de antecipar situações e propor respostas melhores para os desafios encontrados. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 26. Fábricas Inteligentes (Smart Factories) Δ Através de alta capacidade de processamento e comunicação instalada, as unidades de produção são auto-suficientes e capazes de reorganizar- se frente a mudanças de produtos e processos. Δ Essas unidades são aptas a atuar em conjunto ou de forma independente. Δ Tem acesso a toda informação necessária em tempo real ou podem obtê-la de forma imediata. Δ Suas características intrínsecas de software permitem auto configuração, otimização e expansão sem intervenções físicas ou de engenharia. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 27. Fábricas Inteligentes (Smart Factories) Δ Esses sistemas agregam elementos de inteligência artificial e trabalham utilizando imagens virtuais em todas as fases da produção. Δ São capazes de gerenciar características e configurações dos produtos em transito nas linhas, incrementando o valor na cadeia produtiva de bens e serviços representando e atuando sempre sobre o estado atual e real do produto e processo. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 28. Fábricas Inteligentes (Smart Factories) 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 29. Fábricas Inteligentes (Smart Factories) Δ Os produtos também são inteligentes (agregando sensores e microprocessadores) e se comunicam em rede e uns com os outros através da Internet das coisas (IoT); Δ Respondem a eventos internos e externos apresentando comportamento aprendido e baseado em padrões. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 30. Internet Industrial das Coisas (IIOT) Δ Temos em mãos um cenário de mudança, onde a Internet das Coisas avança sobre a indústria, quebrando paradigmas de linguagens e sistemas fechados, permitindo o máximo possível de integração. Δ Os sistemas existentes são interligados e baseados na Internet padrão e aberta, Ethernet e outras tecnologias relacionadas à nuvem, que visam garantir o acesso seguro aos dispositivos e informações. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 31. Internet Industrial das Coisas (IIOT) Δ Essa conexão intensa entre todos os itens na cadeia de produção demanda algumas bases: • Gestão de ativos e de desempenho: oControle em tempo real de resultados e situações; • Disponibilidade de dados aumentada oAcesso aos dados de qualquer plataforma, de maneira rápida • Controle empresarial inteligente oIntegração de máquinas inteligentes e ativos inteligentes existentes na produção com a empresa como um todo, contribuindo para uma flexibilidade e eficiência maior na rentabilidade dos processos de manufatura. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 32. Internet Industrial das Coisas (IIOT) Δ Tecnologias de comunicação e monitoramento: • Protocolos de dados cada vez mais simples e eficientes; • Uso de sensores inteligentes, em todas as posições necessárias; • Aplicações de tecnologias como RFID, BLE e GPS, para rastreamento local e distribuído, bem como para gestão de ativos. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 33. Novos Caminhos Δ A interação entre TI e as tecnologias de automação representam árduo desafio a muito tempo. • Sua infraestrutura em forma de pirâmide está consolidada. Δ Com o advento da indústria 4.0 os níveis superiores ERP e MES comunicam-se diretamente com os níveis inferiores. • É possível por exemplo solicitar dados de estado do CLP ou processo e transferir novas receitas de produção diretamente para o nível de produção. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 34. Novos Caminhos Δ Com a Indústria 4.0 esta divisão em níveis e a abordagem top- down do fluxo de informações começará a se dissolver e misturar-se. Δ Em uma rede inteligente, cada dispositivo ou serviço pode iniciar uma atividade autonomamente em comunicação com os outros serviços ou departamentos da empresa como por exemplo para disparar uma ordem de produção. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 35. Mas... Isso já existe? Δ Grandes indústrias já começam com esse movimento, inclusive no Brasil: 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 36. Mas... Isso já existe? Lá fora: Δ Accenture, 2016: “O valor gerado pela IIOT alcançará $ 15 trilhões até 2030” Δ Frank Gillett, Forrester Research: “O que as empresas estão buscando é repensar seus produtos. Não basta colocar um sensor em um compressor. É necessário que a empresa repense a forma de vender o compressor e passar a oferecer ao consumidor um modelo pay-for-use, baseado em dados e na análise que pode ser feita” 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 37. Mas... Isso já existe? Δ Bombas de ar e água Inteligentes Δ Treinamento de Funcionários em aplicações em tablets Δ Mineração de dados em tempo real, monitoramento de previsão de falhas remotamente Δ Redução de tempos de parada e de quebra em 10 a 12% 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 38. Mas... Isso já existe? Δ Provedora líder mundial de mercado de soluções de rede wireless, lançou (13/09/2016) o cnReach, um rádio de banda estreita para transmissões altamente confiáveis e seguras de longa distância; Δ Especialmente para aplicações nos setores de petróleo e gás, companhias de eletricidade e água, ferroviário, transporte e mineração. 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 39. Desafios Δ Consideráveis esforços são necessários para uma implantação bem sucedida da Industria 4,0. Δ Entretanto, tais exigências variam grandemente de caso a caso. Δ A fim de reduzir a complexidade, permitir modularização, organização abrangente, ampla padronização, e estrutura sistêmica, uma digitalização coerente é imprescindível, sendo a base desta nova indústria 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 40. Desafios da Indústria 4.0 Δ Tecnologia de comunicação universal (neutra) e independente Δ Escalabilidade(interoperabilidade) para a integração Δ Segurança Δ Transporte e troca de dados através de protocolos padronizados Δ Mapeamento de conteúdos de informação com qualquer grau de complexidade Δ Função "Plug-and-produce“ 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 41. Implementação da Industria 4.0 Δ John Deere Δ Integrado com a IBM Δ Explorar o potencial da Industria 4.0 junto com a organização de chão de fábrica já existente Δ Desafios: • Aumentar o número de produtos produzidos, aumentando a complexidade da produção; • Demanda flutuante de consumo • Menor ciclo de vida de produto • Gestão da cadeia de suprimentos 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 42. Implementação da Industria 4.0 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 43. Implementação da Industria 4.0 1ª Etapa: Construir um “papel” digital para gerenciamento das demandas Δ Solução: • Integração de sistemas (ordens digitais) • Sistema de planejamento de pedidos • Identificação automática de pedidos • Entrega automatizada de pedidos para produção • Feedback via sistema • Controle do sistema via tablets Δ Tecnologias: • Identificação de ordens via RFID • CPS – Leitor de tags RFID • Plataforma de integração • Sistema de assistência a produção 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 44. Implementação da Industria 4.0 2ª Etapa: Sistema de assistência a produção Δ Solução: • Identificação do funcionário via cartão • Guia das ações passo-a-passo • Qualificação dos funcionários • Ferramentas de feedback online • Automação do sistema de detecção de falhas • Informações adicionais através de Wearable devices Δ Tecnologias: • Smart Cards (Identificação); • Sistema de assistência • RFID • Plataforma de integração 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 45. Implementação da Industria 4.0 3ª Etapa: Perceber e Agir Δ Solução: • Identificação de pedidos via RFID • Interconexão entre máquinas e/ou dispositivos e chão de fábrica via CPS • Plataforma de integração (data Hub) o Integração de ERP com sistemas de baixo nível • Definição de regras independentes de ação (flexíveis) o Regras podem ser aplicadas até o nível dos dispositivos Δ Tecnologias: • RFID / RTLS (identificação e localização) • CPS (transferência de dados dos sensores: Tags RFID, Estado das máquinas, manutenções...) • Plataforma de integração 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 46. Implementação da Industria 4.0 3ª Etapa: Perceber e Agir 03/11/2016IOT Weekend Brasília
  • 47. Concluindo... Δ O que se espera do advento da Industria 4.0... 03/11/2016IOT Weekend Brasília Δ Maior Eficiência Δ Menor custo Δ Rapidez Δ Preservação do meio ambiente (produção inteligente) Δ Maior disponibilidade Δ Integração
  • 49. Dúvidas? enio.filho@ifg.edu.br Obrigado a Todos! 03/11/2016 IOT Weekend Brasília Referências: • Deploying RFID - Challenges, Solutions, and Open Issues", book edited by Cristina Turcu, ISBN 978-953-307-380-4, Published: August 17, 2011 under CC BY-NC-SA 3.0 license. • http://www.automacaoindustrial.info/industria-4-0-uma-visao-da-automacao-industrial • Hung-An Kao Jay Lee, Behrad Bagheri. A cyber-physical systems architecture for industry 4.0-based manufacturing systems. ScienceDirect, 2015. • F Shrouf, J Ordieres, and G Miragliotta. Smart factories in industry 4.0: A review of the concept and of energy management approached in production based on the internet of things paradigm. In Industrial Engineering and Engineering Management (IEEM), 2014 IEEE International Conference on, pages 697–701. IEEE, 2014. • https://www- 304.ibm.com/events/tools/interconnect/2016ems/REST/presentations/PDF/InterConnect2016_1648.pdf • Burke, Thomas J. - OPC Unified Architecture: Interoperability for Industrie 4.0 and the Internet of Things • http://www.slideshare.net/AlexisGion/outthink-complexity-with-industrie-40-with-watson-iot