Casos Perdidos Letícia Thompson
Não desista das pessoas!  Não desista de você mesmo! Ninguém é um caso definitivamente perdido até que o último suspiro se...
Nesses momentos sentimos como se não tivesse jeito e o sentimento de impotência diante da situação pode nos impelir a desi...
Não é por que as pessoas ficam caladas e não demonstram reação que o que fazemos por elas não possua efeito.  A mente guar...
Claro que seria mais fácil ter uma varinha de condão e sair resolvendo os problemas de todo mundo, transformando gatas bor...
A única varinha de condão que possuímos é a nossa vontade de ajudar, nosso coração inteiramente disponível e um amor desme...
Não conheço ninguém que seja incapaz de ajudar, nem que seja orando, dando uma mão, um pouco de atenção, ficando do lado. ...
E, ajudando aos outros, nos ajudamos a nós; restabelecendo a felicidade de alguém é a nós que estamos reconstruindo, pois ...
Deus também não nos considera casos perdidos, pois nos levanta a cada queda e nos perdoa a cada deslize.  Olhe-se bem no e...
Não...  não existem casos perdidos, existem apenas pessoas mais difíceis de serem ajudadas e que não compreenderam ainda q...
Créditos: Autoria do Texto: Letícia Thompson Imagem: Nena Formatação do PPS: Mara Lúcia Fundo Musical:  Chariots of Fire -...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Casos Perdidos

289 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Casos Perdidos

  1. 2. Casos Perdidos Letícia Thompson
  2. 3. Não desista das pessoas! Não desista de você mesmo! Ninguém é um caso definitivamente perdido até que o último suspiro seja dado. Batalhamos muitas vezes para ajudar as pessoas e acabamos nos sentindo cansados quando a única impressão que temos é que nada muda, nada acontece.
  3. 4. Nesses momentos sentimos como se não tivesse jeito e o sentimento de impotência diante da situação pode nos impelir a desistir. Mas não estamos dentro do coração de ninguém, não sabemos o que nossas ações, nossos esforços estão fazendo, talvez o gelo esteja derretendo e paramos no mau momento.
  4. 5. Não é por que as pessoas ficam caladas e não demonstram reação que o que fazemos por elas não possua efeito. A mente guarda tudo o que recebe, a alma se apega a afeições e um coração endurecido pode se sentir tocado.
  5. 6. Claro que seria mais fácil ter uma varinha de condão e sair resolvendo os problemas de todo mundo, transformando gatas borralheiras em lindas cinderelas, pessoas más em anjos e resolvendo os problemas de infelicidade daqueles que nos são caros. Mas não é bem assim que funciona com a vida.
  6. 7. A única varinha de condão que possuímos é a nossa vontade de ajudar, nosso coração inteiramente disponível e um amor desmesurado. Podem não ser coisas suficientes, mas são básicas e um grande começo.
  7. 8. Não conheço ninguém que seja incapaz de ajudar, nem que seja orando, dando uma mão, um pouco de atenção, ficando do lado. Isso é o que geralmente chamamos de amizade.
  8. 9. E, ajudando aos outros, nos ajudamos a nós; restabelecendo a felicidade de alguém é a nós que estamos reconstruindo, pois não há maior recompensa por um grande esforço que ver um grande sorriso e olhos que brilham.
  9. 10. Deus também não nos considera casos perdidos, pois nos levanta a cada queda e nos perdoa a cada deslize. Olhe-se bem no espelho: mesmo com todas as suas imperfeições, você é capaz de ir adiante e vencer suas barreiras emocionais e existenciais.
  10. 11. Não... não existem casos perdidos, existem apenas pessoas mais difíceis de serem ajudadas e que não compreenderam ainda que podem sair do poço, mas quando maior for nosso desafio, maior será nossa vitória. Abrace a coragem, vista-se dela! Há muitos que precisam de você, e sobretudo, Deus conta com você!
  11. 12. Créditos: Autoria do Texto: Letícia Thompson Imagem: Nena Formatação do PPS: Mara Lúcia Fundo Musical: Chariots of Fire - Ernesto Cortazar Agosto/2006 Site da Autora: http://www.leticiathompson.net/ Respeite os Direitos Autorais.

×