Motores de busca 
• Didática dos motores de busca: Google, 
Kartoo, Metacrowler, e Youtube. 
Discente: Cleide Gomes 
Gilso...
Sumário
Agenda 
Matriz de Planificação de Atividades do Projeto 
Tecno-pedagógico: 
Projecto 
Acção 
Tema/Lema 
Justificação 
Data...
Agenda: Continuação 
Objectivos 
Metodologia 
Tecnologia 
Conteúdo 
Avaliação 
Incluir Planificação 
• Modelos e procedime...
Introdução 
Este trabalho trata-se de um projeto de cunho 
tecno-pedagógico que se enquadra no âmbito da 
disciplina Novas...
Matriz de planificação de 
actividades do projecto
Projecto 
: Orientação didática para uso de 
Motores de Busca: Google, 
Youtube, Metacrowler, Kartoo
Acção 
• Com este projecto pedagógico pretendemos 
capacitar os alunos com conhecimentos que lhes 
permitem o uso eficient...
Tema/lema 
• “Para o melhor aproveitamento das 
pesquisas, melhores técnicas de uso 
de motores de busca”.
Justificação 
• Saber usar de forma eficiente os motores de 
busca em atividades investigativas da/na 
academia constitui ...
Continuação 
• Segundo Bozzetti e Silva (s/d) “Os sistemas de 
busca na web foram desenvolvidos com o intuito de 
auxiliar...
Continuação 
• Para a população académica, convém que os 
alunos saibam fazer o melhor uso de motores de 
busca. Por isso,...
Data 
• Início-7 de Abril de 2014 
• Término-2 de Maio de 2014
Local 
(enquadramento) 
• UniCV-Universidade de Cabo Verde 
(Campus de Palmarejo)
Tempo Previsto 
• Esta formação terá a duração de 
um mês, com duas sessões 
semanais de uma hora e trinta 
minutos cada.
Formador Responsável 
Cleidi Gomes Gilson Pires
• Luísa Inocêncio- Docente na UniCV; e assessora em EaD: Sede •• do NaEaD: Campus do Palmarejo. 
Formadores Convidados 
Ma...
Grupo Alvo 
• Alunos do 1º ano da universidade de 
Cabo Verde –Campus de Palmarejo.
Pré-requisitos 
• Alunos do primeiro ano de universidade de 
Cabo Verde (campus de Palmarejo); 
• Conhecimentos básicos da...
Perfil de Saída 
• Espera-se que no fim da formação os 
formandos tenham domínio no uso de 
motores de busca para pesquisa...
Objetivo geral 
• Capacitar os formandos no domínio de motores 
de busca para pesquisas académicas
Objetivos específicos 
• Identificar os diferentes tipos motores de busca (Google, 
Youtube, Metacrowler, Kartoo); 
• Dife...
Metodologia 
• A formação será sob regime presencial, 
com sessões teórico-práticas ao longo da 
formação.
Tecnologia utilizado 
• Computadores; 
• Internet; 
• Projetor e tela; 
• Quadro.
Conteúdos
Noções básicas da 
internet: 
• Conceito e caracterização; 
• Internet como suporte de difusão da 
informação; 
• Internet...
Motores de busca 
• Introdução ao conceito de motores de busca; 
• Tipos e função; 
• Caracterização de motores de busca; ...
Continuação 
• Técnicas de pesquisa das informações nos 
motores de busca; 
• Uso e visualização das informações (arquitet...
Avaliação 
• No nosso projeto optamos pela avaliação 
formativa, em que vamos acompanhar 
continuamente o processo de ensi...
Breve descrição das 
atividades 
• Nós iremos acompanhar todas as atividades dos 
formandos dando feedback sempre que nece...
Modelo e procedimentos 
de avaliação 
• Como sabemos a avaliação é um componente 
indispensável e indissociável da prática...
Continuação 
• Desse modo, apresentamos algumas estratégias para 
tornar a avaliação parte integrante da formação e 
ensin...
Domínio cognitivo e 
seus níveis de avaliação
Níveis do domínio 
cognitivo 
• Conhecimento: O formando consegue recordar, listar, 
identificar e definir os conteúdos le...
Continuação 
• Aplicação: O formando consegue pôr em prática os 
conhecimentos teóricos em diferentes contextos de 
aprend...
Continuação 
• Síntese: Os formandos são capazes de construir mapas 
conceptuais dos conteúdos. Conseguem agregar várias 
...
Instrumentos de avaliação 
• A avaliação será feita com base nos seguintes 
instrumentos avaliativos: 
• Dinâmica/Atividad...
Considerações 
finais 
• Na atualidade, onde o apelo visual é muito grande na web, sites 
mais rápidos, práticos e visualm...
continuação 
• É um projeto de cariz tecno-pedagógico desenvolvido 
pensando nas dificuldades dos alunos que pela 
primeir...
continuação 
• Pensamos que é um projeto que tem relevância técnico-científica 
para os estudantes universitários, mas, po...
continuação 
• Como trabalhos futuros, pretende-se dar continuidade a 
este projeto e alargar o público-alvo por constatar...
OBRIGADO PELA VOSSA 
ATENÇÃO!!!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Motores de busca by Gilson Pires & Cleide Gomes.

419 visualizações

Publicada em

Este trabalho trata-se de um projeto de cunho tecno-pedagógico que se enquadra no âmbito da disciplina Novas Tecnologias Informacionais na Educação com a finalidade de capacitar os alunos com conhecimentos teórico-práticos que lhes permitem o uso eficiente de motores de busca nas pesquisas do seu quotidiano académico através da internet como uma ferramenta que veio modernizar as formas de os professores e alunos acederem as informações dentro e fora de sala.
Saber usar de forma eficiente os motores de busca em atividades investigativas da/na academia constitui um desafio aos alunos universitários na sua carreira académica, já que as dificuldades são imensas.

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
419
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motores de busca by Gilson Pires & Cleide Gomes.

  1. 1. Motores de busca • Didática dos motores de busca: Google, Kartoo, Metacrowler, e Youtube. Discente: Cleide Gomes Gilson Pires
  2. 2. Sumário
  3. 3. Agenda Matriz de Planificação de Atividades do Projeto Tecno-pedagógico: Projecto Acção Tema/Lema Justificação Data Local Tempo previsto Grupo alvo Pré requisitos
  4. 4. Agenda: Continuação Objectivos Metodologia Tecnologia Conteúdo Avaliação Incluir Planificação • Modelos e procedimentos de avaliação: Níveis e instrumento de avaliação • Considerações finais • Bibliografia
  5. 5. Introdução Este trabalho trata-se de um projeto de cunho tecno-pedagógico que se enquadra no âmbito da disciplina Novas Tecnologias Informacionais na Educação com a finalidade de capacitar os alunos com conhecimentos teórico-práticos que lhes permitem o uso eficiente de motores de busca nas pesquisas do seu quotidiano académico através da internet como uma ferramenta que veio modernizar as formas de os professores e alunos acederem as informações dentro e fora de sala.
  6. 6. Matriz de planificação de actividades do projecto
  7. 7. Projecto : Orientação didática para uso de Motores de Busca: Google, Youtube, Metacrowler, Kartoo
  8. 8. Acção • Com este projecto pedagógico pretendemos capacitar os alunos com conhecimentos que lhes permitem o uso eficiente de motores de busca nas pesquisas do seu quotidiano académico.
  9. 9. Tema/lema • “Para o melhor aproveitamento das pesquisas, melhores técnicas de uso de motores de busca”.
  10. 10. Justificação • Saber usar de forma eficiente os motores de busca em atividades investigativas da/na academia constitui um desafio aos alunos universitários na sua carreira académica, já que as dificuldades são imensas.
  11. 11. Continuação • Segundo Bozzetti e Silva (s/d) “Os sistemas de busca na web foram desenvolvidos com o intuito de auxiliar as pessoas no melhor aproveitamento do seu tempo na internet, trazendo aos usuários formas mais rápidas e categorizadas para encontrar o que procuram”.
  12. 12. Continuação • Para a população académica, convém que os alunos saibam fazer o melhor uso de motores de busca. Por isso, pensamos fazer todo o sentido a realização deste projeto, com o objetivo de capacitar os formandos no domínio de motores de busca para pesquisas académicas.
  13. 13. Data • Início-7 de Abril de 2014 • Término-2 de Maio de 2014
  14. 14. Local (enquadramento) • UniCV-Universidade de Cabo Verde (Campus de Palmarejo)
  15. 15. Tempo Previsto • Esta formação terá a duração de um mês, com duas sessões semanais de uma hora e trinta minutos cada.
  16. 16. Formador Responsável Cleidi Gomes Gilson Pires
  17. 17. • Luísa Inocêncio- Docente na UniCV; e assessora em EaD: Sede •• do NaEaD: Campus do Palmarejo. Formadores Convidados Magno Rocha- Docente e membro do NaEaD na UniCV, Campus de Palmarejo. Luísa Inocêncio- Docente na UniCV; e assessora em EaD: Sede do NaEaD: Campus do Palmarejo.
  18. 18. Grupo Alvo • Alunos do 1º ano da universidade de Cabo Verde –Campus de Palmarejo.
  19. 19. Pré-requisitos • Alunos do primeiro ano de universidade de Cabo Verde (campus de Palmarejo); • Conhecimentos básicos da informática em condição de usuário; • Conhecimento elementar da língua inglesa;
  20. 20. Perfil de Saída • Espera-se que no fim da formação os formandos tenham domínio no uso de motores de busca para pesquisas académicas (Google, Youtube, Metacrowler, Kartoo).
  21. 21. Objetivo geral • Capacitar os formandos no domínio de motores de busca para pesquisas académicas
  22. 22. Objetivos específicos • Identificar os diferentes tipos motores de busca (Google, Youtube, Metacrowler, Kartoo); • Diferenciar os quatro motores de busca; • Explicar as técnicas de uso de motores de busca e visualização de Informações; • Desenvolver atividades de busca com os motores de busca selecionados; • Realizar pesquisas na internet com a escolha criterial dos motores de busca;
  23. 23. Metodologia • A formação será sob regime presencial, com sessões teórico-práticas ao longo da formação.
  24. 24. Tecnologia utilizado • Computadores; • Internet; • Projetor e tela; • Quadro.
  25. 25. Conteúdos
  26. 26. Noções básicas da internet: • Conceito e caracterização; • Internet como suporte de difusão da informação; • Internet como potencializador do processo de ensino e aprendizagem;
  27. 27. Motores de busca • Introdução ao conceito de motores de busca; • Tipos e função; • Caracterização de motores de busca; • Motores de busca na Web (Google, youtube, Metacrowler, Kartoo);
  28. 28. Continuação • Técnicas de pesquisa das informações nos motores de busca; • Uso e visualização das informações (arquitetura, a navegação, o conteúdo e o design); • Processo de comunicação dos resultados: “Aranha Robô” Spider; Web crawler;
  29. 29. Avaliação • No nosso projeto optamos pela avaliação formativa, em que vamos acompanhar continuamente o processo de ensino-aprendizagem que revelem os conhecimentos, as habilidades, as capacidades e as atitudes desenvolvidas durante a formação.
  30. 30. Breve descrição das atividades • Nós iremos acompanhar todas as atividades dos formandos dando feedback sempre que necessário. Cada grupo apresentará um trabalho sobre um motor de busca selecionado por nós. • No final, faremos o balanço da formação e cada formando receberá um certificado de formação como reconhecimento do seu esforço durante a mesma.
  31. 31. Modelo e procedimentos de avaliação • Como sabemos a avaliação é um componente indispensável e indissociável da prática pedagógica. Tendo esta definição da avaliação, optamos pela avaliação formativa que tem a função de dar feedback contínuo, mostrando como esses processos podem ajudar os formandos a reconhecerem a sua evolução durante a formação.
  32. 32. Continuação • Desse modo, apresentamos algumas estratégias para tornar a avaliação parte integrante da formação e ensino aprendizagem dos formandos assente no modelo de avaliação de Benjamin Bloom dando mais ênfase ao domínio cognitivo e os seus respetivos níveis.
  33. 33. Domínio cognitivo e seus níveis de avaliação
  34. 34. Níveis do domínio cognitivo • Conhecimento: O formando consegue recordar, listar, identificar e definir os conteúdos lecionados nas sessões. • Compreensão: O formando é capaz de compreender, interpretar e explicar por palavras suas os conteúdos lecionados durante a formação com base em conhecimento prévio.
  35. 35. Continuação • Aplicação: O formando consegue pôr em prática os conhecimentos teóricos em diferentes contextos de aprendizagem. • Análise: Os formandos conseguem separar uma informação em elementos componentes e estabelecer relações entre eles.
  36. 36. Continuação • Síntese: Os formandos são capazes de construir mapas conceptuais dos conteúdos. Conseguem agregar várias informações e produzir novos conhecimentos. • Avaliação: Os formandos conseguem se posicionar diante dos conteúdos ou informações, apreciando-os avaliando-os, criticando-os e confrontando-os com base em critérios conhecidos.
  37. 37. Instrumentos de avaliação • A avaliação será feita com base nos seguintes instrumentos avaliativos: • Dinâmica/Atividades em grupo • Exercícios de aplicação na sala de aula • Autoavaliação • Participação na sala de aula • Debate
  38. 38. Considerações finais • Na atualidade, onde o apelo visual é muito grande na web, sites mais rápidos, práticos e visualmente agradáveis tendem a conquistar os usuários (Buzzetti & Siva, s/d). Uma vez que novos espaços de construção do conhecimento emergiram com as novas tecnologias da informação e comunicação (TIC), este projeto apresenta uma proposta de formação nas técnicas do uso de motores de busca (Google, Youtube, Metacrowler, Kartoo) que considere aspetos de uso e Visualização de Informações visando tornar a busca na web cada vez mais eficiente e atrativa aos formandos.
  39. 39. continuação • É um projeto de cariz tecno-pedagógico desenvolvido pensando nas dificuldades dos alunos que pela primeira vez realizam atividades de pesquisa online. Estamos convictos que com a implementação deste projeto, os formandos beneficiarão dos ganhos e passarão a ter conhecimentos que lhes permitem o uso eficiente de motores de busca nas pesquisas do seu quotidiano académico.
  40. 40. continuação • Pensamos que é um projeto que tem relevância técnico-científica para os estudantes universitários, mas, por se tratar de um projeto com fins pedagógicos visa desenvolver uma cultura de autonomia e reflexão nos alunos na realização das pesquisas. Também será relevante para que os estudantes obtenham uma visão mais aplicada, incorporando em suas pesquisas online as técnicas de uso de diferentes motores de buscas com a utilização prática dos mesmos.
  41. 41. continuação • Como trabalhos futuros, pretende-se dar continuidade a este projeto e alargar o público-alvo por constatar que as dificuldades também se estendem a outros níveis académicos. Para isso, pretendemos, desde cedo, apresentar esta proposta de formação aos alunos do ensino secundário como forma de prepará-los para atividades de pesquisas online, o que contribui para realização de trabalhos científicos com qualidade.
  42. 42. OBRIGADO PELA VOSSA ATENÇÃO!!!

×